Delação JBS 2 - Nota de Eunício nega acusação. De novo... - Blog do Wanfil 
Publicidade

Blog do Wanfil

por Wanderley Filho

Delação JBS 2 – Nota de Eunício nega acusação. De novo…

Por Wanfil em Corrupção

22 de Maio de 2017

O senador Eunício Oliveira foi acusado por Ricardo Saud, executivo da J&F, a holding que controla a JBS, de ter recebido R$ 5 milhões em troca de ajuda para uma medida provisória. Em resposta, por meio de nota à imprensa, Eunício afirma que “os diálogos relatados pelo delator são imaginários, nunca aconteceram, são mentirosos, como é possível constatar na prestação de contas do diretório nacional de PMDB ao TSE.”

Assim como outros implicados, a defesa do senador argumenta que as doações foram registradas. Isso, porém, não diz muito sobre a origem do dinheiro. Esse é problema. De todo modo, o que existe, por enquanto, é a palavra de um contra o outro. Mas por se tratar do presidente do Senado, a acusação pesa politicamente ao juntar-se a mais dois inquéritos no âmbito da operação Lava Jato. É algo, no mínimo, inconveniente.

Ver mais sobre a delação da JBS nos posts abaixo:
Delação JBS 3 – As informações de Camilo 
Delação JBS 1 – Nota de Cid Não responde ao que realmente interessa
Na mesma delação em que acusa Temer, JBS diz que propina abasteceu projeto de Cid no Ceará
JBS está entre os maiores doadores de campanha também no Ceará

Publicidade aqui

leia tudo sobre

Delação JBS 2 – Nota de Eunício nega acusação. De novo…

Por Wanfil em Corrupção

22 de Maio de 2017

O senador Eunício Oliveira foi acusado por Ricardo Saud, executivo da J&F, a holding que controla a JBS, de ter recebido R$ 5 milhões em troca de ajuda para uma medida provisória. Em resposta, por meio de nota à imprensa, Eunício afirma que “os diálogos relatados pelo delator são imaginários, nunca aconteceram, são mentirosos, como é possível constatar na prestação de contas do diretório nacional de PMDB ao TSE.”

Assim como outros implicados, a defesa do senador argumenta que as doações foram registradas. Isso, porém, não diz muito sobre a origem do dinheiro. Esse é problema. De todo modo, o que existe, por enquanto, é a palavra de um contra o outro. Mas por se tratar do presidente do Senado, a acusação pesa politicamente ao juntar-se a mais dois inquéritos no âmbito da operação Lava Jato. É algo, no mínimo, inconveniente.

Ver mais sobre a delação da JBS nos posts abaixo:
Delação JBS 3 – As informações de Camilo 
Delação JBS 1 – Nota de Cid Não responde ao que realmente interessa
Na mesma delação em que acusa Temer, JBS diz que propina abasteceu projeto de Cid no Ceará
JBS está entre os maiores doadores de campanha também no Ceará