Leonelzinho Alencar Archives - Blog do Wanfil 
Publicidade

Blog do Wanfil

por Wanderley Filho

Leonelzinho Alencar

O candidato esconde, mas o Facebook entrega

Por Wanfil em Eleições 2016

18 de agosto de 2016

Chego ao trabalho e abro o email. Destaque para mensagens de dois candidatos à Prefeitura de Fortaleza. São as assessorias de imprensa fazendo a sua parte.

Na primeira, fico sabendo que Heitor Férrer (PSB) “dedicará a quinta-feira a reuniões internas com a equipe de campanha”. Ou seja, o candidato não tem agenda. Na segunda, recebo um release com fotos de uma pequena carreata de Roberto Cláudio em Messejana. Entre as imagens, reparei nesta em particular:

17.08 - mini Carreata em Messejana - Roberto Cláudio (1)

Como a imagem do carro ficou distante, fiquei curioso. Quem é esse ao lado do prefeito? Fui ao Facebook do candidato à reeleição para ver se outras fotos da carreata teriam sido publicadas. Foram, sim. Encontrei essas:

RC carreata Messejana 2

RC carreata Messejana

Novamente, não foi possível identificar quem, afinal, seria o sujeito de camisa amarela. A posição de destaque no carro que leva o prefeito sugere proximidade política entre os dois, no entanto, seu rosto não aparece.

Como a carreata foi em Messejana, procurei páginas de políticos do bairro, até que o mistério foi elucidado no Facebook de um ex-vereador que, após ser afastado do cargo por decisão da justiça no ano passado, renunciou para não ser cassado. O nome dele é… suspense… Leonelzinho Alencar!

Leonelzinho RC carreata Messejana

Esse Facebook.

 

Publicidade

Fica, Leonelzinho!

Por Wanfil em Política

19 de junho de 2015

Enrolado com a lei, protagonista de vários escândalos e afastado do cargo por decisão judicial, o vereador de Fortaleza Leonelzinho Alencar, do PT do B, renunciou ao cargo.

Não há mais como voltar a atrás, pois a decisão foi consumada. No entanto, se eu pudesse, se tivesse sido, por algum motivo qualquer, consultado a respeito, diria assim: fica, Leonelzinho! Suponho, entretanto, que o vereador não acataria meu conselho fraterno. É que assim, o parlamentar poderia ser cassado, ficando inelegível por oito anos. Não por acaso, foi o mesmo desfecho do caso envolvendo o vereador ‘Aonde É’, que renunciou no mês passado.

A renúncia não deixa de ser uma espécie de confissão, mas isso pouco importa para os envolvidos. Em casos assim não é a honra dos acusados que está em jogo, o que vale é garantir a possibilidade de uma candidatura nas próximas eleições. São vários os exemplos de políticos que renunciaram para depois voltar ao parlamento, sendo o mais notório o caso de Renan Calheiros, que não só foi eleito novamente, como ainda se tornou presidente do Senado.

Legião
Naquela que considero uma das melhores passagens bíblicas, Jesus pergunta ao demônio que dominava um homem: “Qual é o teu nome?” E o espírito maligno lhe responde: “Legião é o meu nome, porque somos muitos”.

Leonelzinho e ‘Aonde É’ não assombram sozinhos a Câmara de Fortaleza ou a política cearense. Na verdade, eles são muitos. Em todo o país políticos usam desse artifício para escapar de uma punição maior. E ninguém elimina essas brechas porque elas existem para atender a legião. Por que ninguém apresenta um projeto tornando inelegíveis parlamentares investigados por irregularidades no exercício do mandato que renunciam? Porque não lhes interessa, claro.

De resto, os renunciantes sempre contam com a conivência, a displicência e também com a memória curta de seus eleitores.

Publicidade

Diga-me com quem andas…

Por Wanfil em Eleições 2014

17 de Fevereiro de 2014

Acusado pelo Ministério Público Eleitoral de fazer campanha antecipada, Zezinho Albuquerque, presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, pré-candidato ao governo estadual pelo PROS, compareceu a mais um evento promovido por órgão do Poder Executivo. Desta vez,pela Prefeitura de Fortaleza, comandada por seu correligionário Roberto Cláudio. Juntos, inauguraram uma UPA, na última sexta-feira (14).

Na ocasião, Zezinho discursou e teceu fartos elogios ao governador Cid Gomes, que em breve poderá decidir quem será o eventual candidato do PROS na disputa pela sucessão ao governo do Estado. A participação do parlamentar no evento tem a gentil divulgação de sua assessoria de imprensa, que para informar a sociedade sobre as ideias e ações dessa liderança emergente, enviou-nos a foto que segue abaixo.

UPA LÁ LÁ

Os bons companheiros: Cid, Carlos Mesquita, Leonelzinho Alencar, Roberto Cláudio, Zezinho Albuquerque, Walter Cavalcante e o ex-professor Evaldo. Foto: divulgação.

 

Pode não ser campanha, mas que parece, parece. Pode não ser palanque, mas que tem cara de palanque, isso tem. Não digo isso apenas pelas devidas semelhanças estéticas. Qualquer inauguração que reúna políticos, a rigor, lembra um palanque. No presente caso, a associação é inevitável e automática por causa das circunstâncias que amplificam o significado do evento: ato custeado com dinheiro público em ano eleitoral, com a presença destacada de pré-candidato, naturalmente levanta suspeições. Que a justiça eleitoral averigue o caso.

Entretanto, para o eleitor, o mais interessante é ver quem é quem nesse jogo. Como diz o ditado, diga-me com quem andas, que te direis quem és. Sendo assim, vamos lá.

Na foto, destacados em vermelho, da esquerda para direita: Cid Gomes (ex-diversos partidos e atualmente PROS), Carlos Mesquita (PMDB, ex-juracista, ex-luiziannista e atual claudista), Leonelzinho Alencar (procurar no Google: Leonelzinho + Bolsa Família + bicicletas + Iprede), Roberto Cláudio (PROS), Zezinho Albuquerque (ex-patrão da Primeira Dama Maria Célia), Walter Cavalcante (PMDB, presidente da Câmara de Fortaleza) e o vereador ex-professor Evaldo (PCdoB, ex-secretário de Esportes de Luizianne e agora líder do governo Roberto Cláudio na Câmara).

Publicidade

Diga-me com quem andas…

Por Wanfil em Eleições 2014

17 de Fevereiro de 2014

Acusado pelo Ministério Público Eleitoral de fazer campanha antecipada, Zezinho Albuquerque, presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, pré-candidato ao governo estadual pelo PROS, compareceu a mais um evento promovido por órgão do Poder Executivo. Desta vez,pela Prefeitura de Fortaleza, comandada por seu correligionário Roberto Cláudio. Juntos, inauguraram uma UPA, na última sexta-feira (14).

Na ocasião, Zezinho discursou e teceu fartos elogios ao governador Cid Gomes, que em breve poderá decidir quem será o eventual candidato do PROS na disputa pela sucessão ao governo do Estado. A participação do parlamentar no evento tem a gentil divulgação de sua assessoria de imprensa, que para informar a sociedade sobre as ideias e ações dessa liderança emergente, enviou-nos a foto que segue abaixo.

UPA LÁ LÁ

Os bons companheiros: Cid, Carlos Mesquita, Leonelzinho Alencar, Roberto Cláudio, Zezinho Albuquerque, Walter Cavalcante e o ex-professor Evaldo. Foto: divulgação.

 

Pode não ser campanha, mas que parece, parece. Pode não ser palanque, mas que tem cara de palanque, isso tem. Não digo isso apenas pelas devidas semelhanças estéticas. Qualquer inauguração que reúna políticos, a rigor, lembra um palanque. No presente caso, a associação é inevitável e automática por causa das circunstâncias que amplificam o significado do evento: ato custeado com dinheiro público em ano eleitoral, com a presença destacada de pré-candidato, naturalmente levanta suspeições. Que a justiça eleitoral averigue o caso.

Entretanto, para o eleitor, o mais interessante é ver quem é quem nesse jogo. Como diz o ditado, diga-me com quem andas, que te direis quem és. Sendo assim, vamos lá.

Na foto, destacados em vermelho, da esquerda para direita: Cid Gomes (ex-diversos partidos e atualmente PROS), Carlos Mesquita (PMDB, ex-juracista, ex-luiziannista e atual claudista), Leonelzinho Alencar (procurar no Google: Leonelzinho + Bolsa Família + bicicletas + Iprede), Roberto Cláudio (PROS), Zezinho Albuquerque (ex-patrão da Primeira Dama Maria Célia), Walter Cavalcante (PMDB, presidente da Câmara de Fortaleza) e o vereador ex-professor Evaldo (PCdoB, ex-secretário de Esportes de Luizianne e agora líder do governo Roberto Cláudio na Câmara).