Ah, se o problema da segurança no Ceará fosse apenas denúncias de milícias... - Blog do Wanfil 
Publicidade

Blog do Wanfil

por Wanderley Filho

Ah, se o problema da segurança no Ceará fosse apenas denúncias de milícias…

Por Wanfil em Segurança, Tribuna Band News FM

25 de Maio de 2013

Meu comentário deste sábado na rádio Tribuna BandNews FM 101.7

Durante toda esta semana falamos sobre a questão da segurança pública, como parte da série especial Por um Ceará mais Seguro, do Sistema Jangadeiro.

As matérias mostraram que as autoridades da área estão cientes da gravidade da situação. Vimos ainda que outros estados conseguiram, com razoável sucesso, mobilizar a sociedade na tarefa de reduzir a criminalidade.

Mas, diante disso, fica a pergunta: O que falta então para fazer recuar a violência no Ceará?

Acusei aqui na coluna para a politização negativa desse debate, que acaba se perdendo em discussões sem efeito prático. Agora os responsáveis por garantir a segurança no estado pautam o problema a partir de denúncias de supostas milícias formadas por policiais militares, como se essa fosse a causa dos absurdos índices criminalísticos no estado.

Se existem milícias, que sejam investigadas, claro, e que seus membros sejam punidos, mas a verdade é que nem de longe essa será a solução para o descontrole que se vê nas ruas.

Em entrevista exibida aqui na Tribuna BandNews, o promotor de Justiça José Filho revelou que 92% dos assassinatos cometidos no estado não tem seus autores identificados. Ou seja, existe uma grave deficiência nos setores investigativos da polícia, falha que resulta em mais impunidade, em mais estímulo para os criminosos.

Esse é apenas um exemplo, entre tantos outros, de erros que podem ser estudados e devidamente corrigidos. Os desafios são grandes e se acumulam. As medidas adotadas até o momento não surtem efeito. E o pior é que, diante do agravamento da situação, boa parte das lideranças políticas do Ceará fecha os olhos para a realidade que os desafia e que assusta a população. Preferem acreditar que a gestão vai bem e que tudo não passa de intriga de adversários. Como diz o ditado, o pior cego é o que não quer ver.

Todas as matérias da série por um ceará mais seguro podem ser conferidas no site Tribuna do Ceará.

Para ouvir o comentário:

[haiku url=”http://tribunadoceara.uol.com.br/blogs/wanderley-filho/files/2013/05/POLITICA_WANDERLEY-FILHO_2505-T-0210.mp3″]

Publicidade aqui

Ah, se o problema da segurança no Ceará fosse apenas denúncias de milícias…

Por Wanfil em Segurança, Tribuna Band News FM

25 de Maio de 2013

Meu comentário deste sábado na rádio Tribuna BandNews FM 101.7

Durante toda esta semana falamos sobre a questão da segurança pública, como parte da série especial Por um Ceará mais Seguro, do Sistema Jangadeiro.

As matérias mostraram que as autoridades da área estão cientes da gravidade da situação. Vimos ainda que outros estados conseguiram, com razoável sucesso, mobilizar a sociedade na tarefa de reduzir a criminalidade.

Mas, diante disso, fica a pergunta: O que falta então para fazer recuar a violência no Ceará?

Acusei aqui na coluna para a politização negativa desse debate, que acaba se perdendo em discussões sem efeito prático. Agora os responsáveis por garantir a segurança no estado pautam o problema a partir de denúncias de supostas milícias formadas por policiais militares, como se essa fosse a causa dos absurdos índices criminalísticos no estado.

Se existem milícias, que sejam investigadas, claro, e que seus membros sejam punidos, mas a verdade é que nem de longe essa será a solução para o descontrole que se vê nas ruas.

Em entrevista exibida aqui na Tribuna BandNews, o promotor de Justiça José Filho revelou que 92% dos assassinatos cometidos no estado não tem seus autores identificados. Ou seja, existe uma grave deficiência nos setores investigativos da polícia, falha que resulta em mais impunidade, em mais estímulo para os criminosos.

Esse é apenas um exemplo, entre tantos outros, de erros que podem ser estudados e devidamente corrigidos. Os desafios são grandes e se acumulam. As medidas adotadas até o momento não surtem efeito. E o pior é que, diante do agravamento da situação, boa parte das lideranças políticas do Ceará fecha os olhos para a realidade que os desafia e que assusta a população. Preferem acreditar que a gestão vai bem e que tudo não passa de intriga de adversários. Como diz o ditado, o pior cego é o que não quer ver.

Todas as matérias da série por um ceará mais seguro podem ser conferidas no site Tribuna do Ceará.

Para ouvir o comentário:

[haiku url=”http://tribunadoceara.uol.com.br/blogs/wanderley-filho/files/2013/05/POLITICA_WANDERLEY-FILHO_2505-T-0210.mp3″]