Primeiro dia de Sana tem duelos em videogames, slackline, escalada e, claro, muito cosplay
PROGRAMAÇÃO

Primeiro dia de Sana tem duelos em videogames, slackline, escalada e, claro, muito cosplay

São várias opções para os geek, nerds e otakus de plantão. Evento prossegue nesse fim de semana, com mais atrações

Por Tribuna do Ceará em Geek

14 de julho de 2017 às 19:55

Há 1 semana
Mais de 20 mil pessoas por dia devem passar pelo Centro de Eventos no Sana 2017 (FOTO: Lucas Barbosa/Tribuna do Ceará)

Mais de 20 mil pessoas por dia devem passar pelo Centro de Eventos no Sana 2017 (FOTO: Lucas Barbosa/Tribuna do Ceará)

O primeiro dia do Sana 2017, nesta sexta-feira (14), não permitiu deixar nenhum geek parado. As atrações foram do otaku raiz, passando pelo gamer, o K-popper, o nerd e as outras definições do espectro nerd.

Os fãs de videogames têm espaço reservado, que respeita os mais diversos gostos de jogos. Futebol, Luta, Tiro, Dança, RPG, todos estão ali.

A diversidade passa também pela tecnologia, já que o evento recebe o Museu do Videogame, que traz jogos clássicos do Super Nintendo, Arcade e até do Mega Drive. Os melhores ainda concorrem a prêmios, como no Fifa 17, no Pro Evolution Soccer (PES) e no Dota.

Mas a competição não se restringe ao virtual. No Sana, ainda cabem competições do tipo medieval, com combates e arco e flecha. Têm também slackline e escaladaPara os mais cerebrais, há os duelos em cards, como Yu-Gi-Oh e Dungeons & Dragons. E para quem gosta mesmo é da competição artística, há as gincanas e torneios de dança do K-Pop, o melódico e sincronizado pop coreano.

E quem quiser aprender mais sobre o a país asiático ainda tem à disposição uma tenda voltada a outros aspectos da cultura local, como a história, o idioma e a gastronomia. Ainda dá para economizar na expansão da coleção otaku. Mangás, HQs, pôsteres, blusas, cards e o que mais tiver da cultura geek são vendidos a preços promocionais.

A arte também vem da cena independente local. São inúmeros quadrinhos, desenhos e criações autorais feitos por emergentes artistas cearenses. E tem o escultor Alex Oliver mostrando, ao vivo, como se faz uma escultura plástica que reconstitui um imortal do universo geek, como Gandalf.

Em meio aos vários estandes, decoram o Centro de Evento diversas esculturas. Sabe qual seria o tamanho se o Charizard existisse de verdade? Venha ao Sana e descubra. Além do pokemon, você se deparará com Shenlong, de Dragon Ball; Wolverine, de X-Men; Gamabunta, de Naruto; o Trono de Ferro, de Game of  Thrones dentre outros. E ainda existem atrações ambulantes, vindas do próprio público: os cosplayers. Andar pelo Sana é como se deparar em um crossover que mistura sagas e universos vindos de países dos quatro cantos do mundo.

E é só o primeiro dia. O evento vai até o domingo (16). Esse sábado (15) traz a primeira grande atração musical do Sana, a banda japonesa Asian Kung-Fu Generations. O dia ainda vê a escolha do melhor cosplay do evento. Confira a programação completa clicando aqui. A organização estima que cerca de 65 mil pessoas passarão pelo Centro de Evento nos três dias de Sana.

Publicidade

Dê sua opinião

PROGRAMAÇÃO

Primeiro dia de Sana tem duelos em videogames, slackline, escalada e, claro, muito cosplay

São várias opções para os geek, nerds e otakus de plantão. Evento prossegue nesse fim de semana, com mais atrações

Por Tribuna do Ceará em Geek

14 de julho de 2017 às 19:55

Há 1 semana
Mais de 20 mil pessoas por dia devem passar pelo Centro de Eventos no Sana 2017 (FOTO: Lucas Barbosa/Tribuna do Ceará)

Mais de 20 mil pessoas por dia devem passar pelo Centro de Eventos no Sana 2017 (FOTO: Lucas Barbosa/Tribuna do Ceará)

O primeiro dia do Sana 2017, nesta sexta-feira (14), não permitiu deixar nenhum geek parado. As atrações foram do otaku raiz, passando pelo gamer, o K-popper, o nerd e as outras definições do espectro nerd.

Os fãs de videogames têm espaço reservado, que respeita os mais diversos gostos de jogos. Futebol, Luta, Tiro, Dança, RPG, todos estão ali.

A diversidade passa também pela tecnologia, já que o evento recebe o Museu do Videogame, que traz jogos clássicos do Super Nintendo, Arcade e até do Mega Drive. Os melhores ainda concorrem a prêmios, como no Fifa 17, no Pro Evolution Soccer (PES) e no Dota.

Mas a competição não se restringe ao virtual. No Sana, ainda cabem competições do tipo medieval, com combates e arco e flecha. Têm também slackline e escaladaPara os mais cerebrais, há os duelos em cards, como Yu-Gi-Oh e Dungeons & Dragons. E para quem gosta mesmo é da competição artística, há as gincanas e torneios de dança do K-Pop, o melódico e sincronizado pop coreano.

E quem quiser aprender mais sobre o a país asiático ainda tem à disposição uma tenda voltada a outros aspectos da cultura local, como a história, o idioma e a gastronomia. Ainda dá para economizar na expansão da coleção otaku. Mangás, HQs, pôsteres, blusas, cards e o que mais tiver da cultura geek são vendidos a preços promocionais.

A arte também vem da cena independente local. São inúmeros quadrinhos, desenhos e criações autorais feitos por emergentes artistas cearenses. E tem o escultor Alex Oliver mostrando, ao vivo, como se faz uma escultura plástica que reconstitui um imortal do universo geek, como Gandalf.

Em meio aos vários estandes, decoram o Centro de Evento diversas esculturas. Sabe qual seria o tamanho se o Charizard existisse de verdade? Venha ao Sana e descubra. Além do pokemon, você se deparará com Shenlong, de Dragon Ball; Wolverine, de X-Men; Gamabunta, de Naruto; o Trono de Ferro, de Game of  Thrones dentre outros. E ainda existem atrações ambulantes, vindas do próprio público: os cosplayers. Andar pelo Sana é como se deparar em um crossover que mistura sagas e universos vindos de países dos quatro cantos do mundo.

E é só o primeiro dia. O evento vai até o domingo (16). Esse sábado (15) traz a primeira grande atração musical do Sana, a banda japonesa Asian Kung-Fu Generations. O dia ainda vê a escolha do melhor cosplay do evento. Confira a programação completa clicando aqui. A organização estima que cerca de 65 mil pessoas passarão pelo Centro de Evento nos três dias de Sana.