paul walker Archives - Cinema Sinergia 
Publicidade

Cinema Sinergia

por Thiago Sampaio

paul walker

Crítica: “Velozes e Furiosos 8” é exagerado e repetitivo

Por Thiago Sampaio em Crítica

17 de Abril de 2017

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Já citei aqui em resenhas de episódios anteriores de “Velozes & Furiosos” que não importa o que aconteça, a franquia já conquistou o seu público alvo e, por isso, é garantia de dinheiro no caixa. Não interessa se não tem história a ser contada, ela é a menina dos olhos da Universal Studios e, tendo carros tunados garantindo cenas de ação grandiosas, teremos quantos filmes derem na telha. Mantendo a “ideologia” de entregar situações cada vez mais exageradas, “Velozes & Furiosos 8” (The Fate of the Furious, 2017) cumpre o dever e garante a diversão aos que vão às salas de cinema já sabendo o que está por vir.

Na trama, Dom (Vin Diesel) e Letty (Michelle Rodriguez) estão curtindo a lua de mel em Havana, mas a súbita aparição de Cipher (Charlize Theron) atrapalha os planos do casal. Ela logo arma um plano para chantagear Dom, de forma que ele traia seus amigos e passe a ajudá-la a obter ogivas nucleares. Tal situação faz com Letty reúna os velhos amigos, que agora precisam enfrentar o antigo companheiro.

Leia mais

Publicidade

Crítica: “Velozes e Furiosos 7” se despede de maneira honrosa de Paul Walker

Por Thiago Sampaio em Crítica

09 de Abril de 2015

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A franquia “Velozes e Furiosos” há tempos conquistou um público alvo, com garantia de bilheteria alta a cada edição e fórmula básica que mistura carros tunados e ação exagerada. Mas “Velozes e Furiosos 7” (Furious 7, 2015) chega aos cinemas com um ar de melancolia após a morte de Paul Walker em novembro de 2013, ironicamente em um acidente automobilístico. Eis que o novo filme tanto agrada em cheio aos fãs do gênero como também se despede de maneira digna de um dos seus protagonistas!

Sinopse

Após os acontecimentos em Londres, Dominic Toretto (Vin Diesel), Brian O’Conor (Paul Walker), Letty (Michelle Rodriguez) e o resto da equipe tiveram a chance de voltar para os Estados Unidos e recomeçarem suas vidas. Mas a tranquilidade do grupo é destruída quando Deckard Shaw (Jason Statham), um assassino profissional, quer vingança pela morte de seu irmão. Agora, a equipe tem que se reunir para impedir este novo vilão.

Leia mais

Publicidade

Antes de “se despedir” de Paul Walker, relembre 12 atores que tiveram filmes póstumos

Por Thiago Sampaio em Cinema

31 de Março de 2015

Paul Walker

Paul Walker

“Velozes e Furiosos 7” estreia nesta quinta-feira (2) nos cinemas, marcando a despedida de Paul Walker dos cinemas. O ator, presente em todos os filmes da série, morreu no dia 30 de novembro de 2013, aos 40 anos, em um acidente de carro no sul da Califórnia, nos Estados Unidos. Esse é, na verdade, o segundo filme póstumo de Walker, já que em 2014 chegou às telonas o pouco badalado “13° Distrito”.

Mas o mundo do cinema já presenciou diversos casos de ver seus atores partirem de forma prematura, sem ter a chance de sequer conferirem seus últimos trabalhos concluídos.

O blog Cena Cultural separou 12 casos de atores que tiveram “filmes póstumos”, deixando o clima de nostalgia. Confira:

Leia mais

Publicidade

Crítica: ‘Velozes e Furiosos 6’ corrige erros do anterior e garante boa diversão

Por Thiago Sampaio em Crítica

29 de Maio de 2013

Pôster de 'Velozes e Furiosos 6'

Foto: Divulgação

A franquia “Velozes & Furiosos” (2001-2014) já adquiriu uma fórmula e um número de fãs suficiente para ter quantas continuações os produtores bem entenderem. Não importa a história, mas tendo carros potentes e boas cenas de ação, está tudo certo. Após ridicularizar a imagem do Brasil no mediano quinto filme, de subtítulo Operação Rio (Fast Five, 2011), a série chega a Velozes e Furiosos 6 (Fast & Furious 6, 2013) corrigindo alguns defeitos do episódio anterior e com todos os ingredientes para o bom entretenimento do público alvo.

Antes de tudo, vale um breve contexto: depois de a série começar como uma despretensiosa obra de apreciação dos fãs de carros tunados no primeiro Velozes & Furiosos (The Fast and the Furious, 2001) – uma espécie de remake de Caçadores de Emoção (1991), a série focou mais no gênero policial a partir do quarto – Velozes & Furiosos 4 (Fast & Furious, 2009), quando os protagonistas originais (Vin Diesel, Paul Walker, Jordana Brewster e Michelle Rodriguez) se reúnem novamente. Os “rachas” deram vez às tramas de assalto, numa mistura de 11 Homens e Um Segredo (2001) com a ação exagerada de Missão Impossível (1996). E com resultados positivos na bilheteria cada vez maiores!

Leia mais

Publicidade

Crítica: ‘Velozes e Furiosos 6’ corrige erros do anterior e garante boa diversão

Por Thiago Sampaio em Crítica

29 de Maio de 2013

Pôster de 'Velozes e Furiosos 6'

Foto: Divulgação

A franquia “Velozes & Furiosos” (2001-2014) já adquiriu uma fórmula e um número de fãs suficiente para ter quantas continuações os produtores bem entenderem. Não importa a história, mas tendo carros potentes e boas cenas de ação, está tudo certo. Após ridicularizar a imagem do Brasil no mediano quinto filme, de subtítulo Operação Rio (Fast Five, 2011), a série chega a Velozes e Furiosos 6 (Fast & Furious 6, 2013) corrigindo alguns defeitos do episódio anterior e com todos os ingredientes para o bom entretenimento do público alvo.

Antes de tudo, vale um breve contexto: depois de a série começar como uma despretensiosa obra de apreciação dos fãs de carros tunados no primeiro Velozes & Furiosos (The Fast and the Furious, 2001) – uma espécie de remake de Caçadores de Emoção (1991), a série focou mais no gênero policial a partir do quarto – Velozes & Furiosos 4 (Fast & Furious, 2009), quando os protagonistas originais (Vin Diesel, Paul Walker, Jordana Brewster e Michelle Rodriguez) se reúnem novamente. Os “rachas” deram vez às tramas de assalto, numa mistura de 11 Homens e Um Segredo (2001) com a ação exagerada de Missão Impossível (1996). E com resultados positivos na bilheteria cada vez maiores!

(mais…)