Tendências e cenário da Educação das Engenharias, Arquiteturas e Urbanismo serão discutidos amanhã (24) - Vagas Online 
Publicidade

Vagas Online

por Márcia Catunda

Tendências e cenário da Educação das Engenharias, Arquiteturas e Urbanismo serão discutidos amanhã (24)

Por Márcia Catunda em Palestras

23 de Janeiro de 2018

O mercado de trabalho vem passando por inúmeras mudanças nos últimos anos. Isso também impacta nas grades curriculares dos cursos de ensino superior. Há profissões ameaçadas de extinção, outras que vêm ganhando novas configurações e algumas surgindo. Duas das áreas que vem ganhando novos contornos são a engenharia e a arquitetura e urbanismo. Pensando nisso, o Centro Universitário Unicesumar traz a Fortaleza o prof. Aécio Lira, Ph.D. (Engenheiro Civil /EE.UFMG, Mestre em Estruturas  /Coppe-UFRJ, Doutor em Estruturas/M.S.U/USA, . Pos-Doutor em Estruturas/M.I.T./USA,  Profes sor visitante da University of Illinois at Urbana-Champaign) para falar sobre tema “Tendências e Cenário da Educação das Engenharias, Arquitetura e Urbanismo”. O evento é gratuito e acontece na quarta-feira (24), às 19h30, no Auditório da Unicesumar (Av. Washington Soares, 3636 – Parque Manibura, Fortaleza). O evento tem apoio da Apodi e AD2M Engenharia de Comunicação.

A oferta de cursos de Engenharia presenciais aumentou significativamente nos últimos anos. No setor privado, as vagas passaram de 125.173 ingressantes em 2010 para 259.811 em 2015, um crescimento de mais de 100%. Já nas faculdades públicas, o crescimento no mesmo período foi de 28% – passando de 55.614 para 71.514 vagas. Esse crescimento, entretanto, não vem acompanhado necessariamente pela qualidade. “Mais de 80% dos cursos de engenharia do país são de má qualidade”, ressalta o professor Aécio Lira, embasado por indicadores do Ministério da Educação (MEC). “Além disso, há outros problemas como alta evasão escolar, a baixa empregabilidade dos recém-formados e o comprometimento da indústria nacional num futuro bem próximo”, complementa.

Publicidade aqui

leia tudo sobre

Tendências e cenário da Educação das Engenharias, Arquiteturas e Urbanismo serão discutidos amanhã (24)

Por Márcia Catunda em Palestras

23 de Janeiro de 2018

O mercado de trabalho vem passando por inúmeras mudanças nos últimos anos. Isso também impacta nas grades curriculares dos cursos de ensino superior. Há profissões ameaçadas de extinção, outras que vêm ganhando novas configurações e algumas surgindo. Duas das áreas que vem ganhando novos contornos são a engenharia e a arquitetura e urbanismo. Pensando nisso, o Centro Universitário Unicesumar traz a Fortaleza o prof. Aécio Lira, Ph.D. (Engenheiro Civil /EE.UFMG, Mestre em Estruturas  /Coppe-UFRJ, Doutor em Estruturas/M.S.U/USA, . Pos-Doutor em Estruturas/M.I.T./USA,  Profes sor visitante da University of Illinois at Urbana-Champaign) para falar sobre tema “Tendências e Cenário da Educação das Engenharias, Arquitetura e Urbanismo”. O evento é gratuito e acontece na quarta-feira (24), às 19h30, no Auditório da Unicesumar (Av. Washington Soares, 3636 – Parque Manibura, Fortaleza). O evento tem apoio da Apodi e AD2M Engenharia de Comunicação.

A oferta de cursos de Engenharia presenciais aumentou significativamente nos últimos anos. No setor privado, as vagas passaram de 125.173 ingressantes em 2010 para 259.811 em 2015, um crescimento de mais de 100%. Já nas faculdades públicas, o crescimento no mesmo período foi de 28% – passando de 55.614 para 71.514 vagas. Esse crescimento, entretanto, não vem acompanhado necessariamente pela qualidade. “Mais de 80% dos cursos de engenharia do país são de má qualidade”, ressalta o professor Aécio Lira, embasado por indicadores do Ministério da Educação (MEC). “Além disso, há outros problemas como alta evasão escolar, a baixa empregabilidade dos recém-formados e o comprometimento da indústria nacional num futuro bem próximo”, complementa.