Curta cearense aborda grau de dependência da Internet
ESTREIA

Curta cearense aborda grau de dependência da Internet

O curta “Ilhado” (Ceará, 2016) narra a aventura tragicômica de um homem que procura o sinal 3G, mas acaba numa praia deserta

Por Tribuna do Ceará em Cinema

19 de dezembro de 2016 às 15:24

Há 5 meses
Ilhado 5

Curta é exibido até esta terça (FOTO: Divulgação)

Imagine sair desesperadamente por aí em busca de um lugar com sinal de internet móvel para conseguir enviar ou receber uma simples mensagem pelo celular. O curta “Ilhado” (Ceará, 2016) narra a aventura tragicômica de um homem que, depois de caminhar incansavelmente a procura do sinal 3G mais próximo, acaba indo parar numa praia completamente deserta.

Raul, interpretado pelo estreante Glayco Salles, fica completamente perdido e sozinho num lugar sem qualquer vestígio de civilização ou tecnologia aparente. Mas um sinal revelador acaba transformando a relação dele com o local e com tudo ao seu redor. O curta cearense, sob direção do também estreante Járysson de Queiroz, traz referências diretas ao filme Náufrago (Drama, EUA, 2000), estrelado por Tom Hanks.

A produção independente é uma parábola que traz à tona uma discussão bastante atual: o grau de dependência cada vez maior da Internet, ferramenta tão presente em todas as tarefas diárias na vida, seja na rotina profissional ou somente para o lazer.

Estreia em festivais

O filme está sendo exibido pela primeira vez ao público no XI Curta Canoa (Festival Latino Americano de Cinema de Canoa Quebrada), até esta terça-feira (20), no município de Aracati, litoral leste do Estado. “Ilhado” faz parte da mostra Bons Ventos, que exibirá cerca de 25 produções de cineastas cearenses.

Serviço

XI Festival Latino Americano de Cinema de Canoa Quebrada – Curta Canoa
Data: 19 e 20 de dezembro
Hora: a partir das 19h
Local: Polo de Lazer da praia de Canoa Quebrada (Aracati)

Publicidade

Dê sua opinião

ESTREIA

Curta cearense aborda grau de dependência da Internet

O curta “Ilhado” (Ceará, 2016) narra a aventura tragicômica de um homem que procura o sinal 3G, mas acaba numa praia deserta

Por Tribuna do Ceará em Cinema

19 de dezembro de 2016 às 15:24

Há 5 meses
Ilhado 5

Curta é exibido até esta terça (FOTO: Divulgação)

Imagine sair desesperadamente por aí em busca de um lugar com sinal de internet móvel para conseguir enviar ou receber uma simples mensagem pelo celular. O curta “Ilhado” (Ceará, 2016) narra a aventura tragicômica de um homem que, depois de caminhar incansavelmente a procura do sinal 3G mais próximo, acaba indo parar numa praia completamente deserta.

Raul, interpretado pelo estreante Glayco Salles, fica completamente perdido e sozinho num lugar sem qualquer vestígio de civilização ou tecnologia aparente. Mas um sinal revelador acaba transformando a relação dele com o local e com tudo ao seu redor. O curta cearense, sob direção do também estreante Járysson de Queiroz, traz referências diretas ao filme Náufrago (Drama, EUA, 2000), estrelado por Tom Hanks.

A produção independente é uma parábola que traz à tona uma discussão bastante atual: o grau de dependência cada vez maior da Internet, ferramenta tão presente em todas as tarefas diárias na vida, seja na rotina profissional ou somente para o lazer.

Estreia em festivais

O filme está sendo exibido pela primeira vez ao público no XI Curta Canoa (Festival Latino Americano de Cinema de Canoa Quebrada), até esta terça-feira (20), no município de Aracati, litoral leste do Estado. “Ilhado” faz parte da mostra Bons Ventos, que exibirá cerca de 25 produções de cineastas cearenses.

Serviço

XI Festival Latino Americano de Cinema de Canoa Quebrada – Curta Canoa
Data: 19 e 20 de dezembro
Hora: a partir das 19h
Local: Polo de Lazer da praia de Canoa Quebrada (Aracati)