11/11/2016 - Blog do Wanfil 
Publicidade

Blog do Wanfil

por Wanderley Filho

11/11/2016

O aquário na novela e a novela do aquário

Por Wanfil em Ceará

11 de novembro de 2016

No Ceará, o aquário, obra pública, parece com escombros de filmes de guerra. No Rio, o aquário, obra privada, é cenário de novela. Pois é.

No Ceará, o aquário, obra pública, lembra escombros dos filmes de guerra. No Rio, obra privada, é cenário de novela. Pois é…

A TV Jangadeiro e o portal Tribuna do Ceará mostraram que o maior aquário da América do Sul, foi aberto ao público na quarta-feira (9). Não, não é o Acquario Ceará, em Fortaleza, mas o AquaRio, no Rio de Janeiro.

Na verdade, a conclusão do aquário do Ceará é uma incógnita, embora sua construção tenha iniciado há cinco anos, na gestão de Cid Gomes, consumindo, até agora, R$ 136 milhões (dos R$ 300 originalmente previstos). Já o aquário do Rio, que em quatro anos ficou pronto, é obra da iniciativa privada e custou R$ 120 milhões.

No Rio, o aquário serviu de cenário para a novela “A lei do amor”, da Rede Globo, em capítulo exibido nesta semana. No Ceará, o aquário é uma novela mal dirigida e encenada por canastrões, sem prazo para a acabar e – tudo indica – longe, muito longe, de um final feliz.

Confira a matéria da Jangadeiro: Enquanto aquário do Rio é inaugurado, o do Ceará está parado e já consumiu mais dinheiro

Curiosidades:

Em 2013, no calor dos protestos de junho, acuado, Cid cogitou fazer um plebiscito para a população decidir se a obra deveria continuar ou não.

No mesmo ano, a Câmara dos Vereadores aprovou a realização do plebiscito que nunca aconteceu.

Na Assembleia Legislativa, a oposição criou a CPI do Aquário, mas os governistas, numa manobra regimental inusitada, conseguiram barrar a investigação.

Publicidade

Zezinho Albuquerque e Sérgio Aguiar disputam comando do legislativo estadual. Ah, bom…

Por Wanfil em Assembleia Legislativa

11 de novembro de 2016

No dia 1º de dezembro deputados estaduais do Ceará escolherão quem presidirá pelos próximos dois anos a Assembleia Legislativa. Concorrem ao posto o atual presidente Zezinho Albuquerque, que ambiciona um inédito terceiro mandato consecutivo, e Sérgio Aguiar, que defende o tradicional rodízio no comando da Casa.

Ambos estão no PDT, para onde foram seguindo os Ferreira Gomes. Também são da base aliada ao governo estadual. Existem diferenças substanciais entre os candidatos? Não! Na prática, vença quem vencer, o legislativo cearense continuará a aprovar (ou a barrar) tudo o que o Executivo desejar.

De resto, tudo não passa de questão interna corporis, como dizem os ministros do STF. Demasiadamente interna e corporis.

Publicidade

Zezinho Albuquerque e Sérgio Aguiar disputam comando do legislativo estadual. Ah, bom…

Por Wanfil em Assembleia Legislativa

11 de novembro de 2016

No dia 1º de dezembro deputados estaduais do Ceará escolherão quem presidirá pelos próximos dois anos a Assembleia Legislativa. Concorrem ao posto o atual presidente Zezinho Albuquerque, que ambiciona um inédito terceiro mandato consecutivo, e Sérgio Aguiar, que defende o tradicional rodízio no comando da Casa.

Ambos estão no PDT, para onde foram seguindo os Ferreira Gomes. Também são da base aliada ao governo estadual. Existem diferenças substanciais entre os candidatos? Não! Na prática, vença quem vencer, o legislativo cearense continuará a aprovar (ou a barrar) tudo o que o Executivo desejar.

De resto, tudo não passa de questão interna corporis, como dizem os ministros do STF. Demasiadamente interna e corporis.