6 carrinhos de cachorro-quente que já faziam sucesso muito antes dos foodtrucks

GUIA GASTRONÔMICO

6 carrinhos de cachorro-quente que já faziam sucesso muito antes dos foodtrucks

O Tribuna do Ceará listou carrinhos de comida de rua que oferecem em Fortaleza o sanduíche americano

Por Ana Clara Jovino em Gastronomia

7 de setembro de 2016 às 07:00

Há 3 anos
(FOTO: Tribuna do Ceará)

O Dogão Expresso oferece diversos tipos de sanduíches, além de cachorro-quente (FOTO: Tribuna do Ceará)

O cachorro-quente, ou hot-dog, é um tipo de sanduíche simples de preparar. Os ingredientes básicos são pão e salsicha, com acompanhamentos que dependem da região. É democrático, agrada os mais diversos paladares e bolsos. Em Fortaleza, não é difícil encontrar um local para saborear a típica comida norte-americana.

Um local para apreciar um cachorro-quente com sabor de comida caseira é no Bairro Benfica. Lúcia Gondim e seu filho Kleylson Gondim, há cerca de dois anos e meio, resolveram começar a vender sanduíches na calçada de casa. “Já trabalhamos no ramo há 10 anos e decidimos voltar. Eu e minha mãe trabalhamos juntos, eu compro os ingredientes e ela prepara os sanduíches”, conta Kleylson.

O nome do empreendimento da mãe e filho é Lanchelândia, e atende principalmente estudantes e professores da Universidade Federal do Ceará (UFC) e do Instituto Federal do Ceará (IFCE). Eles oferecem três tamanhos de cachorro-quente: o pequeno (uma salsicha), médio (duas salsichas) e grande (três salsichas), custando R$ 4, R$ 8 e R$ 11, respectivamente.

As opções de acompanhamento são muitas. Além do molho, tem creme de frango, carne moída, milho, ervilha, uva passa, azeitona, tomate, queijo ralado, batata-palha e maionese temperada caseira. Além do cachorro-quente caseiro, Kleylson prepara suco de laranja natural, uma ótima opção para acompanhar o sanduíche.

Outro local para comer um cachorro-quente é o famoso trailer da Gabi Lanches, localizado no Dragão do Mar, em frente ao Órbita Bar. É um local que já pode ser considerado tradicional por quem vai aproveitar a noite na área. Uma ótima opção de onde matar a fome antes ou depois da “balada”.

Uma boa opção para apreciar um “cai duro” depois de curtir a noite é o Dogão, localizado na Av. Dom Luís. Fica aberto durante a noite e madrugada, até 6h. O cachorro-quente oferecido lá é bem generoso, com molho, batata-palha, frango e verduras.

guloso-cachorro-quente

Guloso Cachorro-quente fica na esquina da Rua Barbosa de Freitas com Desembargador Leite Albuquerque (FOTO: Tribuna do Ceará)

Outra alternativa é o Dogão Expresso, que oferece cachorro-quente simples de R$ 5 e com carne moída de R$ 7. Além dos cachorros-quente, o cardápio oferece diversos tipos de sanduíches.

Outro lugar que já pode ser considerado tradicional é o cachorro-quente Guloso, localizado na esquina da Rua Barbosa de Freitas com Desembargador Leite Albuquerque. O pequeno empreendimento já existe há 28 anos.

Para quem tem o gosto mais refinado pode conferir o hot-dog do The Dog Zone, um truck itinerante que oferece dois tipos de cachorros-quentes. Os dois são feitos com pão artesanal, linguiça defumada, queijo e bacon e o que os diferencia é o molho. Um é feito com tomate e outro com cebola caramelizada. O preço é R$ 12.

Serviço

Lanchelândia
R. Waldery Uchôa, 2A, Benfica.
Telefone: (85) 3223.6600

The Dog Zone
Food truck itinerante.
Telefone: (85) 9 9987.6037/ 9 8805.1994

Gabi Lanches
Rua Dragão do Mar, 81

Dogão
Avenida D. Luís, 1310, Aldeota

Dogão Expresso
Esquina da Av. Dom Luís com Av. Senador Virgílio Távora, próximo ao Cometa Supermercados

Guloso
Esquina da Rua Barbosa de Freitas com Desembargador Leite Albuquerque

 

Publicidade

Dê sua opinião

GUIA GASTRONÔMICO

6 carrinhos de cachorro-quente que já faziam sucesso muito antes dos foodtrucks

O Tribuna do Ceará listou carrinhos de comida de rua que oferecem em Fortaleza o sanduíche americano

Por Ana Clara Jovino em Gastronomia

7 de setembro de 2016 às 07:00

Há 3 anos
(FOTO: Tribuna do Ceará)

O Dogão Expresso oferece diversos tipos de sanduíches, além de cachorro-quente (FOTO: Tribuna do Ceará)

O cachorro-quente, ou hot-dog, é um tipo de sanduíche simples de preparar. Os ingredientes básicos são pão e salsicha, com acompanhamentos que dependem da região. É democrático, agrada os mais diversos paladares e bolsos. Em Fortaleza, não é difícil encontrar um local para saborear a típica comida norte-americana.

Um local para apreciar um cachorro-quente com sabor de comida caseira é no Bairro Benfica. Lúcia Gondim e seu filho Kleylson Gondim, há cerca de dois anos e meio, resolveram começar a vender sanduíches na calçada de casa. “Já trabalhamos no ramo há 10 anos e decidimos voltar. Eu e minha mãe trabalhamos juntos, eu compro os ingredientes e ela prepara os sanduíches”, conta Kleylson.

O nome do empreendimento da mãe e filho é Lanchelândia, e atende principalmente estudantes e professores da Universidade Federal do Ceará (UFC) e do Instituto Federal do Ceará (IFCE). Eles oferecem três tamanhos de cachorro-quente: o pequeno (uma salsicha), médio (duas salsichas) e grande (três salsichas), custando R$ 4, R$ 8 e R$ 11, respectivamente.

As opções de acompanhamento são muitas. Além do molho, tem creme de frango, carne moída, milho, ervilha, uva passa, azeitona, tomate, queijo ralado, batata-palha e maionese temperada caseira. Além do cachorro-quente caseiro, Kleylson prepara suco de laranja natural, uma ótima opção para acompanhar o sanduíche.

Outro local para comer um cachorro-quente é o famoso trailer da Gabi Lanches, localizado no Dragão do Mar, em frente ao Órbita Bar. É um local que já pode ser considerado tradicional por quem vai aproveitar a noite na área. Uma ótima opção de onde matar a fome antes ou depois da “balada”.

Uma boa opção para apreciar um “cai duro” depois de curtir a noite é o Dogão, localizado na Av. Dom Luís. Fica aberto durante a noite e madrugada, até 6h. O cachorro-quente oferecido lá é bem generoso, com molho, batata-palha, frango e verduras.

guloso-cachorro-quente

Guloso Cachorro-quente fica na esquina da Rua Barbosa de Freitas com Desembargador Leite Albuquerque (FOTO: Tribuna do Ceará)

Outra alternativa é o Dogão Expresso, que oferece cachorro-quente simples de R$ 5 e com carne moída de R$ 7. Além dos cachorros-quente, o cardápio oferece diversos tipos de sanduíches.

Outro lugar que já pode ser considerado tradicional é o cachorro-quente Guloso, localizado na esquina da Rua Barbosa de Freitas com Desembargador Leite Albuquerque. O pequeno empreendimento já existe há 28 anos.

Para quem tem o gosto mais refinado pode conferir o hot-dog do The Dog Zone, um truck itinerante que oferece dois tipos de cachorros-quentes. Os dois são feitos com pão artesanal, linguiça defumada, queijo e bacon e o que os diferencia é o molho. Um é feito com tomate e outro com cebola caramelizada. O preço é R$ 12.

Serviço

Lanchelândia
R. Waldery Uchôa, 2A, Benfica.
Telefone: (85) 3223.6600

The Dog Zone
Food truck itinerante.
Telefone: (85) 9 9987.6037/ 9 8805.1994

Gabi Lanches
Rua Dragão do Mar, 81

Dogão
Avenida D. Luís, 1310, Aldeota

Dogão Expresso
Esquina da Av. Dom Luís com Av. Senador Virgílio Távora, próximo ao Cometa Supermercados

Guloso
Esquina da Rua Barbosa de Freitas com Desembargador Leite Albuquerque