Descoberta em shopping, modelo cearense faz sucesso na Europa
MADE IN CEARÁ

Descoberta em shopping, modelo cearense faz sucesso na Europa

Ingrid Tolentino foi descoberta por olheira em um shopping de Fortaleza. A beleza da cearense chamou atenção da Vogue e Marie Claire

Por Rosana Romão em Mulher

15 de agosto de 2016 às 07:00

Há 8 meses
Ingrid na capa de uma revista da Grécia. (FOTO: arquivo pessoal)

Ingrid na capa de uma revista da Grécia. (FOTO: arquivo pessoal)

Imagine você, aos 16 anos de idade, passear em um shopping, ser abordada por uma profissional da moda e receber a garantia de que tem talento para a carreira de modelo.

Você acreditaria? O que parece ser duvidoso caiu como uma luva para a modelo cearense Ingrid Tolentino, de 27 anos. Como a “olheira” falou com muita segurança sobre profissão, a cearense resolveu tentar.

“Esse nunca foi o meu sonho nem passava pela minha cabeça ser modelo. Achava que não levava jeito e que não tinha paciência para essa profissão”, relembra Ingrid. Em seu primeiro trabalho, estava nervosa e aparecia com cara de assustada nas fotos; mas, aos poucos, foi se acostumando com os cliques do fotógrafo Nicolas Gondim.

Com dois anos de experiência na profissão, foi morar em São Paulo e fez sua primeira viagem internacional a trabalho e editoriais para a Vogue. Já morou em Nova Iorque, Buenos Aires e alguns países da Europa. Com 49 kg distribuídos em 1,74 m, a modelo mora em Milão, na Itália, há 10 anos.

Uma das exigências da profissão é o cuidado com a corpo e a pele. Em todos esses anos, ela aprendeu algumas dicas de beleza. Uma delas é ir com frequência ao dermatologista. “Mas também faço a minha parte, tento dormir bem, bebo bastante água, uso filtro solar em todas as estações, sempre tiro a maquiagem antes de dormir e como maçã, que faz muito bem à pele”, explica.

Foto para revista Marie Claire, da Grécia. (FOTO: Marie Claire)

Foto para revista Marie Claire, da Grécia. (FOTO: Marie Claire)

Para quem tem o sonho de ser modelo, ela aconselha ter pontualidade, estudar sobre a profissão, por meio de revistas, catálogos e sites de moda, além de respeitar o trabalho dos maquiadores, fotógrafos e todos os profissionais envolvidos. Ela também indica ser paciente e ter perseverança, além de não fazer reclamações com frequência.

Na carreira de modelo é normal receber “não”, e não foi diferente na vida de Ingrid. Ir para castings – testes – diariamente faz parte da rotina da cearense. No caso dela, usa-se um book com fotos de trabalhos anteriores.

“Eu já levei muitos ‘não’, por vários motivos. Às vezes, não sou o perfil que eles procuram ou simplesmente não gostam de mim! Clientes vão gostar ou não gostar de você pelo mesmo motivo, então, eu não me importo e sempre dou o melhor de mim”, indica. E foi devido ao seu talento e persistência que conseguiu trabalhos importantes como um vídeo para a marca L’oréal, em Nova Iorque, e para a marca Desigual, na Alemanha.

Além destes, ela também fez editorias para Vogue Brasil, Vogue RG, Vogue Noivas, Marie Claire Brasil, Mag Brasil e capas para as revistas Silhouette, em Milão, e Marie Claire, na Grécia. Fora o retorno financeiro, ela comemora as oportunidades que a carreira lhe deu, como visitar lugares novos, culturas diferentes e culinárias diversas.

“Amo viajar, então, tenho o trabalho perfeito. Cada país tem o seu jeito de trabalhar, isso me encanta. Aprendo muito com cada um deles”, declara.

Outro cuidado que precisa ter é com o corpo. Como tem uma rotina preenchida com vários castings, trabalhos e algumas viagens ela procura se exercitar no tempo livre. “Meu dia a dia é muito puxado, normalmente tenho vários castings ou estou trabalhando e alguns deles é viajando. Eu gosto de andar e sempre tento ir andando de um casting ao outro. Assim posso ir apreciando a cidade onde estou”.

Um de seus sonhos é ficar perto da família, que mora em Fortaleza, de onde fala saudosista. “Sinto saudade, é a minha terra. As pessoas que mais amo estão lá. Sinto falta das praias e de comer tapioca”, conta.

Devido a essa saudade, Ingrid voltou a Fortaleza para cursar Direito. Fez quatro semestres e trancou, pois decidiu retomar a carreira de modelo. Ela ainda tem vários sonhos a conquistar, mas um deles se destaca. “O maior deles é que as pessoas conheçam Deus! Assim o mundo seria muito melhor”, finaliza.

feira indice
1/2

feira indice

/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/5/2016/04/feira indice

FEIRA INDICE MALOCA
2/2

FEIRA INDICE MALOCA

/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/5/2016/04/feira indice maloca

Publicidade

Dê sua opinião

MADE IN CEARÁ

Descoberta em shopping, modelo cearense faz sucesso na Europa

Ingrid Tolentino foi descoberta por olheira em um shopping de Fortaleza. A beleza da cearense chamou atenção da Vogue e Marie Claire

Por Rosana Romão em Mulher

15 de agosto de 2016 às 07:00

Há 8 meses
Ingrid na capa de uma revista da Grécia. (FOTO: arquivo pessoal)

Ingrid na capa de uma revista da Grécia. (FOTO: arquivo pessoal)

Imagine você, aos 16 anos de idade, passear em um shopping, ser abordada por uma profissional da moda e receber a garantia de que tem talento para a carreira de modelo.

Você acreditaria? O que parece ser duvidoso caiu como uma luva para a modelo cearense Ingrid Tolentino, de 27 anos. Como a “olheira” falou com muita segurança sobre profissão, a cearense resolveu tentar.

“Esse nunca foi o meu sonho nem passava pela minha cabeça ser modelo. Achava que não levava jeito e que não tinha paciência para essa profissão”, relembra Ingrid. Em seu primeiro trabalho, estava nervosa e aparecia com cara de assustada nas fotos; mas, aos poucos, foi se acostumando com os cliques do fotógrafo Nicolas Gondim.

Com dois anos de experiência na profissão, foi morar em São Paulo e fez sua primeira viagem internacional a trabalho e editoriais para a Vogue. Já morou em Nova Iorque, Buenos Aires e alguns países da Europa. Com 49 kg distribuídos em 1,74 m, a modelo mora em Milão, na Itália, há 10 anos.

Uma das exigências da profissão é o cuidado com a corpo e a pele. Em todos esses anos, ela aprendeu algumas dicas de beleza. Uma delas é ir com frequência ao dermatologista. “Mas também faço a minha parte, tento dormir bem, bebo bastante água, uso filtro solar em todas as estações, sempre tiro a maquiagem antes de dormir e como maçã, que faz muito bem à pele”, explica.

Foto para revista Marie Claire, da Grécia. (FOTO: Marie Claire)

Foto para revista Marie Claire, da Grécia. (FOTO: Marie Claire)

Para quem tem o sonho de ser modelo, ela aconselha ter pontualidade, estudar sobre a profissão, por meio de revistas, catálogos e sites de moda, além de respeitar o trabalho dos maquiadores, fotógrafos e todos os profissionais envolvidos. Ela também indica ser paciente e ter perseverança, além de não fazer reclamações com frequência.

Na carreira de modelo é normal receber “não”, e não foi diferente na vida de Ingrid. Ir para castings – testes – diariamente faz parte da rotina da cearense. No caso dela, usa-se um book com fotos de trabalhos anteriores.

“Eu já levei muitos ‘não’, por vários motivos. Às vezes, não sou o perfil que eles procuram ou simplesmente não gostam de mim! Clientes vão gostar ou não gostar de você pelo mesmo motivo, então, eu não me importo e sempre dou o melhor de mim”, indica. E foi devido ao seu talento e persistência que conseguiu trabalhos importantes como um vídeo para a marca L’oréal, em Nova Iorque, e para a marca Desigual, na Alemanha.

Além destes, ela também fez editorias para Vogue Brasil, Vogue RG, Vogue Noivas, Marie Claire Brasil, Mag Brasil e capas para as revistas Silhouette, em Milão, e Marie Claire, na Grécia. Fora o retorno financeiro, ela comemora as oportunidades que a carreira lhe deu, como visitar lugares novos, culturas diferentes e culinárias diversas.

“Amo viajar, então, tenho o trabalho perfeito. Cada país tem o seu jeito de trabalhar, isso me encanta. Aprendo muito com cada um deles”, declara.

Outro cuidado que precisa ter é com o corpo. Como tem uma rotina preenchida com vários castings, trabalhos e algumas viagens ela procura se exercitar no tempo livre. “Meu dia a dia é muito puxado, normalmente tenho vários castings ou estou trabalhando e alguns deles é viajando. Eu gosto de andar e sempre tento ir andando de um casting ao outro. Assim posso ir apreciando a cidade onde estou”.

Um de seus sonhos é ficar perto da família, que mora em Fortaleza, de onde fala saudosista. “Sinto saudade, é a minha terra. As pessoas que mais amo estão lá. Sinto falta das praias e de comer tapioca”, conta.

Devido a essa saudade, Ingrid voltou a Fortaleza para cursar Direito. Fez quatro semestres e trancou, pois decidiu retomar a carreira de modelo. Ela ainda tem vários sonhos a conquistar, mas um deles se destaca. “O maior deles é que as pessoas conheçam Deus! Assim o mundo seria muito melhor”, finaliza.

feira indice
1/2

feira indice

/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/5/2016/04/feira indice

FEIRA INDICE MALOCA
2/2

FEIRA INDICE MALOCA

/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/5/2016/04/feira indice maloca