Quando eu for grande... - MOUSE OU MENOS 
Publicidade

MOUSE OU MENOS

por Nonato Albuquerque

Quando eu for grande…

Por Nonato Albuquerque em artes, Pensamento, POESIA, Sem categoria

11 de novembro de 2016

autism

Quando eu for grande, só quero me tornar pequeno entre os que almoçam orgulho e arrotam vantagens e prepotência.

Quero ser livre para me prender unicamente aos encantos da Vida e me apegar à crença de todos os desapegos.

Quando eu for grande, quero ser rico de consciência para empobrecer em mim, todo o egoísmo aviltante de quem apregoa o “eu sou eu, depois de mim só meu retrato”.

Quando eu for grande, que eu não perca de vista a criança que fui para não me tornar um adulto intolerante.

E que eu possa dar ainda mais cor à estrada por onde seguirão meus passos.

Quando eu for grande, quero continuar do tamanho da minha alma. Enooooorme!

Publicidade aqui

leia tudo sobre

Quando eu for grande…

Por Nonato Albuquerque em artes, Pensamento, POESIA, Sem categoria

11 de novembro de 2016

autism

Quando eu for grande, só quero me tornar pequeno entre os que almoçam orgulho e arrotam vantagens e prepotência.

Quero ser livre para me prender unicamente aos encantos da Vida e me apegar à crença de todos os desapegos.

Quando eu for grande, quero ser rico de consciência para empobrecer em mim, todo o egoísmo aviltante de quem apregoa o “eu sou eu, depois de mim só meu retrato”.

Quando eu for grande, que eu não perca de vista a criança que fui para não me tornar um adulto intolerante.

E que eu possa dar ainda mais cor à estrada por onde seguirão meus passos.

Quando eu for grande, quero continuar do tamanho da minha alma. Enooooorme!