Escola Porto Iracema das Artes comemora 4 anos de acesso à formação em artes
NOITE DE FESTA

Escola Porto Iracema das Artes comemora 4 anos de acesso à formação em artes

As apresentações artísticas serão com os projetos selecionados para o Laboratório de Música deste ano do Porto Iracema

Por Tribuna do Ceará em Agenda Cultural

29 de agosto de 2017 às 06:45

Há 3 semanas
São várias atrações de comemoração (FOTO: Divulgação)

São várias atrações de comemoração (FOTO: Divulgação)

O aniversário do Porto Iracema das Artes de quatro será celebrado nesta terça-feira (29). O cantor Daniel Peixoto, o projeto Sila C.r.v.s A.O.A, a Orquestra Popular do Nordeste e os artistas do Ode ao Mar Atlântico fazem um show gratuito no pátio do Porto, na Praia de Iracema, em Fortaleza, para celebrar a data. As quatro atrações compõem o Laboratório de Música deste ano.

Em 2017, todas as atividades da escola têm sido perpassadas pelo conceito de utopia, como um motor da “exploração de novas possibilidades e vontades humanas”. Elisabete Jaguaribe, diretora do Porto Iracema das Artes, acentua a importância do debate em torno da ideia de utopias como temática norteadora das programações deste ano.

“O campo das artes é o mais tensionado nestes momentos de incertezas. Devemos aproveitar o momento para refletirmos sobre o país, sobre nossas possibilidades de criação e de enfrentamento”, afirma.

O show

As apresentações artísticas serão com os projetos selecionados para o Laboratório de Música deste ano vai encerrar as comemorações. As apresentações iniciam a partir das 19 horas. O performer Daniel Peixoto divide o palco com os multi-instrumentistas Ivan Timbó e Paulo T.

Eric Barbosa, Eduardo Escarpinelli e Eden Barbosa, do projeto Ode ao Mar Atlântico, fazem experimentações sonoras com o uso de várias formas, como canção, rock e matrizes rítmicas africanas. Já a Orquestra Popular do Nordeste, liderada por Giltácio Santos (clarinetista) e Pedro Madeira (cordas), mostrará arranjos para obras de compositores cearenses, que formam a base de sua pesquisa do choro e outros formatos.

Em Sila Crvs A.O.A., Alvaro Ximenes, Issac Omar e Gabriel Ramos fazem um som a partir de sua pesquisa em torno do theremin (instrumento russo criado nos anos 30) e programações eletrônicas.

Além da programação musical, a terça-feira terá, ainda, muito movimento. Os alunos do Curso Técnico em Dança se juntam aos artistas do Laboratório para embalar o público que for conferir a programação com dança de salão, na Ação Dança de Dois, e numa jam session ao som do projeto Sila, a partir das 21h.

Publicidade

Dê sua opinião

NOITE DE FESTA

Escola Porto Iracema das Artes comemora 4 anos de acesso à formação em artes

As apresentações artísticas serão com os projetos selecionados para o Laboratório de Música deste ano do Porto Iracema

Por Tribuna do Ceará em Agenda Cultural

29 de agosto de 2017 às 06:45

Há 3 semanas
São várias atrações de comemoração (FOTO: Divulgação)

São várias atrações de comemoração (FOTO: Divulgação)

O aniversário do Porto Iracema das Artes de quatro será celebrado nesta terça-feira (29). O cantor Daniel Peixoto, o projeto Sila C.r.v.s A.O.A, a Orquestra Popular do Nordeste e os artistas do Ode ao Mar Atlântico fazem um show gratuito no pátio do Porto, na Praia de Iracema, em Fortaleza, para celebrar a data. As quatro atrações compõem o Laboratório de Música deste ano.

Em 2017, todas as atividades da escola têm sido perpassadas pelo conceito de utopia, como um motor da “exploração de novas possibilidades e vontades humanas”. Elisabete Jaguaribe, diretora do Porto Iracema das Artes, acentua a importância do debate em torno da ideia de utopias como temática norteadora das programações deste ano.

“O campo das artes é o mais tensionado nestes momentos de incertezas. Devemos aproveitar o momento para refletirmos sobre o país, sobre nossas possibilidades de criação e de enfrentamento”, afirma.

O show

As apresentações artísticas serão com os projetos selecionados para o Laboratório de Música deste ano vai encerrar as comemorações. As apresentações iniciam a partir das 19 horas. O performer Daniel Peixoto divide o palco com os multi-instrumentistas Ivan Timbó e Paulo T.

Eric Barbosa, Eduardo Escarpinelli e Eden Barbosa, do projeto Ode ao Mar Atlântico, fazem experimentações sonoras com o uso de várias formas, como canção, rock e matrizes rítmicas africanas. Já a Orquestra Popular do Nordeste, liderada por Giltácio Santos (clarinetista) e Pedro Madeira (cordas), mostrará arranjos para obras de compositores cearenses, que formam a base de sua pesquisa do choro e outros formatos.

Em Sila Crvs A.O.A., Alvaro Ximenes, Issac Omar e Gabriel Ramos fazem um som a partir de sua pesquisa em torno do theremin (instrumento russo criado nos anos 30) e programações eletrônicas.

Além da programação musical, a terça-feira terá, ainda, muito movimento. Os alunos do Curso Técnico em Dança se juntam aos artistas do Laboratório para embalar o público que for conferir a programação com dança de salão, na Ação Dança de Dois, e numa jam session ao som do projeto Sila, a partir das 21h.