Abril 2013 - Top Music 
Publicidade

Top Music

por Greyce Matias e Miller Sousa

Abril 2013

Solange Almeida confirma gravidez

Por Greyce Matias em Fofocas, Sem categoria

26 de Abril de 2013

Após especulações, Solange Almeida confirmou que está gravida. A cantora postou a notícia na tarde de hoje em sua rede social Instagram, confira:

gravidez-solange

leia tudo sobre

Publicidade

Cantoras forrozeiras e modelos, a importância da moda atacadista no Ceará

Por Greyce Matias em Cultura, Moda

25 de Abril de 2013

Os vocalistas forrozeiras além de brilharem no palco, a cada dia mais brilham nas passarelas e no mundo da moda.

Rose Moraes, Solange Almeida e Xandy são sempre vistos em outdoors, banners e catálogos de diversas grifes, andei visitando algumas delas no 5° maior evento de moda e negócios do Nordeste o FMF, e resolvi trazer para o “Moda no Palco”  algumas informações, e a importância da moda atacadista em nosso estado, confira:

 

(Foto: reprodução via google)

(Foto: reprodução via google)

 

A 33° edição do FMF (Festival de Moda de Fortaleza) teve início na última segunda (22) e seguirá até sexta (26).

O evento está acontecendo no Shopping atacadista Maraponga Mart Moda e já reuniu cerca de 10 mil pessoas.

Em parceira com o Senac, Sebrae e o Governo do Estado, o FMF  une moda e negócios e possui o objetivo de contribuir para o cenário de moda nacional, abrindo espaço para discutir as relações de negócios.

Mais de trezentas grifes estão envolvidas na programação apresentando seus looks nas passarelas e interagindo com o consumidor, movimentado a cadeia atacadista que é composta por fabricantes, corretores e revendedores.

 

(Foto: reprodução site Maraponga Mart Moda)

(Foto: reprodução site Maraponga Mart Moda)

 

Com a sala lotada, os desfiles aconteceram segunda (22), terça (23) e quarta (24) sendo dois desfiles por dia nos horários de 8h e 18h, e contaram com a presença do atores Oscar Magrine, Sérgio Maroni e dos ex´s BBB´S Marcello Soares e André Martinelli.

 

(Foto: reprodução via Google)

(Foto: reprodução via Google)

 

Aumentando a cadeia produtiva tem-se um aumento do setor e têxtil e de moda estimulando indiretamento o turismo ao receber compradores de diversas regiões do País. “Durante os primeiros meses do ano, todo o setor de confecção e moda se volta para colocar nas lojas estoque suficiente para abastecer as demandas de datas importantes para o comércio. No FMF, toda essa produção é lançada e apresentada para o mercado do atacado, gerando negócios, e, ao mesmo tempo, apresentando o que há de mais recente nas vitrines”, disse o empresário Manoel Holanda, proprietário do Maraponga Mart Moda.

 

(Foto: reprodução site Maraponga Mart Moda)

(Foto: reprodução site Maraponga Mart Moda)

 

Com o encerramento dos desfiles (ontem) o evento continua com ações e estratégias para os revendedores, antecedendo as datas com alto índice de vendas: o Dia das Mães, e o Dia dos Namorados.

 

(Foto: reprodução site Maraponga Mart Moda)

(Foto: reprodução site Maraponga Mart Moda)

 

leia tudo sobre

Publicidade

Divas forrozeiras aderem tendências vistas nas passarelas do DFB 2013

Por Greyce Matias em Moda

15 de Abril de 2013

Aqui no Top Forró além de ficar por dentro das novidades forrozeiras, o internauta também acompanha as tendências da moda e como os artistas do ritmo estão se vestindo.

Como forrozeira e amante do mundo fashion, eu não poderia deixar de ir a 15ª edição do DFB – Dragão Fashion Brasil, evento de moda acontece anualmente aqui em Fortaleza e teve início no último sábado (13). A estréia aconteceu em  grande estilo com Lino Vilaventura.

Na noite de ontem domingo (13) os estilistas Ivanildo Nunes, Mark Greiner, Jadson Raniere, Ronaldo Silvestre, Weider Silveiro e Mar Del Castro brilharam com suas peças na passarela.

Com um breve resumo dos desfiles as cores preto e o branco dominaram as passarelas, tons nude, amarelos, verdes e vermelhos também estiveram presente. Cintura alta, crooped, aplicações de pérolas, couro trabalhado e maxi brincos destacaram-se.

Separei abaixo looks de divas forrozeiras que seguem tendências encontradas nas passarelas do DFB dando ênfase ao black White, confira:

 

A cantora Kátia Cilene segue a tendência de listras nas cores preto e branco na blusa e na saia o detalhe de couro.

katia-moda

(Foto: reprodução via Instagram)

 

Rose Moraes usa e abusa do preto e branco e da cintura alta, ela usou o cropped certinho, lembre-se: nada de mostrar o umbigo.

rose-moda

(Foto: reprodução via Instagram)

 

Eliane Fernandes usa um belo vestido White com detalhe black na lateral

547440_145952675584056_1632863230_n

(Foto: reprodução via Facebook)

 

Samyra Show usa o branco com bordado preto

(Foto: reprodução via Instagram)

(Foto: reprodução via Instagram)

 

Walkyria Santos também não fugiu do P & B e para complementar o look aderiu um belo Máxi brinco.

(Foto: reprodução via Instagram)

(Foto: reprodução via Instagram)

leia tudo sobre

Publicidade

Confira o bate papo com Juarez Júnior ex Magnificos

Por Greyce Matias em Bandas, Lançamento

10 de Abril de 2013

O cantor Juarez Júnior, está vivendo uma nova fase em sua vida pessoal e profissional e eu não poderia deixar de bater um papo exclusivo com o vocalista para saber todas as novidades, confira abaixo.

T.F – Gostaria que você iniciasse falando um pouco da sua carreira, como ingressou na música, e que bagagem positiva você trouxe das bandas que passou.

J.J – Estou à um bom tempo na estrada. Ingressei na música através do meu tio que me deu o primeiro violão, e o meu primo Edilson Boyna que me levou pela primeira vez pra cantar na na noite. Cantava MPB barzinho, e em alguns eventos, festas de confraternizações mas nada do meio do forró. Por intermedio de um amigo músico Cap. Bonfim, me inscrevi, sem muitas pretenções no concurso “A Nova Voz do Mastruz Com Leite” em 2001, aí foi o ponta pé inicial no mundo do forró. Como bagagem, eu trouxe a versatilidade que tem a MPB e a convivencia com grandes músicos. Do Mastruz a primeira experiência com o forró e com gravações em studio, contato com grandes publicos e grandes eventos que me trouxeram desenvoltura pra encarar o palco de cabeça erguida, sem falar na humildade que é caracteristica das pessoas que compõem a banda e até hoje tem me ajudado a ter “os pés no chão” sempre. No Magnificos o que me levou para a banda foi exatamente essa coisa que tenho, de gostar de desafios pois tive que deixar minha cidade e ir morar longe da família, outra cultura e de certa forma, outro estilo, mesmo que ainda no gênero do forró, lá ampliei ainda mais meus horizontes artisticos, fiz grandes amizades, grandes eventos, ou seja, somou muito pra “cravar” meu nome ainda mais no cenário do forró, graças a Deus.

T.F – O que te impulsionou a deixar a Magnificos, afinal foram 9 anos no grupo, a decisão foi fácil?

J.J – Nunca é facil deixar um ambiente de trabalho em que conseguimos ter êxito, sucesso e grandes amizades isso não só nestes 9 anos no Magnificos, como tambem no Mastruz, apesar de ter passado menos tempo.

T.F – Gostaria que falasse sobre o o novo projeto, Forró Top.

J.J – O Forró Top é um projeto antigo por mais que nao pareça (risos) venho pensando nisso algum tempo, um trabalho que pretendia fazer junto com uma turma boa que está tocando comigo, sem falar na maravilhosa parceria com a Open Music, empresa comandada pelo jovem empresário cantor e meu amigo Max David ,no qual dividimos o palco na Magnificos.
É uma banda que de principio me tem como cantor, a sanfona como referencia nos solos e os outros instrumentos: baixo, bateria, percussão e guitarra formando um projeto musical compacto e interessante, tentando estar antenado com todo o repertorio que esteja em evidencia, desde sertanejo universitario, arroxa, pop, e claro, adaptando-se ao nosso forró, com ritmo sentindo influência desse swing das novas bandas da atualidade, assim como também,do repertório, trazendo grandes canções fantásticas das bandas  antigas.

T.F – Cantará sozinho, ou terá um(a) vocalista com você?

J.J – A princípio sim, porém nao descarto a possibilidade de uma cantora no futuro, pode ser interessante principalmente para o publico masculino não é? (risos) mas de início não. Aliás, à respeito do assunto, acho bom ressaltar uma coisa: algumas pessoas perguntam se saí para fazer carreira solo. Não gosto dessa conotação, até porque ninguém faz nada sozinho, terei musicos, produtor, empresario e técnicos formando o projeto. Eu serei sim o porta voz, a frente de uma idéia, uma banda que pretende humildemente trazer um forró moderno, dançante e que agrade aos meus velhos e novos fãs que virão se Deus quiser.

T.F – Deixe uma mensagem para os fãs.

Para finalizar, à você Greyce Matias muito obrigado por esta oportunidade de falar aos fãs e amigos forrozeiros sobre os mus planos no Forró Top, aos meus conterrâneos Cearenses espero estar perto de vocês em breve e Galera de Todo Brasil que curte o forró e meu trabalho, estou chegando, “Bora ser Top”, obrigado e sucesso ao Top Forró.

Capa do novo Trabalho de Juarez Júnior

leia tudo sobre

Publicidade

Confira o bate papo com Juarez Júnior ex Magnificos

Por Greyce Matias em Bandas, Lançamento

10 de Abril de 2013

O cantor Juarez Júnior, está vivendo uma nova fase em sua vida pessoal e profissional e eu não poderia deixar de bater um papo exclusivo com o vocalista para saber todas as novidades, confira abaixo.

T.F – Gostaria que você iniciasse falando um pouco da sua carreira, como ingressou na música, e que bagagem positiva você trouxe das bandas que passou.

J.J – Estou à um bom tempo na estrada. Ingressei na música através do meu tio que me deu o primeiro violão, e o meu primo Edilson Boyna que me levou pela primeira vez pra cantar na na noite. Cantava MPB barzinho, e em alguns eventos, festas de confraternizações mas nada do meio do forró. Por intermedio de um amigo músico Cap. Bonfim, me inscrevi, sem muitas pretenções no concurso “A Nova Voz do Mastruz Com Leite” em 2001, aí foi o ponta pé inicial no mundo do forró. Como bagagem, eu trouxe a versatilidade que tem a MPB e a convivencia com grandes músicos. Do Mastruz a primeira experiência com o forró e com gravações em studio, contato com grandes publicos e grandes eventos que me trouxeram desenvoltura pra encarar o palco de cabeça erguida, sem falar na humildade que é caracteristica das pessoas que compõem a banda e até hoje tem me ajudado a ter “os pés no chão” sempre. No Magnificos o que me levou para a banda foi exatamente essa coisa que tenho, de gostar de desafios pois tive que deixar minha cidade e ir morar longe da família, outra cultura e de certa forma, outro estilo, mesmo que ainda no gênero do forró, lá ampliei ainda mais meus horizontes artisticos, fiz grandes amizades, grandes eventos, ou seja, somou muito pra “cravar” meu nome ainda mais no cenário do forró, graças a Deus.

T.F – O que te impulsionou a deixar a Magnificos, afinal foram 9 anos no grupo, a decisão foi fácil?

J.J – Nunca é facil deixar um ambiente de trabalho em que conseguimos ter êxito, sucesso e grandes amizades isso não só nestes 9 anos no Magnificos, como tambem no Mastruz, apesar de ter passado menos tempo.

T.F – Gostaria que falasse sobre o o novo projeto, Forró Top.

J.J – O Forró Top é um projeto antigo por mais que nao pareça (risos) venho pensando nisso algum tempo, um trabalho que pretendia fazer junto com uma turma boa que está tocando comigo, sem falar na maravilhosa parceria com a Open Music, empresa comandada pelo jovem empresário cantor e meu amigo Max David ,no qual dividimos o palco na Magnificos.
É uma banda que de principio me tem como cantor, a sanfona como referencia nos solos e os outros instrumentos: baixo, bateria, percussão e guitarra formando um projeto musical compacto e interessante, tentando estar antenado com todo o repertorio que esteja em evidencia, desde sertanejo universitario, arroxa, pop, e claro, adaptando-se ao nosso forró, com ritmo sentindo influência desse swing das novas bandas da atualidade, assim como também,do repertório, trazendo grandes canções fantásticas das bandas  antigas.

T.F – Cantará sozinho, ou terá um(a) vocalista com você?

J.J – A princípio sim, porém nao descarto a possibilidade de uma cantora no futuro, pode ser interessante principalmente para o publico masculino não é? (risos) mas de início não. Aliás, à respeito do assunto, acho bom ressaltar uma coisa: algumas pessoas perguntam se saí para fazer carreira solo. Não gosto dessa conotação, até porque ninguém faz nada sozinho, terei musicos, produtor, empresario e técnicos formando o projeto. Eu serei sim o porta voz, a frente de uma idéia, uma banda que pretende humildemente trazer um forró moderno, dançante e que agrade aos meus velhos e novos fãs que virão se Deus quiser.

T.F – Deixe uma mensagem para os fãs.

Para finalizar, à você Greyce Matias muito obrigado por esta oportunidade de falar aos fãs e amigos forrozeiros sobre os mus planos no Forró Top, aos meus conterrâneos Cearenses espero estar perto de vocês em breve e Galera de Todo Brasil que curte o forró e meu trabalho, estou chegando, “Bora ser Top”, obrigado e sucesso ao Top Forró.

Capa do novo Trabalho de Juarez Júnior