“Meu Vaqueiro, Meu Peão” é escolhida pelo público na peça teatral “Vitrola Jukebox” - Top Music 
Publicidade

Top Music

por Greyce Matias e Miller Sousa

“Meu Vaqueiro, Meu Peão” é escolhida pelo público na peça teatral “Vitrola Jukebox”

Por Greyce Matias em Bandas

17 de agosto de 2012

Na década de 90, os shows do Mastruz Com Leite eram lotados de forrozeiros dançando a noite inteira agarradinhos ao som das românticas canções que falavam de amor, e do povo Nordestino.

Pareceu impossível mas hoje não é diferente, após 20 anos diversas gerações no país, ou posso afirmar, no mundo inteiro, dançam e cantam em uma só voz centenas de grandes sucessos da banda.

O hino “Meu Vaqueiro Meu Peão” de autoria da compositora Rita de Cássia, esteve presente na obra do espetáculo teatral “Vitrola Jukebox” (o nome se deu devido a antigos aparelhos Jukebox, onde a pessoa escolhia a música para tocar com o pagamento de moedas).

Mediados pelos diretores Carlos do Valle e Plínio Renan e interpretada pelo coral Vitrola Nova, no espetáculo o público escolhia democraticamente que canção queria ouvir na encenação, dentre elas estava o grande sucesso, que logo foi escolhido e apresentado por 27 vozes do coral.

Confira no vídeo abaixo:

Publicidade aqui

leia tudo sobre

“Meu Vaqueiro, Meu Peão” é escolhida pelo público na peça teatral “Vitrola Jukebox”

Por Greyce Matias em Bandas

17 de agosto de 2012

Na década de 90, os shows do Mastruz Com Leite eram lotados de forrozeiros dançando a noite inteira agarradinhos ao som das românticas canções que falavam de amor, e do povo Nordestino.

Pareceu impossível mas hoje não é diferente, após 20 anos diversas gerações no país, ou posso afirmar, no mundo inteiro, dançam e cantam em uma só voz centenas de grandes sucessos da banda.

O hino “Meu Vaqueiro Meu Peão” de autoria da compositora Rita de Cássia, esteve presente na obra do espetáculo teatral “Vitrola Jukebox” (o nome se deu devido a antigos aparelhos Jukebox, onde a pessoa escolhia a música para tocar com o pagamento de moedas).

Mediados pelos diretores Carlos do Valle e Plínio Renan e interpretada pelo coral Vitrola Nova, no espetáculo o público escolhia democraticamente que canção queria ouvir na encenação, dentre elas estava o grande sucesso, que logo foi escolhido e apresentado por 27 vozes do coral.

Confira no vídeo abaixo: