Quer aprender a fazer fotos com aspectos profissionais? Confira dicas

GUIA PARA FOTÓGRAFOS

Quer aprender a fazer fotos com aspectos profissionais? Confira algumas dicas

Algumas técnicas são simples e podem ser feitas com celulares; dá uma olhada

Por lya.cardoso em Fotografia

13 de Março de 2018 às 07:00

Há 3 meses

Alguns efeitos são bastantes conhecidos (FOTO: Freepick)

Com as novas tecnologias, as pessoas estão cada vez mais tomando gosto pela fotografia e suas descobertas. Para fazer fotos com um aspecto profissional, às vezes não é necessário ter o melhor equipamento e estrutura; mas, sim, muito estudo e dedicação.

Alguns efeitos podem ser feitos através de celulares. As técnicas utilizadas são bem simples. O infográfico foi feito por Leandro Queluci.

Efeito Bokeh

O Bokeh é um efeito desfocado que mostrar discos ou bolinhas ao fundo. Não se deve confundir ele com efeito macro. Apesar de serem complementares, ele se caracteriza pela distorção das fontes de luz que há no fundo da foto. Para alcançá-lo é necessário que diminua a profundidade de campo da câmera aumentando a abertura (f) da sua lente. Atenção: quanto menor o número, maior a abertura da lente.

Lens Flare

O Lens Flare são os “anéis” coloridos que se formam na foto, por causa do ângulo de entrada na luz da lente. Para conseguir isso, é necessário que você deixe o raio de luz entrar pelas bordas da sua foto, não pelo centro. O momento ideal para causar esse efeito é ao pôr do sol, já que nesse horário o sol ilumina a lente de um ângulo favorável.

Golden Hour

Em fotografia é necessário saber escrever com a luz. O nascer e o pôr do sol são os queridinhos dos fotógrafos, porque o sol está iluminando de um ângulo de frente, não de cima, o que deixa as sombras menos duras e a iluminação mais suave. Se você quiser criar fotos com um efeito mais “poético”, aposte nesses horários.

Regra dos terços

A regra dos terços é essencial para uma boa fotografia. Ela consiste em dividir a tela mentalmente (ou com a grade da sua câmera) em nove partes e enquadrar o elemento principal em um dos quatro pontos centrais. Estudos indicam que esses pontos são onde os nossos olhos vão inicialmente, valorizando o objeto que está sendo fotografado.

Proporção áurea

Indo um pouco mais além, você pode adotar a técnica da proporção Áurea. Essa proporção forma um retângulo com uma espiral perfeita, tornando a fotografia mais agradável para os olhos. A proporção áurea está presente em muitos lugares na natureza. Para fazer a foto, procure enquadrar o centro da imagem no centro do espiral, fazendo com que o resto pareça seguir essa “linha imaginária”.

Panning

Existem fotos que nos dão a sensação de velocidade e de um fundo em movimento, porém o objeto que está em movimento parece imóvel. Essa é a técnica do Panning. Para alcançá-la, você tem que mover a câmera na mesma velocidade e na mesma direção que o objeto e o obturador tendo que ficar aberto tempo suficiente para pegar esse movimento, mas não muito para deixar a sua imagem borrada e tremida. A técnica não é fácil, porém com muito treino você terá resultados incríveis.

Longa exposição

Com a longa exposição você faz fotos maravilhosas, como de estrelas no céu, lightpaintinings ou fotografias noturnas. Para criar esse efeito, você deve deixar o obturador aberto por mais tempo do que o usual, em média 10 segundos. Para obter resultados melhores é desejável ter um tripé ou uma superfície estável. Além de fotos do céu, você pode criar efeitos com um mar fantasmagórico ou dos carro com linhas luminosas.

Contraluz

O conhecido efeito contraluz é obtido ao colocar o objeto a ser fotografado entre a câmera e uma fonte de luz, fazendo com que a iluminação fique atrás do objeto e não na frente. Isso produz as lindas imagens de silhuetas que conhecemos. Também pode usar esse efeito de uma maneira mais suave, com uma angulação indireta, para fazer apenas uma borda que destaca a pessoa. A “Golden hour” de que falamos acima também é ótima
para conseguir efeitos interessantes com o contraluz.

Publicidade

Dê sua opinião

GUIA PARA FOTÓGRAFOS

Quer aprender a fazer fotos com aspectos profissionais? Confira algumas dicas

Algumas técnicas são simples e podem ser feitas com celulares; dá uma olhada

Por lya.cardoso em Fotografia

13 de Março de 2018 às 07:00

Há 3 meses

Alguns efeitos são bastantes conhecidos (FOTO: Freepick)

Com as novas tecnologias, as pessoas estão cada vez mais tomando gosto pela fotografia e suas descobertas. Para fazer fotos com um aspecto profissional, às vezes não é necessário ter o melhor equipamento e estrutura; mas, sim, muito estudo e dedicação.

Alguns efeitos podem ser feitos através de celulares. As técnicas utilizadas são bem simples. O infográfico foi feito por Leandro Queluci.

Efeito Bokeh

O Bokeh é um efeito desfocado que mostrar discos ou bolinhas ao fundo. Não se deve confundir ele com efeito macro. Apesar de serem complementares, ele se caracteriza pela distorção das fontes de luz que há no fundo da foto. Para alcançá-lo é necessário que diminua a profundidade de campo da câmera aumentando a abertura (f) da sua lente. Atenção: quanto menor o número, maior a abertura da lente.

Lens Flare

O Lens Flare são os “anéis” coloridos que se formam na foto, por causa do ângulo de entrada na luz da lente. Para conseguir isso, é necessário que você deixe o raio de luz entrar pelas bordas da sua foto, não pelo centro. O momento ideal para causar esse efeito é ao pôr do sol, já que nesse horário o sol ilumina a lente de um ângulo favorável.

Golden Hour

Em fotografia é necessário saber escrever com a luz. O nascer e o pôr do sol são os queridinhos dos fotógrafos, porque o sol está iluminando de um ângulo de frente, não de cima, o que deixa as sombras menos duras e a iluminação mais suave. Se você quiser criar fotos com um efeito mais “poético”, aposte nesses horários.

Regra dos terços

A regra dos terços é essencial para uma boa fotografia. Ela consiste em dividir a tela mentalmente (ou com a grade da sua câmera) em nove partes e enquadrar o elemento principal em um dos quatro pontos centrais. Estudos indicam que esses pontos são onde os nossos olhos vão inicialmente, valorizando o objeto que está sendo fotografado.

Proporção áurea

Indo um pouco mais além, você pode adotar a técnica da proporção Áurea. Essa proporção forma um retângulo com uma espiral perfeita, tornando a fotografia mais agradável para os olhos. A proporção áurea está presente em muitos lugares na natureza. Para fazer a foto, procure enquadrar o centro da imagem no centro do espiral, fazendo com que o resto pareça seguir essa “linha imaginária”.

Panning

Existem fotos que nos dão a sensação de velocidade e de um fundo em movimento, porém o objeto que está em movimento parece imóvel. Essa é a técnica do Panning. Para alcançá-la, você tem que mover a câmera na mesma velocidade e na mesma direção que o objeto e o obturador tendo que ficar aberto tempo suficiente para pegar esse movimento, mas não muito para deixar a sua imagem borrada e tremida. A técnica não é fácil, porém com muito treino você terá resultados incríveis.

Longa exposição

Com a longa exposição você faz fotos maravilhosas, como de estrelas no céu, lightpaintinings ou fotografias noturnas. Para criar esse efeito, você deve deixar o obturador aberto por mais tempo do que o usual, em média 10 segundos. Para obter resultados melhores é desejável ter um tripé ou uma superfície estável. Além de fotos do céu, você pode criar efeitos com um mar fantasmagórico ou dos carro com linhas luminosas.

Contraluz

O conhecido efeito contraluz é obtido ao colocar o objeto a ser fotografado entre a câmera e uma fonte de luz, fazendo com que a iluminação fique atrás do objeto e não na frente. Isso produz as lindas imagens de silhuetas que conhecemos. Também pode usar esse efeito de uma maneira mais suave, com uma angulação indireta, para fazer apenas uma borda que destaca a pessoa. A “Golden hour” de que falamos acima também é ótima
para conseguir efeitos interessantes com o contraluz.