Publicidade

Rede Social CE

por Raquel Souza

projeto

Lore Improta estreia turnê de musical infantil em Fortaleza-CE neste sábado (9).

Por raquelsouza em Eventos

07 de Fevereiro de 2019

Após estrear seu espetáculo infantil, “O Fantástico Mundo da Lore”, em outubro de 2018, em Salvador, a dançarina e digital influencer, Lore Improta, segue em turnê pelo Brasil.
Depois de se apresentar nas cidades de João Pessoa-PB, Maceió-AL, Aracaju-SE e Feira de Santana-BA, Lore desembarca em Fortaleza-CE, no teatro Via Sul, neste sábado (9).
As apresentações seguirão até o dia 24 de fevereiro e passarão por diversas cidades, como Petrolina, Natal e Rio de Janeiro, entre outras.

Lembrando que “O Fantástico Mundo da Lore” conta a história da “menina Lore” que embarca numa viagem pelo seu mundo encantado na companhia de seus melhores amigos: o leão, o cachorro, o peixe e a borboleta.
O espetáculo infantil, sob direção de Fred Soares, reúne um repertório recheado de sucessos que marcaram gerações de adultos e crianças, incluindo três canções inéditas e autorais: “E Aí, Galeroca”, “Aula de Dancinha” e “Movimenta o Corpo”, todas compostas por Lore em parceria com Rafinha RQS.

Para Lore, rodar o Brasil com esse projeto é um sonho e estar em Fortaleza é uma grande conquista: “Estou muito feliz com essa oportunidade. O Fantástico Mundo da Lore merece ganhar o mundo! É um show lindo, cheio de cor e alegria. Nossa estreia em Salvador foi um sucesso e eu tenho certeza que não será diferente em Fortaleza! As crianças e os papais vão amar! Eu tô muito feliz e espero todo mundo no teatro Via Sul, a partir das 17h, pra curtir junto comigo!”, dispara Lore.

As vendas já estão a todo vapor!
Adquira já seu ingresso através do site lojadeingressos.com.br e venha se divertir!
Garanta já o seu!

4 anexos

Publicidade

CEARÁ NA ROTA DO TURISMO: Rede hoteleira investe mais de R$ 2 bilhões em novos empreendimentos

Por raquelsouza em Lançamento

28 de Janeiro de 2019


Em Aquiraz, o novo complexo turístico do Beach Park tem um investimento total de R$1,6 bilhão e será construído em seis etapas

Rota oficial do turismo mundial, o Ceará tem chamado atenção do mundo. Com a chegada do Hub e a abertura de voos diretos para diversos países da Europa, o estado vem se destacando e atraído os olhares do setor hoteleiro. Com investimentos que ultrapassam a cifra do bilhão, cerca de 15 novos empreendimentos de alto padrão serão lançados no Ceará nos próximos anos, incluindo equipamentos do Beach Park Entretenimento.

De acordo com os dados de 2018 da Secretaria de Turismo do Estado do Ceará (Setur), o número de leitos hoteleiros no Ceará chegou a 99,2 mil no último ano. São 33,7 mil leitos a mais nos últimos dez anos. Em 2018, a renda gerada pelo turismo no Ceará ultrapassou R$ 18,3 bilhões, o equivalente a 12,2% do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado.

Dentre os novos investimentos que merecem destaque, o projeto de expansão do Beach Park Entretenimento é uma iniciativa inovadora que acompanha o crescimento do turismo cearense. Com seis etapas de construção, o complexo turístico será projetado sob a ótica da sustentabilidade, desde a construção até a operação e seus detalhes da experiência do cliente.

Já na primeira fase das construções, deve ser entregue um novo resort, além de um novo parque temático, integrados. Com 450 apartamentos, o novo equipamento terá como tema a cultura cearense e a natureza cearense retratadas através da arquitetura, da experiência dos hóspedes e de toda a atmosfera que homenageará e retratará a forte inspiração cearense.

Ainda de acordo com a Secult, o brasileiro é o principal turista que vem ao Ceará. Porém, a demanda internacional cresceu 18,1% nos últimos 12 meses. Ao todo, 3,6 milhões de pessoas, sendo 3,2 milhões nacional e 328,9 mil internacional passaram por Fortaleza. Foram gerados 73,4 mil postos de trabalho no Estado, no período.

Ao final de todo o projeto do Beach Park, o novo complexo hoteleiro, que ficará a uma distância de 3,5km de onde hoje está localizado o Beach Park, trará 2.300 novos apartamentos além de 2 novos parques temáticos, gerador de 3.500 novos empregos diretos e 10.500 empregos indiretos, tornando-se um forte fator influenciador do turismo e economia do estado do Ceará e do Brasil. Com o crescimento, o Beach Park Entretenimento projeta ser o maior complexo turístico privado do Brasil.

Sobre o Beach Park Entretenimento

Com mais de 30 anos de história, o Beach Park Entretenimento é um grupo de empresas genuinamente cearense que atua em diversas áreas de lazer e entretenimento. Localizado na praia do Porto das Dunas, a 17 km de Fortaleza, o complexo turístico Beach Park é uma das opções de lazer mais procuradas pelos turistas do país inteiro. Atualmente, ocupa mais de 160 mil m² e reúne um parque aquático, três resorts, um hotel, além de Restaurante de Praia e a Vila Azul do Mar, espaço de convivência e serviços, ambos abertos ao público. O parque aquático, que conta com 18 grandes atrações, recebeu no último ano a notável marca de um milhão de visitantes, com a inauguração do brinquedo Vaikuntudo, maior toboágua na categoria tornado do mundo. Também foi eleito o 2º melhor parque aquático do mundo e o melhor da América Latina pelos usuários do TripAdvisor em 2017 e foi eleita uma das melhores empresas para se trabalhar do Brasil pelo segundo ano consecutivo pelo Prêmio GPTW. Mais que um destino de férias, hoje se consolida como um grupo de entretenimento por meio de suas diversas atuações como a Rádio e a TV Beach Park; a Revista Onda, o Beach Park Studios – estúdio de animação próprio; a multiplataforma de conteúdo Vós; e a recente criação do Ceará Show, primeiro espetáculo musical permanente no estado. Com a preservação do meio ambiente sendo uma de suas prioridades, o Beach Park possui um reconhecimento internacional de gestão ambiental, o selo ISO 14.001 – norma adotada por grandes empresas de todo o mundo que tem o compromisso de reduzir o impacto ambiental e ampliar os negócios.

Serviços Beach Park
Site: www.beachpark.com.br
Blog: http://blog.beachpark.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/BeachParkBrasil
Instagram: https://instagram.com/beachpark
Twitter: https://twitter.com/beachpark
Youtube: https://www.youtube.com/user/tvbeachpark

Publicidade

CowParade já arrecadou mais de R$ 6 milhões para ações de responsabilidade social

Por raquelsouza em Cultura

10 de setembro de 2018

Sucesso e referência de arte urbana em todo o mundo, CowParade Brasil chega a Fortaleza e segue com inscrições abertas até 13 de setembro

 

Considerado um dos maiores eventos contemporâneos de exposição de arte a céu aberto do mundo, a CowParade Brasil chega a Fortaleza a partir do dia 9 de novembro. Toda a beleza das vaquinhas coloridas que, ao longo dos últimos anos, percorreram o mundo, vão invadir as ruas da capital cearense, despertando ainda mais o fascínio pela arte urbana e levantando recursos para projetos sociais. O evento é uma iniciativa da Toptrends, que detém os direitos de licenciamento da CowParade no Brasil.

Além de embelezar a cidade e promover a valorização da cultura, a CowParade tem um caráter social. Ao final de cada edição, as peças são leiloadas e o valor arrecadado é destinado para instituições beneficentes. No Brasil, o projeto já arrecadou e doou mais de R$ 6 milhões para ações de responsabilidade social. Ao redor do mundo, mais de 10.000 artistas já participaram da CowParade e estima-se que mais de 500 milhões de pessoas tenham visto uma das esculturas. No total, mais de US$ 35 milhões foram levantados para entidades beneficentes através do leilão das peças.

As inscrições seguem até o dia 13 de setembro. Pintores, escultores, grafiteiros, artesãos, arquitetos, designers e pessoas criativas podem enviar seus projetos para a seleção da edição da CowParade em Fortaleza. O evento irá selecionar projetos e espera atrair artistas que poderão expressar todo seu talento e criatividade numa escultura de vaca feita em fibra de vidro e em tamanho natural. Os interessados em participar podem realizar inscrições gratuitamente no site www.cowparade.com.br

Publicidade

Estudantes participam de seleção para produzir  curta-metragem que abrirá o Cine Ceará

Por raquelsouza em Cultura

19 de Abril de 2018

Segurança da população. Esse é o tema escolhido pelo projeto Enel Compartilha Animação para sensibilizar estudantes do ensino fundamental e médio a discutir a reconstrução do espaço social. Ao todo 100 alunos de cinco escolas públicas de Fortaleza participarão de oficinas sobre cinema de animação, entre os dias 16 e 26 de abril, nas próprias unidades de ensino.

Após essa primeira etapa, o professor e cineasta Telmo Carvalho escolherá dois jovens de cada instituição para formar a turma do curso, que será ministrado, durante um mês, no Núcleo de Cinema de Animação da Casa Amarela Eusélio Oliveira (UFC). Ao final da experiência, os estudantes vão criar um curta-metragem de até cinco minutos que será exibido no dia 04 de agosto durante a abertura da 28ª edição do Cine Ceará.

O principal objetivo do curso é introduzir por meio de aulas teóricas e práticas a linguagem do audiovisual à rotina desses alunos. Telmo afirma que quem participar vai ter acesso a equipamentos e programas de computador utilizados em grandes estúdios cinematográficos.

“Geralmente o roteiro é feito pelos estudantes, eles que dão as ideias e criam a história, nós interferimos só na parte técnica. A gente tem um dia para fechar o roteiro, então começamos a dividir a turma e trabalhamos como se fosse em um estúdio profissional, tem os animadores, tem o pessoal que vai finalizar, o pessoal que vai fazer o cenário, entre outros”, explica o cineasta.

Projeto 

O Enel Compartilha Animação já beneficiou mais de 2 mil crianças de escolas públicas de Fortaleza e outras cidades do interior do estado. Há dez anos, o projeto integra a rede de ações de responsabilidade social desenvolvida pela Enel e é realizado pela Associação Cultural Cine Ceará e pelo Instituto Agua Boa Cultural, em parceria com a Casa Amarela Eusélio Oliveira, da Universidade Federal do Ceará (UFC). O Enel Compartilha Animação é viabilizado pelo Mecenato Estadual do Ceará e conta com apoio do Governo do Estado do Ceará através da Secretaria de Cultura (Secult).

Dessa forma a Enel reforça seu compromisso com o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) “Educação de Qualidade”, uma agenda de objetivos e metas originados a partir da Rio +20 e aprovados na Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (25-27 de setembro 2015). Ao todo são 17 objetivos e 169 metas úteis para o desenvolvimento sustentável, desafios que requerem uma parceria global com a participação ativa de todos, incluindo governos, sociedade civil, setor privado, academia, mídia, e Nações Unidas. Mais informações em: http://www.pnud.org.br/.

Publicidade

“Super Bacana” dará um dia de beleza e transformação no Shopping Parangaba

Por raquelsouza em Campanha

20 de setembro de 2017

A colunista de moda Cika Kalixto é âncora da ação “Super Bacana”, que acontece no Shopping Parangaba. O projeto, que segue até o dia 4 de outubro, vai beneficiar dois participantes com um dia de beleza e transformação de estilo.

Está montada, na passarela de vidro do empreendimento, piso L2, uma exposição com looks de estilos diversos: romântico, esportivo, clássico, contemporâneo, sexy, criativo, moderno. As peças,  selecionadas nas lojas do empreendimento por Cika Kalixto e por alunos do curso de Desing de Moda do Centro Universitário Estácio do Ceará, ficam expostas até o dia 8 de outubro.

Para participar da ação, realizada em parceria com o Grupo O Povo de Comunicação, os clientes devem postar um storie no Instagram, posando ao lado do look que representa seu estilo. Na foto, devem ser marcados a hashtag #superbacana e os perfis @shoppingparangaba, @opovoonline e @CikaKalixto. No dia 10 de outubro, após avaliação das fotos enviadas, um homem e uma mulher receberão os prêmios e a ação será transmitida aos seguidores do O POVO Online na rede social.

A promoção, que é aberta ao público em geral, tem a finalidade de apresentar novas coleções e tendências de moda aos visitantes e participantes da promoção. “O shopping também respira moda e o objetivo da ação é trabalhar esse que é um dos nossos pilares e envolver os lojistas”, afirma Felipe Bahiana, gerente de marketing do Shopping Parangaba.

Publicidade

Orquestra Filarmônica do Ceará apresenta espetáculo com temas de filmes nesta quinta-feira, 21

Por raquelsouza em Eventos

19 de setembro de 2017

Fotografia: Cris Carvalho

A apresentação será regida pelo maestro Gladson Carvalho com participação de três convidados. O concerto acontece no Teatro José de Alencar e terá início às 19h30.

 

A Orquestra Filarmônica do Ceará apresenta mais um grande espetáculo. Depois dos tributos a Luiz Gonzaga, Elvis Presley, Fagner, Belchior e Ednardo, chegou a vez da OFCE trazer a magia do cinema para o teatro em uma apresentação com temas de filmes. A noite especial está marcada para esta quinta-feira, dia 21 de setembro, no Teatro José de Alencar. A apresentação será regida pelo maestro Gladson Carvalho com participação de três artistas convidados: Cláudia Rebouças, Itauana Cilibeli e Leandro Cavalcante. O concerto começa às 19h30 e os ingressos já estão à venda na bilheteria do Teatro.

A Orquestra Filarmônica do Ceará surgiu em maio de 1998, em reunião na casa da mãe de seu criador, o maestro Gladson Carvalho; com o intuito de reunir os melhores músicos do Ceará em um trabalho ousado, promovendo formação de plateias, laboratório profissionalizante, geração de trabalho e renda para cerca de 70 profissionais da música.

A OFCE tem contribuído para conter a constante demanda de talentos musicais que o estado perde e ainda perde para outras terras, devido à falta de incentivos e recursos para manter-se em atividade. A OFCE é um sonho realizado, em concertos de porte nacional e internacional, além de duas óperas, O Cientista e O Jesuíta.

Assim como as filarmônicas do mundo inteiro, a Filarmônica do Ceará é mantida pela iniciativa privada, mediante doações, patrocínios e projetos culturais, e recentemente lançou o Projeto Sócio Contribuinte, nas categorias Estudante, Professor, Empresário e Empresa, que dá direito aos associados a entrada gratuita nos concertos e shows, e a compra de CDs e DVDs, acesso a aulas de flauta, violino, viola, violão e piano com 50% de desconto.

Atualmente com 19 anos, a OFCE tem trilhado um caminho desafiador para continuar existindo. A sensibilização dos empresários é urgente, a fim de que esse projeto continue semeando talentos e colhendo maravilhosos frutos em prol da harmonia entre corpo e espírito.

 

A OFCE tem o apoio da D&E Entretenimento.

 

Publicidade

Cidade Colorir: North Shopping Sobral leva experiência criativa para crianças

Por raquelsouza em Sustentabilidade

16 de agosto de 2017

Projeto Cidade Colorir

 

Misturar tintas, pincéis e crianças é, sem dúvida, sinônimo de muita diversão. E é exatamente essa a proposta do projeto “Cidade Colorir”, promovido pelo North Shopping Sobral e Baladeira Inovações, com o patrocínio do Colégio Luciano Feijão.

A atmosfera de recreação e lazer, que chega ao Shopping no dia 24 de agosto, conta com uma cidade cenográfica, com cerca de 256m² e módulos de 1,5m de altura, onde os pequenos – com até 12 anos – poderão se divertir, colorir o cenário e expandir a criatividade.

A atração que já passou por Recife, Belém, Fortaleza, chega à Sobral e ainda deve seguir para outras cidades, onde parte da estrutura contará com uma reprodução de um lugar familiar ou histórico de cada cidade, como forma de homenagear os valores culturais e arquitetônicos da região.

BRINCADEIRA SEGURA E SUSTENTÁVEL

Com foco no impacto ambiental, a organização da Cidade Colorir assumiu o compromisso de usar o mínimo de água possível e a higienização é realizada com álcool-gel e papel-toalhas.

A Cidade Colorir conta com um time de arte-educadores e instrutores que guiam as crianças pela estrutura. Após a permissão de acesso, o participante receberá o kit que inclui um avental e seis copinhos que serão carregados com seis cores bases de tinta guache atóxicas. Na ocasião, a garotada também tem a oportunidade de aprender sobre os resultados da mistura de cores, uso das esponjas e rolinhos espalhados pela cidade.

Outro destaque é a loja oficial da “Cidade Colorir” que oferecerá produtos e marcas envolvidos nesta ação como camisa de colorir, livretos, canecas, quadros, porta canetas, aventais e conjuntos de copinhos.

SERVIÇO

Cidade Colorir – North Shopping Sobral
Período: de 24 de agosto a 30 de setembro de 2017
Horário: 12h às 22h.
Acesso:
R$30 (30 min de permanência, apenas para uma criança até 12 anos + 1 adulto).
R$50 (30 min de permanência, apenas para duas crianças até 12 anos + 1 adulto).
R$10 (recarga do kit de pintura)

Publicidade

Projeto Agreste reverencia a música Nordestina na Caixa Cultural Fortaleza

Por raquelsouza em Eventos

11 de agosto de 2017

Foto: Divulgação

Entre os dias 11 e 13 de agosto, músicos pernambucanos apresentam repertório inspirado no universo do cantor e compositor Dominguinhos

A CAIXA Cultural Fortaleza apresenta, entre os dias 11 e 13 de agosto de 2017, o projeto Agreste,encontro musical entre quatro amigos com o objetivo de homenagear essa região, a partir da música e da poesia de um dos maiores artistas do Brasil, mestre Dominguinhos. Como uma travessia, o repertório apresenta a dureza do sertão e a leveza do nosso litoral, trazendo uma sonoridade ao mesmo tempo forte e doce, incisiva e sutil, características tão marcantes do agreste brasileiro.

O projeto é formado por Gennaro, ex-integrante do Trio Nordestino, João Netto, que compunha a banda do homenageado, Marcelo Melo, fundador do Quinteto Violado, e Sérgio Andrade, criador da Banda de Pau e Corda. Quatro artistas nordestinos marcados de diferentes formas pelas composições de Dominguinhos, influenciados por sua terra e orgulhosos de suas raízes.

Os músicos trazem consigo influências muito afinadas com a tradição da canção popular brasileira, que foi desenvolvida no nordeste dos anos 1970 e 1980. Uma tradição que tem em Luiz Gonzaga um de seus pais criadores, mas que encontra em Dominguinhos seu principal representante. Assim, violão, viola, sanfona e voz se encontram no palco para reverenciar um dos artistas mais versáteis do Brasil.

Sobre os artistas

Sérgio Andrade – cantor e compositor pernambucano, fundador de uma das mais importantes representações da música pernambucana dos anos 1970, a Banda de Pau e Corda. Com 44 anos de carreira e mais de 10 discos gravados, percorreu os palcos de todo o Brasil cantando e encantando o público com letras que retratam o Nordeste e seu povo. Em suas canções estão representados os principais símbolos da cultura pernambucana, tal qual a ciranda, o carnaval, o sertão e o símbolo maior da resistência popular, Lampião. Sua voz doce ficou marcada em gravações como Flor D’Água, Esperança e Telha Nua. Em carreira solo desde 2009, lançou o CD “Outros Carnavais”, que reúne composições próprias e inéditas que representam uma nova faceta do artista, além do CD “FREVO”, totalmente dedicado ao mais pernambucano dos ritmos populares.

João Netto – guitarrista, violonista e compositor brasileiro natural de Buíque, Pernambuco, mas muito cedo se mudou para Garanhuns, onde iniciou sua trajetória na música. Quando menino, entrou para o grupo mirins do SESC, onde se destacou pelo imenso talento musical. Daí por diante, recebeu convites de vários grupos da época, entre eles o Super Oara de Arcoverde. Passou temporadas em Petrolina, Juazeiro do Norte, Recife e São Paulo, realizando inúmeros trabalhos e fazendo parceiro, com destaque para Nando Cordel e Maciel Melo, entre outros. Durante sua longa trajetória, tocou com grandes artistas, como Belchior, Gilliard, Alceu Valença e Nando Cordel, mas foi, sem dúvidas, o Mestre Dominguinhos com quem ele mais trabalhou, tendo passado mais de 10 anos viajando de Norte a Sul do Brasil, registrando sua guitarra em shows e CDs.

Gennaro – cantor e compositor, mas é principalmente um dos principais sanfoneiros do país. Herdeiro de Luiz Gonzaga e do Mestre Dominguinhos, fez parte da segunda formação do Trio Nordestino, tendo substituído o Mestre Lindu ainda no início dos anos 1980. Antes disso já havia acompanhado Marinês e também o Rei do Baião. No início dos anos 1990 deixa o Trio Nordestino e consolida sua carreira como músico, cantor e compositor de primeira linha da música nordestina. Em sua trajetória, tocou e gravou ainda com artistas como Alceu Valença, Zé Ramalho e com o próprio Dominguinhos. Com quatro décadas dedicadas à música nordestina, Gennaro é hoje um dos maiores nomes do forró e importante representante do legado de Luiz Gonzaga.

Marcelo Melo – cantor, compositor e um dos principais violonistas de sua geração. Fundador do Quinteto Violado, focou seu trabalho na música regional, valorizando a cultura brasileira através de trabalhos de pesquisa e agregando as experiências pessoais. Sendo responsável pelo violão, viola e voz até hoje, Marcelo imprimiu ao Quinteto sua identidade musical. A música praticada na sua vida é orgânica, com personalidade local, sempre inspirado na leitura da música dos folguedos populares, nos cancioneiros nordestinos e também através de uma criação autoral. Produz um som universal com fortes influências nordestinas e cosmopolitas na sua harmonia. Não é exagero dizer que o primeiro disco do Quinteto Violado, há 45 anos, plantou uma semente de mudança no modo de sentir e expressar a música do Nordeste do Brasil. Música esta que desbravou novos e amplos horizontes pelo mundo.

 

Serviço:

 

MúsicaAgreste

Local: CAIXA Cultural Fortaleza

Endereço: Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema

Data: 11, 12 e 13 de agosto de 2017

Horários: Sexta e sábado, às 20h, e domingo, às 19h

Ingresso: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)

Classificação indicativa: 12 anos

Vendas a partir de 10/07, das 10h às 20h, na bilheteria do local.

Acesso para pessoas com deficiência e assentos especiais
Serviço de manobrista gratuito no local

Paraciclo disponível no pátio interno

 

 

Informações gerais | CAIXA Cultural Fortaleza:

(85) 3453-2770

 

Acesse o site www.caixacultural.gov.br

Siga a fanpage: facebook.com/CaixaCulturalFortaleza

Baixe o aplicativo “Caixa Cultural”

Publicidade

Projeto Agreste reverencia a música Nordestina na Caixa Cultural Fortaleza

Por raquelsouza em Eventos

11 de agosto de 2017

Foto: Divulgação

Entre os dias 11 e 13 de agosto, músicos pernambucanos apresentam repertório inspirado no universo do cantor e compositor Dominguinhos

A CAIXA Cultural Fortaleza apresenta, entre os dias 11 e 13 de agosto de 2017, o projeto Agreste,encontro musical entre quatro amigos com o objetivo de homenagear essa região, a partir da música e da poesia de um dos maiores artistas do Brasil, mestre Dominguinhos. Como uma travessia, o repertório apresenta a dureza do sertão e a leveza do nosso litoral, trazendo uma sonoridade ao mesmo tempo forte e doce, incisiva e sutil, características tão marcantes do agreste brasileiro.

O projeto é formado por Gennaro, ex-integrante do Trio Nordestino, João Netto, que compunha a banda do homenageado, Marcelo Melo, fundador do Quinteto Violado, e Sérgio Andrade, criador da Banda de Pau e Corda. Quatro artistas nordestinos marcados de diferentes formas pelas composições de Dominguinhos, influenciados por sua terra e orgulhosos de suas raízes.

Os músicos trazem consigo influências muito afinadas com a tradição da canção popular brasileira, que foi desenvolvida no nordeste dos anos 1970 e 1980. Uma tradição que tem em Luiz Gonzaga um de seus pais criadores, mas que encontra em Dominguinhos seu principal representante. Assim, violão, viola, sanfona e voz se encontram no palco para reverenciar um dos artistas mais versáteis do Brasil.

Sobre os artistas

Sérgio Andrade – cantor e compositor pernambucano, fundador de uma das mais importantes representações da música pernambucana dos anos 1970, a Banda de Pau e Corda. Com 44 anos de carreira e mais de 10 discos gravados, percorreu os palcos de todo o Brasil cantando e encantando o público com letras que retratam o Nordeste e seu povo. Em suas canções estão representados os principais símbolos da cultura pernambucana, tal qual a ciranda, o carnaval, o sertão e o símbolo maior da resistência popular, Lampião. Sua voz doce ficou marcada em gravações como Flor D’Água, Esperança e Telha Nua. Em carreira solo desde 2009, lançou o CD “Outros Carnavais”, que reúne composições próprias e inéditas que representam uma nova faceta do artista, além do CD “FREVO”, totalmente dedicado ao mais pernambucano dos ritmos populares.

João Netto – guitarrista, violonista e compositor brasileiro natural de Buíque, Pernambuco, mas muito cedo se mudou para Garanhuns, onde iniciou sua trajetória na música. Quando menino, entrou para o grupo mirins do SESC, onde se destacou pelo imenso talento musical. Daí por diante, recebeu convites de vários grupos da época, entre eles o Super Oara de Arcoverde. Passou temporadas em Petrolina, Juazeiro do Norte, Recife e São Paulo, realizando inúmeros trabalhos e fazendo parceiro, com destaque para Nando Cordel e Maciel Melo, entre outros. Durante sua longa trajetória, tocou com grandes artistas, como Belchior, Gilliard, Alceu Valença e Nando Cordel, mas foi, sem dúvidas, o Mestre Dominguinhos com quem ele mais trabalhou, tendo passado mais de 10 anos viajando de Norte a Sul do Brasil, registrando sua guitarra em shows e CDs.

Gennaro – cantor e compositor, mas é principalmente um dos principais sanfoneiros do país. Herdeiro de Luiz Gonzaga e do Mestre Dominguinhos, fez parte da segunda formação do Trio Nordestino, tendo substituído o Mestre Lindu ainda no início dos anos 1980. Antes disso já havia acompanhado Marinês e também o Rei do Baião. No início dos anos 1990 deixa o Trio Nordestino e consolida sua carreira como músico, cantor e compositor de primeira linha da música nordestina. Em sua trajetória, tocou e gravou ainda com artistas como Alceu Valença, Zé Ramalho e com o próprio Dominguinhos. Com quatro décadas dedicadas à música nordestina, Gennaro é hoje um dos maiores nomes do forró e importante representante do legado de Luiz Gonzaga.

Marcelo Melo – cantor, compositor e um dos principais violonistas de sua geração. Fundador do Quinteto Violado, focou seu trabalho na música regional, valorizando a cultura brasileira através de trabalhos de pesquisa e agregando as experiências pessoais. Sendo responsável pelo violão, viola e voz até hoje, Marcelo imprimiu ao Quinteto sua identidade musical. A música praticada na sua vida é orgânica, com personalidade local, sempre inspirado na leitura da música dos folguedos populares, nos cancioneiros nordestinos e também através de uma criação autoral. Produz um som universal com fortes influências nordestinas e cosmopolitas na sua harmonia. Não é exagero dizer que o primeiro disco do Quinteto Violado, há 45 anos, plantou uma semente de mudança no modo de sentir e expressar a música do Nordeste do Brasil. Música esta que desbravou novos e amplos horizontes pelo mundo.

 

Serviço:

 

MúsicaAgreste

Local: CAIXA Cultural Fortaleza

Endereço: Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema

Data: 11, 12 e 13 de agosto de 2017

Horários: Sexta e sábado, às 20h, e domingo, às 19h

Ingresso: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)

Classificação indicativa: 12 anos

Vendas a partir de 10/07, das 10h às 20h, na bilheteria do local.

Acesso para pessoas com deficiência e assentos especiais
Serviço de manobrista gratuito no local

Paraciclo disponível no pátio interno

 

 

Informações gerais | CAIXA Cultural Fortaleza:

(85) 3453-2770

 

Acesse o site www.caixacultural.gov.br

Siga a fanpage: facebook.com/CaixaCulturalFortaleza

Baixe o aplicativo “Caixa Cultural”