Sementes das sombras, forças de luz - MOUSE OU MENOS 
Publicidade

MOUSE OU MENOS

por Nonato Albuquerque

Sementes das sombras, forças de luz

Por Nonato Albuquerque em LITERATURA, POESIA, Sem categoria

27 de junho de 2015

Nonato Albuquerque

Antes, ator de infortúnios e de conquistas,
menti, matei, saqueei; por ideais profanos.
Hoje, entre seres de mentes altruístas,
apodreço entre os humildes hansenianos.

Antes, a lâmina do horror decapitava tiranos
ante o tropel de bárbaros quatrocentistas.
Hoje, ressurecto à vida, após malgrados anos,
somatizo dores de passados egoístas.

As faixas de carne que encobrem o que fomos
são elos da misericórdia divina e de mudança
de semente das sombras em forças de luz.

O hino de amor que, na Terra, hoje compomos
É a certeza dessa consoladora esperança
De que nunca nos abandona, o amor de Jesus

(Inspirado em Jésus Gonçalves)

Publicidade aqui

leia tudo sobre

Sementes das sombras, forças de luz

Por Nonato Albuquerque em LITERATURA, POESIA, Sem categoria

27 de junho de 2015

Nonato Albuquerque

Antes, ator de infortúnios e de conquistas,
menti, matei, saqueei; por ideais profanos.
Hoje, entre seres de mentes altruístas,
apodreço entre os humildes hansenianos.

Antes, a lâmina do horror decapitava tiranos
ante o tropel de bárbaros quatrocentistas.
Hoje, ressurecto à vida, após malgrados anos,
somatizo dores de passados egoístas.

As faixas de carne que encobrem o que fomos
são elos da misericórdia divina e de mudança
de semente das sombras em forças de luz.

O hino de amor que, na Terra, hoje compomos
É a certeza dessa consoladora esperança
De que nunca nos abandona, o amor de Jesus

(Inspirado em Jésus Gonçalves)