Loja de Belo Horizonte é especializada em roupas cearenses. Nome é sugestivo: 085
MADE IN CEARÁ

Loja de Belo Horizonte é especializada em roupas cearenses. Nome é sugestivo: 085

A loja de atacado 085 Showroom é responsável por levar marcas cearenses para tradicional pólo de moda do País

Por Daniel Rocha em Moda

10 de agosto de 2017 às 06:45

Há 1 semana

A loja 085 está localizada no bairro Prado, em Belo Horizonte (MG), e a única a vender confecções cearenses (FOTO: Divulgação)

Marcas de roupas cearenses estão fazendo sucesso em um dos pólos de moda mais tradicionais do País. Fundada há mais de um ano em Belo Horizonte, a loja 085 Showroom vende roupas de 10 empresas de vestuários cearenses e tem apresentado crescimento em meio a crise.

De acordo com o idealizador do empreendimento, Carlos Alberto, o estilo praiano e as confecções causais são o segredo para o sucesso no mercado mineiro de atacado.

“Aqui eles sabem fazer muito bem as roupas elaboradas. Mas, eles não sabem fazer as confecções casuais como a gente. No verão, a gente bomba por conta do estilo praiano”, explica Carlos. A qualidade da produção das confecções também tem contribuído para a credibilidade das marcas cearenses na região.

Mas, ao contrário das condições climáticas da capital cearense, as cidades do Sul, Sudeste e Centro-Oeste não têm dias ensolarados nem temperaturas na faixa de 30º C por quase todo o ano. Pensando nisso, as marcas cearenses produzem coleções exclusivas para o público do sul do País nas estações mais frias.

“Eles desenvolveram coleções pequenas e fizeram direcionadas para o mercado daqui por causa do frio. As próprias marcas estão se adequando a isso para ter um aumento nas vendas no próximo ano”, esclareceu Carlos.

A 085 também elaborou uma estratégia de vendas para se destacar no mercado: as coleções mensais. Ao invés de seguir a tradição de produção por estação, a loja de atacado tem oferecido pequenas coleções para os clientes. Uma forma de garantir produtos exclusivos ao público.

Com a 085, as marcas cearenses têm evidencia no mercado nacional (FOTO: Divulgação)

As estratégias estão dando certo. Só para se ter ideia, a loja 085 tem vende em média três mil peças por mês e tem como perspectiva de crescimento de 20% a 30%. Número considerado alto para uma loja de atacado com um ano de atuação.

A escolha pelo pólo mineiro deve-se a oportunidade de trazer evidência a nível nacional para as produções cearenses. Já o fortalecimento da marca a nível local e regional fica de responsabilidade das matrizes, em Fortaleza.

“A gente tem trabalhado muito no fortalecimento das marcas. É tanto que o cliente volta à procura as marcas. Investimos muito no marketing”, enfatizou.Ao todo, Carlos junto com o seu sócio financeiro, Tom Dutra, cuida de 10 marcas parceiras que são: Say So, Buho, Dhorum, Joy, Jolie, Handlace, Iury Costa, Lasso, Les Alis, Tshirtinbox.

Enquanto se firma no pólo mineiro, Carlos já idealiza formas de conquistar um mercado ainda mais competitivo: São Paulo. Mas, confessa que ainda há dificuldades para atuar nesse pólo. “Tenho um sonho de vislumbrar São Paulo com a mesma proposta. Mas, é uma região que temos que estudar muito por ser um mercado bastante competitivo . Trata-se de um projeto a longo prazo”, ressalta.

Publicidade

Dê sua opinião

MADE IN CEARÁ

Loja de Belo Horizonte é especializada em roupas cearenses. Nome é sugestivo: 085

A loja de atacado 085 Showroom é responsável por levar marcas cearenses para tradicional pólo de moda do País

Por Daniel Rocha em Moda

10 de agosto de 2017 às 06:45

Há 1 semana

A loja 085 está localizada no bairro Prado, em Belo Horizonte (MG), e a única a vender confecções cearenses (FOTO: Divulgação)

Marcas de roupas cearenses estão fazendo sucesso em um dos pólos de moda mais tradicionais do País. Fundada há mais de um ano em Belo Horizonte, a loja 085 Showroom vende roupas de 10 empresas de vestuários cearenses e tem apresentado crescimento em meio a crise.

De acordo com o idealizador do empreendimento, Carlos Alberto, o estilo praiano e as confecções causais são o segredo para o sucesso no mercado mineiro de atacado.

“Aqui eles sabem fazer muito bem as roupas elaboradas. Mas, eles não sabem fazer as confecções casuais como a gente. No verão, a gente bomba por conta do estilo praiano”, explica Carlos. A qualidade da produção das confecções também tem contribuído para a credibilidade das marcas cearenses na região.

Mas, ao contrário das condições climáticas da capital cearense, as cidades do Sul, Sudeste e Centro-Oeste não têm dias ensolarados nem temperaturas na faixa de 30º C por quase todo o ano. Pensando nisso, as marcas cearenses produzem coleções exclusivas para o público do sul do País nas estações mais frias.

“Eles desenvolveram coleções pequenas e fizeram direcionadas para o mercado daqui por causa do frio. As próprias marcas estão se adequando a isso para ter um aumento nas vendas no próximo ano”, esclareceu Carlos.

A 085 também elaborou uma estratégia de vendas para se destacar no mercado: as coleções mensais. Ao invés de seguir a tradição de produção por estação, a loja de atacado tem oferecido pequenas coleções para os clientes. Uma forma de garantir produtos exclusivos ao público.

Com a 085, as marcas cearenses têm evidencia no mercado nacional (FOTO: Divulgação)

As estratégias estão dando certo. Só para se ter ideia, a loja 085 tem vende em média três mil peças por mês e tem como perspectiva de crescimento de 20% a 30%. Número considerado alto para uma loja de atacado com um ano de atuação.

A escolha pelo pólo mineiro deve-se a oportunidade de trazer evidência a nível nacional para as produções cearenses. Já o fortalecimento da marca a nível local e regional fica de responsabilidade das matrizes, em Fortaleza.

“A gente tem trabalhado muito no fortalecimento das marcas. É tanto que o cliente volta à procura as marcas. Investimos muito no marketing”, enfatizou.Ao todo, Carlos junto com o seu sócio financeiro, Tom Dutra, cuida de 10 marcas parceiras que são: Say So, Buho, Dhorum, Joy, Jolie, Handlace, Iury Costa, Lasso, Les Alis, Tshirtinbox.

Enquanto se firma no pólo mineiro, Carlos já idealiza formas de conquistar um mercado ainda mais competitivo: São Paulo. Mas, confessa que ainda há dificuldades para atuar nesse pólo. “Tenho um sonho de vislumbrar São Paulo com a mesma proposta. Mas, é uma região que temos que estudar muito por ser um mercado bastante competitivo . Trata-se de um projeto a longo prazo”, ressalta.