5 de julho de 2017 - MOUSE OU MENOS 
Publicidade

MOUSE OU MENOS

por Nonato Albuquerque

5 de julho de 2017

Procura-se alguém que fuja ao perfil desumano

Por Nonato Albuquerque em ARTIGO

05 de julho de 2017

Numa época de tanto individualismo e falta de atenção para com os outros, uma mensagem nas redes sociais chama atenção. Ela diz:

Procura-se alguém que seja capaz de vencer em si mesmo qualquer atitude violenta.

Alguém que saiba proteger seu nome fugindo a todo e qualquer apelo para levar vantagem sob qualquer preço.

Procura-se alguém que, a qualquer instante, consiga calar uma ofensa sob a visão de que o ofensor deva estar fora do normal.

Procura-se alguém com quem se possa falar, frente à frente, cara a cara, já que a maioria das pessoas está ocupada nas redes sociais, solitárias na multidão.

Procura-se alguém capaz de perdoar 77 vezes sete como orientava o grande mestre.

Alguém de coragem, capaz de ter medo principalmente de algum ato seu que possa ferir a outrem.

Procura-se alguém que seja capaz de emocionar-se com as coisas simples, num mundo onde a vaidade, o orgulho e o poder acabam tirando a magia dessa coisa maravilhosa que é a Vida.

Se você se acha enquadrada nesse perfil, então você é a pessoa a quem o mundo procura ansiosamente para contabilizá-la entre as criaturas do bem. Pense nisso.

leia tudo sobre

Publicidade

Procura-se alguém que fuja ao perfil desumano

Por Nonato Albuquerque em ARTIGO

05 de julho de 2017

Numa época de tanto individualismo e falta de atenção para com os outros, uma mensagem nas redes sociais chama atenção. Ela diz:

Procura-se alguém que seja capaz de vencer em si mesmo qualquer atitude violenta.

Alguém que saiba proteger seu nome fugindo a todo e qualquer apelo para levar vantagem sob qualquer preço.

Procura-se alguém que, a qualquer instante, consiga calar uma ofensa sob a visão de que o ofensor deva estar fora do normal.

Procura-se alguém com quem se possa falar, frente à frente, cara a cara, já que a maioria das pessoas está ocupada nas redes sociais, solitárias na multidão.

Procura-se alguém capaz de perdoar 77 vezes sete como orientava o grande mestre.

Alguém de coragem, capaz de ter medo principalmente de algum ato seu que possa ferir a outrem.

Procura-se alguém que seja capaz de emocionar-se com as coisas simples, num mundo onde a vaidade, o orgulho e o poder acabam tirando a magia dessa coisa maravilhosa que é a Vida.

Se você se acha enquadrada nesse perfil, então você é a pessoa a quem o mundo procura ansiosamente para contabilizá-la entre as criaturas do bem. Pense nisso.