Publicidade

Rede Social CE

por Raquel Souza

Empregos

Parada de manutenção da UTE Pecém gera 750 empregos

Por raquelsouza em Negócios

21 de agosto de 2018

A EDP, administradora da Usina, investirá cerca de R$ 70 milhões no projeto

A UTE Pecém, usina que gera o equivalente a 45% da energia elétrica consumida no Ceará, está realizando sua primeira intervenção planejada. A parada de manutenção da unidade geradora 02, iniciada em 15 de agosto, acontece até 28 de setembro. A da unidade geradora 01 será realizada entre 13 de outubro e 26 de novembro. A iniciativa vai gerar cerca de 750 empregos em 38 empresas fornecedoras, em áreas que vão desde limpeza industrial até serviços especializados de manutenção. No total, o projeto receberá aportes de cerca de R$ 70 milhões.

A intervenção ocorre a cada 40.000 horas de funcionamento das unidades geradoras, com potência instalada de 360 MW cada. Durante o período de parada, a Usina suspende a geração e o fornecimento de energia para o Sistema Interligado Nacional (SIN) após um planejamento prévio, mediante autorização do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), de modo a evitar prejuízos ao consumidor.

 “O objetivo principal é garantir que a eficiência da UTE Pecém seja mantida. No primeiro semestre de 2018, por exemplo, a disponibilidade média ficou em 97,7%, a melhor da história. E essa intervenção ajudará a manter nossa atuação como uma das usinas térmicas mais eficientes e de menor custo do País”, afirma Lourival Teixeira, diretor técnico da UTE Pecém.

 Além das 750 vagas de trabalho geradas por meio da parada de manutenção, a UTE Pecém tem 370 colaboradores diretos e cerca de 1.100 indiretos.

Sobre a EDP no Brasil

 Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A Companhia, que tem mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, atua em Transmissão, Comercialização e Soluções em Energia, e possui 15 unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica. Em Distribuição, atende cerca de 3,4 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo. Recentemente, adquiriu participação na CELESC, em Santa Catarina. No Brasil, é referência em áreas como Inovação, Governança e Sustentabilidade, estando há 12 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3.

Publicidade

McDonald’s gera 14 mil vagas para jovens em 2017

Por raquelsouza em Negócios

27 de Janeiro de 2018

  Mesmo em um ano de déficit de postos de trabalho no País, companhia abriu 7 mil novas oportunidades de primeiro emprego 

Em 2018 serão 15 mil novas vagas, totalizando 65 mil até 2020

 Apesar de o país ter enfrentado um ano especialmente difícil no que se refere à geração de emprego, o McDonald’s Brasil encerra 2017 como um contraponto positivo neste cenário: foram geradas 14 mil vagas para jovens em busca do primeiro emprego. Dessas, 6,8 mil referem-se a novos postos de trabalho, o que representa quase 20 contratações por dia de pessoas entre 16 e 25 anos – a faixa etária que mais sofre com o desemprego do país. Para 2018, a expectativa é de geração de 15 mil vagas, chegando a 65 mil até 2020.

O resultado da empresa em 2017 e a expectativa para os próximos anos ganham contornos ainda mais relevantes se comparados aos últimos dados de emprego divulgados no final do ano passado. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a população desocupada do país é de 12,6 milhões de pessoas. Desse total, cerca de 30% são jovens – a maior taxa dos últimos 27 anos e o dobro da média internacional, de acordo com informações da OIT (Organização Internacional do Trabalho).

Reconhecidamente uma das maiores empregadoras de jovens do Brasil e na América Latina, a Arcos Dorados – a maior franquia independente do McDonald’s no mundo e responsável pela gestão da marca em 20 países latino-americanos – abraçou a causa do emprego juvenil e, no final do ano passado, lançou a campanha “Acreditamos nos Jovens”, que reforça o compromisso da companhia em abrir as portas para quem busca o primeiro emprego formal.

Nas redes sociais da marca, o vídeo da campanha chegou a 5 milhões de visualizações em menos de duas semanas. Os comentários postados mostram que o elo entre os jovens e a empresa está cada vez mais forte e muitos deles demonstram, inclusive, ter pretensão em trabalhar no McDonald’s.

“O McDonald’s está e sempre estará de portas abertas para o jovem. Esteja ele em busca de seu primeiro emprego ou não. Tenha ele experiência no setor ou não. Estamos dispostos a investir para desenvolvê-los e prepará-los para ocupar novas posições em nossa companhia ou para sair em busca de outras oportunidades no mercado de trabalho”, explica David Grinberg, Diretor de Comunicação Corporativa do McDonald’s.

Os números da companhia demonstram que poucas empresas poderiam levantar a bandeira do emprego juvenil com tanta legitimidade: nos mais de 900 restaurantes da marca no Brasil, 90% dos funcionários, o equivalente a 22 mil pessoas, têm entre 16 e 25 anos. Metade deles está em sua primeira experiência profissional.

Amanda Costa Xavier, 28 anos, 9 anos de empresa.

Amanda começou a trabalhar em 2008 como funcionária do McDonald’s. Com 9 meses de empresa, ela recebeu sua 1° promoção e virou assistente administrativa. Ela ressalta que foi uma das melhores experiências profissionais que teve, função que abriu seus horizontes e lhe impulsionou a fazer a faculdade de Recursos Humanos.

Depois de 1 ano na função administrativa, foi promovida a Coordenador Administrativo ( cargo que não existe mais ), após 3 meses nessa função, ela passou para gerente de plantão, cargo no qual passou 2 anos e 3 meses e demonstrou um grande amadurecimento profissional.

Quando completou 5 anos de empresa, Amanda foi promovida para gerente de assistente e logo em seguida promovida para gerente de loja. Hoje, com 9 anos de empresa, ela diz:  “Não consigo expressar com outras palavras, além de gratidão e realização por todo investimento que a empresa fez em mim e toda confiança que me foi depositada. Lidero 37 jovens, sou formada e imensamente feliz por tudo que conquistei e todas as oportunidades que tive aqui na empresa.”

Confiança no jovem

Segundo dados da pesquisa ‘Acreditamos nos Jovens’, feita pela Arcos Dorados, ao identificar as principais barreiras que encontram na hora de procurar emprego, 77% dos jovens apontam para a falta de uma experiência anterior como a principal dificuldade para conseguir trabalho formal. Falta de oportunidade (69%), falta de confiança na sua geração (68%) e dificuldade de transição do ensino médio para o mercado (58%) são as demais causas listadas pelos entrevistados.

Como parte do plano de carreira e também para incentivar o empreendedorismo entre seus colaboradores, o McDonald’s criou o programa Aperte o Play!, uma plataforma que disponibiliza cursos para seus colaboradores nas áreas de tecnologia, finanças e gastronomia, entre outros.

“Queremos incentivar que os nossos funcionários tenham autonomia para escolher qual caminho trilhar. Para nós, o que importa é que enquanto estiverem na empresa, eles tenham a melhor experiência possível. Se saírem, que tenham em sua memória afetiva a companhia que acreditou neles”, afirma Marcelo Nóbrega, diretor de Recursos Humanos da Arcos Dourados.

A primeira iniciativa do programa foi o curso ‘Talentos do Futuro em Tecnologia’, uma parceria que envolveu a Fundação JP Morgan e o Instituto de Oportunidade Social (IOS). A primeira turma, de 102 funcionários, tem formatura marcada para abril de 2018.

Sobre a Arcos Dorados

 A Arcos Dorados é a maior franquia independente do McDonald’s do mundo, tanto em vendas totais do sistema como em número de restaurantes. A Companhia é a maior rede de serviço rápido de alimentação da América Latina e Caribe, com direitos exclusivos de possuir, operar e conceder franquias de restaurantes McDonald’s em 20 países e territórios, incluindo Argentina, Aruba, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Curaçao, Equador, Guiana Francesa, Guadalupe, Martinica, México, Panamá, Peru, Porto Rico, St. Croix, St. Thomas, Trinidad & Tobago, Uruguai e Venezuela. A Companhia opera ou franqueia mais de 2.100 restaurantes McDonald’s com mais de 90.000 funcionários e é reconhecida como uma das melhores empresas para se trabalhar no América Latina. A Arcos Dorados está listada na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE: ARCO).  Para saber mais sobre a Companhia visite a seção de Investidores de nosso site: www.arcosdorados.com/ir

Atenciosamente,

Publicidade

McDonald’s gera 14 mil vagas para jovens em 2017

Por raquelsouza em Negócios

27 de Janeiro de 2018

  Mesmo em um ano de déficit de postos de trabalho no País, companhia abriu 7 mil novas oportunidades de primeiro emprego 

Em 2018 serão 15 mil novas vagas, totalizando 65 mil até 2020

 Apesar de o país ter enfrentado um ano especialmente difícil no que se refere à geração de emprego, o McDonald’s Brasil encerra 2017 como um contraponto positivo neste cenário: foram geradas 14 mil vagas para jovens em busca do primeiro emprego. Dessas, 6,8 mil referem-se a novos postos de trabalho, o que representa quase 20 contratações por dia de pessoas entre 16 e 25 anos – a faixa etária que mais sofre com o desemprego do país. Para 2018, a expectativa é de geração de 15 mil vagas, chegando a 65 mil até 2020.

O resultado da empresa em 2017 e a expectativa para os próximos anos ganham contornos ainda mais relevantes se comparados aos últimos dados de emprego divulgados no final do ano passado. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a população desocupada do país é de 12,6 milhões de pessoas. Desse total, cerca de 30% são jovens – a maior taxa dos últimos 27 anos e o dobro da média internacional, de acordo com informações da OIT (Organização Internacional do Trabalho).

Reconhecidamente uma das maiores empregadoras de jovens do Brasil e na América Latina, a Arcos Dorados – a maior franquia independente do McDonald’s no mundo e responsável pela gestão da marca em 20 países latino-americanos – abraçou a causa do emprego juvenil e, no final do ano passado, lançou a campanha “Acreditamos nos Jovens”, que reforça o compromisso da companhia em abrir as portas para quem busca o primeiro emprego formal.

Nas redes sociais da marca, o vídeo da campanha chegou a 5 milhões de visualizações em menos de duas semanas. Os comentários postados mostram que o elo entre os jovens e a empresa está cada vez mais forte e muitos deles demonstram, inclusive, ter pretensão em trabalhar no McDonald’s.

“O McDonald’s está e sempre estará de portas abertas para o jovem. Esteja ele em busca de seu primeiro emprego ou não. Tenha ele experiência no setor ou não. Estamos dispostos a investir para desenvolvê-los e prepará-los para ocupar novas posições em nossa companhia ou para sair em busca de outras oportunidades no mercado de trabalho”, explica David Grinberg, Diretor de Comunicação Corporativa do McDonald’s.

Os números da companhia demonstram que poucas empresas poderiam levantar a bandeira do emprego juvenil com tanta legitimidade: nos mais de 900 restaurantes da marca no Brasil, 90% dos funcionários, o equivalente a 22 mil pessoas, têm entre 16 e 25 anos. Metade deles está em sua primeira experiência profissional.

Amanda Costa Xavier, 28 anos, 9 anos de empresa.

Amanda começou a trabalhar em 2008 como funcionária do McDonald’s. Com 9 meses de empresa, ela recebeu sua 1° promoção e virou assistente administrativa. Ela ressalta que foi uma das melhores experiências profissionais que teve, função que abriu seus horizontes e lhe impulsionou a fazer a faculdade de Recursos Humanos.

Depois de 1 ano na função administrativa, foi promovida a Coordenador Administrativo ( cargo que não existe mais ), após 3 meses nessa função, ela passou para gerente de plantão, cargo no qual passou 2 anos e 3 meses e demonstrou um grande amadurecimento profissional.

Quando completou 5 anos de empresa, Amanda foi promovida para gerente de assistente e logo em seguida promovida para gerente de loja. Hoje, com 9 anos de empresa, ela diz:  “Não consigo expressar com outras palavras, além de gratidão e realização por todo investimento que a empresa fez em mim e toda confiança que me foi depositada. Lidero 37 jovens, sou formada e imensamente feliz por tudo que conquistei e todas as oportunidades que tive aqui na empresa.”

Confiança no jovem

Segundo dados da pesquisa ‘Acreditamos nos Jovens’, feita pela Arcos Dorados, ao identificar as principais barreiras que encontram na hora de procurar emprego, 77% dos jovens apontam para a falta de uma experiência anterior como a principal dificuldade para conseguir trabalho formal. Falta de oportunidade (69%), falta de confiança na sua geração (68%) e dificuldade de transição do ensino médio para o mercado (58%) são as demais causas listadas pelos entrevistados.

Como parte do plano de carreira e também para incentivar o empreendedorismo entre seus colaboradores, o McDonald’s criou o programa Aperte o Play!, uma plataforma que disponibiliza cursos para seus colaboradores nas áreas de tecnologia, finanças e gastronomia, entre outros.

“Queremos incentivar que os nossos funcionários tenham autonomia para escolher qual caminho trilhar. Para nós, o que importa é que enquanto estiverem na empresa, eles tenham a melhor experiência possível. Se saírem, que tenham em sua memória afetiva a companhia que acreditou neles”, afirma Marcelo Nóbrega, diretor de Recursos Humanos da Arcos Dourados.

A primeira iniciativa do programa foi o curso ‘Talentos do Futuro em Tecnologia’, uma parceria que envolveu a Fundação JP Morgan e o Instituto de Oportunidade Social (IOS). A primeira turma, de 102 funcionários, tem formatura marcada para abril de 2018.

Sobre a Arcos Dorados

 A Arcos Dorados é a maior franquia independente do McDonald’s do mundo, tanto em vendas totais do sistema como em número de restaurantes. A Companhia é a maior rede de serviço rápido de alimentação da América Latina e Caribe, com direitos exclusivos de possuir, operar e conceder franquias de restaurantes McDonald’s em 20 países e territórios, incluindo Argentina, Aruba, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Curaçao, Equador, Guiana Francesa, Guadalupe, Martinica, México, Panamá, Peru, Porto Rico, St. Croix, St. Thomas, Trinidad & Tobago, Uruguai e Venezuela. A Companhia opera ou franqueia mais de 2.100 restaurantes McDonald’s com mais de 90.000 funcionários e é reconhecida como uma das melhores empresas para se trabalhar no América Latina. A Arcos Dorados está listada na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE: ARCO).  Para saber mais sobre a Companhia visite a seção de Investidores de nosso site: www.arcosdorados.com/ir

Atenciosamente,