Netflix dos quadrinhos: cearenses criam serviço de streaming de HQs


Netflix dos quadrinhos: cearenses criam serviço de streaming de HQs

Com lançamento ainda em julho, usuário poderá usar plataforma de forma gratuita como leitor de revistas que já tenha em seu PC

Por Wolney Batista em Cultura

6 de julho de 2015 às 07:00

Há 4 anos

Imagem meramente ilustrativa: hqs apresentados não correspondem necessariamente àqueles que serão disponibilizados na plataforma (Foto: Reprodução)

Depois do mercado oferecer streaming de vídeo, música e jogos, cearenses criaram um serviço similar para as histórias em quadrinhos (HQs).

Com previsão de lançamento para novembro, a plataforma de leitura de quadrinhos digitais Cosmic pretende oferecer um rico acervo de HQs que poderá ser acessado via computador, tablet ou celular por uma mensalidade módica de R$15,90.

Antes disso, em julho, o aplicativo será liberado de forma gratuita para que o internauta possa ler todos os arquivos de HQs já baixados no computador, devidamente organizados em uma biblioteca pessoal. Essa versão irá funcionar inicialmente em equipamentos com Windows e MAC.

Os idealizadores do Cosmic, George Pedrosa e Ramon Cavalcante, desejam, por meio do sistema de acesso digital, cortar os custos de impressão e distribuição que consomem boa parte da renda dos artistas brasileiros.

“O impresso serviu de base para os quadrinhos se desenvolverem, mas queremos explorar outras possibilidades dessa linguagem. Vamos criar um suporte que abrigue os quadrinhos no digital, entenda suas necessidades e entregue as obras ao leitor com muita comodidade”, afirma Ramon Cavalcante, criador das webcomics Até o Fim do Mundo e Barafunda e um dos idealizadores da plataforma.

cosmic-hqs-tribuna-do-ceara

George Pedrosa e Ramon Cavalcante criaram o Cosmic (Fotos: Arquivo Pessoal)

Novembro

De acordo com George, parcerias estão sendo fechadas com grandes empresas nacionais e internacionais da área para que na ocasião do lançamento integral do serviço, previsto para novembro, dezenas ou até centenas de títulos já estejam disponíveis.

leitor de quadrinhos do Cosmic será disponibilizado gratuitamente no site. No mesmo site, autores e editoras interessadas em participar da plataforma podem se cadastrar.

Confira detalhes da plataforma 

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15522622″]

Publicidade

Dê sua opinião

Netflix dos quadrinhos: cearenses criam serviço de streaming de HQs

Com lançamento ainda em julho, usuário poderá usar plataforma de forma gratuita como leitor de revistas que já tenha em seu PC

Por Wolney Batista em Cultura

6 de julho de 2015 às 07:00

Há 4 anos

Imagem meramente ilustrativa: hqs apresentados não correspondem necessariamente àqueles que serão disponibilizados na plataforma (Foto: Reprodução)

Depois do mercado oferecer streaming de vídeo, música e jogos, cearenses criaram um serviço similar para as histórias em quadrinhos (HQs).

Com previsão de lançamento para novembro, a plataforma de leitura de quadrinhos digitais Cosmic pretende oferecer um rico acervo de HQs que poderá ser acessado via computador, tablet ou celular por uma mensalidade módica de R$15,90.

Antes disso, em julho, o aplicativo será liberado de forma gratuita para que o internauta possa ler todos os arquivos de HQs já baixados no computador, devidamente organizados em uma biblioteca pessoal. Essa versão irá funcionar inicialmente em equipamentos com Windows e MAC.

Os idealizadores do Cosmic, George Pedrosa e Ramon Cavalcante, desejam, por meio do sistema de acesso digital, cortar os custos de impressão e distribuição que consomem boa parte da renda dos artistas brasileiros.

“O impresso serviu de base para os quadrinhos se desenvolverem, mas queremos explorar outras possibilidades dessa linguagem. Vamos criar um suporte que abrigue os quadrinhos no digital, entenda suas necessidades e entregue as obras ao leitor com muita comodidade”, afirma Ramon Cavalcante, criador das webcomics Até o Fim do Mundo e Barafunda e um dos idealizadores da plataforma.

cosmic-hqs-tribuna-do-ceara

George Pedrosa e Ramon Cavalcante criaram o Cosmic (Fotos: Arquivo Pessoal)

Novembro

De acordo com George, parcerias estão sendo fechadas com grandes empresas nacionais e internacionais da área para que na ocasião do lançamento integral do serviço, previsto para novembro, dezenas ou até centenas de títulos já estejam disponíveis.

leitor de quadrinhos do Cosmic será disponibilizado gratuitamente no site. No mesmo site, autores e editoras interessadas em participar da plataforma podem se cadastrar.

Confira detalhes da plataforma 

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15522622″]