Jeff Bridges Archives - Cena Cultural 
Publicidade

Cena Cultural

por Thiago Sampaio

Jeff Bridges

Flashback: Marvel Studios abre sua trajetória com o pé direito em “Homem de Ferro”

Por Thiago Sampaio em Flashback

30 de Abril de 2018

Foto: Divulgação

Caros leitores, “Vingadores: Guerra Infinita” (Avengers: Infinity War, 2018) está fazendo um estardalhaço nas bilheterias e gerando muitos comentários. A crítica deste que vos fala, você pode ler aqui. Porém, o longa que coroa os 10 anos da Marvel Studios não teria chegado neste nível de grandiosidade, ou, provavelmente, nem existiria, se o filme de estreia da coluna Flashback tivesse naufragado. No dia 30 de abril de 2008, chegava aos cinemas “Homem de Ferro” (Iron Man, 2008)!

No ano 2000, o diretor Bryan Singer e sua trupe de mutantes dos X-Men fizeram a moda de adaptar heróis dos quadrinhos para às telas voltar com tudo. Depois dali, vieram Batman, Homem-Aranha, Hulk, Superman, Quarteto Fantástico, Demolidor, Justiceiro, Motoqueiro Fantasma…enfim, havia a certeza que o Homem de Ferro uma hora teria sua vez nas telonas. Não por importância ou gosto do público pelo personagem, afinal, ele nunca foi dos mais populares. Por isso mesmo, pouca gente poderia apostar que justamente este figurasse como uma das melhores dessas adaptações na época e iniciasse a fonte de riqueza que virou a Marvel nos cinemas.

Leia mais

Publicidade

Confira as apostas para as principais categorias do Oscar 2017

Por Thiago Sampaio em Oscar

24 de Fevereiro de 2017

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A 89ª edição do Oscar acontece neste domingo (26), premiando os melhores de 2016. Não é surpresa para ninguém que “La La Land – Cantando Estações”, indicado em 14 categorias, igualando os recordes de “A Malvada” (1950) e “Titanic” (1997), é o grande favorito a levar os principais prêmios. Porém, “Moonlight: Sob a Luz do Luar”, com oito indicações, pode surpreender.

Aqui eu mando os meus pitacos, apontando quem eu acredito que vai levar a estatueta, os motivos, e qual realmente eu acredito que mereceria vencer. Vamos lá!

Leia mais

Publicidade

Crítica: “A Qualquer Custo” traz um retrato cru dos dias atuais

Por Thiago Sampaio em Crítica

08 de Fevereiro de 2017

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

“A Qualquer Custo” (Hell or High Water, 2016) é aquele tipo de filme que não é fácil de ser digerido por todos. É monótono e, por muitas vezes, incômodo. Porém, essa peculiaridade é algo que o torna tão diferenciado. Indicado a quatro Oscars (Filme, Ator Coadjuvante, Roteiro Original e Montagem), esse faroeste contemporâneo tem uma forte crítica social escondida numa trama, aparentemente não muito criativa, sobre irmãos que assaltam bancos. Aqui, não há heróis, não há bandidos. Todos são homens comuns, vítimas do sistema opressivo pós depressão americana.

O longa se passa no interior do Texas, Estados Unidos. Toby (Chris Pine) e Tannar (Ben Foster) são irmãos que se reúnem após anos de separação para roubar agências do banco que ameaça a falência das terras da família. Porém, eles se encontram na mira de Marcus (Jeff Bridges), um Texas Ranger que procura por uma última grande perseguição nas vésperas de sua aposentadoria, e seu parceiro comanche, Alberto (Gil Birmingham). Com os perseguidores à sua sombra, os irmãos tramam um último golpe para completar o plano.

Leia mais

Publicidade

Crítica: ‘R.I.P.D. – Agentes do Além’ é uma tortura de outro mundo

Por Thiago Sampaio em Crítica

05 de outubro de 2013

Pôster de ‘R.I.P.D. – Agentes do Além’

Foto: Divulgação

Imagine um filme misturando ficção e comédia sobre dois agentes – um é velho e ranzinza, o outro, é um jovem novato – que trabalham em uma organização ultra-secreta e lutam contra criaturas de outro mundo. Pensou em MIB – Homens de Preto? Nada mais natural. Porém, a estreia da vez é R.I.P.D. – Agentes do Além (R.I.P.D., 2013), adaptação da graphic novel escrita por Peter Lenkov, que se apresenta como uma cópia pra lá de mal feita e que não consegue agradar em nada.

A trama apresenta Nick Walker (Ryan Reynolds), um policial que morre em serviço. Porém, sua alma é enviada para o Departamento Descanse em Paz, uma espécie de agência que trabalha às escondidas na Terra. Devido à sua experiência, Nick logo é enviado de volta à Terra para trabalhar ao lado do veterano Roy Pulsipher (Jeff Bridges) para caçar os mortos que se recusam a fazer a migração.

Leia mais

Publicidade

Crítica: ‘R.I.P.D. – Agentes do Além’ é uma tortura de outro mundo

Por Thiago Sampaio em Crítica

05 de outubro de 2013

Pôster de ‘R.I.P.D. – Agentes do Além’

Foto: Divulgação

Imagine um filme misturando ficção e comédia sobre dois agentes – um é velho e ranzinza, o outro, é um jovem novato – que trabalham em uma organização ultra-secreta e lutam contra criaturas de outro mundo. Pensou em MIB – Homens de Preto? Nada mais natural. Porém, a estreia da vez é R.I.P.D. – Agentes do Além (R.I.P.D., 2013), adaptação da graphic novel escrita por Peter Lenkov, que se apresenta como uma cópia pra lá de mal feita e que não consegue agradar em nada.

A trama apresenta Nick Walker (Ryan Reynolds), um policial que morre em serviço. Porém, sua alma é enviada para o Departamento Descanse em Paz, uma espécie de agência que trabalha às escondidas na Terra. Devido à sua experiência, Nick logo é enviado de volta à Terra para trabalhar ao lado do veterano Roy Pulsipher (Jeff Bridges) para caçar os mortos que se recusam a fazer a migração.

(mais…)