Depois do Carnaval, hora de trabalhar 
Publicidade

Blog do Wanfil

por Wanderley Filho

Depois do Carnaval, hora de trabalhar

Por Wanfil em Política

15 de Fevereiro de 2013

"Mas, agora que o Carnaval passou, que vamos fazer de tantos quilos de miçangas...? Mas os homens gostam de ilusão...

Cecília Meireles: “Mas, agora que o Carnaval passou, que vamos fazer de tantos quilos de miçangas…? Mas os homens gostam de ilusão…”

O Carnaval terminou e o ano, como se diz por aí, agora começa de verdade. Para os brasileiros comuns, o ano começou faz tempo. Mas para outros, como os nossos parlamentares, as coisas ainda estão por começar. E trabalho não falta. É que as demandas e os problemas não tiram férias nem entram em recesso. Vejamos como estão as coisas!

Sem efeito prático

A bancada federal do Ceará em Brasília ainda não disse a que veio, passados mais de dois anos da atual legislatura. Sofremos com a seca e a Transposição do Rio São Francisco, que deveria ter sido concluída no ano passado, se arrasta sem previsão certa, por causa de atrasos indesculpáveis e irregularidades criminosas. Mesmo assim, ninguém faz nada. Onde estão senadores e deputados federais que nas eleições souberam pedir votos para si e para a presidente Dilma?

Já a Assembleia Legislativa do Ceará, anda parada, preocupada em salvar o deputado Carlomano Marques de uma cassação determinada pela Justiça eleitoral! Enquanto o espírito corporativista mobiliza os deputados estaduais em defesa do colega em apuros, outras questões ficam de lado. Afinal, por exemplo, onde foi parar o dinheiro desviado no caso do escândalo dos banheiros? Ninguém será obrigado a devolver um centavo?

Na Câmara Municipal de Fortaleza, a polêmica sobre a construção de um empreendimento em área de proteção ambiental faz parecer que a cidade se resume à região do Cocó. A equipe do prefeito Roberto Cláudio denunciou supostos desvios de dinheiro público na área da saúde. E o que fizeram os vereadores? Até agora, nada. Eles são os fiscais do município! Por que o líder do governo na Câmara não propõe uma CPI para tirar essa história a limpo?

Ilusão e realidade

Na famosa crônica Depois do Carnaval, a escritora Cecília Meireles diz: “Agora que o Carnaval passou, que vamos fazer de tantos quilos de miçangas, de tantos olhos faraônicos, de tantas coroas superpostas, de tantas plumas, leques, sombrinhas…? (…) Mas os homens gostam da ilusão. E já vão preparar o próximo Carnaval…”.

Festa é bom, claro. Mas tudo demais é veneno. É hora de trabalhar! Mas os homens gostam da ilusão. E já preparam as copas e as próximas festas…

Publicidade aqui

Depois do Carnaval, hora de trabalhar

Por Wanfil em Política

15 de Fevereiro de 2013

"Mas, agora que o Carnaval passou, que vamos fazer de tantos quilos de miçangas...? Mas os homens gostam de ilusão...

Cecília Meireles: “Mas, agora que o Carnaval passou, que vamos fazer de tantos quilos de miçangas…? Mas os homens gostam de ilusão…”

O Carnaval terminou e o ano, como se diz por aí, agora começa de verdade. Para os brasileiros comuns, o ano começou faz tempo. Mas para outros, como os nossos parlamentares, as coisas ainda estão por começar. E trabalho não falta. É que as demandas e os problemas não tiram férias nem entram em recesso. Vejamos como estão as coisas!

Sem efeito prático

A bancada federal do Ceará em Brasília ainda não disse a que veio, passados mais de dois anos da atual legislatura. Sofremos com a seca e a Transposição do Rio São Francisco, que deveria ter sido concluída no ano passado, se arrasta sem previsão certa, por causa de atrasos indesculpáveis e irregularidades criminosas. Mesmo assim, ninguém faz nada. Onde estão senadores e deputados federais que nas eleições souberam pedir votos para si e para a presidente Dilma?

Já a Assembleia Legislativa do Ceará, anda parada, preocupada em salvar o deputado Carlomano Marques de uma cassação determinada pela Justiça eleitoral! Enquanto o espírito corporativista mobiliza os deputados estaduais em defesa do colega em apuros, outras questões ficam de lado. Afinal, por exemplo, onde foi parar o dinheiro desviado no caso do escândalo dos banheiros? Ninguém será obrigado a devolver um centavo?

Na Câmara Municipal de Fortaleza, a polêmica sobre a construção de um empreendimento em área de proteção ambiental faz parecer que a cidade se resume à região do Cocó. A equipe do prefeito Roberto Cláudio denunciou supostos desvios de dinheiro público na área da saúde. E o que fizeram os vereadores? Até agora, nada. Eles são os fiscais do município! Por que o líder do governo na Câmara não propõe uma CPI para tirar essa história a limpo?

Ilusão e realidade

Na famosa crônica Depois do Carnaval, a escritora Cecília Meireles diz: “Agora que o Carnaval passou, que vamos fazer de tantos quilos de miçangas, de tantos olhos faraônicos, de tantas coroas superpostas, de tantas plumas, leques, sombrinhas…? (…) Mas os homens gostam da ilusão. E já vão preparar o próximo Carnaval…”.

Festa é bom, claro. Mas tudo demais é veneno. É hora de trabalhar! Mas os homens gostam da ilusão. E já preparam as copas e as próximas festas…