Publicidade

Rede Social CE

por Raquel Souza

tecnologia

Escola de Design e Tecnologia Pixels realiza  I Campeonato de Just Dance

Por raquelsouza em Tecnologia

09 de julho de 2018

A Pixels é uma escola de design e tecnologia, cujo o objetivo principal é levar educação e treinamento de qualidade, através de cursos nos segmentos do design, animação, robótica e games.

 
Estão abertas as inscrições até o dia 11/7 para o I Campeonato de Just Dance da maior Escola de Design e Tecnologia do país – a Pixels. A inscrição é gratuita. O campeonato será realizado em duas fases: a primeira fase na Unidade Fátima e a segunda fase na Unidade Parquelândia, nos dias 13 e 14 de julho respectivamente. O Campeonato fará parte da programação de Lançamento da Campanha “Pixels leva você para a Disney”. Haverá premiação exclusiva para os inscritos e as vagas são limitadas. 
 
Para se inscrever, é só comparecer à unidade Parquelândia até o dia 11/07. O endereço é Rua Érico Mota, 142, bairro Parquelândia (a um quarteirão da Avenida Bezerra de Menezes).
 
Após a inscrição efetuada, confirme presença no evento: https://www.facebook.com/events/222708058547219/
 
Premiações: 
– 1º lugar: receberá a quantia de R$ 200,00 e um Kit Pixels;
– 2º lugar: receberá a quantia de R$ 100,00 e um Kit Pixels;
– 3º lugar: receberá um Kit Pixels.
 
Mais informações: (85) 3104-1414/ (85) 3047-1313
 
O que é Just Dance?
Just Dance é um jogo eletrônico de música desenvolvido pela Ubisoft. O jogo foi lançado em 2009 na América do Norte, Austrália e Europa. O jogo se baseia em imitar a coreografia de um dançarino virtual na tela. O mesmo já chegou à sua sétima edição.
 
Sobre a Pixels
Com duas unidades em Fortaleza e uma em Teresina, a Pixels é uma escola de design e  tecnologia, cujo o objetivo principal é levar educação e treinamento de  qualidade, através de cursos nos segmentos do design, animação, robótica  e games.  
Acesse nosso site: http://www.pixelsescola.com  .
Publicidade

Campanha de conscientização no carnaval ganha força em aplicativos

Por raquelsouza em Aplicativos

07 de Fevereiro de 2018

ABRABE se junta às plataformas Waze e GOL Online para atingir público superconectado com campanha de consumo consciente de bebida alcoólica

Segundo estudo realizado pela FGV, no Brasil já existem 208 milhões de celulares conectados 24 horas por dia. Sabendo dessa alta conectividade do brasileiro e da cultura do exagero durante a folia de Carnaval, a ABRABE (Associação Brasileira de Bebidas) se uniu ao Waze e à GOL Linhas Aéreas Inteligentes para alertar os foliões de todo Brasil sobre a importância do consumo responsável de bebidas alcoólicas, seguindo a mensagem-chave: Se for dirigir, não beba!

A campanha, que conta com ativações on e off-line, será veiculada nos aplicativos parceiros durante todo o período das festas de carnaval. A expectativa é atingir mais de 3,7 milhões de pessoas.
Segundo Jean Twenge, professora de psicologia da Universidade Estadual de San Diego, atualmente os jovens estão menos preparados para a vida adulta, bebem menos, mas, começam a beber cada vez mais cedo. Por meio da plataforma de consumo responsável, o Sem Excesso, a associação vem desenvolvendo várias ativações online para ampliar a conversa com a chamada “geração smartphone”.
Dando início à ação nos ares, a mensagem de consumo consciente será divulgada por meio da plataforma GOL Online nos voos dos principais destinos do Verão e Carnaval. A ativação permitirá que o Portal Sem Excesso seja acessado durante esses voos, fazendo com que os passageiros conheçam as iniciativas do projeto e a expectativa é atingir um potencial de 147 mil pessoas até o final de fevereiro.
Além da parceria com a companhia aérea, o Sem Excesso irá impactar usuários do Waze que tracem os principais destinos do carnaval nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo como: praias, cidades do interior e claro, os badalados bloquinhos que agitam as capitais. Os passageiros que usarem o aplicativo, que só na Grande São Paulo já conta com mais de 3,8 milhões de usuários, serão alertados com mensagens de consumo responsável.
“Sabemos que o consumo de bebida alcoólica se intensifica durante as festividades de carnaval e é de extrema importância divulgarmos a mensagem do consumo consciente nesse período, alertando sobre a proibição da mistura “bebida alcoólica e direção”. Para ampliar o alcance de nossas campanhas, o uso de estratégias digitais se torna cada vez mais importante, como é o caso da parceria com aplicativos que nos colocam em contato com públicos mais abrangentes”, explica José Augusto Rodrigues da Silva, presidente executivo da ABRABE.
Todas as ações seguem acompanhadas por um conteúdo customizado que leva a mensagem do consumo moderado e conversa com os canais do Sem Excesso – Site, Youtube, Facebook (cuja fanpage já tem mais de 980 mil curtidas) e Twitter (com mais de 74 mil seguidores). Além dos posts personalizados, o Youtube da plataforma contará com animações que seguem a temática de cada mês de ação, dando continuidade à campanha.

Sobre o Sem Excesso
Lançado em novembro de 2011, o Sem Excesso é uma iniciativa pioneira no País e reforça o compromisso da ABRABE com o consumo responsável de bebidas alcoólicas. Foi por acreditar na importância e na força de ações com esse foco, que a entidade criou, em 2010, a primeira campanha coletiva de conscientização para o público jovem, com a participação conjunta de grandes representantes do setor de bebidas. Por meio do slogan “Comemore com Sucesso, sem Excesso”, a iniciativa estabeleceu interação e reflexão acerca do consumo consciente, nos ambientes online e offline. Reconhecida com o 30º prêmio POP de Opinião Pública, a campanha foi ampliada com a inauguração do portal Sem Excesso.

Sobre a ABRABE
A Associação Brasileira de Bebidas – ABRABE – é uma organização de âmbito nacional representativa do setor de bebidas, que reúne produtores, representantes, importadores e exportadores de cachaça, vinho, destilados, cervejas e energéticos, entre dezenas de outras categorias. São, atualmente, 40 empresas associadas, que representam a grande maioria do mercado e detêm as principais marcas de bebidas nacionais e mundiais. Um dos objetivos da entidade é fazer com que as empresas associadas tenham um compromisso permanente com a postura responsável sobre o consumo de bebidas alcoólicas.

 

Publicidade

Tecnologia : Byte Girl participa da Campus Party 2018 em SP

Por raquelsouza em Tecnologia

27 de Janeiro de 2018

Débora Moura
Ana Paula Lourenço (1)
Christiane Borges (2)

O maior evento de tecnologia do Brasil, a Campus Party, vai contar com palestras de três membros da Comunidade Byte Girl.

Campuseira veterana, Ana Paula Lourenço, fundadora do Byte Girl, vai participar pelo quarto ano consecutivo da Campus Party São Paulo, maior experiência tecnológica do País, e, desta vez, levará como companhia, e para compartilhar conhecimento, a desenvolvedora Débora Moura e a tecnóloga goiana Christiane Borges. A CPBR11 ocorre entre os dias 30 de janeiro e 04 de fevereiro, e mais uma vez será realizada no Pavilhão do Anhembi.

Membro da Comunidade Byte Girl, Débora Moura estreia na Campus Party com o tema “Desenvolvendo jogos educativos infantis”. Já Christiane Borges  aborda a “Insegurança na era da internet das coisas”. E, levando na bagagem o case Byte Girl, Ana Paula Lourenço apresenta a palestra “Como criar uma comunidade de sucesso”.

O Byte Girl é o maior evento de tecnologia do Ceará focado em mulheres. Para Ana Paula Lourenço, é de extrema importância a inclusão feminina em grandes eventos de tecnologia, como a Campus Party. “É fundamental a participação de mulheres, não só da Byte Girl, em um evento desse porte pois mostra que, apesar de ainda sermos minoria no mercado, temos muito conteúdo e conhecimento para compartilhar com a comunidade”.

 

Sobre a Comunidade Byte Girl

A ideia de realizar um evento que discutisse a inclusão social e a igualdade dentro do segmento de Tecnologia da Informação levou a graduanda em Tecnologia em Redes de Computadores, Ana Paula Lourenço, criar o Byte Girl em junho de 2015. Com uma equipe de apenas nove voluntários e dois patrocinadores, ela conseguiu vender todos os ingressos para a primeira edição do evento. A partir 2017, o Byte Girl expande para uma comunidade, realizando eventos ao longo do ano para compartilhar conhecimentos de tecnologia e acompanhar a evolução dos membros.

 

Sobre as palestrantes

Ana Paula Lourenço é fundadora do Byte Girl e graduanda em Redes de Computadores e consultora de gestão pública financeira. É palestrante Campus Party desde 2015, organizer GDG Fortaleza e foi fundadora da comunidade PyLadies Fortaleza, projeto que, junto à Byte Girl, visa a inclusão de mulheres no mercado de tecnologias, bem como sua formação e capacitação adequadas. Entusiasta de causas sociais, se dedica a temática “Mulheres também podem fazer tecnologia” e tem se engajado em desenvolver na cidade de Fortaleza – e futuramente, quem sabe, no Brasil -, com apoio de comunidades de TI, ações que visem mudar a realidade deste cenário.

 

Christiane Borges é tecnóloga em Redes de Comunicação, mestre em Engenharia Elétrica e da Computação. Professora adjunta no IFG Campus Luziânia, atua como docente na área de Redes de Computadores a mais de 8 anos. Participa e ajuda na organização de eventos de software livre em Goiás desde 2006. Pesquisadora CNPq. Fundadora do Grupo de Robótica Metabotix e participante do GynBot.

 

Débora Moura é graduanda do bacharelado em Sistemas e Mídias Digitais da Universidade Federal do Ceará (UFC). Técnica em Informática pelo Instituto Federal do Ceará (IFCE). Desenvolvedora Web FullStack e Web Designer. Membro da Comunidade Byte Girl Fortaleza/CE.

 

Confira a programação da Comunidade Byte Girl na Campus Party 2018

 

31/01

Desenvolvendo jogos educativos infantis: case Festa no tom #ByteGirl

Palestrante: Débora Moura

Palco: Games

Horário: 16h

 

Como criar uma comunidade de sucesso: case #ByteGirl

Palestrante: Ana Paula Lourenço

Palco: Bancado do Woman Dev Summit

Horário: 21h45

 

02/02

Insegurança na era da internet das coisas

Palestrante: Christiane Borges

Palco: Makers

Horário: 17h

 

SERVIÇO

Campus Party 2018 – #CPBR11

Período: de 30 de janeiro a 04 de fevereiro

Local: Anhembi (Av. Olavo Fontoura, 1.209 – Santana/SP)

Ingressos: 2º lote, a partir de R$ 320,00

Site: http://brasil.campus-party.org/

 

Byte Girl

Site: bytegirl.com.br

Redes: Facebook: FB/bytegirlevento / Instagram: @bytegirlevento / Twitter: @bytegirlevento

Publicidade

Vivo anuncia parceria com a Bodytech e lança aplicativo de treino que transforma o celular em uma academia de bolso

Por raquelsouza em Fitness

07 de dezembro de 2017

 

Vivo BTFIT, app da Bodytech Company, monta treinos com exercícios de acordo com o local, objetivo e tempo disponível do usuário

São Paulo, 07 de dezembro de 2017 – A Vivo anuncia hoje o lançamento do Vivo BTFIT, aplicativo da rede de academias Bodytech para treinar a qualquer hora, em qualquer lugar. O app oferece um personal trainer online, que cria treinos com exercícios de acordo com o local onde o usuário está (em casa, na academia ou ao ar livre), com ou sem equipamentos. O algoritmo do serviço gera treinos individualizados, com base em objetivos, histórico de atividades e tempo disponível do usuário.

Ao baixar o app, o cliente tem acesso grátis a aulas coletivas de quatro modalidades (Abdominal, Mat Pilates, Cardio Dance e 20 Min Workout), que são atualizadas diariamente. Além disso, quem assinar o app tem acesso ao Personal Trainner Online e a mais duas modalidades de aulas coletivas (Ballet Fitness e Yoga).

Clientes móveis da Vivo que contratarem o serviço têm ainda um benefício exclusivo: isenção da taxa de matrícula em qualquer uma das mais de 50 academias da rede Bodytech em todo o país. O app, cujo embaixador é o Bernardinho, já tem mais de 4.200 vídeos e mais de 1,5 milhão downloads.

Para assinar o Vivo BTFIT, os clientes móveis da Vivo devem enviar um SMS com a palavra BTFIT para 244 e fazer a assinatura mensal por R$ 11,99. Já a assinatura semanal custa R$ 3,99 e para contratar basta enviar a palavra BT para 244.

Com o lançamento do Vivo BTFIT, a Vivo contribui para transformar o celular em uma ferramenta para a democratização do acesso à informação sobre saúde, qualidade de vida e bem-estar.

Publicidade

Ivete Sangalo é a celebridade mais influente e popular do país, revela pesquisa Ipsos

Por raquelsouza em Tecnologia

13 de novembro de 2017

 

           

Já na lista dos youtubers, Whindersson Nunes é o mais famoso enquanto Iberê Thenório o mais influente

Para investigar se popularidade se converte em influência, a Ipsos realizou o maior estudo sobre celebridades já feito no Brasil. A empresa entrevistou 2.000 pessoas (homens e mulheres com 16 anos ou mais) em todo o país. Os entrevistados avaliaram 100 nomes de destaque, dentre eles 22 youtubers e bloggers, para saber quais são as personalidades mais influentes do Brasil. A grande campeã das celebridades é a cantora Ivete Sangalo. A artista baiana é considerada a mais influente e popular do país. Considerando apenas os nativos do ambiente digital, Whindersson Nunes é o youtuber mais famoso e Iberê Thenório o mais influente.

A pesquisa revela que a influência das personalidades não é proporcional à fama deles, porque os critérios utilizados para medir a influência não são os mesmos usados para analisar a fama. “A popularidade é muito mais o quanto as personalidades são conhecidas, chamam a atenção do público, enquanto, a influência é mais qualitativa, sendo mais difícil de ser alcançada”, explica Carolina Tonussi, gerente da Ipsos, e uma das líderes do estudo.

Quais os critérios de avaliação?

O estudo encontrou sete dimensões que explicam a influência: confiança, sucesso, comprometimento, modernidade, família, alegria/carisma e atração. Cada uma delas possui um peso na construção da influência, os mais importantes este ano são confiança e sucesso, respectivamente; enquanto atração (qualidades físicas) é a dimensão com menor impacto.

A pesquisa também traz uma correlação entre os drivers e o seu impacto em diversas categorias de consumo, dentre eles: cerveja, alimentos, cafés, chocolates, fast food, jogos, tecnologia, moda, cuidados com o corpo, medicamento, automotivo e em temas como sexualidade, saúde, beleza, entre outros.

Para se ter uma ideia, avaliando o apresentador Rodrigo Hilbert, as três categorias que os participantes mais relacionam à imagem dele são alimentação, restaurante e família, nesta ordem. Já a atriz Thaís Araújo é cuidado com o corpo, beleza e moda. Por outro lado, a blogger Nathalia Arcuri tem notoriedade em investimento, moda e beleza, respectivamente.

Sobre a Ipsos

A Ipsos é uma empresa independente global na área de pesquisa de mercado presente em 88 países. A companhia tem mais de 5 mil clientes e ocupa a terceira posição na indústria de pesquisa. Maior empresa de pesquisa eleitoral do mundo, a Ipsos atua ainda nas áreas de publicidade, fidelização de clientes, marketing, mídia, opinião pública e coleta de dados. Os pesquisadores da Ipsos avaliam o potencial do mercado e interpretam as tendências. Desenvolvem e constroem marcas, ajudam os clientes a construírem relacionamento de longo prazo com seus parceiros, testam publicidade e analisam audiência, medem a opinião pública ao redor do mundo.

Para mais informações, acesse: https://www.ipsos.com/pt-br , www.ipsos.comhttps://youtu.be/QpajPPwN4oEhttps://youtu.be/EWda5jAElZ0 e   https://youtu.be/2KgINZxhTAU.

Publicidade

Uber é o aplicativo de transporte de passageiro mais usado no Brasil

Por raquelsouza em Aplicativos

06 de agosto de 2017

Dentre apps de mapas, Google Maps lidera

 “Vou de Uber!”. Essa frase já se tornou comum em algumas cidades brasileiras, e isso tem um motivo. Pesquisa do CONECTA revela que o Uber é usado por 54% dos internautas brasileiros, o que o torna o app mais utilizado no país. Esse é o resultado do CONECTAí Express, pesquisa online nacional, multiclientes.

Confira quais são os apps mais utilizados

O Uber é usado sobretudo por homens, jovens entre 25 e 34 anos, moradores do Nordeste e internautas das classes A e B. Por sua vez, os internautas que mais usam o 99Taxis estão no Sudeste e pertencem a classe A. O estudo mostra também que 43% dos usuários de internet não têm app de transporte de passageiro.

Mapas
O CONECTA também perguntou aos internautas qual aplicativo de mapas/GPS usam. O Google Maps é o mais citado, com 85% das menções.

A pesquisa aponta que o Waze é usado, principalmente, por internautas com mais de 55 anos, da classe A e moradores do Sudeste.

Transporte público
Já em relação ao transporte público há ainda muito espaço para crescimento dos aplicativos, já que 76% dos internautas dizem que não têm um app desse serviço. O mais citado é o Moovit, mas apenas por 9% dos entrevistados.

Sobre a pesquisa
A pesquisa foi realizada com 2.000 internautas em junho de 2017 por meio do CONECTAí Express, pesquisa trimestral, online, multiclientes, com cobertura nacional, que permite responder a qualquer tipo de pergunta de forma exclusiva, rápida e econômica.

Sobre o CONECTA
CONECTA é a plataforma web do IBOPE Inteligência. Seu foco está na fusão do melhor da pesquisa online tradicional, tecnologia para gestão de painéis online – CONECTAí – e soluções interativas e inovadoras de marketing digital. Acesse nosso site e cadastre-se! Acumule pontos, troque por prêmios e concorra a sorteios. Transforme o mundo com a sua opinião e com as suas ideias! www.conectaibrasil.com.br

Fortaleza 

Em Fortaleza, o serviço começou a ser oferecido em abril de 2016. Apesar de não ter regulamentação na capital cearense, alguns motoristas conseguiram autorização da Justiça para realizar o transporte de passageiros sem a interferência da fiscalização exercida pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) e Autarquia Municipal de Trânsito (AMC).

Os motoristas podem dirigir seus próprios carros, um carro de outra pessoa ou mesmo um veículo alugado. Segundo a empresa de transporte, são mais de 50 mil motoristas cadastrados. Além de Fortaleza, o serviço está presente em outras 60 cidades do país.

 

 

Publicidade

Uber é o aplicativo de transporte de passageiro mais usado no Brasil

Por raquelsouza em Aplicativos

06 de agosto de 2017

Dentre apps de mapas, Google Maps lidera

 “Vou de Uber!”. Essa frase já se tornou comum em algumas cidades brasileiras, e isso tem um motivo. Pesquisa do CONECTA revela que o Uber é usado por 54% dos internautas brasileiros, o que o torna o app mais utilizado no país. Esse é o resultado do CONECTAí Express, pesquisa online nacional, multiclientes.

Confira quais são os apps mais utilizados

O Uber é usado sobretudo por homens, jovens entre 25 e 34 anos, moradores do Nordeste e internautas das classes A e B. Por sua vez, os internautas que mais usam o 99Taxis estão no Sudeste e pertencem a classe A. O estudo mostra também que 43% dos usuários de internet não têm app de transporte de passageiro.

Mapas
O CONECTA também perguntou aos internautas qual aplicativo de mapas/GPS usam. O Google Maps é o mais citado, com 85% das menções.

A pesquisa aponta que o Waze é usado, principalmente, por internautas com mais de 55 anos, da classe A e moradores do Sudeste.

Transporte público
Já em relação ao transporte público há ainda muito espaço para crescimento dos aplicativos, já que 76% dos internautas dizem que não têm um app desse serviço. O mais citado é o Moovit, mas apenas por 9% dos entrevistados.

Sobre a pesquisa
A pesquisa foi realizada com 2.000 internautas em junho de 2017 por meio do CONECTAí Express, pesquisa trimestral, online, multiclientes, com cobertura nacional, que permite responder a qualquer tipo de pergunta de forma exclusiva, rápida e econômica.

Sobre o CONECTA
CONECTA é a plataforma web do IBOPE Inteligência. Seu foco está na fusão do melhor da pesquisa online tradicional, tecnologia para gestão de painéis online – CONECTAí – e soluções interativas e inovadoras de marketing digital. Acesse nosso site e cadastre-se! Acumule pontos, troque por prêmios e concorra a sorteios. Transforme o mundo com a sua opinião e com as suas ideias! www.conectaibrasil.com.br

Fortaleza 

Em Fortaleza, o serviço começou a ser oferecido em abril de 2016. Apesar de não ter regulamentação na capital cearense, alguns motoristas conseguiram autorização da Justiça para realizar o transporte de passageiros sem a interferência da fiscalização exercida pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) e Autarquia Municipal de Trânsito (AMC).

Os motoristas podem dirigir seus próprios carros, um carro de outra pessoa ou mesmo um veículo alugado. Segundo a empresa de transporte, são mais de 50 mil motoristas cadastrados. Além de Fortaleza, o serviço está presente em outras 60 cidades do país.