Museu da Fotografia recebe visitantes de quarta a domingo em Fortaleza
CULTURA

Museu da Fotografia recebe visitantes de quarta a domingo em Fortaleza

Com obras de Victor Dragonetti, Cartier Bresson, Evandro Teixeira e outros, o museu busca atrair turistas

Por Tribuna Bandnews FM em Fotografia

18 de março de 2017 às 07:00

Há 2 meses
Museu da Fotografia tem entrada a R$ 10. (Foto: Celso Oliveira/Divulgação)

Museu da Fotografia tem entrada a R$ 10. (Foto: Celso Oliveira/Divulgação)

Aguardado pelo público cearense há três anos, o Museu da Fotografia chega a Fortaleza revelando um valioso material presente em 300 fotografias da coleção do empresário Silvio Frota, um apaixonado pela fotografia que teve esse gosto aflorado ao ver uma imagem captada pelo fotógrafo americano Steve McCurry.

Hoje ele já soma mais de duas mil imagens, como afirma o curador do Museu, Ivo Mesquita. As informações são da rádio Tribuna BandNews FM.

“Toda exposição tem uma narrativa, conta uma história, e um pouco é isso o que está aqui. A verdade é que aqui a gente conta várias histórias. Como a coleção é muito grande, tem segmentos diferentes. Nesse andar em que nós estamos, nós estamos falando do Norte e Nordeste. Mas, por exemplo, nós falamos das cidades no primeiro andar, falamos um pouco de moda, um pouco de etnografia… São todos os usos que a fotografia tem que estão representado nessas três exposições nesses três andares”.

Com obras de Victor Dragonetti, Cartier Bresson, Evandro Teixeira e outros, o museu busca atrair os turistas que vêm para cidade. O empresário Silvio Frota, idealizador do museu, quer também receber escolas e levar o museu para as comunidades.

“Todo museu é muito engessado. Hoje em dia você tem a obrigação de ir atrás desse público e dar oportunidade de eles terem acesso a essas obras e principalmente você ensinar a eles o que é a fotografia, porque ela é feita dessa matéria, como um fotógrafo monta uma foto. De repente você tem grandes fotógrafos que não tiveram oportunidade”, ressalta Frota.

Para Silvio Frota, a parte mais fácil foi executada, que é a construção do museu, mas o mais difícil é a manutenção, uma realidade que atinge todo o Brasil. Ele ressalta que a dificuldade em manter a estrutura está resultando no fechamento de muitos museus. “Acho isso um absurdo como a nossa cultura é relegada a um segundo plano”, frisa.

Hoje no Brasil existem apenas dois museus de fotografia, o de Curitiba, no Paraná; e o de Fortaleza. O museu foi idealizado onde funcionava uma das sedes do Instituto Brasil-Estados Unidos, na Varjota.

O museu vai funcionar de quarta-feira a domingo, de 12 horas às 17 horas. A partir do segundo mês, a visitação será até sábado. A entrada custa R$ 10.

Confira a reportagem de Patrícia Gomes, para a Tribuna BandNews FM:

Publicidade

Dê sua opinião

CULTURA

Museu da Fotografia recebe visitantes de quarta a domingo em Fortaleza

Com obras de Victor Dragonetti, Cartier Bresson, Evandro Teixeira e outros, o museu busca atrair turistas

Por Tribuna Bandnews FM em Fotografia

18 de março de 2017 às 07:00

Há 2 meses
Museu da Fotografia tem entrada a R$ 10. (Foto: Celso Oliveira/Divulgação)

Museu da Fotografia tem entrada a R$ 10. (Foto: Celso Oliveira/Divulgação)

Aguardado pelo público cearense há três anos, o Museu da Fotografia chega a Fortaleza revelando um valioso material presente em 300 fotografias da coleção do empresário Silvio Frota, um apaixonado pela fotografia que teve esse gosto aflorado ao ver uma imagem captada pelo fotógrafo americano Steve McCurry.

Hoje ele já soma mais de duas mil imagens, como afirma o curador do Museu, Ivo Mesquita. As informações são da rádio Tribuna BandNews FM.

“Toda exposição tem uma narrativa, conta uma história, e um pouco é isso o que está aqui. A verdade é que aqui a gente conta várias histórias. Como a coleção é muito grande, tem segmentos diferentes. Nesse andar em que nós estamos, nós estamos falando do Norte e Nordeste. Mas, por exemplo, nós falamos das cidades no primeiro andar, falamos um pouco de moda, um pouco de etnografia… São todos os usos que a fotografia tem que estão representado nessas três exposições nesses três andares”.

Com obras de Victor Dragonetti, Cartier Bresson, Evandro Teixeira e outros, o museu busca atrair os turistas que vêm para cidade. O empresário Silvio Frota, idealizador do museu, quer também receber escolas e levar o museu para as comunidades.

“Todo museu é muito engessado. Hoje em dia você tem a obrigação de ir atrás desse público e dar oportunidade de eles terem acesso a essas obras e principalmente você ensinar a eles o que é a fotografia, porque ela é feita dessa matéria, como um fotógrafo monta uma foto. De repente você tem grandes fotógrafos que não tiveram oportunidade”, ressalta Frota.

Para Silvio Frota, a parte mais fácil foi executada, que é a construção do museu, mas o mais difícil é a manutenção, uma realidade que atinge todo o Brasil. Ele ressalta que a dificuldade em manter a estrutura está resultando no fechamento de muitos museus. “Acho isso um absurdo como a nossa cultura é relegada a um segundo plano”, frisa.

Hoje no Brasil existem apenas dois museus de fotografia, o de Curitiba, no Paraná; e o de Fortaleza. O museu foi idealizado onde funcionava uma das sedes do Instituto Brasil-Estados Unidos, na Varjota.

O museu vai funcionar de quarta-feira a domingo, de 12 horas às 17 horas. A partir do segundo mês, a visitação será até sábado. A entrada custa R$ 10.

Confira a reportagem de Patrícia Gomes, para a Tribuna BandNews FM: