Trânsito Archives - MOUSE OU MENOS 
Publicidade

MOUSE OU MENOS

por Nonato Albuquerque

Trânsito

Um inferno ao lado da catedral

Por Nonato Albuquerque em ARTIGO, Trânsito

11 de Fevereiro de 2015

Quarta feira nunca foi lá um dia da semana de registrar grandes problemas para a vida do fortalezense. Mas, hoje, está sendo. A começar pela greve do pessoal das vans. Categoria com dificuldades de entendimento nas relações trabalhistas com a ala patronal, resolveu parar e em consequência disso, haja passageiro perdido no meio do tempo, na dependência dos ônibus. Superlotados, digas-se de passagem. Infernizou a vida de quem precisou sair para seus compromissos.

No meio do caminho, outra manifestação. A dos vendedores ambulantes que não são cadastrados, mas que reclamam o direito de vender seus produtos ali na feira da José Avelino. A Prefeitura, acomodada, por algum tempo deixou os feirantes tomarem de conta do entorno da Catedral e, por ser época eleitoral, não se posicionou como devia. Passadas as eleições, botou atrás deles a guarda civil, os agentes de trânsito e a Polícia Militar. Criou-se um drama.

Os ambulantes resolveram fincar pé e lançaram o desafio no estilo daquela musiquinha de carnaval: daqui não saio, daqui ninguém me tira. Sobrou pra quem? Para quem circula ou trabalha nas imediações.

Hoje, eles fizeram um enorme fuzuê em busca de uma decisão do prefeito. Com isso, perderam tempo e paciência, todos aqueles que inventaram de cruzar aquele caminho. Gritos, palavras de ordem, queima de material – tudo se viu. Aí chegaram os ‘zome’, como se diz no popular, e os manifestantes se dispersaram. Levantaram as ‘barricadas’, abandonando o espaço – provavelmente, sem nenhuma resposta que lhes possa dar uma efetiva ideia de como vai ficar a situação deles. E se nada foi resolvido é sinal, também, de que eles voltarão à carga, a qualquer instante.

Querem uma decisão da administração que, a exemplo de outras, fechou os olhos à desordem no local e quando precisou agir para colocar ordem no local, deu de cara com mais um abacaxi, ali debaixo das vistas do prefeito instalado nas proximidades do antigo palácio do bispo. Resta às duas partes, negociarem. Essa velha e batida fórmula, ainda tem validade – principalmente entre pessoas que se dizerem civilizadas.

leia tudo sobre

Publicidade

A correção de um erro, 40 anos depois

Por Nonato Albuquerque em Trânsito

29 de agosto de 2014

O Brasil é um país onde os acidentes de trânsito respondem pelo grande número de mortes. Fatores muitos. Mas, particularmente, eu gostaria de chamar atenção para falhas de sinalização nas rodovias e nas ruas.

Excluindo essas artérias que receberam mudanças para ampliação do tráfego, a maioria das ruas e avenidas de Fortaleza não tem uma sinalização de vergonha. Em muitos locais, o ‘pare’ sumiu do cruzamento para vias preferenciais e, com isso, os acidentes se sucedem.

Quem viaja pela Estrada do Algodão, depois de Quixeramobim vai pegar algumas curvas que merecem atenção do guiador. Em muitas delas não há sinalização da angulação da curvatura para orientação de quem vai dirigindo.

Muitos acidentes têm ocorrido, também, por conta de erro de engenharia. Depois de 40 anos, só agora o pessoal do DNIT está fazendo a correção daquela famosa ‘curva da morte’, localizada na BR-222, responsável por uma série de acidentes que vitimaram muitas pessoas. Pelo que eu soube, as autoridades de trânsito reconheceram a falha e estão corrigindo. Nesse tempo todinho, nunca ninguém acionou o Estado pelas vitimas que uma falha de construção acabou colaborando.

leia tudo sobre

Publicidade

FERIADO TRANQUILO NAS ESTRADAS

Por Nonato Albuquerque em Trânsito

26 de dezembro de 2013

A volta do feriado foi tranquila. Pelo menos é o que se depreende dos registros das Polícias Rodoviárias. Aliás, o balanço do Natal este ano marcou uma redução de pelo menos 25 por cento no número de acidentes, comparados aos do ano passado.

Foram 15 ocorrências com apenas uma vítima fatal nas rodovias federais, enquanto nas estaduais, a Polícia contabilizou também uma morte e seis acidentes.

Se a gente fizer um comparativo com 2012, vamos verificar que, até no número de pessoas feridas, houve redução em torno de 55 por cento, o que demonstra a objetividade e a importância do pessoal que prestou serviço ao longo das estradas com a Operação Rodovida – que continua no feriado de ano novo e tem uma segunda fase que vai até o carnaval.

Pelo que se viu são números mais ou menos esperados, ao contrário dos prognósticos anteriores que as autoridades faziam, revelando a prevalência do bom senso da parte da maioria dos guiadores. Eles passaram a obedecer as normas de segurança e, principalmente, evitando a mistura bombástica do consumo de bebida alcoólica com a ideia de dirigir um veículos.

Pontos para o brasileiro que, finalmente, começa a dar demonstração de maturidade. Vamos torcer para que, no ano novo, isso melhore ainda mais.

leia tudo sobre

Publicidade

APREENSÃO DE CARTEIRAS JÁ SUPERA O NÚMERO DE 2011

Por Nonato Albuquerque em Trânsito

20 de setembro de 2012

Cresceu o número de carteiras de habilitação apreendidas pelo Detran relacionadas com a Lei Seca. Dos 4.259 recolhidas em 2011, este ano já somam 5.228 segundo o gerente de fiscalização do Detran-CE. “Isso se deve a uma intensificação na fiscalização do Detran”, explica Pedro Forte.

Para orientação dos guiadores acompanhe a tabela de infrações, o custo de cada multa, as penalidades e quantos pontos são registrados por infração.

Tabela de Infrações de Trânsito
:: Infrações Leves
PONTOS MULTA PENALIDADES INFRAÇÕES
3 R$ 53,20 Usar luz alta em via iluminada
3 R$ 53,20 Buzinar Prolongadamente entre 22 e 6 horas
3 R$ 53,20 Ultrapassar veículos em cortejo
3 R$ 53,20 RT conduzir sem portar documentos obrigatórios
3 R$ 53,20 Estacionar afastado mais de 50 cm da calçada

:: Infrações Médias

PONTOS MULTA PENALIDADES INFRAÇÕES
4 R$ 86,13 Atirar lixo na via Pública
4 R$ 86,13 Dirigir com fone de ouvido ou celular
4 R$ 86,13 RV Parar por falta de combustível
4 R$ 86,13 RV Estacionar a menos de 5 metros da esquina
4 R$ 86,13 Dirigir com uma só mão
4 R$ 86,13 Dirigir com o braço do lado de fora
4 R$ 86,13 Estacionar na contra mão
4 R$ 86,13 Excesso de Velocidade até 20% acima da rodovia / trânsito rápido ou 50% acima da via de trânsito local

:: Infrações Graves

PONTOS MULTA PENALIDADES INFRAÇÕES
5 R$ 127,69 Conversão a direita ou esquerda proibida
5 R$ 127,69 RT Veiculo sem acionar limpador de para brisa na chuva
5 R$ 127,69 RT Motorista ou Passageiro sem cinto de segurança
5 R$ 127,69 RV Estacionar na calçada
5 R$ 127,69 RV Estacionar em fila dupla
5 R$ 127,69 Não transferir o veículo em 30 dias
5 R$ 127,69 Não manter distância lateral ou  frontal
5 R$ 127,69 Seguir veiculo urgência (Bombeiro, Ambulância, Polícia)
5 R$ 127,69 RT Conduz. veiculo em mau estado de conservação
5 R$ 127,69 RT Veiculo expelindo fumaça ou gás nível superior ao permitido
5 R$ 127,69 Conversão em locais proibidos
5 R$ 127,69 Não dar seta para conversão
5 R$ 127,69 Ultrapassar pelo acostamento
5 R$ 127,69 Transitar em marcha a ré em trechos longos ou com perigo
5 R$ 127,69 RV Estacionar viadutos / túneis / pontes
5 R$ 127,69 Ultrapassar veiculo em fila ou sinal
5 R$ 127,69 RT Não usar cinto de segurança
5 R$ 127,69 RT Farol desregulado ou luz alta

:: Infrações Gravíssimas

PONTOS MULTA PENALIDADES INFRAÇÕES
7
R$574,00
AV Dirigir sem ser habilitado
7
R$957,70
AV Dirigir com CNH Cassada ou suspensa
7 R$ 191,54 AV Dirigir com CNH vencida a mais de 30 dias
7 R$ 191,54 RC+RT Dirigir sem óculos obrigatório
7
R$957,70
CCNH+RT+RV+SDD+DET
Dirigir sob efeito de álcool ou outro entorpecente
7 R$ 191,54 RT Entregar veículo a pessoa sem condições
7 R$ 191,54 RT Transportar criança sem proteção
7 R$ 191,54 RC+RT+SDD+RDH Dirigir ameaçando pedestres
7
R$957,70
SDD+AV+RV+CCNH+DET
Promover ou participar de competição, exibição, rachas e demonstração de perícia
7
R$574,52
AV+RV+SDD+RC Velocidade acima de 50% da máxima permitida
7
R$957,70
DD+RV+RC+DET
Não prestar socorro à vítima
7 R$ 191,54 RV Estacionar na pista das estradas
7 R$ 191,54 Transitar pela contra mão em vias de sentido único
7
R$492,00
Transitar pela calçada, ciclovia, etc
7 R$ 191,54 Retorno proibido
7 R$ 191,54 Avançar sinal vermelho
7 R$ 191,54 Não dar preferência pedestre na faixa
7 R$ 191,54 AV+RT Passageiro no compartimento carga
7 R$ 191,54 SDD+RC Conduzir moto sem capacete
7 R$ 191,54 SDD+RC Passageiro da moto sem capacete
7 R$ 191,54 SDD+RC Conduzir moto com farol apagado
7 R$ 191,54 AV+RV+SDD+RC Transpor bloqueio policial
7 R$ 191,54 Não  reduzir velocidade perto de escola, etc.
7 R$ 191,54 AV Veículo sem placa ou licenciamento
7 R$ 191,54 RV Dirigir/exibir manobra perigosa
7 R$ 191,54 Não dar passagem a Bombeiros, Ambulância.
7 R$ 191,54 Ultrapassar pela contramão, etc
7 R$ 191,54 AV+RV Bloquear via com o veículo
SIGLAS DAS PENALIDADES
AV = Apreensão de veículo CNH = Carteira Nac. de Habilitação
CCNH = Cassação da CNH DET = Detenção de 6 meses a 3 anos
RC = Retenção da CNH RDH = Recolhim. do docto. de habilitação
RT = Retenção do veículo RV = Remoção do veículo
SDD = Suspensão do direito de dirigir

leia tudo sobre

Publicidade

FERIADO DE CORPUS CHRISTI É PREOCUPANTE NO TRÂNSITO

Por Nonato Albuquerque em Trânsito

07 de junho de 2012

Feriados prolongados trazem sempre apreensões por parte dos que atuam no trânsito. O de Corpus Christi não foge à regra. Dados do Seguro Dpvat (Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Via Terrestre) indicam que 3.444 morreram em acidentes, número relativo aos últimos seis anos. E hoje tem mais um complicador: existe uma paralisação dos policiais rodoviários federais que decretaram estado de greve.

Nos últimos seis anos, a relação de feridos é ainda maior. O Dpvat indenizou 7.934 casos de invalidez permanente ocorridos durante o feriado e 6.717 vítimas de lesões sem gravidade também receberam o reembolso de despesas médicas.

Um total de 62% das ocorrências envolvem motociclistas. Em 63% dos casos, a vítima era o próprio motorista. Os homens são maioria entre os envolvidos em acidentes, 76% ante 24% de mulheres. A faixa etária que representa o maior número de vítimas é 18 a 24 anos. A maior parte dos acidentes durante o feriado de Corpus Christi acontecem durante os finais de semana, com 47% das ocorrências.

leia tudo sobre

Publicidade

MOTORISTAS ABANDONAM ÔNIBUS NAS RUAS DO CENTRO

Por Nonato Albuquerque em Trânsito

19 de Abril de 2012

Se o trânsito de Fortaleza já é uma loucura – com 132 novos veículos que passam a circular a cada dia -, imagine com manifestações como a que está ocorrendo na manhã desta quinta-feira. Motoristas da Via Metro foram obrigados a abandonar seus ônibus no centro da cidade, por conta do esvaziamento de pneus provocado por manifestantes que denunciam irregularidades trabalhistas da empresa.

Quem precisou passar pela Domingos Olímpio e Princesa Isabel, onde cerca de 16 ônibus foram largados, enfrentou filas e prejuízo para chegar aos seus locais de compromisso. Sem falar dos passageiros que utilizam as linhas que a empresa atende na região metropolitana.

leia tudo sobre

Publicidade

MOTORISTAS ABANDONAM ÔNIBUS NAS RUAS DO CENTRO

Por Nonato Albuquerque em Trânsito

19 de Abril de 2012

Se o trânsito de Fortaleza já é uma loucura – com 132 novos veículos que passam a circular a cada dia -, imagine com manifestações como a que está ocorrendo na manhã desta quinta-feira. Motoristas da Via Metro foram obrigados a abandonar seus ônibus no centro da cidade, por conta do esvaziamento de pneus provocado por manifestantes que denunciam irregularidades trabalhistas da empresa.

Quem precisou passar pela Domingos Olímpio e Princesa Isabel, onde cerca de 16 ônibus foram largados, enfrentou filas e prejuízo para chegar aos seus locais de compromisso. Sem falar dos passageiros que utilizam as linhas que a empresa atende na região metropolitana.