Tribuna Testou: Estande de tiro em shopping permite a experiência de uma simulação militar
DESAFIO

Tribuna Testou: Estande de tiro em shopping permite a experiência de uma simulação militar

O Tribuna do Ceará foi conhecer o estande de tiro da loja Sniper AirSoft em Fortaleza

Por Jéssica Welma em Check- In

19 de janeiro de 2017 às 07:00

Há 4 meses
Repórter Jéssica Welma testou sua habilidade com o esporte de tiro. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Repórter Jéssica Welma testou sua habilidade com o esporte de tiro. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

“Você já atirou com uma arma?”, esse foi o questionamento que deu início a um desafio: conhecer o estande de tiro da loja Sniper AirSoft no Shopping Iguatemi. Se eu puder contabilizar tiro com as velhas carabinas de pressão, usadas em barraquinhas de parque de diversão do interior, posso dizer que eu já atirei. Fora isso, não sei nem como se segura uma arma. No entanto, curiosidade é o que não falta.

A Sniper AirSoft foi aberta em agosto de 2016 e tem previsão de ser uma nova opção de lazer para o público de Fortaleza. Pessoas de todas as idades podem se divertir em um ambiente seguro e projetado para simular um combate. A ideia de trazer para Fortaleza a modalidade foi dos irmãos Vitor e Renan Sales juntamente com outro sócio, Breno Fontenelle. Eles conheceram o esporte em uma viagem de trabalho na Região Sul e decidiram apostar na franquia.

Veja o vídeo do desafio:

 

Vítor explica que o AirSoft é um esporte de simulação militar no qual os participantes utilizam armamento à mola, elétrico ou à gás para disparar munições contra um alvo. No caso da loja Sniper, as armas são todas elétricas.

Uma das regras mais importantes é a segurança. Como os olhos são a única parte do corpo que pode sofrer dano real, os participantes só podem entrar no estande de tiro com um óculos de proteção especial.

Cabe ao jogador escolher o alvo e a arma com a qual deseja atirar. Meu alvo escolhido foi uma imagem de um dos vilões mais famosos das histórias em quadrinho: o Coringa, do Batman. Para os mais habilidosos, há alvos no qual é preciso evitar tiros no refém ou em bombas na cintura do alvo.

Na hora de escolher a arma, me interessei primeiro por uma pistola Glock, mas decidi me arriscar com um fuzil M16. Os instrutores mostram as regras de uso e o que não é permitido como, por exemplo, virar a arma em sentido contrário ao estande com o alvo.

Primeiro tiro, nota 8 na marcação do meu alvo. Ainda que eu mirasse no “x” entre os olhos do Coringa, o tiro teimava em passar, digamos, um pouco longe. A postura do corpo e a forma de segurar a arma influenciam. Acertar a visão com a massa e a alça de mira também requer certa prática.

Sniper AirSoft
1/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
2/17

Sniper AirSoft

Repórter Jéssica Welma testou as armas modelo pistola Glock e fuzil M16. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
3/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
4/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
5/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
6/17

Sniper AirSoft

Vitos Sales é um dos sócios da loja e praticante do AirSoft. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
7/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
8/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
9/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
10/17

Sniper AirSoft

s3://jgdprod us/wp content/uploads/sites/5/2017/01/img 9295

Sniper AirSoft
11/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
12/17

Sniper AirSoft

Dentista Jonhdner Soares com os filhos Davi (esq) e Renan (dir) Soares. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
13/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
14/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
15/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
16/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
17/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

 

Na hora de atirar com a pistola, o desempenho foi um pouco melhor. Como a arma é mais leve e requer menor aparato corporal para segurá-la, era mais fácil mirar.

A certeza de que meu desempenho não estava lá essas coisas apareceu, no entanto, quando o garoto Davi Soares, de 9 anos, pegou o mesmo rifle que eu usei, para atirar num alvo de homem-bomba. Não demorou para que o menino se habituasse à arma e acertasse em cheio a mira.

O desempenho de Davi tem suas razões: ele é jogador de games de tiro e filho do dentista Johndner Soares, de 42 anos, que já foi estudante da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), e levou Davi e o filho mais velho, Douglas Soares, de 12 anos, para conhecerem o estande no shopping. Na sala, o pai fazia questão de mostrar as técnicas que aprendeu.

A loja oferece opção para grupos também. Na modalidade “progressão”, os participantes são desafiados a percorrer um circuito com desafios a serem cumpridos no menor tempo possível.

Legislação
A Portaria 002, de 2014, publicada pelo Comando Logístico (Colog) do Exército Brasileiro, a AirSoft se enquadra na definição de arma de pressão (art.2) e não é simulacro.

Parágrafo único. Enquadram-se na definição de armas de pressão, para os efeitos desta Portaria, os lançadores de projéteis de plástico maciços (AirSoft) e os lançadores de projéteis de plástico com tinta em seu interior (paintball).

Informações
A Sniper AirSoft funciona de segunda a domingo, no horário de funcionamento do shopping. Os valores variam em R$ 30 e R$ 35 de acordo com a modalidade do esporte.

Publicidade

Dê sua opinião

DESAFIO

Tribuna Testou: Estande de tiro em shopping permite a experiência de uma simulação militar

O Tribuna do Ceará foi conhecer o estande de tiro da loja Sniper AirSoft em Fortaleza

Por Jéssica Welma em Check- In

19 de janeiro de 2017 às 07:00

Há 4 meses
Repórter Jéssica Welma testou sua habilidade com o esporte de tiro. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Repórter Jéssica Welma testou sua habilidade com o esporte de tiro. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

“Você já atirou com uma arma?”, esse foi o questionamento que deu início a um desafio: conhecer o estande de tiro da loja Sniper AirSoft no Shopping Iguatemi. Se eu puder contabilizar tiro com as velhas carabinas de pressão, usadas em barraquinhas de parque de diversão do interior, posso dizer que eu já atirei. Fora isso, não sei nem como se segura uma arma. No entanto, curiosidade é o que não falta.

A Sniper AirSoft foi aberta em agosto de 2016 e tem previsão de ser uma nova opção de lazer para o público de Fortaleza. Pessoas de todas as idades podem se divertir em um ambiente seguro e projetado para simular um combate. A ideia de trazer para Fortaleza a modalidade foi dos irmãos Vitor e Renan Sales juntamente com outro sócio, Breno Fontenelle. Eles conheceram o esporte em uma viagem de trabalho na Região Sul e decidiram apostar na franquia.

Veja o vídeo do desafio:

 

Vítor explica que o AirSoft é um esporte de simulação militar no qual os participantes utilizam armamento à mola, elétrico ou à gás para disparar munições contra um alvo. No caso da loja Sniper, as armas são todas elétricas.

Uma das regras mais importantes é a segurança. Como os olhos são a única parte do corpo que pode sofrer dano real, os participantes só podem entrar no estande de tiro com um óculos de proteção especial.

Cabe ao jogador escolher o alvo e a arma com a qual deseja atirar. Meu alvo escolhido foi uma imagem de um dos vilões mais famosos das histórias em quadrinho: o Coringa, do Batman. Para os mais habilidosos, há alvos no qual é preciso evitar tiros no refém ou em bombas na cintura do alvo.

Na hora de escolher a arma, me interessei primeiro por uma pistola Glock, mas decidi me arriscar com um fuzil M16. Os instrutores mostram as regras de uso e o que não é permitido como, por exemplo, virar a arma em sentido contrário ao estande com o alvo.

Primeiro tiro, nota 8 na marcação do meu alvo. Ainda que eu mirasse no “x” entre os olhos do Coringa, o tiro teimava em passar, digamos, um pouco longe. A postura do corpo e a forma de segurar a arma influenciam. Acertar a visão com a massa e a alça de mira também requer certa prática.

Sniper AirSoft
1/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
2/17

Sniper AirSoft

Repórter Jéssica Welma testou as armas modelo pistola Glock e fuzil M16. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
3/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
4/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
5/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
6/17

Sniper AirSoft

Vitos Sales é um dos sócios da loja e praticante do AirSoft. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
7/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
8/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
9/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
10/17

Sniper AirSoft

s3://jgdprod us/wp content/uploads/sites/5/2017/01/img 9295

Sniper AirSoft
11/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
12/17

Sniper AirSoft

Dentista Jonhdner Soares com os filhos Davi (esq) e Renan (dir) Soares. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
13/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
14/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
15/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
16/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

Sniper AirSoft
17/17

Sniper AirSoft

Tribuna do Ceará testou o estande de tiro no Shopping Iguatemi. (Foto: Adriano Paiva / Tribuna do Ceará)

 

Na hora de atirar com a pistola, o desempenho foi um pouco melhor. Como a arma é mais leve e requer menor aparato corporal para segurá-la, era mais fácil mirar.

A certeza de que meu desempenho não estava lá essas coisas apareceu, no entanto, quando o garoto Davi Soares, de 9 anos, pegou o mesmo rifle que eu usei, para atirar num alvo de homem-bomba. Não demorou para que o menino se habituasse à arma e acertasse em cheio a mira.

O desempenho de Davi tem suas razões: ele é jogador de games de tiro e filho do dentista Johndner Soares, de 42 anos, que já foi estudante da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), e levou Davi e o filho mais velho, Douglas Soares, de 12 anos, para conhecerem o estande no shopping. Na sala, o pai fazia questão de mostrar as técnicas que aprendeu.

A loja oferece opção para grupos também. Na modalidade “progressão”, os participantes são desafiados a percorrer um circuito com desafios a serem cumpridos no menor tempo possível.

Legislação
A Portaria 002, de 2014, publicada pelo Comando Logístico (Colog) do Exército Brasileiro, a AirSoft se enquadra na definição de arma de pressão (art.2) e não é simulacro.

Parágrafo único. Enquadram-se na definição de armas de pressão, para os efeitos desta Portaria, os lançadores de projéteis de plástico maciços (AirSoft) e os lançadores de projéteis de plástico com tinta em seu interior (paintball).

Informações
A Sniper AirSoft funciona de segunda a domingo, no horário de funcionamento do shopping. Os valores variam em R$ 30 e R$ 35 de acordo com a modalidade do esporte.