Autores cearenses lançam coletânea de contos de Natal com experiências sobre a data

"MIRABILIA"

Autores cearenses lançam coletânea de contos de Natal com experiências sobre a data

A obra é resultado de uma oficina de contos da professora e escritora Socorro Acioli cujo mote era o Natal; lançamento acontece na segunda-feira (3)

Por Jéssica Welma em Agenda Cultural

2 de dezembro de 2018 às 06:45

Há 2 semanas
22 autores compõem a coletânea de contos de Natal. (Fotos: Divulgação)

22 autores compõem a coletânea de contos de Natal. (Fotos: Divulgação)

Um Natal que foge dos clichês: essa é a linha que costura os 22 contos da coletânea Mirabilia, que será lançada nests segunda-feira (3), em Fortaleza. O livro reúne diferentes olhares sobre a data comemorativa, com histórias criadas por 22 autores de vivências heterogêneas, desde quem conhece a vida nas ruas a quem já figura na lista de novos escritores de destaque no Ceará.

O projeto é resultado da oficina de contos da escritora e professora de escrita criativa Socorro Acioli.

Um dos contos tem autoria do sociólogo de formação Carlos Donisete. Paulista de nascimento, Donisete conheceu no Ceará o drama de morar nas ruas. A participação no curso foi presente de um amigo, a quem ele mostrou um monólogo que escreveu a partir da sua observação da rotina na cidade, o Usina de Bruxo.

No curso, Donisete ressalta o que mais lhe marcou. “Uma das coisas que a Socorro Acioli falou e que mais me acrescentou foi ‘de onde você fala?’, ‘qual teu lugar de fala?’, ‘qual a tua voz?’. Eu não tinha assumido isso. Falo do ponto de vista dos excluídos, de quem está embaixo”, ressalta.

No seu conto “Cajueiro”, o sociólogo fala sobre a saudade, sobre o lugar do eterno retirante. O mote do texto surgiu em um jantar de Natal patrocinado pela Prefeitura de Fortaleza na Praça do Ferreira, conta ele.

“Muito organizado, muita fartura. Eu via que as pessoas estavam comendo, mas não estavam felizes. A maioria não é de Fortaleza, é de fora. Existe um passado, uma saudade. Às vezes a gente tem as coisas, mas as coisas não completam a gente. O morador de rua conhece o que é ter uma família, o que é ter Deus, mas está numa fronteira, num recomeço”, pontua.

Também faz parte da coletânea a escritora Íris Cavalcante, finalista do Prêmio Jabuti 2018 na categoria Poesia, com o livro “Vento do Oitavo Andar”. Apesar da experiência literária na poesia e no romance, Íris destaca que a oficina proporcionou uma nova vivência com duas especificidades: desenvolver o gênero conto e ater-se à temática do Natal.

“Essa oficina me possibilitou meu primeiro contato como autora do gênero conto. Já era leitora, já era escritora, mas não tinha desenvolvido a habilidade com a escrita curta. A partir dela, desenvolvi o meu prazer pela leitura e pela escrita de contos”, ressalta. Íris deve lançar em breve seu próprio livro do gênero.

Em Mirabilia, seu conto “Mistério de uma Noite” tem inspiração regionalista e dá-se no agreste do sertão cearense, onde fé, crenças, lendas e a inocência de um menino se encontram sob a luz de uma noite de Natal.

O livro é uma publicação independente, realizada através da editora Labrador. O lançamento acontece no Teatro Nadir Papi Saboya, na Varjota, na segunda-feira (3), às 18 horas.

Serviço
Lançamento da coletânea de contos “Mirabilia”
Data: 3 de dezembro, às 18 horas
Local: Teatro Nadir Pai Saboya (Rua 8 de Setembro, 1331 – Varjota)
Preço: R$ 29,90 (físico) / R$ 19,90 (digital)
Mais informações: Instagram/livromirabilia

Publicidade

Dê sua opinião

"MIRABILIA"

Autores cearenses lançam coletânea de contos de Natal com experiências sobre a data

A obra é resultado de uma oficina de contos da professora e escritora Socorro Acioli cujo mote era o Natal; lançamento acontece na segunda-feira (3)

Por Jéssica Welma em Agenda Cultural

2 de dezembro de 2018 às 06:45

Há 2 semanas
22 autores compõem a coletânea de contos de Natal. (Fotos: Divulgação)

22 autores compõem a coletânea de contos de Natal. (Fotos: Divulgação)

Um Natal que foge dos clichês: essa é a linha que costura os 22 contos da coletânea Mirabilia, que será lançada nests segunda-feira (3), em Fortaleza. O livro reúne diferentes olhares sobre a data comemorativa, com histórias criadas por 22 autores de vivências heterogêneas, desde quem conhece a vida nas ruas a quem já figura na lista de novos escritores de destaque no Ceará.

O projeto é resultado da oficina de contos da escritora e professora de escrita criativa Socorro Acioli.

Um dos contos tem autoria do sociólogo de formação Carlos Donisete. Paulista de nascimento, Donisete conheceu no Ceará o drama de morar nas ruas. A participação no curso foi presente de um amigo, a quem ele mostrou um monólogo que escreveu a partir da sua observação da rotina na cidade, o Usina de Bruxo.

No curso, Donisete ressalta o que mais lhe marcou. “Uma das coisas que a Socorro Acioli falou e que mais me acrescentou foi ‘de onde você fala?’, ‘qual teu lugar de fala?’, ‘qual a tua voz?’. Eu não tinha assumido isso. Falo do ponto de vista dos excluídos, de quem está embaixo”, ressalta.

No seu conto “Cajueiro”, o sociólogo fala sobre a saudade, sobre o lugar do eterno retirante. O mote do texto surgiu em um jantar de Natal patrocinado pela Prefeitura de Fortaleza na Praça do Ferreira, conta ele.

“Muito organizado, muita fartura. Eu via que as pessoas estavam comendo, mas não estavam felizes. A maioria não é de Fortaleza, é de fora. Existe um passado, uma saudade. Às vezes a gente tem as coisas, mas as coisas não completam a gente. O morador de rua conhece o que é ter uma família, o que é ter Deus, mas está numa fronteira, num recomeço”, pontua.

Também faz parte da coletânea a escritora Íris Cavalcante, finalista do Prêmio Jabuti 2018 na categoria Poesia, com o livro “Vento do Oitavo Andar”. Apesar da experiência literária na poesia e no romance, Íris destaca que a oficina proporcionou uma nova vivência com duas especificidades: desenvolver o gênero conto e ater-se à temática do Natal.

“Essa oficina me possibilitou meu primeiro contato como autora do gênero conto. Já era leitora, já era escritora, mas não tinha desenvolvido a habilidade com a escrita curta. A partir dela, desenvolvi o meu prazer pela leitura e pela escrita de contos”, ressalta. Íris deve lançar em breve seu próprio livro do gênero.

Em Mirabilia, seu conto “Mistério de uma Noite” tem inspiração regionalista e dá-se no agreste do sertão cearense, onde fé, crenças, lendas e a inocência de um menino se encontram sob a luz de uma noite de Natal.

O livro é uma publicação independente, realizada através da editora Labrador. O lançamento acontece no Teatro Nadir Papi Saboya, na Varjota, na segunda-feira (3), às 18 horas.

Serviço
Lançamento da coletânea de contos “Mirabilia”
Data: 3 de dezembro, às 18 horas
Local: Teatro Nadir Pai Saboya (Rua 8 de Setembro, 1331 – Varjota)
Preço: R$ 29,90 (físico) / R$ 19,90 (digital)
Mais informações: Instagram/livromirabilia