Fotógrafo revela formas exuberantes de mulheres 'normais' e questiona padrão de beleza


Fotógrafo revela formas exuberantes de mulheres ‘normais’ em ensaios voluntários

Assinado por Humberto Mota, a sensualidade é sugerida no projeto Felina´s e se materializa em máscaras e “modelos” que questionam padrão de beleza

Por Wolney Batista em Fotografia

8 de Abril de 2015 às 07:00

Há 3 anos
Máscaras de felino é uma das características do ensaio (FOTO: Humberto Mota)

Máscaras de felino é uma das características do ensaio (FOTO: Humberto Mota)

Revelar os contornos dos corpos femininos sem as amarras ou projeções dos padrões de beleza estipulados pela mídia e/ou pela indústria da moda. Essa é a proposta do fotógrafo cearense Humberto Mota, de 21 anos, no projeto fotográfico Felina’s.

“Busco apresentar perspectivas que englobem tanto quem faz parte desse padrão [estipulado], como quem não se adequa a eles, criando imagens que valorizem as características femininas independente disso. Acho que, fundamentalmente, meu grande objetivo é mostrar que não importa se a mulher faz ou não parte de um padrão. Todas elas têm suas características de beleza”, explicou o fotógrafo.

A sensualidade sugerida pelo nome do projeto se materializa em máscaras de felinos usadas em quase todas as fotos pelas modelos durante o ensaio. Todas as mulheres retratadas são voluntárias. A maioria delas de Fortaleza, mas Humberto também já viajou para São Paulo e Natal, devido convites de participantes.

Atualmente, cerca de 17 moças já foram fotografadas, o que rendeu mais de 37 imagens. Em breve, o cearense pretende visitar Recife, Rio de Janeiro, Porto Alegre, e novamente, a capital paulista.

O artista defende que os ensaios do Felina’s não se tratam de nu artístico, sensual ou erótico. Ele prefere definí-los como intimista. “Quando nós aplicamos os termos citados, pressupomos que a nudez é o ponto principal da foto. No meu trabalho, tento adequar a nudez como mais um elemento de cena, forçando o observador a ver primeiro as luzes, sombras e elementos do cenário para, só então, focar na nudez”.

Outros trabalhos

Apesar de fotografar com temáticas diferentes, Humberto prepara um novo projeto também intimista, intitulado Do oɹʇno Lado [Do outro Lado] “É a relação do corpo nu com seu reflexo. As fotos são realizadas em ambientes simples – com o mínimo de informação possível – sempre fazendo uso da luz natural”, adianta.

 Confira o ensaio (+ 18 anos)

Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Publicidade

Dê sua opinião

Fotógrafo revela formas exuberantes de mulheres ‘normais’ em ensaios voluntários

Assinado por Humberto Mota, a sensualidade é sugerida no projeto Felina´s e se materializa em máscaras e “modelos” que questionam padrão de beleza

Por Wolney Batista em Fotografia

8 de Abril de 2015 às 07:00

Há 3 anos
Máscaras de felino é uma das características do ensaio (FOTO: Humberto Mota)

Máscaras de felino é uma das características do ensaio (FOTO: Humberto Mota)

Revelar os contornos dos corpos femininos sem as amarras ou projeções dos padrões de beleza estipulados pela mídia e/ou pela indústria da moda. Essa é a proposta do fotógrafo cearense Humberto Mota, de 21 anos, no projeto fotográfico Felina’s.

“Busco apresentar perspectivas que englobem tanto quem faz parte desse padrão [estipulado], como quem não se adequa a eles, criando imagens que valorizem as características femininas independente disso. Acho que, fundamentalmente, meu grande objetivo é mostrar que não importa se a mulher faz ou não parte de um padrão. Todas elas têm suas características de beleza”, explicou o fotógrafo.

A sensualidade sugerida pelo nome do projeto se materializa em máscaras de felinos usadas em quase todas as fotos pelas modelos durante o ensaio. Todas as mulheres retratadas são voluntárias. A maioria delas de Fortaleza, mas Humberto também já viajou para São Paulo e Natal, devido convites de participantes.

Atualmente, cerca de 17 moças já foram fotografadas, o que rendeu mais de 37 imagens. Em breve, o cearense pretende visitar Recife, Rio de Janeiro, Porto Alegre, e novamente, a capital paulista.

O artista defende que os ensaios do Felina’s não se tratam de nu artístico, sensual ou erótico. Ele prefere definí-los como intimista. “Quando nós aplicamos os termos citados, pressupomos que a nudez é o ponto principal da foto. No meu trabalho, tento adequar a nudez como mais um elemento de cena, forçando o observador a ver primeiro as luzes, sombras e elementos do cenário para, só então, focar na nudez”.

Outros trabalhos

Apesar de fotografar com temáticas diferentes, Humberto prepara um novo projeto também intimista, intitulado Do oɹʇno Lado [Do outro Lado] “É a relação do corpo nu com seu reflexo. As fotos são realizadas em ambientes simples – com o mínimo de informação possível – sempre fazendo uso da luz natural”, adianta.

 Confira o ensaio (+ 18 anos)

Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's
Felina's