Gatos sofrem mais do que cachorros na mudança de endereço de seu dono
DEPRESSÃO ANIMAL

Gatos sofrem mais do que cachorros na mudança de endereço de seu dono

Os bichinhos sofrem na hora de mudança de residência, e merecem ter atenção por isso

Por Lyvia Rocha em Comportamento

29 de abril de 2017 às 07:00

Há 4 meses
Os bichinhos sofrem na hora da mudança (FOTO: Divulgação)

Os bichinhos sofrem na hora da mudança (FOTO: Divulgação)

Mudar de residência, de bairro ou até de país gera um grande processo de adaptação em todos da família, inclusive nos animais de estimação. Por isso, é necessário tomar alguns cuidados com os bichinhos durante o processo de mudança para manter a saúde e a calma dele.

De acordo com o veterinário Reginaldo Pereira, algumas técnicas aplicadas nos primeiros dias, no novo lar, ajudam a deixar a mudança menos traumática para o bichinho. Os gatos são os que demoram mais no processo de adaptação.

Já o cachorro, apesar de se adequar mais rápido, também precisa de alguns cuidados. Atenção também para os casos em que os animais vão ser transportados de avião.”Em relação ao cão a adaptação é mais fácil, mas também tem que ter paciência para evitar que esse animal tenha acesso fora da casa”, diz.

Gatos e cães de pequeno porte muitas vezes podem voar em uma pequena caixa transportadora, com você, na cabine de passageiros. Já para os animais maiores restará apenas o transporte na área de carga, o que na maioria dos casos é mais estressante e perigoso.

Ouça mais dicas na matéria de Juliana Marques, repórter da Tribuna Band News FM:

Publicidade

Dê sua opinião

DEPRESSÃO ANIMAL

Gatos sofrem mais do que cachorros na mudança de endereço de seu dono

Os bichinhos sofrem na hora de mudança de residência, e merecem ter atenção por isso

Por Lyvia Rocha em Comportamento

29 de abril de 2017 às 07:00

Há 4 meses
Os bichinhos sofrem na hora da mudança (FOTO: Divulgação)

Os bichinhos sofrem na hora da mudança (FOTO: Divulgação)

Mudar de residência, de bairro ou até de país gera um grande processo de adaptação em todos da família, inclusive nos animais de estimação. Por isso, é necessário tomar alguns cuidados com os bichinhos durante o processo de mudança para manter a saúde e a calma dele.

De acordo com o veterinário Reginaldo Pereira, algumas técnicas aplicadas nos primeiros dias, no novo lar, ajudam a deixar a mudança menos traumática para o bichinho. Os gatos são os que demoram mais no processo de adaptação.

Já o cachorro, apesar de se adequar mais rápido, também precisa de alguns cuidados. Atenção também para os casos em que os animais vão ser transportados de avião.”Em relação ao cão a adaptação é mais fácil, mas também tem que ter paciência para evitar que esse animal tenha acesso fora da casa”, diz.

Gatos e cães de pequeno porte muitas vezes podem voar em uma pequena caixa transportadora, com você, na cabine de passageiros. Já para os animais maiores restará apenas o transporte na área de carga, o que na maioria dos casos é mais estressante e perigoso.

Ouça mais dicas na matéria de Juliana Marques, repórter da Tribuna Band News FM: