Publicidade

Sem Frescura

por Ariane Cajazeiras

Conforto e design único: conheça a PINKBULLETS

Por Ariane Cajazeiras em Compre de quem faz

18 de outubro de 2016

Qual seu personagem favorito?  E a banda? Filme preferido, qual é? É natural que nós nos inspiremos no estilo dos nossos personagens preferidos, né? Quem nunca quis ter o estilo da Zooey Deschanel em 500 dias com ela, não é mesmo, minha gente? Ou copiar o estilo romântico-desleixado da nossa querida Amélie Poulain? Ou comprar aquela brusinha linda com o Woodstock estampado?

Mas o fato e que nem todos os personagens do nosso gosto estão nas linhas de nossas marcas preferidas, nas camisetas, sapatos, utensílios, etc. Mas tem uma marca MUITO LEGAL, de tênis pintados a mão que simplesmente customiza tênis a gosto do freguês, já pensou? O céu é o limite para a PINKBULLETS, galera. Eles se autointitulam uma marca de tênis customizados descolados.

Minha cara quando vi as opções de pinturas

Minha cara quando vi as opções de pinturas (Foto: Reprodução de cena do filme O Fabuloso Destino de Amélie Poulain – 2001)

Segundo a estudante de moda Nádia Ramos, criadora da PINKBULLETS, a marca surgiu em meados de 2008, em São Paulo, quando ela teve a ideia de customizar um par de tênis branco com os personagens favoritos de uma amiga como presente de aniversário. Ficou tão legal que o boca a boca fez surgir o pequeno negócio da Nádia. Em 2011 meu colega de BandNews, Marcelo Duarte, do “É Brasil que não acaba mais”, autor do Guia dos Curiosos, fez uma reportagem com a Nádia e alavancou o nome da marca nacionalmente. “Nossa missão é produzir peças exclusivas que representem a individualidade de cada cliente. A PINKBULLETS entende que eu sou eu, e você é você”, diz ela.

Minha irmã, Alana, comprou um par depois de displicentemente ver em promoção no Enjoei e, olha, são os meus sapatos preferidos atualmente (sim, nós calçamos o mesmo tamanho e não temos chulé).  Meus calçados preferidos atualmente são tênis, que eu combino com tudo: saia curta, saia longa, vestido de todo tamanho, calça jeans (insira aqui qualquer peça de roupa). Tênis ficam lindos, tênis são confortáveis, tênis duram muito. Por isso o tamanho do meu amor.

Saia comprida listrada e tênis: sim <3

Saia comprida listrada e tênis: sim <3 (Foto: Elon Nepomuceno)

A PINKBULLETS só comercializa por e-mail, mas  você pode acompanhar no instagram ou no facebook as pinturas lindas. Tem a Noite Estrelada do Van Gogh (!!!), vários modelos dos Beatles, Calvin e Haroldo (o meu <3), Punky, a Levada da Breca (só ar minina que foram criança nos anos 80/90 levantem a mão), Tintim (das  aventuras de Tintim) e o que mais a imaginação mandar. E o que acho mais legal: você compra de quem faz. Acho massa a ideia de comprar algo que não é feito em série, que depende do talento e da paciência de quem produz produtos um a um com carinho, amor e cuidado.

Calvin e Haroldo no detalhe

Calvin e Haroldo no detalhe (Foto: Ariane Cajazeiras)

Ela tem várias opções de modelos e os sapatos desse modelo do meu (da Alana, no caso, hehe) custam em média 199,00 (mais o frete). Vale lembrar que o preço inclui o sapato que é customizado, obviamente. O tênis não é de marca, embora pareça. É uma marca similar ao All Star. O que é bem previsível, já que o preço do All Star é bem caro, o que elevaria demais o valor do produto final. O calçado que adquiri é bem confortável, bem macio mesmo. Já faz mais de um ano que compramos e continua lá firme, sem rasgões e danos grandes. E prestenção que de vez em quando rola um promoçãozinha no site Enjoei!

Quero todos (foto: facebook Pink Bullets)

Quero todos (Foto: Reprodução do Facebook)

A PINKBULLETS também comercializa jaquetas e outros tipos de sapatos customizados. As jaquetas (kero) também custam no mínimo 199,00, tudo vai depender da complexidade do desenho que você pedir. Ainda não testei, mas a Nádia disse que é possível fazer no tema pedido e de qualquer tamanho.

Jaqueta jeans de unicórnio: todas chora

Jaqueta jeans de unicórnio: todas chora, todas quer (Foto: Reprodução do Facebook)

E lembre-se: na hora de adquirir um produto feito a mão é preciso ter a ciência de que nenhum fica igual ao outro! Cada um é diferente, é único. Mas é isso que torna o artesanal um produto tããããão especial, não é mesmo?

Beijos de Luz!

Ariane

(PS.: Esse post não é patrocinado, é só pelo amor mesmo)

Publicidade

Saia Midi do Amor

Por Ariane Cajazeiras em Looks

11 de outubro de 2016

Lisas, estampadas, listradas, rodadas, plissadas, rendadas. Essa moda de saia midi, também conhecida como “aquela saia que fica no meio da canela”, está me deixando muito feliz, sério. Não que eu só use o que está na moda, mas quando uma peça está em alta, você encontra uma variedade muito maior, né?

Vista de cima: saia preta + tênis = <3

Vista de cima: saia preta + tênis = <3

Saias e vestidos estão entre as minhas peças de roupa preferida. Vejam só alguns benefícios das saias:

  • + são lindas
  • + são femininas
  • + são confortáveis
  • + são fresquinhas
  • + dão um movimento lindo quando você vai dançar
  • + com elas é mais fácil de ir ao banheiro fazer xixi
  • + combinam com sandália
  • + combinam com tênis
  • + combinam com saltão
  • + você pode trabalhar com elas
  • + depois vai direto passear
  • + ou mesmo pra balada
  • + quando passa um vento você fica parecendo a Marilyn Monroe

Ok, vamos parar por aqui porque a lista é simplesmente infinita. Se vocês perguntarem pra minha mãe ela vai contar que eu queria ficar de vestido rodado o dia inteiro quando era criança e ainda de quebra vai contar a célebre história do vestidinho de festa cheio de babados que eu queria dormir e acordar com ele (literalmente).

Mas a história triste é que pessoas gordas são a todo momento desestimuladas a usarem saias. As rodadas te engordam, eles dizem. As coladas marcam muito, eles dizem. Maaaaaaaaaaaas, a esperança venceu o medo. Engordam mesmo, marcam mesmo e ainda assim eu acho lindas <3  E como estamos nesse mundo pra botar pra voar as banda dos paradigmas, vamos a alguns looks de saias midi maravilhosas compradas por um preço supimpa:

Saia midi plissada de renda + camiseta de banda

Saia midi plissada de renda + camiseta de banda

Percebam a malemolência de quem anda saltitando de saia preta plissada. Ela é de renda, tem um forro mais curto pra dar aquele charme. Essa saia é GG e fica meio frouxa, mas I DON’T CARE. Como diz papai: dando no preço, dá no pé. Eu ia fazer um estrago na Renner e simplesmente vi essa peça de R$29,90 nas araras próximas ao caixa. Um conselho: comecem as compras pelas araras próximas ao caixa. Principalmente se você usa PP ou GG. Sempre rola uma peça bacana baratinha, vai por mim. A brusinha que botei por dentro da saia diz “I am still alive” e foi comprada pela internet numa promoção aqui. Pra dar um tcham no look total black, joguei esse tênis dourado e um polêmico brinco de melancia:

Brincos polêmicos de gosto duvidoso: quero

Brincos polêmicos de gosto duvidoso: quero

Essa mesma saia usei com uma cropped (brusinha curta que mostra o bucho) de 29,90 da Renner, vejam no detalhe da autoestima de quem faz foto no espelho:

A calma no olhar de quem está usando apenas promoções

A calma no olhar de quem está usando apenas promoções

Eu sei, ando abusando do preto e suas nuanças. Mas essa saia que ainda vou usar 100 milhões de vezes em diversas ocasiões também super orna com uma blusa de uma cor só ou estampada, viu? Inclusive, quero. Porém nem só de saias rodadas vive a amante de saias. Ousadia e alegria podem ser notadas nesse conjunto de saia e cropped com listras horizontais. Meu querido amigo Patativa do Assaré aprovou, vejam:

Cropped listrado + saia listrada assimétrica

Cropped listrado + saia listrada assimétrica

Agora, se você não se sente cem por segura em usar cropped com saia colada, vai nessa dica: joga uma jaqueta ou colete por cima do look. Acho chique, alonga a silhueta e tem bolsos pra botar o celular (claramente a parte mais importante). Essa jaqueta comprida (com 4 bolsos internos, eu disse QUATRO), é da Toli, mas eu comprei no Bazar das Fofinhas . A sandália flat nude (ou seja, a sandália reta com uma certa altura e da cor rosa-minha pele) é da coleção nova da Zaxy (linda, mas faz um leve calo na parte interna do pé).

E você, como usa saia midi? Conta aqui!

Beijos de luz!

Ariane.

leia tudo sobre

Publicidade

Com estilo, sem frescura

Por index em Cantar Olá

28 de setembro de 2016

Oi, pessoal! Meu nome é Ariane e eu sou jornalista desde 2007! Sempre gostei de moda, mas também sempre achei a moda meio excludente. É roupa que só pode vestir corpo A ou corpo B. É padrão engessado de corpo oferecido pelas lojas que não se encaixa no nosso. Eu, por exemplo, visto do M ao GG. Do 40 ao 44. Então pra me vestir do jeito que eu quero, saio por aí garimpando peças em bazares, lojas de departamento, supermercados e onde mais existirem peças que possam se encaixar no meu estilo, com um precim que não pese no bolso. Afinal, gostar de se vestir bem não significa gastar muito, o negócio é consumir consciente. Difícil, né? Mas não é impossível, não!

Mais que um blog de estilo e moda, mais do que meus próprios looks, quero compartilhar com vocês achados, maquiagens baratas e boas, produtos e cortes de cabelo, estilos da galera que acho por aí nas ruas da nossa amada Fortaleza e dos cantinhos do mundo pelos quais passeio. Um blog de quem se propõe ser sem frescura e pra quem prefere chamar pantacourt de calça frouxa-confortável-minha preferida.

Eu muito felizinha na firma de calça pantacourt (que eu sempre tenho que jogar no google "calça curta frouxa" pra lembrar esse nome)

Eu muito felizinha na firma de calça pantacourt (que eu sempre tenho que jogar no google “calça curta frouxa” pra lembrar esse nome)

Sem frescura pra marca, pra preço, pra estilo, pra cabelo, pra superprodução. Sem frescura pra meu corpinho que aprendi a amar com todos os defeitinhos. Afinal de contas o dia que a gente fica mais bonita é quando se sente bem, né não?

Se quiser me acompanhar, com estilo e sem frescura, vamo nessa! E se quiser sugerir algo, manda um e-mail pra mim pelo arianeadla@gmail.com! Até o próximo post 🙂

(E como sempre tô ouvindo música, esse post foi escrito ouvindo Cantar Olá, da banda cearense Projeto Rivera <3)

 

Publicidade

Conforto e design único: conheça a PINKBULLETS

Por Ariane Cajazeiras em Compre de quem faz

18 de outubro de 2016

Qual seu personagem favorito?  E a banda? Filme preferido, qual é? É natural que nós nos inspiremos no estilo dos nossos personagens preferidos, né? Quem nunca quis ter o estilo da Zooey Deschanel em 500 dias com ela, não é mesmo, minha gente? Ou copiar o estilo romântico-desleixado da nossa querida Amélie Poulain? Ou comprar aquela brusinha linda com o Woodstock estampado?

Mas o fato e que nem todos os personagens do nosso gosto estão nas linhas de nossas marcas preferidas, nas camisetas, sapatos, utensílios, etc. Mas tem uma marca MUITO LEGAL, de tênis pintados a mão que simplesmente customiza tênis a gosto do freguês, já pensou? O céu é o limite para a PINKBULLETS, galera. Eles se autointitulam uma marca de tênis customizados descolados.

Minha cara quando vi as opções de pinturas

Minha cara quando vi as opções de pinturas (Foto: Reprodução de cena do filme O Fabuloso Destino de Amélie Poulain – 2001)

Segundo a estudante de moda Nádia Ramos, criadora da PINKBULLETS, a marca surgiu em meados de 2008, em São Paulo, quando ela teve a ideia de customizar um par de tênis branco com os personagens favoritos de uma amiga como presente de aniversário. Ficou tão legal que o boca a boca fez surgir o pequeno negócio da Nádia. Em 2011 meu colega de BandNews, Marcelo Duarte, do “É Brasil que não acaba mais”, autor do Guia dos Curiosos, fez uma reportagem com a Nádia e alavancou o nome da marca nacionalmente. “Nossa missão é produzir peças exclusivas que representem a individualidade de cada cliente. A PINKBULLETS entende que eu sou eu, e você é você”, diz ela.

Minha irmã, Alana, comprou um par depois de displicentemente ver em promoção no Enjoei e, olha, são os meus sapatos preferidos atualmente (sim, nós calçamos o mesmo tamanho e não temos chulé).  Meus calçados preferidos atualmente são tênis, que eu combino com tudo: saia curta, saia longa, vestido de todo tamanho, calça jeans (insira aqui qualquer peça de roupa). Tênis ficam lindos, tênis são confortáveis, tênis duram muito. Por isso o tamanho do meu amor.

Saia comprida listrada e tênis: sim <3

Saia comprida listrada e tênis: sim <3 (Foto: Elon Nepomuceno)

A PINKBULLETS só comercializa por e-mail, mas  você pode acompanhar no instagram ou no facebook as pinturas lindas. Tem a Noite Estrelada do Van Gogh (!!!), vários modelos dos Beatles, Calvin e Haroldo (o meu <3), Punky, a Levada da Breca (só ar minina que foram criança nos anos 80/90 levantem a mão), Tintim (das  aventuras de Tintim) e o que mais a imaginação mandar. E o que acho mais legal: você compra de quem faz. Acho massa a ideia de comprar algo que não é feito em série, que depende do talento e da paciência de quem produz produtos um a um com carinho, amor e cuidado.

Calvin e Haroldo no detalhe

Calvin e Haroldo no detalhe (Foto: Ariane Cajazeiras)

Ela tem várias opções de modelos e os sapatos desse modelo do meu (da Alana, no caso, hehe) custam em média 199,00 (mais o frete). Vale lembrar que o preço inclui o sapato que é customizado, obviamente. O tênis não é de marca, embora pareça. É uma marca similar ao All Star. O que é bem previsível, já que o preço do All Star é bem caro, o que elevaria demais o valor do produto final. O calçado que adquiri é bem confortável, bem macio mesmo. Já faz mais de um ano que compramos e continua lá firme, sem rasgões e danos grandes. E prestenção que de vez em quando rola um promoçãozinha no site Enjoei!

Quero todos (foto: facebook Pink Bullets)

Quero todos (Foto: Reprodução do Facebook)

A PINKBULLETS também comercializa jaquetas e outros tipos de sapatos customizados. As jaquetas (kero) também custam no mínimo 199,00, tudo vai depender da complexidade do desenho que você pedir. Ainda não testei, mas a Nádia disse que é possível fazer no tema pedido e de qualquer tamanho.

Jaqueta jeans de unicórnio: todas chora

Jaqueta jeans de unicórnio: todas chora, todas quer (Foto: Reprodução do Facebook)

E lembre-se: na hora de adquirir um produto feito a mão é preciso ter a ciência de que nenhum fica igual ao outro! Cada um é diferente, é único. Mas é isso que torna o artesanal um produto tããããão especial, não é mesmo?

Beijos de Luz!

Ariane

(PS.: Esse post não é patrocinado, é só pelo amor mesmo)