Cena Cultural - Página 22 de 22 - Por Thiago Sampaio 
Publicidade

Cena Cultural

por Thiago Sampaio

Alguém se lembra do baixista do Nirvana?

Por Thiago Sampaio em Música

04 de Abril de 2012

Dave Grohl (à esquerda), Kurt Cobain (ao centro) e o esquecido Kris Novoselic (à direita)

No fim dos anos 80 e início dos anos 90, o cenário musical mundial estava dominado pela febre do punk rock e do hard rock. Porém, um novo estilo ganhou seu espaço, fazendo uma mistura da simplicidade do primeiro com a agressividade do segundo: era o grunge. E não existe banda que represente melhor a explosão do estilo do que – perdão Alice in Chains – o Nirvana.

Há quem ame e há quem odeie. Independente do talento musical dos integrantes, não tem como negar que o trio (que lá pelo final se tornou um quarteto) conseguiu, através de melodias simples, fazer hits que ficam na cabeça por gerações. Que jogue uma pedra qualquer um que toca um instrumento de cordas, caso as primeiras notas aprendidas não tiverem sido a introdução de “Come As You Are”.

Fato é que  o vocalista e guitarrista Kurt Cobain, após sua polêmica morte em 1994, se tornou um ícone do rock. Seja pela sua história como músico, pelas atitudes extremamente descoladas ou pelo envolvimento abusivo com drogas, não tem como negar seu fardo icônico, algo que talvez fosse diferente caso estivesse vivo. O baterista Dave Grohl, se tornou vocalista e guitarrista do Foo Fighters, uma das bandas mais bem sucedidas das últimas duas décadas. Não bastasse o sucesso com as bandas, Grohl ainda é considerado um dos instrumentistas mais completos da atualidade – aqui e acolá ele ainda mata saudades da bateria, como fez em turnê com o Queens of the Stone Age, e ainda mostra que é excelente.

Leia mais

Publicidade

Alguém se lembra do baixista do Nirvana?

Por Thiago Sampaio em Música

04 de Abril de 2012

Dave Grohl (à esquerda), Kurt Cobain (ao centro) e o esquecido Kris Novoselic (à direita)

No fim dos anos 80 e início dos anos 90, o cenário musical mundial estava dominado pela febre do punk rock e do hard rock. Porém, um novo estilo ganhou seu espaço, fazendo uma mistura da simplicidade do primeiro com a agressividade do segundo: era o grunge. E não existe banda que represente melhor a explosão do estilo do que – perdão Alice in Chains – o Nirvana.

Há quem ame e há quem odeie. Independente do talento musical dos integrantes, não tem como negar que o trio (que lá pelo final se tornou um quarteto) conseguiu, através de melodias simples, fazer hits que ficam na cabeça por gerações. Que jogue uma pedra qualquer um que toca um instrumento de cordas, caso as primeiras notas aprendidas não tiverem sido a introdução de “Come As You Are”.

Fato é que  o vocalista e guitarrista Kurt Cobain, após sua polêmica morte em 1994, se tornou um ícone do rock. Seja pela sua história como músico, pelas atitudes extremamente descoladas ou pelo envolvimento abusivo com drogas, não tem como negar seu fardo icônico, algo que talvez fosse diferente caso estivesse vivo. O baterista Dave Grohl, se tornou vocalista e guitarrista do Foo Fighters, uma das bandas mais bem sucedidas das últimas duas décadas. Não bastasse o sucesso com as bandas, Grohl ainda é considerado um dos instrumentistas mais completos da atualidade – aqui e acolá ele ainda mata saudades da bateria, como fez em turnê com o Queens of the Stone Age, e ainda mostra que é excelente.

(mais…)