Compra de votos no Ceará: é preciso saber de onde vem o dinheiro e quem são os mandantes - Blog do Wanfil 
Publicidade

Blog do Wanfil

por Wanderley Filho

Compra de votos no Ceará: é preciso saber de onde vem o dinheiro e quem são os mandantes

Por Wanfil em Eleições 2016

02 de outubro de 2016

Flagra de possível compra de votos para candidato do PT em Barbalha: de onde veio esse dinheiro? (Foto: Polícia Federal)

Flagra de possível compra de votos em Barbalha: de onde veio esse dinheiro? (Foto: Polícia Federal)

As eleições municipais de 2016 chamam a atenção no Ceará pelos denúncias de compra de votos. Não que a prática seja uma novidade, mas a quantidade de flagrantes é inusitada, com destaque ao trabalho desenvolvido em parceria entre a Polícia Federal e a Justiça Eleitoral.

Uma reportagem do portal Tribuna do Ceará mostra que já foram registradas prisões relacionadas a esse tipo de crime em Fortaleza, Aquiraz, Milagres, Ipu e Barbalha, no caso de maior repercussão por envolver um assessora da primeira-dama do Ceará, Onélia Leite.

Sobre as investigações, é fundamental identificar a ORIGEM do dinheiro, que pode ser até de verbas públicas, apreendido nessas operações, afinal, os peões presos comprando votos estavam a serviço de um chefe. É preciso chegar aos mandantes.

Publicidade aqui

leia tudo sobre

Compra de votos no Ceará: é preciso saber de onde vem o dinheiro e quem são os mandantes

Por Wanfil em Eleições 2016

02 de outubro de 2016

Flagra de possível compra de votos para candidato do PT em Barbalha: de onde veio esse dinheiro? (Foto: Polícia Federal)

Flagra de possível compra de votos em Barbalha: de onde veio esse dinheiro? (Foto: Polícia Federal)

As eleições municipais de 2016 chamam a atenção no Ceará pelos denúncias de compra de votos. Não que a prática seja uma novidade, mas a quantidade de flagrantes é inusitada, com destaque ao trabalho desenvolvido em parceria entre a Polícia Federal e a Justiça Eleitoral.

Uma reportagem do portal Tribuna do Ceará mostra que já foram registradas prisões relacionadas a esse tipo de crime em Fortaleza, Aquiraz, Milagres, Ipu e Barbalha, no caso de maior repercussão por envolver um assessora da primeira-dama do Ceará, Onélia Leite.

Sobre as investigações, é fundamental identificar a ORIGEM do dinheiro, que pode ser até de verbas públicas, apreendido nessas operações, afinal, os peões presos comprando votos estavam a serviço de um chefe. É preciso chegar aos mandantes.