Saiba como proteger seu pet durante o período do Carnaval
DICAS

Saiba como proteger seu pet durante o período do Carnaval

Para quem deseja levar ou não o seu bichinho para a folia, deve ficar atento aos cuidados e dicas do veterinário

Por Tribuna Bandnews FM em Comportamento

23 de fevereiro de 2017 às 07:00

Há 6 meses
O bichinho precisa ter cuidados para passar esses dias de folia longe de casa (FOTO: Divulgação)

O bichinho precisa ter cuidados para passar esses dias de folia longe de casa (FOTO: Divulgação)

A poucos dias do Carnaval, muita gente já está com malas prontas e a programação definida para curtir a folia. No entanto, se você tem um bichinho de estimação, é preciso planejar também como serão os dias dele durante esse período. Levá-lo junto na viagem, deixá-no hotel ou em casa. Não é uma decisão fácil.

O veterinário Adriano Vieira alerta para alguns cuidados que devem ser tomados independentemente da escolha, como ele explica na matéria da Tribuna Band News FM.

“Primeiro esse cão deve estar vacinado, para que não contrair alguma doença contagiosa para o lugar que ele vai, depois manter ele vermifugado para que não venha desenvolver verminoses e terceiro proteção contra carrapato e pulga”, explica.

Se um hotel pet for o destino do seu cachorro ou gato, há um check-list obrigatório para que nada dê errado, como a verificação da rotina do estabelecimento, o tratamento dos animais e se há a supervisão de profissionais capacitados.

Caso prefira deixar o animal em casa, fique atento: o veterinário Carlos Aurélio explica que é indispensável a ida, pelo menos uma vez ao dia, de alguém para realizar os cuidados diários da saúde do bichinho.

“Tem que ter alguma pessoa que fique com ele, alimentá-lo, fazer uma passeio e limpar a casa”, alerta o médico.

Se você é daqueles que não abre mão de levar o pet para as viagens, o transporte e a alimentação dele merecem atenção. Isso porque a legislação de trânsito não permite levá-ló sem itens, como o sinto de segurança ou assento adequado. Opte também sempre pela ração, a fim de previr problemas estomacais do seu animal.

Ouça mais na matéria de Elon Nepomuceno, repórter da Tribuna Band News FM:

Publicidade

Dê sua opinião

DICAS

Saiba como proteger seu pet durante o período do Carnaval

Para quem deseja levar ou não o seu bichinho para a folia, deve ficar atento aos cuidados e dicas do veterinário

Por Tribuna Bandnews FM em Comportamento

23 de fevereiro de 2017 às 07:00

Há 6 meses
O bichinho precisa ter cuidados para passar esses dias de folia longe de casa (FOTO: Divulgação)

O bichinho precisa ter cuidados para passar esses dias de folia longe de casa (FOTO: Divulgação)

A poucos dias do Carnaval, muita gente já está com malas prontas e a programação definida para curtir a folia. No entanto, se você tem um bichinho de estimação, é preciso planejar também como serão os dias dele durante esse período. Levá-lo junto na viagem, deixá-no hotel ou em casa. Não é uma decisão fácil.

O veterinário Adriano Vieira alerta para alguns cuidados que devem ser tomados independentemente da escolha, como ele explica na matéria da Tribuna Band News FM.

“Primeiro esse cão deve estar vacinado, para que não contrair alguma doença contagiosa para o lugar que ele vai, depois manter ele vermifugado para que não venha desenvolver verminoses e terceiro proteção contra carrapato e pulga”, explica.

Se um hotel pet for o destino do seu cachorro ou gato, há um check-list obrigatório para que nada dê errado, como a verificação da rotina do estabelecimento, o tratamento dos animais e se há a supervisão de profissionais capacitados.

Caso prefira deixar o animal em casa, fique atento: o veterinário Carlos Aurélio explica que é indispensável a ida, pelo menos uma vez ao dia, de alguém para realizar os cuidados diários da saúde do bichinho.

“Tem que ter alguma pessoa que fique com ele, alimentá-lo, fazer uma passeio e limpar a casa”, alerta o médico.

Se você é daqueles que não abre mão de levar o pet para as viagens, o transporte e a alimentação dele merecem atenção. Isso porque a legislação de trânsito não permite levá-ló sem itens, como o sinto de segurança ou assento adequado. Opte também sempre pela ração, a fim de previr problemas estomacais do seu animal.

Ouça mais na matéria de Elon Nepomuceno, repórter da Tribuna Band News FM: