Cultura Archives - Página 4 de 4 - Top Music 
Publicidade

Top Music

por Greyce Matias e Miller Sousa

Cultura

10 Arraiá da Casa Vida une forró e solidariedade

Por Greyce Matias em Bandas, Cultura, Show

09 de julho de 2013

Dançar forró é muito bom, melhor ainda é unir o ritmo a solidariedade.

O Instituto do Câncer do Ceará (ICC) prepara o 10 Arraiá da Casa Vida que acontecerá quinta (11) no Náutico Atlético Cearense.

A grande festa terá a renda revertida para a casa de apoio do ICC (Casa Vida) e contará com o show da banda mãe Mastruz Com Leite, Rabo de Saia e Mel Com Terra.

A casa vida, abriga diariamente cerca de 100 pessoas que vem de toda parte do estado sem condições financeiras para realizar o tratamento contra o câncer, então não deixe de participar, compre já o seu ingresso nos pontos de vendas autorizados, vamos mostrar que o forró “é danado de bom”.

Serviço:

Data: 11/07
Local: Náutico Atlético Cearense
Endereço: Avenida Abolição, 2727
Horário: 20 horas
Ingresso: R$ 20,00
Ponto de venda dos ingressos: secretaria do Náutico e Bazar Casa Vida (Rua Papi Júnior, 1222, Rodolfo Teófilo)
Mais informações: (85) 3288.4466 e 3242.4310

(Foto reprodução via site oficial www.mastruzcomleite.com)

(Foto reprodução via site oficial www.mastruzcomleite.com)

leia tudo sobre

Publicidade

Cantoras forrozeiras e modelos, a importância da moda atacadista no Ceará

Por Greyce Matias em Cultura, Moda

25 de Abril de 2013

Os vocalistas forrozeiras além de brilharem no palco, a cada dia mais brilham nas passarelas e no mundo da moda.

Rose Moraes, Solange Almeida e Xandy são sempre vistos em outdoors, banners e catálogos de diversas grifes, andei visitando algumas delas no 5° maior evento de moda e negócios do Nordeste o FMF, e resolvi trazer para o “Moda no Palco”  algumas informações, e a importância da moda atacadista em nosso estado, confira:

 

(Foto: reprodução via google)

(Foto: reprodução via google)

 

A 33° edição do FMF (Festival de Moda de Fortaleza) teve início na última segunda (22) e seguirá até sexta (26).

O evento está acontecendo no Shopping atacadista Maraponga Mart Moda e já reuniu cerca de 10 mil pessoas.

Em parceira com o Senac, Sebrae e o Governo do Estado, o FMF  une moda e negócios e possui o objetivo de contribuir para o cenário de moda nacional, abrindo espaço para discutir as relações de negócios.

Mais de trezentas grifes estão envolvidas na programação apresentando seus looks nas passarelas e interagindo com o consumidor, movimentado a cadeia atacadista que é composta por fabricantes, corretores e revendedores.

 

(Foto: reprodução site Maraponga Mart Moda)

(Foto: reprodução site Maraponga Mart Moda)

 

Com a sala lotada, os desfiles aconteceram segunda (22), terça (23) e quarta (24) sendo dois desfiles por dia nos horários de 8h e 18h, e contaram com a presença do atores Oscar Magrine, Sérgio Maroni e dos ex´s BBB´S Marcello Soares e André Martinelli.

 

(Foto: reprodução via Google)

(Foto: reprodução via Google)

 

Aumentando a cadeia produtiva tem-se um aumento do setor e têxtil e de moda estimulando indiretamento o turismo ao receber compradores de diversas regiões do País. “Durante os primeiros meses do ano, todo o setor de confecção e moda se volta para colocar nas lojas estoque suficiente para abastecer as demandas de datas importantes para o comércio. No FMF, toda essa produção é lançada e apresentada para o mercado do atacado, gerando negócios, e, ao mesmo tempo, apresentando o que há de mais recente nas vitrines”, disse o empresário Manoel Holanda, proprietário do Maraponga Mart Moda.

 

(Foto: reprodução site Maraponga Mart Moda)

(Foto: reprodução site Maraponga Mart Moda)

 

Com o encerramento dos desfiles (ontem) o evento continua com ações e estratégias para os revendedores, antecedendo as datas com alto índice de vendas: o Dia das Mães, e o Dia dos Namorados.

 

(Foto: reprodução site Maraponga Mart Moda)

(Foto: reprodução site Maraponga Mart Moda)

 

leia tudo sobre

Publicidade

Estudantes pedem que o forró seja Patrimônio Cultural e Imaterial da Humanidade

Por Greyce Matias em Cultura

25 de Janeiro de 2013

Especialistas e músicos discutem na 8° Bienal de Arte e Cultura da União Nacional dos Estudantes (UNE) a importância do Forró.

Diversos estudantes pediram que o ritmo fosse reconhecido como Patrimônio Cultural e Imaterial da Humanidade, assim como ocorreu com o frevo mês passado.

O objetivo dessa causa é a proteção do Forró a fim de que o ritmo permaneça vivo e passe de geração em geração, disseminando as raízes do nordeste mundo a fora.

O sobrinho de Gonzagão, Joquinha Gonzaga, dá credibilidade a união “A importância do forró é muito grande. É uma cultura muito rica, uma cultura que meu tio Gonzaga deixou. Nós estaremos aqui de chapéu de couro na cabeça e sanfona no peito para defender o ritmo”, disse.

Além de pedir o reconhecimento do forró como Patrimômio Cultural Imaterial da Humanidade, a UNE pede também 2% do Produto Interno Bruto (PIB) para cultura.

A 8°Bienal teve início dia 22 (terça) e terminará amanhã 26 (sábado).  O evento estudantil é considerado o maior da América Latina e reune em Olinda cerca de 10 mil estudantes de todos os estados brasileiros, o tema desta edição é A Volta da Asa Branca, em homenagem ao centenário do Rei Luiz Gonzaga.

(Foto: Google)

(Foto: Google)

leia tudo sobre

Publicidade

Estudantes pedem que o forró seja Patrimônio Cultural e Imaterial da Humanidade

Por Greyce Matias em Cultura

25 de Janeiro de 2013

Especialistas e músicos discutem na 8° Bienal de Arte e Cultura da União Nacional dos Estudantes (UNE) a importância do Forró.

Diversos estudantes pediram que o ritmo fosse reconhecido como Patrimônio Cultural e Imaterial da Humanidade, assim como ocorreu com o frevo mês passado.

O objetivo dessa causa é a proteção do Forró a fim de que o ritmo permaneça vivo e passe de geração em geração, disseminando as raízes do nordeste mundo a fora.

O sobrinho de Gonzagão, Joquinha Gonzaga, dá credibilidade a união “A importância do forró é muito grande. É uma cultura muito rica, uma cultura que meu tio Gonzaga deixou. Nós estaremos aqui de chapéu de couro na cabeça e sanfona no peito para defender o ritmo”, disse.

Além de pedir o reconhecimento do forró como Patrimômio Cultural Imaterial da Humanidade, a UNE pede também 2% do Produto Interno Bruto (PIB) para cultura.

A 8°Bienal teve início dia 22 (terça) e terminará amanhã 26 (sábado).  O evento estudantil é considerado o maior da América Latina e reune em Olinda cerca de 10 mil estudantes de todos os estados brasileiros, o tema desta edição é A Volta da Asa Branca, em homenagem ao centenário do Rei Luiz Gonzaga.

(Foto: Google)

(Foto: Google)