MAR Jangadeiro
Orlando Nunes

Orlando Nunes

MAR Jangadeiro, por Orlando Nunes

Às vezes tem crase, mas nem todas as vezes

Uma dica de “crase” trazida ao Brasil por meu amigo Pedro Álvares Cabral em 1500, mas que continua uma gatinha: quando usar o acento indicativo de crase com a expressão “as vezes”?

Com ou sem crase?

“Iracema as vezes vai à praia, mas nem todas as vezes banha-se no MAR.”

Dica de Cabral, antigo leitor do MAR: substitua a palavra feminina “vezes” por uma masculina. Se antes da palavra masculina empregada vier um “AO”, antes de “vezes” ocorrerá crase.

Em vez de “vezes”, escreverei “domingos” (ou outra palavra masculina qualquer):

“Iracema AOS domingos vai à praia, mas nem todos OS domingos banha-se no MAR.”

Conclusão: graças a navegantes como Cabral, escrevemos:

“Iracema às vezes vai à praia, mas nem todas as vezes banha-se no MAR.”

Comprove a dica relendo o título do post.

Estou no marjangadeiro@gmail.com

Até!

Leia Tudo Sobre