Bem aventurados todos os trabalhadores - MOUSE OU MENOS 
Publicidade

MOUSE OU MENOS

por Nonato Albuquerque

Bem aventurados todos os trabalhadores

Por Nonato Albuquerque em LITERATURA, Sem categoria

01 de Maio de 2014

case_construtiv1Bem aventurados os que fazem do trabalho a ferramenta de aperfeiçoamento e progresso,

enquanto transitam pela oficina da Terra.

Os que semeiam o chão e recolhem os frutos que alimentam os povos,

ainda que esses nem sequer tomem ciência do trabalho que dá para os que cuidam dessa sementeira.

Bem aventurados os trabalhadores da última hora e, principalmente, os da primeira

que madrugam no atendimento às lides mais simples, nas feiras, nos mercados,

no transportar os trabalhadores para a rotina de mais um dia.

Bem aventurados os que se sacrificam por um trabalho voluntário em favor dos que,

necessariamente, precisam.

Como também são bem aventurados todos os homens e mulheres que constituem a força de uma nação,

muitas vezes anonimamente, seja na tarefa de ensinar as primeiras letras aos peqiuenos,

ou como os mestres que transmitem ensinamentos,

sem nunca terem ido a um banco de escola.

Bem aventuraqdos somos, quando nas tarefas do dia-a-adia soubermos ser gratos à chance de evoluir;

já que é o trabalho a maior força de expressão de toda alma humana; sem o qual o mundo não seria o que é.

 

(Escrito 1.5.2014

Publicidade aqui

leia tudo sobre

Bem aventurados todos os trabalhadores

Por Nonato Albuquerque em LITERATURA, Sem categoria

01 de Maio de 2014

case_construtiv1Bem aventurados os que fazem do trabalho a ferramenta de aperfeiçoamento e progresso,

enquanto transitam pela oficina da Terra.

Os que semeiam o chão e recolhem os frutos que alimentam os povos,

ainda que esses nem sequer tomem ciência do trabalho que dá para os que cuidam dessa sementeira.

Bem aventurados os trabalhadores da última hora e, principalmente, os da primeira

que madrugam no atendimento às lides mais simples, nas feiras, nos mercados,

no transportar os trabalhadores para a rotina de mais um dia.

Bem aventurados os que se sacrificam por um trabalho voluntário em favor dos que,

necessariamente, precisam.

Como também são bem aventurados todos os homens e mulheres que constituem a força de uma nação,

muitas vezes anonimamente, seja na tarefa de ensinar as primeiras letras aos peqiuenos,

ou como os mestres que transmitem ensinamentos,

sem nunca terem ido a um banco de escola.

Bem aventuraqdos somos, quando nas tarefas do dia-a-adia soubermos ser gratos à chance de evoluir;

já que é o trabalho a maior força de expressão de toda alma humana; sem o qual o mundo não seria o que é.

 

(Escrito 1.5.2014