Exposição permite admirar paisagens de 22 estados a bordo de parapente motorizado
FOTOGRAFIA

Exposição permite admirar paisagens de 22 estados a bordo de parapente motorizado

A quem quiser sentir um pouco na pele do piloto Lu Marini, um simulador de realidade virtual é disponibilizado ao público

Por Lucas Barbosa em Fotografia

7 de maio de 2017 às 07:00

Há 3 semanas

Lu Marini na cachoeira Casca D’Anta, no rio São Francisco, um dos cenários deslumbrantes registrados na exposição (FOTO: Divulgação)

Em Fortaleza também está sendo possível conferir a exposição “Pelos Ares: 15.042km de Brasil”, mostra que captura alguns dos mais exuberantes cenários brasileiros sob o ângulo do parapente motorizado pilotado pelo paulista Lu Marini.

São fotos e vídeos de 22 estados ao longo dos últimos nove anos, divididos em seis temas centrais: Atlântico, Pantanal, Transamazônica e os rios Tietê, São Francisco e Doce. É uma oportunidade de conhecer não só a beleza dos locais, mas também os desafios impostos à região, sobretudo, do ponto de vista sócio-ambiental.

Do incômodo de viver às margens de um rio poluído ao extremo dessa condição, no maior desastre natural da história do País. Mas também passando por uma das mais controversas obras da história brasileira e pela forma como vivem algumas das populações mais isoladas do País. Com espaço para a seca que mata peixes no São Francisco e para o uso desordenado de áreas de proteção ambiental no Litoral Brasileiro.

“Quero que as pessoas possam ter uma reflexão da importância da preservação do meio-ambiente”, afirma. “Além de ter esse lado artístico, quem for à exposição vai sair com conteúdo. Vai, realmente, conhecer o Brasil por um outro ângulo e sair com essa reflexão da importância do meio-ambiente para nossa sobrevivência”.

Ainda estão para visitação os objetos que Lu Marini colecionou ao longo dessa trajetória, principalmente presentes que recebeu das populações nativas. E o visitante ainda pode experimentar a sensação de voar em um paramotor, por meio de um simulador de realidade virtual. A exposição fica em cartaz até 2 de julho.

Serviço
Exposição: Pelos Ares: 15.042km de Brasil
CAIXA Cultural Fortaleza — Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema
De 5 de maio a 2 de julho de 2017, das terças-feira ao sábado de 10 às 20 horas; e aos domingos, das 12 às 19 horas
Entrada gratuita

Publicidade

Dê sua opinião

FOTOGRAFIA

Exposição permite admirar paisagens de 22 estados a bordo de parapente motorizado

A quem quiser sentir um pouco na pele do piloto Lu Marini, um simulador de realidade virtual é disponibilizado ao público

Por Lucas Barbosa em Fotografia

7 de maio de 2017 às 07:00

Há 3 semanas

Lu Marini na cachoeira Casca D’Anta, no rio São Francisco, um dos cenários deslumbrantes registrados na exposição (FOTO: Divulgação)

Em Fortaleza também está sendo possível conferir a exposição “Pelos Ares: 15.042km de Brasil”, mostra que captura alguns dos mais exuberantes cenários brasileiros sob o ângulo do parapente motorizado pilotado pelo paulista Lu Marini.

São fotos e vídeos de 22 estados ao longo dos últimos nove anos, divididos em seis temas centrais: Atlântico, Pantanal, Transamazônica e os rios Tietê, São Francisco e Doce. É uma oportunidade de conhecer não só a beleza dos locais, mas também os desafios impostos à região, sobretudo, do ponto de vista sócio-ambiental.

Do incômodo de viver às margens de um rio poluído ao extremo dessa condição, no maior desastre natural da história do País. Mas também passando por uma das mais controversas obras da história brasileira e pela forma como vivem algumas das populações mais isoladas do País. Com espaço para a seca que mata peixes no São Francisco e para o uso desordenado de áreas de proteção ambiental no Litoral Brasileiro.

“Quero que as pessoas possam ter uma reflexão da importância da preservação do meio-ambiente”, afirma. “Além de ter esse lado artístico, quem for à exposição vai sair com conteúdo. Vai, realmente, conhecer o Brasil por um outro ângulo e sair com essa reflexão da importância do meio-ambiente para nossa sobrevivência”.

Ainda estão para visitação os objetos que Lu Marini colecionou ao longo dessa trajetória, principalmente presentes que recebeu das populações nativas. E o visitante ainda pode experimentar a sensação de voar em um paramotor, por meio de um simulador de realidade virtual. A exposição fica em cartaz até 2 de julho.

Serviço
Exposição: Pelos Ares: 15.042km de Brasil
CAIXA Cultural Fortaleza — Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema
De 5 de maio a 2 de julho de 2017, das terças-feira ao sábado de 10 às 20 horas; e aos domingos, das 12 às 19 horas
Entrada gratuita