Curta Canoa promove integração cultural de moradores locais em evento

POLO DE LAZER DE CANOA

Curta Canoa promove integração cultural de moradores locais em evento

O festival distribui as atrações entre o Polo de Lazer de Canoa Quebrada, o Casarão da Cultura e o Cinema Bom Vizinho

Por Lyvia Rocha em Cinema

11 de dezembro de 2017 às 15:39

Há 1 ano
Crianças e adolescentes cantaram músicas na praça (FOTO: Lyvia Rocha/Tribuna do Ceará)

Crianças e adolescentes cantaram músicas na praça (FOTO: Lyvia Rocha/Tribuna do Ceará)

A 12ª edição do Curta Canoa não está apenas na mostra de curtas metragens. O evento promove também a integração de moradores no evento.

No sábado (9), artistas locais se apresentaram na praça principal de Canoa Quebrada. Circo e ginástica rítmica foram destaque no evento. A população local prestigiou o evento.

Além disso, em outro momento, garotos cantaram vários sucesso da Música Popular Brasileira, como Tim Maia, Alceu Valença, entre outros artistas brasileiros.

Para a jovem Luísa Sousa, o momento é importante para aquelas pessoas que podem mostrar o talento, e também por ter acesso a algo difícil a pessoas com menor poder aquisitivo: o cinema. “Eu fico muito feliz vendo essa praça lotada e com as crianças e adolescentes daqui se apresentando a turistas e cineastas”, afirma.

O festival distribui as atrações entre o Polo de Lazer de Canoa Quebrada, o Casarão da Cultura e o Cinema Bom Vizinho, esses últimos localizados na sede do município de Aracati. Toda a programação do Curta Canoa é gratuita e livre.

Ao todo, 106 curtas de 19 estados podem ser conferidos nas mostras Competitiva e Competitiva Bons Ventos. Os filmes selecionados concorrem nas categorias melhor curta-metragem de animação, ficção, documentário e “Júri Especial”, que participa votando ao fim de cada sessão. Também serão premiados a melhor direção, roteiro, direção de arte, fotografia, trilha original, melhor ator e atriz.

* A repórter viajou a convite da organização do festival Curta Canoa.

Veja o vídeo:

Publicidade

Dê sua opinião

POLO DE LAZER DE CANOA

Curta Canoa promove integração cultural de moradores locais em evento

O festival distribui as atrações entre o Polo de Lazer de Canoa Quebrada, o Casarão da Cultura e o Cinema Bom Vizinho

Por Lyvia Rocha em Cinema

11 de dezembro de 2017 às 15:39

Há 1 ano
Crianças e adolescentes cantaram músicas na praça (FOTO: Lyvia Rocha/Tribuna do Ceará)

Crianças e adolescentes cantaram músicas na praça (FOTO: Lyvia Rocha/Tribuna do Ceará)

A 12ª edição do Curta Canoa não está apenas na mostra de curtas metragens. O evento promove também a integração de moradores no evento.

No sábado (9), artistas locais se apresentaram na praça principal de Canoa Quebrada. Circo e ginástica rítmica foram destaque no evento. A população local prestigiou o evento.

Além disso, em outro momento, garotos cantaram vários sucesso da Música Popular Brasileira, como Tim Maia, Alceu Valença, entre outros artistas brasileiros.

Para a jovem Luísa Sousa, o momento é importante para aquelas pessoas que podem mostrar o talento, e também por ter acesso a algo difícil a pessoas com menor poder aquisitivo: o cinema. “Eu fico muito feliz vendo essa praça lotada e com as crianças e adolescentes daqui se apresentando a turistas e cineastas”, afirma.

O festival distribui as atrações entre o Polo de Lazer de Canoa Quebrada, o Casarão da Cultura e o Cinema Bom Vizinho, esses últimos localizados na sede do município de Aracati. Toda a programação do Curta Canoa é gratuita e livre.

Ao todo, 106 curtas de 19 estados podem ser conferidos nas mostras Competitiva e Competitiva Bons Ventos. Os filmes selecionados concorrem nas categorias melhor curta-metragem de animação, ficção, documentário e “Júri Especial”, que participa votando ao fim de cada sessão. Também serão premiados a melhor direção, roteiro, direção de arte, fotografia, trilha original, melhor ator e atriz.

* A repórter viajou a convite da organização do festival Curta Canoa.

Veja o vídeo: