Publicidade

Rede Social CE

por Raquel Souza

Redes Sociais

A indústria dos cosméticos ganha uma maquiagem digital

Por raquelsouza em Tecnologia

01 de agosto de 2018

 Um estudo recente do Facebook feito nos Estados Unidos mostrou que, para 45% do público que consome cosméticos, o dispositivo mobile passou a ser a ferramenta mais importante para realizar compras, ajudando a alavancar o crescimento de 14,4% ao ano nas vendas online do mercado de beleza naquele País.

Estes números reforçam a constatação de que os novos recursos tecnológicos e os diversos canais de contato têm aprimorado a experiência da compra digital, tornando-a mais eficiente e divertida, e favorecendo a experiência do consumidor. São inúmeras as estratégias que as marcas do mercado de beleza estão usando para ampliar sua presença on-line. Conheça algumas das ações mais eficazes empregadas por essa indústria:

Realidade Aumentada: Muitos dos principais varejistas do mundo dos cosméticos, incluindo a Sephora e a L’Oreal, investem em recursos deste tipo de tecnologia para tentar engajar seus consumidores. Entre eles, estão aplicativos para smartphones que deixam o usuário simular diferentes cores e texturas ao sobrepor produtos nas suas fotos. Esse recurso imita o processo de testes na loja, permitindo que os compradores avaliem como os diferentes tons e estilos dos produtos ficarão neles.

Engajamento nas mídias sociais: As marcas que conseguem criar uma envolvente presença nas mídias sociais são aquelas que percorreram um longo caminho para se diferenciar – especialmente nas mentes dos consumidores das Gerações Y e Z. A Glossier, marca encontrada nos Estados Unidos, no Reino Unido, Canadá, Irlanda e Porto Rico, é um excelente exemplo. Ela concentra seus esforços de marketing digital no Instagram, onde tem mais de 1,1 milhão de seguidores. Nesta mídia social, a marca investe pesado na divulgação de tutoriais e apresentação das funcionalidades de seus produtos, estratégia esta que permite a construção de uma conexão bastante direta com seus clientes. E esse método tem dado tão certo que um número expressivo de brasileiros deixa comentários nos posts, mesmo que os produtos da marca ainda nem sejam vendidos por aqui.

Influenciadores digitais: Como vimos, o uso de tutoriais de maquiagem e a análise de produtos são incrivelmente populares em plataformas como o Instagram. E o mesmo acontece no YouTube e Facebook. Mas estas ações têm resultado ainda maior quando envolvem influenciadores digitais. Muitos blogueiros de beleza e personalidades de mídia social têm um público on-line grande e leal, e realizar parcerias com o influenciador certo pode ter um impacto enorme na presença de uma marca. A chave para uma campanha bem-sucedida é manter a autenticidade. Dessa forma, o endosso de um influenciador a uma marca não é um anúncio, mas uma recomendação honesta de um colega confiável.

Fidelidade à marca: Ela é baseada em uma relação de confiança, e não no simples oferecimento de recompensas. Estudos recentes mostraram que, quando se analisa o modo como a fidelidade é construída, é constatado que os clientes de hoje são mais motivados por experiências memoráveis ​​do que por descontos e vantagens. A Sephora, uma das maiores varejistas mundiais do setor de beleza, tem um programa de recompensas por fidelidade extremamente bem-sucedido, mas também utiliza first-party data para oferecer uma experiência personalizada e íntima a seus clientes on-line. Como as compras de produtos de beleza envolvem não apenas preferência individual, mas também diferentes necessidades e funções, os consumidores desta área realmente apreciam quando o canal on-line de uma marca oferece a mesma experiência exploratória e interativa que eles desfrutariam na loja. Por exemplo, o case que citei anteriormente, do uso de Realidade Aumentada, permite ao consumidor ter uma boa ideia sobre sua satisfação, em termos de resultados estéticos, com o efeito de determinado produto.

A tecnologia contemporânea realmente mudou a experiência do cliente, com mais e mais compradores preferindo a facilidade e a eficiência de realizar uma compra on-line. A indústria de varejo teve que se adaptar a essas mudanças de preferências, e as marcas de cosméticos não são exceção. Também para elas, é crucial envolver seus clientes por meio de vários canais de contato. Além de gerar engajamento, essa estratégia permite que os profissionais de marketing obtenham insights indispensáveis para a construção de um relacionamento que gere bons frutos para marcas e consumidores.

Artigo – Autor

Edmardo Galli, CEO LATAM da IgnitionOne-  Líder global em soluções de marketing digital

Publicidade

Dica Digital – Como transmitir meu propósito com transparência?

Por raquelsouza em Comunicação

10 de Maio de 2018

Você já sabe que é importante se preocupar com a imagem do seu negócio, seja ele uma marca ou empresa. Mas também é importante cuidar da sua imagem pessoal na internet, ou seja, suas redes sociais. As imagens que você posta e os posts que compartilha têm influência na forma como o público vê o seu negócio. Sua vida pessoal afeta sua vida profissional, por isso é preciso pensar na sua comunicação como um todo. Trouxemos um artigo da Dé que explica a importância do branding pessoal, será que você está sabendo definir seu propósito pelas redes sociais?

As estratégias de venda de um produto ou serviço têm que levar em consideração inúmeros fatores. Um dos principais é o relacionamento com o seu público, aqueles que deverão se identificar com a marca ou empresa para consumir. Para ter uma relação de credibilidade com o público-alvo, é preciso pensar no seu branding, como marca/empresa e como pessoa.

O branding não é aquilo que você pensa sobre sua marca ou sua imagem, mas sim o que você projeta para o público. A pergunta certa é “Como as outras pessoas estão me enxergando?”. Para criar um branding que transmita verdade, você precisa pensar na forma como se comunica, desde a linguagem utilizada até as imagens que você compartilha nas suas redes sociais.

O ponto de partida do branding pessoal é entender que você é uma marca e deve pensar sua comunicação dessa forma. As suas redes sociais têm que transmitir o que você faz, o que você acredita, suas metas e objetivos de forma clara. Não existe separação entre mundo digital e mundo real, tudo está conectado e precisa haver coerência entre eles. Quem você é no ambiente online tem que estar alinhado com quem você é na vida real.

Quem acompanha minhas redes sociais, ou as das minhas irmãs, percebe que compartilhamos fotos e novidades sobre as nossas marcas (o que fazemos), reflexões e dicas sobre assuntos que conhecemos (o que acreditamos) e nossas metas e objetivos, como os casamentos, intercâmbio da Ju e reforma da firma, por exemplo. Dividimos nossas vidas com o público porque assim passamos verdade sobre quem somos e o que produzimos.

É importante definir o seu propósito para ter um olhar estratégico sobre aquilo que você está postando, assim você consegue filtrar o conteúdo que compartilha. O branding é formado por um grupo de elementos que você utiliza para transmitir esse propósito.

As estratégias, a comunicação, os detalhes dos produtos e serviços são planejados para transmitir seu propósito com transparência. Agregar valor é importante para que o público crie afinidade com o que você oferece e incentive o seu trabalho. Profissionais, marcas e empresas que se preocupam com branding se preocupam com pessoas antes de qualquer outra coisa. Por isso, é importante ter o branding pessoal bem definido para, assim, conquistar e fidelizar seus clientes.

E aí, suas redes sociais transmitem a sua imagem com verdade e transparência?

 

Publicidade

Dica Digital – Como transmitir meu propósito com transparência?

Por raquelsouza em Comunicação

10 de Maio de 2018

Você já sabe que é importante se preocupar com a imagem do seu negócio, seja ele uma marca ou empresa. Mas também é importante cuidar da sua imagem pessoal na internet, ou seja, suas redes sociais. As imagens que você posta e os posts que compartilha têm influência na forma como o público vê o seu negócio. Sua vida pessoal afeta sua vida profissional, por isso é preciso pensar na sua comunicação como um todo. Trouxemos um artigo da Dé que explica a importância do branding pessoal, será que você está sabendo definir seu propósito pelas redes sociais?

As estratégias de venda de um produto ou serviço têm que levar em consideração inúmeros fatores. Um dos principais é o relacionamento com o seu público, aqueles que deverão se identificar com a marca ou empresa para consumir. Para ter uma relação de credibilidade com o público-alvo, é preciso pensar no seu branding, como marca/empresa e como pessoa.

O branding não é aquilo que você pensa sobre sua marca ou sua imagem, mas sim o que você projeta para o público. A pergunta certa é “Como as outras pessoas estão me enxergando?”. Para criar um branding que transmita verdade, você precisa pensar na forma como se comunica, desde a linguagem utilizada até as imagens que você compartilha nas suas redes sociais.

O ponto de partida do branding pessoal é entender que você é uma marca e deve pensar sua comunicação dessa forma. As suas redes sociais têm que transmitir o que você faz, o que você acredita, suas metas e objetivos de forma clara. Não existe separação entre mundo digital e mundo real, tudo está conectado e precisa haver coerência entre eles. Quem você é no ambiente online tem que estar alinhado com quem você é na vida real.

Quem acompanha minhas redes sociais, ou as das minhas irmãs, percebe que compartilhamos fotos e novidades sobre as nossas marcas (o que fazemos), reflexões e dicas sobre assuntos que conhecemos (o que acreditamos) e nossas metas e objetivos, como os casamentos, intercâmbio da Ju e reforma da firma, por exemplo. Dividimos nossas vidas com o público porque assim passamos verdade sobre quem somos e o que produzimos.

É importante definir o seu propósito para ter um olhar estratégico sobre aquilo que você está postando, assim você consegue filtrar o conteúdo que compartilha. O branding é formado por um grupo de elementos que você utiliza para transmitir esse propósito.

As estratégias, a comunicação, os detalhes dos produtos e serviços são planejados para transmitir seu propósito com transparência. Agregar valor é importante para que o público crie afinidade com o que você oferece e incentive o seu trabalho. Profissionais, marcas e empresas que se preocupam com branding se preocupam com pessoas antes de qualquer outra coisa. Por isso, é importante ter o branding pessoal bem definido para, assim, conquistar e fidelizar seus clientes.

E aí, suas redes sociais transmitem a sua imagem com verdade e transparência?