Publicidade

Rede Social CE

por Raquel Souza

Empreendedorismo

Empreendedorismo Digital é tema do Workshop em São Gonçalo do Amarante

Por raquelsouza em Empreendedorismo, Marketing Digital

18 de Março de 2019

Como parte da Programação ao mês dedicado a mulher, a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante através da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social  vai realizar diversas atividades voltada a mulher empreendedora, como parte dessa programação acontecerá o I Workshop de Empreendedorismo Digital ministrado por Raquel Souza – Jornalista e Assessora de Comunicação do Governo Municipal e Especialista em Marketing Digital.

A ideia surgiu após uma reunião com o comitê integrado para mulheres no município, eleger assuntos pertinentes e de grande importância para o desenvolvimento e crescimento de um negócio digital. ” Hoje existe inúmeras possibilidades de criar um negócio on line e lucrar com isso, para tanto o curso que se direcionado para mulheres, vai apresentar todas essas possibilidades” Afirma Raquel Souza .

O evento acontece no Auditório da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social a partir das 16h e será voltado somente para mulheres empreendedoras cadastradas no “Projeto Mulher” da Secretaria.

Hoje o Empreendedorismo Digital tem um grande  crescimento  devido a qualquer indivíduo de lugares diferentes que pode começar o seu negócio digital de baixo custo e com resultados a curto, médio ou a longo prazo.

O conceito de empreendedorismo digital refere-se, ao profissional criar um negócio de forma digital através da internet num ambiente virtual.

 

Evento: Workshop de Empreendedorismo Digital

Local: Rua Eretides Martins nº 112

Bairro : Centro – São Gonçalo do Amarante – Ceará

 

Publicidade

APRENDA A FAZER OVOS DE PÁSCOA NO SENAC CEARÁ

Por raquelsouza em Empreendedorismo

18 de Março de 2019

Seja para preparar essas delícias para degustar, presentear ou gerar renda extra, as aulas ensinam técnicas de temperagem do chocolate e recheios deliciosos

Ovos de Páscoa já são tradição, mas que tal inovar e oferecer aos clientes recheios inovadores, como de Pipoca, Paçoca, Churros e Brigadeiro de Amarula? O Senac RioMar oferta aulas para quem deseja aprender essas e outras receitas para quem quer preparar essas delícias para amigos e família, para presentear e até mesmo gerar renda extra na Páscoa, a partir desta terça-feira (19). A cada aula o instrutor Matheus Vieira ensina o preparo de uma receita e o valor da inscrição é de R$ 40. Essa pode ser realizada pelo site https://cursos.ce.senac.br/riomar/.

Matheus é instrutor dos cursos de Confeiteiro, Cozinheiro e Técnico em Cozinha do Senac/CE, é bacharel em gastronomia pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e fez os cursos Super Intensivo na Escola de Confeitaria Diego Lozano (SP) e de Confeitaria Avançada, realizado em parceria com o Senac/RN e a Câmara de Comércio de Trier (Alemanha).

Para quem está em busca de se aperfeiçoar, o Senac Ceará também está com matrículas abertas para o curso Chocolate e Ovos Para a Páscoa nas unidades em Sobral, Aldeota (Fortaleza) e Crato, com turmas começando nos dias 23, 26 e 30 de março, respectivamente. Com 20 horas/aula, o aluno desenvolve durante o curso conhecimentos e habilidades na preparação de ovos de chocolate. As inscrições podem ser feitas pelo site https://cursos.ce.senac.br.

Para o consultor de Gastronomia do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Ceará (Senac/CE), chef Ivan Prado, esse é um momento de aumento nas vendas, mas para garantir o sucesso é importante oferecer produtos de qualidade e novidades para atrair os clientes. “É sempre bom observar as tendências do mercado, por isso sempre atualizamos as receitas ensinadas em nossas aulas”, pontua. “No caso do chocolate, ainda há a vantagem de que a produção não exige uma grande estrutura para atender a demanda de bombons e ovos de Páscoa”, complementa.

SERVIÇO: CURSOS DE OVOS DE PÁSCOA

SENAC RIOMAR

Local: Shopping RioMar Fortaleza

Inscrições: https://cursos.ce.senac.br/riomar/

Valor: R$ 40

Data: 19/03

Horário: 18h às 21h

Aula: Ovo Brownie

Data: 20/03

Horário: 18h às 21h

Aula: Ovo de Oreo

Data: 21/03

Horário: 18h às 21h

Aula: Ovo de Paçoca

Data: 22/03

Horário: 14h às 17

Aula: Ovo Mousse Trufado

Data: 22/03

Horário: 18h às 21h

Aula: Ovo Churros

Data: 23/03

Horário: 14h às 17h

Aula: Ovo de Pipoca

Data: 23/03

Horário: 18h às 21h

Aula: Ovo de Brigadeiro de Amarula

Data: 24/03

Horário: 14h às 17h

Aula: Ovo Ninho e Nutella

Data: 24/03

Horário: 18h às 21h

Aula: Ovo de Prestígio

SENAC SOBRAL

CURSO CHOCOLATE E OVOS PARA PÁSCOA (20H)

Data: De 23/03 a 03/04

Horário: 18h30 às 21h30

Tel.: 88 3677.8700

Informações e inscrições: https://cursos.ce.senac.br/

SENAC ALDEOTA

CURSO CHOCOLATE E OVOS PARA PÁSCOA (20H)

Data: 26/03 a 01/04

Horário: 13h às 17h

Tel.: 85 3433.3884

Informações e inscrições: https://cursos.ce.senac.br/

 

SENAC CRATO

CURSO CHOCOLATE E OVOS PARA PÁSCOA (20H)

Data: 30/03 a 27/04

Horário: 8h às 12h

Tel.: 88 3586.8750

Informações e inscrições: https://cursos.ce.senac.br/

Sobre o Sistema Fecomércio

O Sistema Fecomércio é formado por instituições privadas, criadas e mantidas pelos empresários do comércio de bens, serviços e turismo. A Fecomércio, o Sesc, o Senac e o IPDC atuam como um Sistema, em que cada instituição tem seus papéis e missões.

Auxiliam no fortalecimento e defesa do segmento do comércio de bens, serviços e turismo, através da Fecomércio, na qualificação profissional, via Senac e na realização de pesquisas de mercado e tendências de consumo com o IPDC. Oferecem ainda milhares de ações em educação, cultura, esportes, lazer e promoção social, por meio do Sesc.

leia tudo sobre

Publicidade

Com produtos variados e preço diferenciado, Fort Tudo se consolida como referência no segmento de variedades

Por raquelsouza em Empreendedorismo

13 de Março de 2019

Com produtos variados e preço diferenciado, Fort Tudo se consolida como referência no segmento de variedades

Consolidada no mercado de varejo e acatado, a Fort Tudo é sinônimo de qualidade no ramo de variedades. Com produtos que atendem os segmentos de presentes, bebês, utilidades, bijuterias, artigos para o lar, pesca, cosméticos, festas, decoração, maquiagem, entre outros, a loja se destaca como centro de compras e oferece aos clientes produtos diversos, com qualidade e preço justo.

Em Fortaleza desde 1986, a Fort Tudo está presente nos bairros Centro e Messejana. A empresa tem milhares de itens para atender aos diversos tipos de público e uma equipe treinada em auxiliar na escolha dos produtos.

Com destaque para o segmento infantil, desde brinquedos até itens de higiene pessoal, a Fort Tudo possui uma loja voltada exclusivamente para o público infantil. A Fort Baby foi inaugurada em 2017, na Rua Tristão Gonçalves, no Centro de Fortaleza, e é a primeira loja segmentada da marca.

Outro ponto forte da multimarca é a variedade em maquiagens. Com marcas nacionais e importadas, a Fort Tudo oferece toda a linha para beleza e cuidado pessoal, desde de pó facial, batons, blushs até demaquilantes e água micelar. No quesito decoração, a FortTudo também é referência e traz produtos diferenciados para casa. A loja possui um leque de quadros, esculturas, molduras e até plantas ornamentais.

Sempre em processo de expansão, a Fort Tudo segue se afirmando como referência no segmento e traz para seus clientes novidades em todos os seus setores. Para 2019, a loja aposta ainda mais em variedades e em uma atendimento diferenciado.

Publicidade

Mais de 45% das donas de negócios no Brasil se tornaram “chefes de domicílio”

Por raquelsouza em Empreendedorismo

07 de Março de 2019

Relatório do Sebrae mostra que, apesar do seu empoderamento, a mulher empreendedora ainda enfrenta desigualdades, como a restrição ao crédito

Nos últimos dois anos, a proporção de mulheres empreendedoras que são “chefes de domicílio” passou de 38% para 45%. Com o avanço, a atividade empreendedora passou a conferir às donas de negócio a principal posição em casa, superando o percentual de mulheres na condição de cônjuje (situação verificada quando a principal renda familiar provém do marido). Esta posição caiu de 49% para 41% nos últimos anos, conforme constatou o relatório especial produzido pelo Sebrae. O estudo constatou ainda que as representantes do sexo feminino empreendem movidas principalmente pela necessidade de ter uma outra fonte de renda ou para adquirir a independência financeira. Hoje, as 9,3 milhões de mulheres que estão à frente de um negócio representam 34% de todos os donos de negócios formais ou informais no Brasil.

As análises feitas pelo Sebrae mostram que as mulheres empreendedoras são mais jovens e têm um nível de escolaridade 16% superior ao dos homens. Entretanto, elas continuam ganhando 22% menos que os empresários, uma situação que vem se repetindo desde 2015, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 2018, os donos de negócio do sexo masculino tiveram um rendimento mensal médio de R$ 2.344, enquanto que o rendimento das mulheres ficou em R$ 1.831.

A desvantagem para as empresárias também é significativa quando se trata de acesso a crédito e linhas de financiamento. As mulheres empresárias acessam um valor médio de empréstimos de aproximadamente R$ 13 mil a menos que a média liberada aos homens. Apesar disso, elas pagam taxas de juros 3,5 pontos percentuais acima do sexo masculino. Nesse aspecto, nem os índices de inadimplência mais baixos, verificados entre as pagadoras do sexo feminino, foram suficientes para gerar uma redução dos juros. Enquanto 3,7% das mulheres são inadimplentes, os homens apresentam um indicador de 4,2%.

“O empreendedorismo representa uma importante alavanca para o empoderamento feminino, abrindo oportunidade para mulheres que viviam em situação de vulnerabilidade ou até de violência doméstica. Nosso trabalho agora é fortalecer ainda mais as habilidades comportamentais das empreendedoras para garantir confiança e reduzir as desigualdades”, analisa o presidente do Sebrae, João Henrique de Almeida Sousa.

O relatório elaborado pelo Sebrae aponta que as mulheres empreendedoras representam hoje 48% dos Microempreendedores Individuais (MEI), atuando principalmente em atividades de beleza, moda e alimentação. Quanto ao local de funcionamento do negócio, 55,4% das MEI estão sediadas em casa.

Acesse o DataSebrae e veja o Painel “Empreendedorismo Feminino” e o “Relatório Especial – Empreendedorismo Feminino no Brasil”

Principais dados das mulheres empreendedoras:

Entre 49 países do mundo, o Brasil tem a 7ª maior proporção de mulheres entre os “Empreendedores Iniciais”
As mulheres Donas de Negócio (formais e informais) são mais jovens, do que os homens. São 43,8 anos contra 45,3 anos no caso do sexo masculino
As Donas de Negócio têm maior escolaridade (16% maior), mas ganham – em média – 22% a menos que os homens na mesma posição
Parcela expressiva das mulheres Donas de Negócio trabalha em casa – 25%. No caso específico das mulheres que são Microempreendedoras Individuais (MEI) esta proporção sobe para 55%.
As mulheres empresárias tomam menos empréstimo e com valor médio igualmente menor. O valor médio do empréstimo para mulheres é – em média – R$ 13.071 menor que o dos homens.
As empresárias pagam taxas de juros maiores. A taxa anual para empresárias é 3,5 pontos percentuais acima dos donos de pequenos negócios
A taxa de inadimplência das mulheres é inferior à registrada por homens. 3,7% para mulheres contra 4,2% para os empresários
Quase metade dos MEI existentes no país são mulheres (48%).
As mulheres MEI se destacam em atividade de beleza, moda e alimentação
As mulheres MEI trabalham mais em casa (55%)

Publicidade

Aplicativo vai agilizar acesso dos pequenos negócios às compras públicas

Por raquelsouza em Empreendedorismo

26 de Janeiro de 2019

A nova ferramenta, que é resultado de acordo de cooperação do Sebrae com o governo federal, estará disponível nesta sexta-feira (25) para as micro e pequenas empresas

Os pequenos negócios terão acesso mais rápido às oportunidades de participar de aquisições públicas, realizadas no Comprasnet, com o lançamento, nesta sexta-feira (25), do aplicativo Comprasnet Mobile. A nova ferramenta faz parte do Acordo de Cooperação Técnica firmado entre o Sebrae e o Ministério da Economia com o objetivo de modernizar os sistemas de compras do governo federal. Com o App, que é gratuito, as micro e pequenas empresas podem conhecer mais rapidamente as oportunidades de negócio com o poder público.

Desenvolvido pelo Serpro, o aplicativo estará disponível para pregões, inicialmente. “O APP vai levar a compra pública para um maior número de fornecedores que já estão no Comprasnet e desejam fazer pesquisas rápidas, e também para os que ainda não conhecem esse mercado”, explica a analista de políticas públicas do Sebrae, Denise Donati. De acordo com ela, em breve a ferramenta também será utilizada para cotações eletrônicas. Caso o usuário queira enviar a proposta, ele terá que fazê-lo por meio de computador.

Hoje, apenas 300 mil empresas estão cadastradas no Comprasnet. “Esperamos que, com o aplicativo, esse número aumente”, afirma a analista do Sebrae. “Queremos ampliar o número de fornecedores do governo e permitir que os pequenos negócios passem a contar com novas oportunidades para o seu negócio”, acrescenta Denise, ressaltando que o aplicativo é uma forma de popularizar e simplificar o processo de compras governamentais.

Segundo o coordenador-geral dos sistemas de compras governamentais do Ministério da Economia, Daniel Rogério, o aplicativo dará às micro e pequenas empresas acesso mais rápido aos processos licitatórios. “O aplicativo vai facilitar o trabalho dos pequenos negócios, que agora poderão acompanhar as compras publicadas por meio de celular”, observa Daniel. “Além disso, os empreendedores podem contar com informações exclusivas sobre as compras que mais interessam ao perfil da sua empresa, por meio de um filtro”, explica o coordenador. Caso o negócio não se encaixe no edital disponível, ou a compra não seja de seu ramo, o usuário poderá encaminhar para outros fornecedores.

O fornecedor poderá instalar o aplicativo disponível nas versões de sistema operacional Android 4.1 ou superior e iOS9 ou superior, por meio das lojas Google Play e Apple Store, pesquisando por Comprasnet.

As funcionalidades disponíveis no aplicativo:

Central de Mensagens – Envia informações sobre o Comprasnet, novidades, avisos de manutenções programadas, lançamentos e orientações;

Filtros – Permite a configuração de filtros e o recebimento de avisos sobre as licitações publicadas no dia.

Licitações – Possibilita a visualização de detalhes das licitações, como objeto, órgão licitante, data limite para entrega da proposta, item (ns) licitado (s), entre outros.

Download do Edital – Permite realizar o download do edital.

Compartilhar Licitações – Possibilita o envio das informações da licitação, contendo o link para visualizar os itens e realizar o download do edital, por e-mail e redes sociais.

Publicidade

Números Especiais: Constance Riomar oferece calçados femininos do 33 ao 40

Por raquelsouza em Empreendedorismo

18 de Janeiro de 2019


A marca aposta em numeração especial para conquistar o público que tem dificuldades em encontrar a numeração

A Constance Riomar já inicia o ano com novidades para os clientes! Agora, a loja oferece calçados desde o número 33 até o 40. A busca pelos tamanhos diferenciados é constante, mas muitas vezes as clientes acabam não encontrado o número desejado. “As consumidoras chegam nas lojas de sapato sempre buscando as novidades, as tendências da estação, mas quando elas têm um pé menor ou maior acaba que só vem um par daquele calçado ou são modelos muito antigos. Buscamos oferecer esse tamanhos para reverter essa realidade”, relata a cap da loja, Liz Arcoverde.

Ao chegar na Constance, a cliente se depara com um closet exclusivo da numeração dela, com mais de 300 modelos expostos com o conceito Self Shoes, tradicional da marca, onde é possível pegar e experimentar qualquer calçado disponível. “Nós queremos que essas pessoas que usam tamanhos especiais se sintam acolhidas aqui na loja, tendo o maior número de opções à disposição”, complementa Liz.

Serviços Constance

Endereço: Shopping RioMar Fortaleza – R. Des. Lauro Nogueira, 1500 – Papicu
Instagram Constance Fortaleza: instagram.com/constancefortaleza

Publicidade

Oportunidade de renda extra no Natal faz profissionais buscarem qualificação 

Por raquelsouza em Empreendedorismo

10 de dezembro de 2018

Final de ano é sinônimo de festa para a maior parte de nós, mas também significa mais trabalho e renda extra para muitas pessoas. Seguindo as previsões da Confederação Nacional do Comércio (CNC), o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Ceará (Fecomércio-CE), Maurício Filizola, estima que o Natal movimente mais de R$ 1 bilhão no estado. Com o aquecimento em diversos setores da economia, algumas empresas precisam aumentar a produtividade para dar conta da demanda e outras oferecem serviços extra para conquistar uma parcela de consumidores que estão dispostos a gastar no período. A contratação de trabalhadores temporários também é comum nessa época. Para os últimos quatro meses de 2018, a estimativa do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Ceará (IPDC), da Fecomércio-CE, é de que sejam geradas 6.500 vagas desse tipo no estado.

Seja almejando uma dessas oportunidades, seja com a intenção de conquistar renda extra no período, é muito comum que os profissionais procurem qualificação como forma de se destacar. Nesse cenário, são mais procurados os cursos rápidos. Dentre as formações que podem ajudar os profissionais nestes meses, estão desde alguns específicos para as festividades de fim de ano, quanto outros que, mesmo atemporais, são focados em áreas cujo movimento cresce bastante nessa época do ano.

Na área de Gastronomia, o Senac/CE oferece um curso de Preparação de Ceia Natalina (20h), voltado não apenas para aqueles que cozinham profissionalmente, mas também para qualquer um que queira aprender novas técnicas e receitas especiais para as festas. Na mesma linha, está o curso de Sobremesas Natalinas (20h), que ensina receitas e técnicas para fazer doces bonitos e saborosos a serem servidos nas confraternizações.

Nos dois últimos meses do ano, também aumenta consideravelmente o movimento em estabelecimentos de alimentação fora de casa. Assim, cursos como o de Qualidade no Atendimento em Bares e Restaurantes (40h) podem ajudar a enfrentar a alta demanda sem perder a excelência.

Outra área que tem aumento de demanda nessa época é a de Beleza. Para os profissionais que trabalham comocabeleireiro e desejam se aperfeiçoar, o curso Penteados Básicos: Preparação e Montagem (20h) apresenta diversas técnicas para modelar diferentes tipos de cabelo e criar visuais para ocasiões como festas e formaturas.

SERVIÇO:

Informações e inscrições: http://cursos.ce.senac.br

CURSO PREPARAÇÃO DE CEIA NATALINA

Senac Centro

Data: De 17/11 a 15/12

Horário: De 13h às 17h, aos sábados

Local: Senac Centro (Av. Tristão Gonçalves, 1245 – Centro)

Tel.: 85 3270.5400

Senac Aldeota

Data: De 10 a 14/12

Horário: De 18h às 22h, de segunda a sexta-feira

Local: Senac Aldeota (R. Tibúrcio Cavalcante, 1750 – Aldeota)

Tel.: 85 3433.3884

Senac Sobral

Data: De 19 a 28/11

Horário: De 18h30 às 21h30, de segunda a quinta-feira

Local: Senac Sobral (R. Dr. João Monte, 980 – Centro)

Tel.: 88 3677.8700

Senac Crato

Data: De 03 a 07/12

Horário: De 18 às 22h, de segunda a sexta-feira

Local: Senac Crato (Praça da Sé, 596 – Centro)

Tel.: 88 3586.8750

Senac Quixadá

Data: De 26 a 30/11

Horário: De 18h às 22h, de segunda a quinta-feira

Local: Senac Quixadá (R. Presidente Kennedy, s/n -Alto São Francisco)

Tel.: 88 3582.7793

CURSO SOBREMESA NATALINA

Senac Crato

Data: De 10 a 14/12

Horário: De 18h às 22h, de segunda a sexta-feira

Local: Senac Crato (Praça da Sé, 596 – Crato)

Tel.: 88 3586-8750

Senac Quixadá

Data: De 10 a 14/12

Horário: De 18h às 22h, de segunda a sexta-feira

Local: Senac Quixadá (R. Presidente Kennedy, s/n -Alto São Francisco)

Tel.: 88 3582.7793

QUALIDADE NO ATENDIMENTO EM BARES E RESTAURANTES

Senac Centro

Data: De 26/11 a 13/12

Horário: De 18h30 às 21h30, de segunda a sexta-feira

Local: Senac Centro (Av. Tristão Gonçalves, 1245 – Centro)

Tel.: 85 3270.5400

PENTEADOS BÁSICOS: PREPARAÇÃO E MONTAGEM

Senac Juazeiro

Data: De 26/11 a 03/12

Horário: De 18h às 22h, de segunda a quinta-feira

Local: Senac Juazeiro (R. São Luís, s/n – São Miguel)

Tel.: 88 35668950

Publicidade

Toquinho realiza neste sábado (15) concerto “Música em Prosa e Versos” no Teatro Tapera das Artes

Por raquelsouza em Empreendedorismo

10 de dezembro de 2018

O instrumentista, compositor e intérprete internacional participa também do ciclo de Diálogos Sinfonia na sexta-feira (14), na Tapera das Artes em Aquiraz

A programação anual do projeto Encontro Mestre & Aprendiz Contraponto Harmônico”, da associação Tapera das Artes, encerra em grande estilo com a apresentação do cantorcompositor e violonista Toquinho neste sábado (15), às 17 horas, no teatro da instituição, em Aquiraz. O concerto “Música em Prosa e Versos”, trazendo grandes sucessos como “Tarde em Itapuã” e “Ao que vai chegar”, tem entrada gratuita, sendo respeitada a capacidade máxima de 350 pessoas no teatro, com ingressos distribuídos uma hora antes do evento. No dia seguinte, domingo (16), Toquinho se apresenta em Fortaleza durante o projeto Natal de Luz, na Praça Portugal, às 18h30.

Na apresentação de sábado (15), Toquinho também irá interagir no palco com as crianças e adolescentes atendidos pelo projeto Encontro Mestre & Aprendiz. Ao longo de toda a sexta-feira (14) e na manhã de sábado, Toquinho participará do ciclo de Diálogos Sinfonia, um polo de discussão que faz a mediação entre grandes artistas da música instrumental nacional e internacional convidados pelo projeto e o público atendido pela Tapera das Artes. O Encontro Mestre & Aprendiz proporciona um intenso aprofundamento do estudo da música, ao mesmo tempo em que promove e estimula a regionalização da produção artística com valorização das culturas locais, tendo recebido ao longo do ano de 2018 dez mestres convidados, sendo sete nacionais e três internacionais.

“Construir acordes e harmonias, fazer música e poesia” é a profissão de Toquinho, que sabe harmonizar também a vida no compasso do prazer. Para o compositor, o violão passou a ser o prolongamento do próprio corpo. A cada dia o artista dedica-se mais, como se o instrumento fosse um bebê recém-nascido, exigindo sempre cuidados aprimorados; e o instrumentista, um pai extremoso, ambos se completando, permitindo que a vida os confunda em madeira e pele, cordas e coração. Do bojo de seu violão, ele extrai o néctar capaz de garantir o lema de seus dias: “só tenho tempo para ser feliz”.

Sobre Toquinho

Dotado de uma natureza lúdica e leve, divertir-se foi sempre seu prato predileto em torno de várias mesas: de bar, de restaurante, de futebol de botão, de sinuca. Passou a fazer do palco uma extensão das tramas futebolísticas, onde, mesmo nos momentos mais complicados, encontra escape para uma pilhéria, uma risada que ajuda a encarar o trabalho como uma prazerosa alegria. Entrega-se à profissão sem escravizar-se a ela, ao contrário, renovando com ela seu lado de menino nas decisões mais intrincadas.

Tudo começou no ano de 1959, no limiar da Bossa Nova. A maneira transformadora de João Gilberto interpretar “Chega de saudade”, com sua inusitada batida de violão, estimulou Toquinho a aprender a tocar o instrumento. Aos 14 anos já tinha aulas com seu principal mestre, Paulinho Nogueira. Então, com Edgard Gianullo, enriqueceu conhecimentos harmônicos e aprimorou-os com o amigo Oscar Castro Neves. O estilo de Baden Powell tornou-se irresistível ao então iniciante Toquinho, que, a fim de ampliar a técnica, buscou em Isaias Sávio a intimidade necessária com o violão clássico.

Iniciou sua carreira profissional na década de 1960 ao lado de grandes nomes da Música Popular Brasileira, como Taiguara, Chico Buarque, Elis Regina, Zimbo Trio, Caetano Veloso, Gal Costa, Maria Bethânia, Gilberto Gil, e Paulinho da Viola. A grande amizade com Chico Buarque propiciou-lhe a primeira parceria musical, “Lua cheia”, a primeira composição de sua carreira. Também com Chico, viveu sua primeira experiência fora do Brasil, em 1969, quando permaneceu ao lado dele, na Itália durante sete meses. Seus primeiros sucessos surgiram em parceria com Jorge BenJor, na canção “Que maravilha”, e com Paulo Vanzolini, na canção “Boca da noite”, essa com grande destaque no terceiro Festival Internacional da Canção Popular realizado no Rio de Janeiro, em 1968.

Uma das pérolas da sensibilidade de Toquinho é a parte de sua obra que abrange o mundo infantil. São cerca de 40 canções que encantam as crianças porque Toquinho sabe brincar com elas de uma forma inteligente, mantendo um humor lúdico na junção das letras com as melodias.

Sobre o projeto “Encontro Mestre & Aprendiz” – Contraponto Harmônico

 

O projeto “Encontro Mestre & Aprendiz – Contraponto Harmônico” oferece ações educativas que resultam em concertos interativos. O projeto foi idealizado para aproximar jovens aprendizes com nomes consagrados da música instrumental do mundo inteiro.

Tem realização do Centro de Pesquisa e Difusão da Arte-Imaginário, Co realização da Tapera das Artes, e parceria com a Plataforma Sinfonia do Amanhã, patrocínio da Usibras, Verdes Mares, Hipercor, Esmaltec, FAN, Dakota, Frezenius, M. Dias Branco, Acal, Banco do Nordeste, Cagece, Eletra Energy e Casa Freitas. Conta com apoio institucional da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará e da Secretária de Cultura Municipal de Aquiraz e consultoria executiva da Quitanda das Artes. Agradecimento especial à Enel Distribuição Ceará.

Plataforma Sinfonia do Amanhã

 

No intuito de ampliar sua atuação, ao mesmo tempo em que fortalece laços colaborativos, o Encontro Mestre & Aprendiz recebe estudantes de diversas instituições que trabalham educação musical em todo o estado do Ceará vinculados ao projeto Plataforma Sinfonia do Amanhã. Organizações que, assim como a Tapera, disponibilizam recursos artísticos e pedagógicos para crianças e jovens em situação de vulnerabilidade, numa perspectiva de ampliar as possibilidades de desenvolvimento social.  A Plataforma, em 2018, conta com 26 instituições, sendo 22 delas no Ceará, uma na Bahia, uma em Goiás e duas no Rio Grande do Sul.

Associação Tapera das Artes

 

A música sempre foi a grande paixão de Ritelza Cabral, idealizadora da Instituição Tapera das Artes. Em  1993, iniciou voluntariamente ateliers com 30 crianças e adolescentes oriundos de famílias de baixa renda do distrito de Tapera, no município de Aquiraz, ocupando as mangueiras de seu sítio. O trabalho logo criou corpo e em pouco tempo já existiam 60 crianças abrigadas nas sombras dos manguezais, e os sons dos pífaros repercutiam intensamente, encantando rendeiras, pescadores, agricultores e familiares dos pequeninos músicos.

O sucesso que o programa gerou na comunidade possibilitou em pouco tempo a sua expansão, propiciando nos anos seguintes a inclusão de novas ações educativas, com atividades voltadas para o desenvolvimento de diversas atividades artísticas. As mangueiras já não eram suficientes para abrigar os participantes e em 1996 os pequeninos estavam ocupando espaço apropriado na primeira sede da instituição. A partir daí foi possível a implantação de um programa pedagógico permanente, que gerou vários grupos musicais artísticos, dentre eles a Orquestra Bachiana Jovem de Aquiraz, criada com apoio do Maestro João Carlos Martins, sob a regência do Maestro Ênio Antunes. Outras conquistas merecem destaque: o Centro Cultural, parceria com a Fundação Vita, e o Teatro Escola da Tapera das Artes, com recursos  não reembolsáveis do BNDES; ambos oferecem ações formativas de relevância para a cultura no Estado do Ceará.

O compartilhamento é parte do DNA da Tapera das Artes, que  desde sua fundação vem cumprindo um importante papel no seu território, município de Aquiraz, litoral leste do Ceará, propiciando a formação integral, desenvolvimento do potencial humano, suas competência e habilidades,  e o enriquecimento cultural de crianças, adolescentes, jovens e seus familiares, moradores da região, com  oferta de vários projetos e programas que têm como eixo central a música, mas que trabalham a formação do ser para posturas cidadãs ao longo da vida.

Encontro Mestre & Aprendiz – Contraponto Harmônico apresenta Toquinho (SP), com:

Diálogos Sinfonia

Quando: 14 de dezembro (sexta), às 18h

Local: Tapera das Artes

Concerto “Encontro Mestre & Aprendiz Contraponto Harmônico”- Música em Prosa e Versos

Quando: 15 de dezembro (sábado), às 17h

Local: Teatro Tapera das Artes (Rua Antônio Gomes dos Santos, S/N – Centro, Aquiraz / Ao lado do Parque Ecoeducativo Engenhoca).

Informações: (85) 3361-2704 / 987548496

ACESSO GRATUITO 

Será respeitada a capacidade máxima de 350 pessoas no teatro. Distribuição de ingressos uma hora antes do evento.

Publicidade

Empreender: Trocar o certo pelo duvidoso: será que vale a pena?

Por raquelsouza em Empreendedorismo

29 de outubro de 2018

Os riscos de jogar tudo para o alto e empreender tem feito muitos brasileiros se ‘virarem nos 30’ na hora de abrir um negócio no Brasil e a solução encontrada tem sido empreender e continuar com a posição de empregado, aponta pesquisa.

 

Tendência para 2019, a onda do empreendedorismo paralelo ganhou força no mercado brasileiro nos últimos meses. Com a promessa de associar qualidade de vida e satisfação profissional, a prática de abrir um negócio e continuar empregado é um dos principais destaques apontados pelo Caderno de Tendências 2018/2019, divulgado pelo SEBRAE.

O consultor em negócios e CEO da Contabilivre, Mauro Fontes, explica que essa crescente deve-se, principalmente, à atual instabilidade econômica do país. “É uma atitude cautelosa, que pode ser explicada também pelo atual cenário econômico do Brasil, afinal há medo de se trocar o certo pelo duvidoso e quando analisamos os números de desemprego, os índices econômicos e a recessão, chegamos à conclusão que faz sentido esse receio”, explica.

Então, como fazer para realizar o sonho de ser o dono do próprio nariz e, ainda, manter o emprego formal de carteira assinada? Mauro explica que é fundamental fazer um planejamento prévio, garantindo a sustentabilidade da operação, sobretudo no início, quando o futuro é incerto em relação à aceitação de produtos e serviços do novo empreendimento e acrescenta que basta observar os dados recentes divulgados pelo Sebrae que mostram que de cada 100 empresas abertas no País, mais de 30% fecham após 2 anos. Das que resistem aos dois anos iniciais, apenas 40% conseguem se manter no mercado, após os primeiros cinco anos. “Sem dúvida, trocar o certo pelo duvidoso, para quem já está no mercado de trabalho, é uma aposta de alto risco, mas pode valer muito a pena, se a lição de casa for bem feita, antes de abrir as portas. Além do planejamento financeiro, é preciso ver como fazer essa gestão a distância, quando não se está no local, por exemplo. Atuar em duas frentes distintas, pensando que o horário comercial é um só, requer uma certa habilidade”, explica.

O especialista pondera que há muita coisa a ser levada em conta antes de empreender, principalmente na fase do planejamento, quando é necessário avaliar a viabilidade do investimento e do período inicial, e ir se preparando para o pior cenário. “Assim, o empreendedor fica mais resguardado”, explica. Questionado sobre assumir o compromisso de começar um negócio, sem comprometer a renda, Fontes é categórico. “É muito importante definir os custos da operação, sem esquecer de nada, tendo em vista porcentagens referentes a esse plano de viabilidade. E tudo tem de ser colocado no papel: aluguel do ponto, contratação de pessoal, compra de equipamentos, estoque etc.  Deve ter tudo na ponta do lápis, antes de assumir o compromisso da dupla jornada”, completa.

Outra dica importante, na visão dele, é saber o passo que se vai dar pelo tamanho das próprias pernas. Atualmente há um leque de opções para empreender, de uma operação bem pequena até uma empresa mais robusta, de maior custo. “Pode-se optar, por exemplo, por um negócio online, que exige investimento de valor mais baixo, com horários mais flexíveis”, indica. A grande lição para o empreendedor e a mais importante nesse momento, destaca o especialista, é a etapa pré-abertura. “Pode não parecer, mas é a fase primordial de qualquer projeto de empreendedorismo. Toda a análise que acompanha essa etapa vai servir como bússola para desenvolver e expandir o negócio”, afirma.

 

 

Publicidade

Grupo Aço Cearense comemora 39 anos em outubro

Por raquelsouza em Empreendedorismo

12 de outubro de 2018

Uma história de muito trabalho, esforço e reconhecimento. Essa é a trajetória do Grupo Aço Cearense, um dos maiores grupos empresariais do Ceará, que completa 39 anos de existência no próximo dia 15 de outubro.

Ao longo de sua história, o Grupo Aço Cearense expandiu e diversificou suas operações, passando de pequeno distribuidor a importador, grande distribuidor, processador e produtor de aço, sendo reconhecido como líder no mercado do Norte e Nordeste. A experiência de quase quatro décadas levaram o Grupo a ter um faturamento anual de R$ 2,2 bilhões em 2017, mesmo em meio à crise econômica do país. A diversidade do seu mix de produtos é distribuída para todos os estados brasileiros, com uma logística diferenciada.

Hoje, o Grupo Aço Cearense conta com cinco empresas em três estados brasileiros: a Aço Cearense Industrial, a Aço Cearense Comercial e o Instituto Aço Cearense no Ceará; a SINOBRAS no Pará e a SINOBRAS Florestal em Tocantins, que juntas geram quase 4 mil empregos diretos e 60 mil indiretos.

Publicidade

Grupo Aço Cearense comemora 39 anos em outubro

Por raquelsouza em Empreendedorismo

12 de outubro de 2018

Uma história de muito trabalho, esforço e reconhecimento. Essa é a trajetória do Grupo Aço Cearense, um dos maiores grupos empresariais do Ceará, que completa 39 anos de existência no próximo dia 15 de outubro.

Ao longo de sua história, o Grupo Aço Cearense expandiu e diversificou suas operações, passando de pequeno distribuidor a importador, grande distribuidor, processador e produtor de aço, sendo reconhecido como líder no mercado do Norte e Nordeste. A experiência de quase quatro décadas levaram o Grupo a ter um faturamento anual de R$ 2,2 bilhões em 2017, mesmo em meio à crise econômica do país. A diversidade do seu mix de produtos é distribuída para todos os estados brasileiros, com uma logística diferenciada.

Hoje, o Grupo Aço Cearense conta com cinco empresas em três estados brasileiros: a Aço Cearense Industrial, a Aço Cearense Comercial e o Instituto Aço Cearense no Ceará; a SINOBRAS no Pará e a SINOBRAS Florestal em Tocantins, que juntas geram quase 4 mil empregos diretos e 60 mil indiretos.