Após minitour pelo Nordeste, banda Januei segue como retrato da irreverência cearense

Após minitour pelo Nordeste, banda Januei segue como retrato da irreverência cearense

A minitour da banda Januei passou por duas capitais do Nordeste, Recife e Natal, e foi a primeira apresentação dos cearenses fora do estado

Por Ana Beatriz Leite em Música

23 de fevereiro de 2016 às 06:00

Há 1 ano
Januei-Mocker

“Carnaval e Putaria” é novo single da Januei e fará parte do EP (FOTO: Alinne Rodrigues/Mocker Studio)

O ano mal começou e muito ainda está por vir. Mas os cearenses da Januei já entraram em 2016 com o pé direito, recém-chegados de minitour pelo Nordeste e com mais um hino de Carnaval.

Criada em 2013, a Januei já havia levado sua irreverência para os mais diversos locais de Fortaleza e outras cidades do Ceará. Esta, porém, foi a primeira vez que a banda pegou a estrada para tocar fora do estado.

Em janeiro, Nyelsen Bruno (bateria), Augusto Viana (guitarra), João Luiz (baixo) e George Alexandre (vocais) passaram por duas capitais, e aproveitaram a ocasião para o lançamento do novo single.

A primeira parada foi no dia 14 de janeiro, em Recife. A pernambucana Matafuego, banda estreante formada por nomes fortes do rock de Pernambuco, foi a anfitriã na creperia Rouge, conhecida por receber artistas autorais de todo o País. Em seguida, os planos levavam para João Pessoa, porém o show foi cancelado. Seguiram, então, para Natal, onde se apresentaram ao lado das bandas Seu Ninguém e Plutão Já Foi Planeta, no dia 30.

“A estrada é uma prova de fogo pra muitas bandas. Passar a conviver em tempo integral e tocar pra um público novo, diferente daquele que já cativamos no nosso estado são experiências desafiadoras, mas ao mesmo tempo muito motivadoras. É quase um jogo de sedução em que a gente precisa conquistar aquelas pessoas. O resultado foi bastante positivo”, conta o baterista Nyelsen.

Carnaval e Putaria

O dia do encerramento da turnê foi também o dia escolhido para o lançamento do novo single, “Carnaval e Putaria”. A tradição de hinos de Carnaval da banda começou no ano passado, com a música “Mãos Para o Alto”. “Nós temos uma ligação muito forte com a folia carnavalesca. Atualmente, João toca no Maracatu Solar e os demais integrantes da banda são ‘festeiros’ frequentadores dos blocos e maracatus da cidade, seja em período de Carnaval ou fora de época. O single desse ano faz referência a todos esses momentos de prazer em que brindamos à alegria nessa cidade, mesmo que não seja ‘sexta-feira nem carnaval'”.

E o espírito de folia aparece não só nos singles lançados para esse período, mas em toda produção da Januei. Isso porque o som dos cearenses, apelidado de “somrealismo”, se apropria de ritmos típicos do Nordeste e o mescla ao rock, o que resulta em músicas para lá de dançantes. Até o nome do grupo reflete irreverência. “A inspiração veio do cachorrinho de estimação de uma amiga, cuja mãe era fã do ator John Wayne. Ela havia batizado o cão com o nome do ator, mas, por não conseguir pronunciar o nome da forma correta, acabou prevalecendo o simpático ‘Januei'”, explica Nyelsen.

O single, disponível no SoundCloud e BandCamp, irá compor o novo EP da Januei, mais uma parceria com o Mocker Studio, em fase final de produção. Assim como “Mãos Para o Alto”, “Carnaval e Putaria” também deve receber um clipe, com previsão de lançamento ainda para fevereiro.

Publicidade

Dê sua opinião

Após minitour pelo Nordeste, banda Januei segue como retrato da irreverência cearense

A minitour da banda Januei passou por duas capitais do Nordeste, Recife e Natal, e foi a primeira apresentação dos cearenses fora do estado

Por Ana Beatriz Leite em Música

23 de fevereiro de 2016 às 06:00

Há 1 ano
Januei-Mocker

“Carnaval e Putaria” é novo single da Januei e fará parte do EP (FOTO: Alinne Rodrigues/Mocker Studio)

O ano mal começou e muito ainda está por vir. Mas os cearenses da Januei já entraram em 2016 com o pé direito, recém-chegados de minitour pelo Nordeste e com mais um hino de Carnaval.

Criada em 2013, a Januei já havia levado sua irreverência para os mais diversos locais de Fortaleza e outras cidades do Ceará. Esta, porém, foi a primeira vez que a banda pegou a estrada para tocar fora do estado.

Em janeiro, Nyelsen Bruno (bateria), Augusto Viana (guitarra), João Luiz (baixo) e George Alexandre (vocais) passaram por duas capitais, e aproveitaram a ocasião para o lançamento do novo single.

A primeira parada foi no dia 14 de janeiro, em Recife. A pernambucana Matafuego, banda estreante formada por nomes fortes do rock de Pernambuco, foi a anfitriã na creperia Rouge, conhecida por receber artistas autorais de todo o País. Em seguida, os planos levavam para João Pessoa, porém o show foi cancelado. Seguiram, então, para Natal, onde se apresentaram ao lado das bandas Seu Ninguém e Plutão Já Foi Planeta, no dia 30.

“A estrada é uma prova de fogo pra muitas bandas. Passar a conviver em tempo integral e tocar pra um público novo, diferente daquele que já cativamos no nosso estado são experiências desafiadoras, mas ao mesmo tempo muito motivadoras. É quase um jogo de sedução em que a gente precisa conquistar aquelas pessoas. O resultado foi bastante positivo”, conta o baterista Nyelsen.

Carnaval e Putaria

O dia do encerramento da turnê foi também o dia escolhido para o lançamento do novo single, “Carnaval e Putaria”. A tradição de hinos de Carnaval da banda começou no ano passado, com a música “Mãos Para o Alto”. “Nós temos uma ligação muito forte com a folia carnavalesca. Atualmente, João toca no Maracatu Solar e os demais integrantes da banda são ‘festeiros’ frequentadores dos blocos e maracatus da cidade, seja em período de Carnaval ou fora de época. O single desse ano faz referência a todos esses momentos de prazer em que brindamos à alegria nessa cidade, mesmo que não seja ‘sexta-feira nem carnaval'”.

E o espírito de folia aparece não só nos singles lançados para esse período, mas em toda produção da Januei. Isso porque o som dos cearenses, apelidado de “somrealismo”, se apropria de ritmos típicos do Nordeste e o mescla ao rock, o que resulta em músicas para lá de dançantes. Até o nome do grupo reflete irreverência. “A inspiração veio do cachorrinho de estimação de uma amiga, cuja mãe era fã do ator John Wayne. Ela havia batizado o cão com o nome do ator, mas, por não conseguir pronunciar o nome da forma correta, acabou prevalecendo o simpático ‘Januei'”, explica Nyelsen.

O single, disponível no SoundCloud e BandCamp, irá compor o novo EP da Januei, mais uma parceria com o Mocker Studio, em fase final de produção. Assim como “Mãos Para o Alto”, “Carnaval e Putaria” também deve receber um clipe, com previsão de lançamento ainda para fevereiro.