MOUSE OU MENOS - por Nonato Albuquerque 
Publicidade

MOUSE OU MENOS

por Nonato Albuquerque

O ACESSO À INFORMAÇÃO NO GOVERNO CEARENSE

Por Nonato Albuquerque em LEIS, Sem categoria

17 de Maio de 2012

Quem quiser saber informações sobre gastos com as obras de reforma do Castelão para a Copa, do projeto Acquário na praia de Iracema, as despesas do governo com funcionalismo e qualquer outra dúvida em relação ao uso do dinheiro público, já pode fazer isso sem nenhuma justificativa.  Desde ontem está em vigor a lei 12.527, de iniciativa da Presidência da República, de acesso à informação. Mas o Ceará já está preparado para atender a essa demanda? A resposta é afirmativa, segundo o controlador e ouvidor geral do Estado, João Alves de Melo, com quem conversei ontem.

O governo cearense mandou nessa quarta-feira para o Legislativo a mensagem do projeto que cria, em termos estaduais, a Lei de Acesso à Informação. A iniciativa nacional permitindo a qualquer cidadão o direito a solicitar informação dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário tem tudo para ter um dos maiores acessos, em termos digitais.

Para o ouvidor-geral, o Ceará já detém mais de 80% de informações que contemplam os 4 ítens da Lei 12.527, de iniciativa da Presidência da República. “Desde 2011 fizemos uma revisão do Portal da Transparência, reformulação que foi concluída em março passado. Tudo o que se relaciona a informação de interesse coletivo já está disponibilizado no portal”, referiu-se o ouvidor em nosso programa de rádio.

leia tudo sobre

Publicidade

FALTAM JUÍZES NO INTERIOR DO CEARÁ

Por Nonato Albuquerque em MANIFESTAÇÃO

15 de Maio de 2012

Que drama vive a população do interior que busca os recursos da Justiça.

A falta de juízes, promotores e defensores públicos está comprometendo seu exercício. O presidente da OAB-CE, Valdetário Monteiro, diz que a carência é de 150 vagas e o Estado realizou concurso para apenas 25.

A situação é tão grave que o juiz de Iguatu atende, além do seu município, comarcas de Acopiara, Quixelô, Cedro, Catarina, Suassurana, Orós, Icó, Jucás e Cariús.

Para denunciar isso, a seccional cearense da Ordem realiza ato em defesa da Justiça do Estado.

 

leia tudo sobre

Publicidade

BELA, MAS TÃO INSEGURA

Por Nonato Albuquerque em SEGURANÇA

14 de Maio de 2012

Uma c idade convivendo aflita com a escalada da violência. É Fortaleza. Chegamos ao ponto de recorrer à força policial para realizar uma procissão. Quando já se viu isso nessa cidade, a todo instante tratada de bela – e o é, sem precisar do rótulo administrativo – mas, infelizmente, insegura.

O domingo foi mais um dia para exemplificar que há um fenômeno – não tão novo – a exigir uma avaliação mais profunda por parte das autoridades. O da guerra de torcidas. Ela nos faz reféns em dias de jogos, de uma horda de desordeiros que, amparados pelo título de torcedores, promovem todo tipo de desordem e forçam o plantão do efetivo policial pelas esquinas e terminais.

Há uma doença social já diagnosticada por todos; mas que, além da força policial, requer uma medicação que passa pela educação e o sentido de responsabilidade que parecem descartados pela população.

 

leia tudo sobre

Publicidade

A MORTE EM DISCUSSÃO NA UFC

Por Nonato Albuquerque em COMPORTAMENTO

12 de Maio de 2012

A morte é ainda um tabu na sociedade moderna. E o desconhecimento que se tem da vida depois da vida é gritante. Na UFC, o VII Seminário ‘Perdas, Luto e Separação’, encerrado hoje, tentou orientar estudantes de Medicina, Enfermagem, Psicologia e Serviço Social para a necessidade de se inteirar sobre esse fenômeno. Participei como palestrante, discutindo o tema “Morte e Mídia”, a convite da organizadora, professora Angela Maria Alves de Souza, no auditório do Hospital do Câncer.

 Abordamos na ocasião, a presença da morte na mídia como um todo, muito embora, fizessemos questão de lembrar aos participantes a necessidade de avançar no tempo e investir no conhecimento socratiano de que a morte é passagem. A vida é contínua e plena. Infelizmente, a sociedade humana prepara-se para tudo, menos para essa transição.

 Quando marcamos uma viagem para qualquer lugar, buscamos todo tipo de informação sobre o local, cultura, figurino adequado à temperatura. Buscamos mapas e desejamos conhecer de tudo para não ficarmos alheios à realidade do destino. Com a vida espiritual, isso não ocorre. As religiões conservadoras fazem questão de pregar a mesma coisa da Idade Média, onde as divergências entre católicos romanos e protestantes luteranos deram origem à cultura do medo. E morrer para muitos se tornou algo aterrorizante.

 Os que vão atuar na área da saúde, certamente, precisam estar informados sobre o enfrentamento que irão ter com pacientes e com familiares desses quando se der a mudança. Médicos intensivistas, enfermeiros que cuidam de doentes terminais, mais do que nunca precisam ter,  pelo menos, noções de que a morte é uma fase de mudança. Perde-se a casca, mas o invólucro continua ainda que em dimensão onde o nosso olhar não consegue circunscrever.

 Considero a realização do encontro do grupo Plus-Projeto Integrado de Pesquisa e Extensão em Perda, Luto e Separação, da Universidade Federal do Ceará, um instrumento de importância enorme para a conscientização de profissionais que vão exercer a defesa da vida. E, quando ela não for mais possível, terem auto-controle para evitar que a passagem seja compreendida com o fim de tudo.

leia tudo sobre

Publicidade

TODO RUMO TEM UM DESTINO

Por Nonato Albuquerque em Sem categoria

12 de Maio de 2012


A qualquer instante e por qualquer motivo,
A vida lhe exige esforço e criatividade.
Pede respostas rápidas e ações mais efetivas.
Nessas ocasiões, você se sente aturdido,
Ameaçado, coagido. Como se não fosse dar conta do recado.
É quando mais se faz necessária, a paciência.
Força de reposição da própria alma, esse sentido
Invejável que, por vezes, parece nos faltar
Recompõe o ânimo perdido e retempera a nossa força.
A caminhada de todo humano é marcada
Por encontros e despedidas, risos e lágrimas,
Alegrias e sofrimentos, que são junções dualísticas
Do próprio existir, pois tudo que há debaixo do sol
Oferece duas faces para que saibamos eleger o equilíbrio
Que na balança é o fiel a nos conferir a causa.
Por isso, se você amanheceu hoje, em um dia daqueles,
Onde tudo parece dar errado, onde os amigos sumiram,
Onde as palavras lhe faltam para compensar o vazio,
Continue na marcha, ainda que lento, mas continue.
Se a estrada tem desvios e a caminhada é longa,
Não perca de vista o objetivo a ser alcançado.
Para tudo há uma destinação correta, desde que haja
No coração do viajante o interesse de achar a sua própria verdade.

leia tudo sobre

Publicidade

CARTA À MINHA MÃE, de Rabindranath Tagore,

Por Nonato Albuquerque em Crônica

12 de Maio de 2012

Entre as homenagens às mães que a gente pode destacar para esse domingo de maio, uma carta do grande Rabindranath Tagore merece a atenção de qualquer um filho que, ao pousar os olhos sobre esse texto, se reconhecerá em alguma das linhas, sintonizando o coração na linha de pensamento do grande sábio hindu.

“Mãe, quando eu comecei a escrever esta carta, usei a pena do carinho, molhada na tinta rubra do coração ferido pela saudade.
As notícias, arrumadas como pérolas em um fio precioso, começaram a saltar de lugar, atropelando o ritmo das minhas lembranças.
Vi-me criança orientada pela sua paciência. As suas mãos seguras, que me ajudaram a caminhar.
E todas as recordações, como um caleidoscópio mental, umedeceram com as lágrimas que verteram dos meus olhos tristes.
Assumiu forma, no pensamento voador, a irmã que implicava comigo.
Quantas teimas com ela. Pelo mesmo brinquedo, pelo lugar na balança, por quem entraria primeiro na piscina.
Parece-me ouvir o riso dela, infantil, estridente. E você, lecionando calma, tolerância.
Na hora do lanche, para a lição da honestidade, você dava a faca ora a um, ora a outro, para repartir o pão e o bolo.
Quantas vezes seu olhar me alcançou, dizendo-me, sem palavras, da fatia em excesso por mim escolhida.
As lições da escola, feitas sob sua supervisão, as idas ao cinema, a pipoca, o refri.
Quantas lembranças, mãe querida!
Dos dias da adolescência, do desejar alçar voos de liberdade antes de ter asas emplumadas.
Dos dias da juventude que idealizavam anseios muito além do que você, lutadora solitária, poderia me oferecer.
Lágrimas de frustração que você enxugou. Lágrimas de dor, de mágoa que você limpou, alisando-me as faces.
Quantas vezes ouço sua voz repetindo, uma vez mais:
Tudo tem seu tempo, sua hora! Aguarde! Treine paciência!
E de outras vezes:
Cada dia é oportunidade diferente. Tudo que você tem é dádiva de Deus, que não deve desprezar.
A migalha que você despreza pode ser riqueza em prato alheio. O dia que você perde na ociosidade é tesouro jogado fora, que não retorna.
Lições e lições.
A casa formosa, entre os tamarindeiros assomou na minha emoção.
Voltei aos caminhos percorridos para invadi-la novamente, como se eu fosse alguém expulso do paraíso, retornando de repente.
Mãe, chegou um momento em que a carta me penetrou de tal forma, que eu já não sabia se a escrevera.
E porque ela falava no meu coração dorido, voei, vencendo a distância.
E vim, eu mesmo, a fim de que você veja e ouça as notícias vibrando em mim.
Mãe, aqui estou. Eu sou a carta viva que ia escrever e remeter a você”.

leia tudo sobre

Publicidade

REVISTA POLEMIZA COM MÃE AMAMENTANDO FILHO DE 3 ANOS

Por Nonato Albuquerque em COMPORTAMENTO

11 de Maio de 2012

“Você é mãe o suficiente?” diz a manchete da revista Time, cuja capa foi dada a conhecer ontem, e que circulará a partir de domingo. Ao mesmo tempo em que rende homenagem às mães, a revista quer discutir a importância da amamentação para a vida saudável dos filhos. Mas os americanos estão achando que o menininho (de 3 anos, que é na verdade filho da modelo) já está bastante crescidinho para andar agarrando no peito da mãe.
Alguém discorda?

leia tudo sobre

Publicidade

DESCOBERTO OUTRO CALENDÁRIO MAIA: FIM DO MUNDO FOI ADIADO

Por Nonato Albuquerque em curiosidade

11 de Maio de 2012

Aviso aos navegantes: o mundo não vai acabar em dezembro de 2012. Quem garante? O calendário Maia. Mas não era exatamente nele que se baseavam os fatalistas de plantão? É, mas há novidades em relação a isso e a espécie humana pode continuar fazendo das suas que, uma vez mais, o fim foi adiado.

Arqueólogos americanos descobriram a mais antiga representação do calendário maia na parede de um edifício do complexo Xultún (Guatemala), do século IX. Esses hieróglifos são mais um golpe para a idéia supersticiosa de que a cultura pré-colombiana previa o fim do mundo para 2012 .

O site El Correo.com cita o que diz o arqueólogo William Saturno, da Universidade de Boston e autor do achado: “Os maias previram que o mundo antigo se seguiria por mais de 7.000 anos” disse ele na entrevista publicada ontem na revistaCiência e que será destaque na edição de junho da revista National Geographic .

Os investigadores suspeitam que os hieróglifos, que são acompanhados por várias figuras humanas, são parte do trabalho de um escriba. Uma das paredes do edifício é coberta com barras e pontos, que segundo o arqueólogo Saturno, representa o ciclo cerimonial, de 260 dias-solar de 365 – o de Venus tem 584 – e Marte, 780.

Desse modo, estão garantidas a Copa do Mundo de 2014, a inauguração do Acquário do Cid Gomes e, quem sabe, a melhoria de vida. Afinal, temos 7 mil anos pela frente e se não resolvermos isso até lá… então, o calendário maia antigo era que devia ter validade.

 

leia tudo sobre

Publicidade

PRÊMIO ACI PARA ‘CONFLITOS DA MENTE’

Por Nonato Albuquerque em COMPORTAMENTO

10 de Maio de 2012

Televisão bem feita sempre é reconhecida. Veja o caso da série ‘Conflitos da Mente’, produzida e exibida pela TV Jangadeiro e que acaba de ganhar o prêmio ACI de Comunicação.

A premiação é na categoria telejornalismo. A reportagem de Juliana Castanho e Leda Borges, sobre os “Conflitos da Mente”, narrada por Camila Rocha, é na verdade um intenso trabalho de produção e edição em quatro episódios exibidos no ano de 2011.

Para Juliana Castanho, foram dois meses de trabalho investigativo a fim de mostrar a realidade dos pacientes e familiares que sofrem com transtornos mentais.

“É um verdadeiro documentário em quatro capítulos que abordou a falta de assistência e a convivência de pessoas com esquizofrenia dividindo espaço nos hospitais com crianças”, lembra a jornalista.

“Conflitos da Mente”, mostrou também o drama de quem se desliga da realidade e vive pelas ruas de Fortaleza. A solidariedade prestada pelos ‘anjos da guarda’ dessas pessoas, além de outros bons exemplos como a terapia do Projeto Quatro Varas, que nasceu no Ceará e se tornou referência no Brasil e no mundo.

FICHA TÉCNICA: 

Reportagem: ‘Conflitos da Mente’

Produção: Juliana Castanho e Leda Borges

Reportagem de Camila Rocha

Imagens Dário Rocha e Isaías Vieira

Edição Juliana Castanho

Emissora: TV Jangadeiro

leia tudo sobre

Publicidade

AQUECIMENTO GLOBAL VAI AFETAR MAIS AS CAPITAIS NORDESTINAS

Por Nonato Albuquerque em curiosidade

07 de Maio de 2012

Fortaleza, que se prepara para a Copa de 2014 e investe tanto dinheiro em projetos como Acquário, devia também se ocupar com um outro ponto de extrema preocupação, o aquecimento global. Ele pode afetar tanto a capital quanto o interior do Estado segundo o professor Alexandre Costa, da Universidade Estadual do Ceará.

Se a seca, que atualmente atinge o Nordeste brasileiro, já é motivo para se preocupar, imagine diante do alerta que, também, técnicos do INPE estão fazendo em relação às mudanças de temperatura.

Um estudo do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e da Universidade Estadual Paulista (Unesp) revelados agora, aponta que moradores de vários municípios nordestinos são os que estarão mais sujeitos a riscos com as mudanças. O estudo é um alerta para que se tome algumas providências.

Em conversa com o professor da Uece, Alexandre Costa, ele demonstrou que mudanças como a elevação do nível do oceano traria impactos de grande ordem para capitais como Fortaleza, João Pessoa, Recife e Salvador. A Beira Mar é área que mais sofreria com isso.

“E não apenas a capital mas o interior também seria afetado em termos de clima, com a alterações da estrutura de subsistência”, adiantou.

Não seria o caso de as autoridades atentarem mais para isso?

 

leia tudo sobre

Publicidade

AQUECIMENTO GLOBAL VAI AFETAR MAIS AS CAPITAIS NORDESTINAS

Por Nonato Albuquerque em curiosidade

07 de Maio de 2012

Fortaleza, que se prepara para a Copa de 2014 e investe tanto dinheiro em projetos como Acquário, devia também se ocupar com um outro ponto de extrema preocupação, o aquecimento global. Ele pode afetar tanto a capital quanto o interior do Estado segundo o professor Alexandre Costa, da Universidade Estadual do Ceará.

Se a seca, que atualmente atinge o Nordeste brasileiro, já é motivo para se preocupar, imagine diante do alerta que, também, técnicos do INPE estão fazendo em relação às mudanças de temperatura.

Um estudo do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e da Universidade Estadual Paulista (Unesp) revelados agora, aponta que moradores de vários municípios nordestinos são os que estarão mais sujeitos a riscos com as mudanças. O estudo é um alerta para que se tome algumas providências.

Em conversa com o professor da Uece, Alexandre Costa, ele demonstrou que mudanças como a elevação do nível do oceano traria impactos de grande ordem para capitais como Fortaleza, João Pessoa, Recife e Salvador. A Beira Mar é área que mais sofreria com isso.

“E não apenas a capital mas o interior também seria afetado em termos de clima, com a alterações da estrutura de subsistência”, adiantou.

Não seria o caso de as autoridades atentarem mais para isso?