tom hardy Archives - Cinema Sinergia 
Publicidade

Cinema Sinergia

por Thiago Sampaio

tom hardy

Crítica: “Venom” é um enorme desperdício de potencial

Por Thiago Sampaio em Crítica

05 de outubro de 2018

Foto: Divulgação

A ideia da Sony Pictures de fazer um filme solo do Venom, popular vilão do Homem-Aranha, sem a presença do Cabeça de Teia (que não pode ser utilizado pelo estúdio por causa do enorme acordo de compartilhamento com a Marvel e Disney), já nasceu problemática por natureza. Afinal, a origem teria que ser totalmente deturpada do que fora visto nos quadrinhos. Os trailers não deram margem para otimismo. Dito isto, as expectativas negativas se confirmam e “Venom” (idem, 2018) chega como mais um longa caça-níquel de super herói genérico e datado.

Na trama, Eddie Brock (Tom Hardy) é um jornalista investigativo que tem um quadro próprio em uma emissora local. Ele é escalado para entrevistar Carlton Drake (Riz Ahmed), o criador da Fundação Vida, que tem investido bastante em missões espaciais de forma a encontrar possíveis usos medicinais. A empresa estaria usando simbiontes alienígenas em testes com humanos e um deles acaba por entrar em contato com o repórter, fazendo ele se tornar o Venom.

Leia mais

Publicidade

Crítica: “Dunkirk” compensa o fraco roteiro com um espetáculo audiovisual

Por Thiago Sampaio em Crítica

10 de agosto de 2017

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O diretor Christopher Nolan, com apenas 10 longas no currículo, já atingiu o status de colocar o seu nome nos materiais de divulgação como principal referência a cada nova produção. Amem ou odeiem, fica a curiosidade pelo o que está por vir. Pela primeira vez ele se arrisca num filme de guerra e “Dunkirk” (idem, 2017) já nasce pretensioso por sair do lugar comum dos demais longas do gênero. É fato que ele entrega um show audiovisual inédito, o que já torna a experiência especial. É possível ver e ouvir o talento! Mas também tem abertura para aqueles que adoram tirar o seu valor.

A trama narra a Operação Dínamo, mais conhecida como a Evacuação de Dunquerque, em que soldados aliados da Bélgica, do Império Britânico e da França são rodeados pelo exército alemão e devem ser resgatados no início da Segunda Guerra Mundial. A história acompanha três momentos distintos: uma hora de confronto no céu, onde o piloto Farrier (Tom Hardy) precisa destruir um avião inimigo, um dia inteiro em alto mar, onde o civil britânico Dawson (Mark Rylance) leva seu barco de passeio para ajudar a resgatar o exército de seu país, e uma semana na praia, onde o jovem soldado Tommy (Fionn Whitehead) busca escapar a qualquer preço.

Leia mais

Publicidade

Crítica: “Mad Max: Estrada da Fúria” abre uma nova era para o gênero ação

Por Thiago Sampaio em Crítica

05 de junho de 2015

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Nada menos que 30 anos separam “Mad Max – Além da Cúpula do Trovão” (Mad Max Beyond Thunderdome, 1985), terceiro e irregular filme da franquia pós-apocalíptica estrelada por Mel Gibson, deste novo “Mad Max: Estrada da Fúria” (Mad Max: Fury Road, 2015). A missão do cineasta australiano George Miller não era das mais fáceis, afinal, reapresentar um personagem (agora com Tom Hardy no lugar de Gibson) não tão famoso para a nova geração, com um orçamento inflado de U$ 150 milhões, o risco de fracasso era iminente. Mas bastam cinco minutos para a desconfiança ir para o espaço. Com a nova produção, o septuagenário Miller não só dá uma aula para diretores mais jovens, como cria um novo patamar no gênero ação.

Sinopse

Após ser capturado por Immortan Joe (Hugh Keays-Byrne), o solitário guerreiro das estradas Max Rockatansky (Tom Hardy) se vê no meio de uma guerra mortal, iniciada pela Imperatriz Furiosa (Charlize Theron) na tentativa se salvar um grupo de garotas. Também tentando fugir, Max aceita ajudar Furiosa em sua luta contra Joe e se vê dividido entre mais uma vez seguir sozinho seu caminho ou ficar com o grupo.

Leia mais

Publicidade

Muita ação e visual estiloso no novo trailer de “Mad Max: Estrada da Fúria”

Por Thiago Sampaio em Trailer

01 de Abril de 2015

Cena do trailer

Cena do trailer

“Mad Max: Estrada da Fúria”, quarto filme da franquia pós apocalíptica, teve o novo trailer divulgado nesta semana. Com mais ação do que os anteriores, a prévia começa com o protagonista sendo capturado, e mais adiante a frase de efeito: “É difícil saber quem é mais maluco. Se sou eu ou todas as outras pessoas”. Corridas com veículos estilosos e até uma guitarra que lança chamas fazem parte da prévia!

Tom Hardy (“Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge”) é o novo intérprete de Max Rockatansky, herói vivido por Mel Gibson na trilogia dos anos 70/80. O elenco também conta com Charlize Theron, Nicholas Hoult, Zoe Kravitz, Nathan Jones e Rosie Huntington-Whiteley. A direção é mais uma vez de George Miller (“Happy Feet”), que comandou todos os filmes da série.

A previsão de estreia no Brasil é dia 21 de maio, uma semana depois do lançamento nos EUA.

Confira o trailer

Leia mais

Publicidade

Crítica: Novo filme de Batman fecha com maestria saga do herói no cinema

Por Thiago Sampaio em Crítica

27 de julho de 2012

Pôster de “Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge” – Foto: Divulgação

No ano de 2005, o diretor Christopher Nolan apresentou ao mundo uma versão totalmente diferente de Batman do que já fora visto antes nas telas. Em “Batman Begins”, recontou a origem do herói sob um ponto de vista realista, sombrio e com uma estética cinematográfica ousada para um “filme de super herói”. Em “Batman – O Cavaleiro das Trevas”, de 2008, impressionou o mundo ao apresentar não apenas uma boa continuação, mas uma obra-prima do estilo. Agora, em 2012, este “O Cavaleiro das Trevas Ressurge” mantém o nível dos anteriores e cumpre com maestria a missão de encerrar a saga. Tenso, corajoso, impressionante, o terceiro filme fecha um ciclo e consagra a trilogia na História do cinema.

A trama se passa oito anos após os eventos ocorridos em “O Cavaleiro das Trevas”, quando o terrorista Bane (Tom Hardy) retorna para Gotham City provocando o pânico e o desespero nas pessoas. Sem forças para enfrentar o criminoso, a polícia da cidade chega ao seu limite, fazendo com que Batman (Christian Bale) retorne de seu exílio por ter sido responsabilizado pelos crimes do promotor Harvey Dent no filme anterior. No seu caminho, o herói precisa lidar com a misteriosa Selina Kyle (Anne Hathaway), uma sensual ladra.

Leia mais

Publicidade

“Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge” promete fechar com maestria saga bem sucedida

Por Thiago Sampaio em Cinema

08 de Maio de 2012

Bane e Batman – Foto: Divulgação

Enquanto “Os Vingadores” quebra recordes de bilheterias pelo mundo (nos EUA, já bateu a marca de estreia de “Harry Potter – As Reliquias da Morte Parte II”), uma produção com outro herói chegas aos cinemas brasileiros no dia 27 de julho prometendo uma forte concorrência: o Homem Morcego. A diferença é que o visual colorido e a diversão despretensiosa do supergrupo da Marvel dará vez ao clima sombrio e um roteiro focando a angústia de personagens da DC Comics, em um episódio chave que irá definir seus destinos. “Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge” tem tudo para fechar com maestria a bem sucedida saga dirigida por Christopher Nolan.

Depois que as adaptações de Batman para o cinema foram “assassinadas” pelo diretor Joel Schumacher em dois filmes, adotando um visual para lá de carnavalesco (com direito a armadura com mamilos…), piadas constrangedoras (Bat Cartão de Crédito…) e vilões bregas (pobre Arnold Schwarzengger de pantufas…), o estúdio acertou na decisão de enterrar a franquia e reiniciar a saga do personagem do zero, sob uma nova visão. Sob o comando do eficiente Nolan (“Amnésia”, “O Grande Truque”, “A Origem”), as cores deram vez ao preto, refletindo a osburidade do anti-herói (sim, isso que ele é), as pirotecnias deram vez ao roteiro, e “Batman Begins” foi lançando em 2005 dando início a uma nova era de adaptações, adotando um estilo mais realista.

Leia mais

Publicidade

“Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge” promete fechar com maestria saga bem sucedida

Por Thiago Sampaio em Cinema

08 de Maio de 2012

Bane e Batman – Foto: Divulgação

Enquanto “Os Vingadores” quebra recordes de bilheterias pelo mundo (nos EUA, já bateu a marca de estreia de “Harry Potter – As Reliquias da Morte Parte II”), uma produção com outro herói chegas aos cinemas brasileiros no dia 27 de julho prometendo uma forte concorrência: o Homem Morcego. A diferença é que o visual colorido e a diversão despretensiosa do supergrupo da Marvel dará vez ao clima sombrio e um roteiro focando a angústia de personagens da DC Comics, em um episódio chave que irá definir seus destinos. “Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge” tem tudo para fechar com maestria a bem sucedida saga dirigida por Christopher Nolan.

Depois que as adaptações de Batman para o cinema foram “assassinadas” pelo diretor Joel Schumacher em dois filmes, adotando um visual para lá de carnavalesco (com direito a armadura com mamilos…), piadas constrangedoras (Bat Cartão de Crédito…) e vilões bregas (pobre Arnold Schwarzengger de pantufas…), o estúdio acertou na decisão de enterrar a franquia e reiniciar a saga do personagem do zero, sob uma nova visão. Sob o comando do eficiente Nolan (“Amnésia”, “O Grande Truque”, “A Origem”), as cores deram vez ao preto, refletindo a osburidade do anti-herói (sim, isso que ele é), as pirotecnias deram vez ao roteiro, e “Batman Begins” foi lançando em 2005 dando início a uma nova era de adaptações, adotando um estilo mais realista.

(mais…)