agosto 2013 - News Maranguape 
Publicidade

News Maranguape

por Dadynha Saturnino

agosto 2013

Caminhada da APAE Maranguape marca o encerramento da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência

Por Dadynha Saturnino em Inclusão Social

29 de agosto de 2013

Na tarde da última quarta-feira (28) aconteceu a Caminhada  “As pessoas com deficiência sonham com Maranguape sem preconceito. E você?” que marcou o encerramento da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência promovida pela APAE desta cidade durante os dias 21 a 28 de agosto do ano em curso.

 

Caminhada APAE Maranguape 2013. Foto Dadynha Saturnino

Caminhada APAE Maranguape 2013. Foto Dadynha Saturnino

 

O Secretário de Cultura do Estado do Ceará Professor Pinheiro, Prefeito de Maranguape Átila Câmara,  Secretária de Educação Prof. Lindalva Pereira Carmo, Secretária Adjunta de Educação Isabel Cristina, Secretária da STDS Rosângela Gaspar Cavalcante, Chefe da Guarda Municipal Capitão Francisco Nunes, Presidente da FITEC Márcia Vidal, Conselho da Mulher representado pela Prof. Mena Nunes e Ana Alice Abreu, Deusas da Mama representado pela Dra. Hadna Freitas e Dadynha Saturnino também representando o Lions Clube local e realizando a cobertura para o Blog News Maranguape, Presidente da CAMPE Keila Queiroz, Gerente de Curriculum da SEM  Tânia e Assessores, o Ex Vereador de Maranguape Célio Cavalcante Filho e alunos e bandas marciais das Escolas Eunice Weaver, Santa Rita, Capistrano de Abreu, Nilo Campelo, NAPE, João Cirino, Clóvis monteiro participaram ativamente como forma de apoio a total inclusão social neste município.

 

Para Fátima Mesquita Braga, Presidente da APAE Maranguape que completa 17 anos no próximo dia dois de setembro, após o encerramento desta Semana de atividades, se espera que sejam derrubados os preconceitos ficando como lição a reflexão sobre a condição do outro e seus direitos iguais. O maior preconceito encontrado em nossa cidade ainda é a falta de acessibilidade, as barreiras arquitetônicas que dificultam a convivência com os outros. Nossa mobilidade é reduzida para o cego, o cadeirante e todos eles precisam estar nas Praças, se divertir, tem desejos, sonhos, tem alma e desejam os mesmos direitos das pessoas ditas normais, então a sociedade civil precisa se envolver, quando não existe calçadas em vias públicas, isso deixa uma interrogação: Por que que as calçadas que são vias públicas não são acessíveis?

 

Fátima Mesquita Braga discursando na Caminhada APAE Maranguape 2013. Foto Dadynha Saturnino

Fátima Mesquita Braga discursando na Caminhada APAE Maranguape 2013. Foto Dadynha Saturnino

 

Fátima destaca que precisam ir a Câmara de Vereadores para conversar sobre a acessibilidade em nossa cidade. Lembra que estamos falando só da sede, mas, temos 17 Distritos e não sabemos como este preconceito acontece neles, pois se aqui temos essas grandes barreiras imagine no interior? Aqui as calçadas estão gritantes e lamenta a inacessibilidade ao Mercado municipal: “não tem como caminhar, o cadeirante não pode ir fazer as suas compras. Antes eu até ia com as minhas filhas (Sarana e Mariana), mas, agora está impossível. O trânsito de carros aumentou e as calçadas não tem condições de uso. Acredite e será possível acabar com esse preconceito existente em Maranguape.

 

Sarana, Mariana e Dadynha. Foto arquivo pessoal.

Sarana, Mariana e Dadynha. Foto arquivo pessoal.

 

Virgínia Queiroz, Consultora da APAE, deixa claro que existe uma expectativa boa pois Maranguape já tem uma grande sensibilização a respeito da questão da discriminação e já olha pras pessoas com uma essência, com olhar menos preconceituoso, apesar disso ainda não estar totalmente eliminado porque  as barreiras visíveis e invisíveis ainda são gritantes, mas, não quer dizer que não houve avanço. Houveram grandes. Para ela, a realização da Semana  junto com o Governo que demonstra muita sensibilidade com a causa, faz acreditar em mais avanços. Este precisa assumir esse compromisso enquanto políticas públicas, possibilitando discussões de forma transversal, em todas as ações do município e com a sociedade, principalmente ouvindo a própria pessoa com deficiência porque é ela que sabe das suas necessidades, do seu interesse, dos seus sonhos e esse olhar sensível a causa demonstrado pelo Governo é que poderá possibilitar essa nova mudança, com as políticas públicas direcionadas para este segmento, da pessoa com deficiência,  pois é importante estar colocando que quando ela acontece, ela beneficia a todas as pessoas.

 

Virgínia Queiroz apresentando a Caminhada APAE Maranguape 2013. Foto Dadynha Saturnino

Virgínia Queiroz apresentando a Caminhada APAE Maranguape 2013. Foto Dadynha Saturnino

 

Virgínia destacou que a acessibilidade física ainda é uma barreira muito gritante, que a questão da atitudenal ainda é uma relação que precisa ser rompida principalmente com alguns segmentos das deficiências, os paralisados cerebrais, a questão da  surdez que é muito difícil acesso ao comércio pela falta de preparo na comunicação com ele, o contato com a pessoa cega também é uma questão desafiadora, mas, que a gente já esta começando a romper com algumas questões importantes e que aqui em Maranguape, por exemplo, existem pontos fundamentais a serem destacados, que é o avanço no processo de inclusão com grandes espaços em conquistas nas nossas escolas municipais. “Quando a gente olha que temos 403 alunos no sistema regular de ensino mesmo com vários desafios do sistema escolar, vemos um grande avanço e quando a gente entende que a APAE de Maranguape não é mais uma escola especial e sim um centro de atendimento especializado ao contra turno desse aluno e todos eles estarem no sistema regular e estar na APAE, representa um grande avanço. Quando a gente olha para o governo e vê as salas de recursos multifuncionais em grandes avanços no processo de implementação do sistema complementar ao atendimento especializado a este público, também é um grande avanço.”

Finaliza dizendo: “Acho que muitas ações já são feitas, mesmo ainda pequenas, mas, a gente pode ver esse processo avançar com mais qualidade. Só precisamos acabar com as barreiras que são de atitudes.”

 

Professor Pinheiro, Pedim do Som, Virginia, Dadynha e Fátima. Caminhada APAE Maranguape 2013. Foto Dadynha Saturnino

Professor Pinheiro, Pedim do Som, Virginia, Dadynha e Fátima. Caminhada APAE Maranguape 2013. Foto Dadynha Saturnino

 

A caminhada teve como ponto de concentração e partida a Praça Capistrano de Abreu passando pelo Centro comercial na Rua Coronel Antonio Botelho, Napoleão Lima e José Fernandes Vieira, finalizando na Praça da antiga rodoviária municipal. O publicitário Pedim do Som, mais uma vez, em 10 anos consecutivos, acompanhou todo o trajeto disponibilizando o seu sistema de som e microfone.

 

Cobertura fotográfica completa no link facebook de Dadynha Saturnino

Publicidade

V Concurso de Poesia Popular da UBT – Maranguape 2013 recebe inscrições até sábado (31)

Por Dadynha Saturnino em Literatura

29 de agosto de 2013

A União Brasileira de Trovadores – UBT de Maranguape – Ceará recebe até o próximo sábado (31), as inscrições para os Trovadores e Poetas interessados em participar do Concurso de Poesia Popular em sua quinta edição. Abaixo estão discriminados os requisitos e temas em que concorrerão os inscritos. Confiram:

 

Concurso Literário. Divulgação

Concurso Literário. Divulgação

 

Requisitos: cordel, sextilha, septilha, décima, glosa, poesia em trovas, poesia em quadras, acróstico, trova, haicai, poetrix, trevo, ode, soneto, poesia livre ou outro estilo/gênero de poesia, inéditos (as) que versem sobre um dos temas a seguir.

a) Tema principal: homenagem ao Historiador Capistrano de Abreu pela passagem dos 160 anos de seu nascimento, ocorrido em 23 de outubro de 1853 em Maranguape – Ceará, Patrono Emérito da Academia de Ciências, Letras e Artes de Columinjuba – ACLA;

b) Fatos pitorescos, interessantes ou hilariantes ocorridos no Município de Maranguape, ou que façam menção ou tenham relação a Maranguape, sobre a fundação, história do município/distritos, localidades/comunidades de Maranguape;

c) Cordel de tema livre ou outro estilo de poesia com tema livre (que não tenha relação/menção ao município de Maranguape) será aceito como participação especial.

d) Trova [Duas trovas para cada concorrente] – Devendo ser exclusivamente em homenagem ao historiador Capistrano de Abreu, pela passagem dos 160 anos de seu nascimento, ocorrido em 23 de outubro de 1853 em Maranguape/Ceará, patrono emérito da ACLA, podendo concorrer trovador de qualquer lugar/país, inclusive de Maranguape, inclusive de Maranguape.

Na trova devem constar umas das seguintes palavras: Capistrano, Capistrano de Abreu, historiador, Maranguape, Ceará, maranguapense, cearense, Columinjuba, Academia, ACLA.  

Limites:  um trabalho por concorrente, para cada categoria/gênero (5.1 e 5.2), e duas trovas na forma do item 5.3, de qualquer local do país/exterior. O concurso é aberto aos simpatizantes de poesias, poetas/cordelistas, estudantes etc.

Endereço para participação: Os trabalhos devem ser enviados por e-mail para o endereço eletrônico ubt.mpe@gmail.com até o dia 31 de agosto e  devem ser indicados o nome do autor, endereço completo, com cep e número de telefone com ddd.

Obs: Os trovadores/poetas que já enviaram seus trabalhos não devem reenviá-los.

Classificação:  3 trabalhos vencedores

[1º. a 3º.],  3 Menções honrosas [4º. a 6º.], 3 Menções especiais [7º a 9º.] para cada uma das seguintes categorias/gêneros:

a)Cordel, sextilha, septilha, décima, glosa ou outro gênero de poesia popular;

b) Poesia em trovas, poesia em quadras, acróstico, haicai, poetrix, trevo, ode, soneto, poema, poesia livre ou outro estilo/gênero de poesia;

c) Trova [Duas trovas para cada concorrente] – Devendo ser exclusivamente em homenagem ao historiador Capistrano de Abreu, pela passagem dos 160 anos de seu nascimento, ocorrido em 23 de outubro de 1853 em Maranguape/Ceará, patrono emérito da ACLA, podendo concorrer trovador de qualquer lugar/país, inclusive de Maranguape. [Constar na trova uma das palavras: Capistrano, Capistrano de Abreu, historiador, Maranguape, Ceará, maranguapense, cearense, Columinjuba, academia, ACLA …].

Obs: Serão desclassificadas as trovas que fugirem ao tema proposto e/ou sem métrica, sem rima, bem como aquelas postadas ou enviadas por e-mail após 31.08.2013.

Prêmios: Troféu para o 1º. colocado em cada categoria e diploma para cada um dos vencedores, menções honrosas, especiais e destaques, em cada categoria/gênero. A premiação está prevista para o dia 20.10.2013, em local a ser confirmado. Não haverá diploma de participação especial

Julgamento: A UBT-Maranguape formará as comissões julgadora e apuradora do concurso e suas decisões serão irrevogáveis.

Obs: Serão desclassificados os trabalhos postados após 31.08.2013. Pelas simples remessa do trabalho o(a) concorrente aceita as normas do presente regulamento e autoriza a publicação e divulgação do trabalho pela UBT-MARANGUAPE através de livros, informativos, na Internet, nas oficinas de trovas e cordel, no programa Brasil Trovador pela rádio FM Maranguape 106,3 (www.maranguapefm.com.br), no Informativo ACLA em AÇÃO etc. Os trabalhos não serão devolvidos.

 

Fonte: Moreira Lopes (Dedé Lopes) / Presidente da UBT-MARANGUAPE e Coordenador do Concurso.

Publicidade

Programação dos Festejos de Nossa Senhora da Penha, a Padroeira de Maranguape – Ceará

Por Dadynha Saturnino em Religião

27 de agosto de 2013

Programação completa dos Festejos de Nossa Senhora da Penha 2013, a Padroeira de Maranguape – Ceará que serão realizados pela Paróquia de Nossa Senhora da Penha e acontece sob a coordenação do Pároco Padre Arildo Castro há seis anos. A abertura será na próxima sexta (30/08) e o encerramento no dia oito de setembro. Confiram os temas, horários das Novenas, Missas e quem serão os Padres celebrantes:

 

Festejos de Nossa Senhora da Penha - Padroeira de Maranguape - Ceará. De 30/08 a 08/09/13.

Festejos de Nossa Senhora da Penha – Padroeira de Maranguape – Ceará. De 30/08 a 08/09/13.

 

30/08 – Noite dos Leigos

18h20m – Procissão. Saída da Guabiraba

19hs – Santa Missa. Pe. Arildo e Pe. Ribamar

 

31/08 – Noite das Comunidades

18h20m – Novenário. Legionárias e Apost. da Oração

19hs – Santa Missa. Pe. Airton Pompeu

 

01/09 – Noite de Juventude

18h20m – Novenário. Com. Pirapora, Guabiraba e Cônego Pinto

19hs – Santa Missa. Pe. Arildo

 

02/09 – Noite do Rosário

18h20m – Novenário. Terço dos Homens

19hs – Santa Missa. Pe. Ednaldo

 

03/09 – Noite dos Semeadores da Fé

18h20m – Novenário. Com. Vilares da Serra e São Pedro

19hs – Santa Missa. Pe. Francisco

 

04/09 – Noite da Divina Providência

18h20m – Novenário. ECC

19hs – Santa Missa. Pe. Josimar

 

05/09 – Noite da Misericórdia

18h20m – Novenário. Com. Parque Santa Fé, Outra Banda e Serra Pelada

19hs – Santa Missa. Pe. Neto

 

06/09 – Noite dos Adoradores

Novenário. Após. da Oração

18hs – Santa Missa. Pe. Arildo

19hs – Adoração. Pe. Arildo

 

07/09 – Noite das Famílias

18h20m – Novenário. Dízimo

19hs – Santa Missa. Pe. Adair

 

08/09 – Noite dos Devotos

09hs – Santa Missa. Pe. Rafael

19hs – Santa Missa. Pe. Arildo

 

A Igreja Matriz

 

A igreja principal da cidade foi fundada em 04 de agosto de 1849. A edificação preserva traços da antiga arquitetura religiosa do estado.Tem como padroeira Nossa Senhora da Penha e Co – padroeiro São Sebastião. Este último foi escolhido pelo povo em ação de graças, devido à intervenção do mesmo na grande epidemia de cólera ocorrida em Maranguape no ano de 1862. Os fiéis acreditam ter sido a partir da proteção de São Sebastião responsável pelo fim da epidemia. Atualmente temos como nosso Pároco, Pe. Arildo e como Vigário Paroquial o Pe. Ribamar.

Fonte: Facebook Paróquia N. S. da Penha

Serviço

 

Programação dos Festejos de Nossa Senhora da Penha - Padroeira de Maranguape - Ceará

Programação dos Festejos de Nossa Senhora da Penha – Padroeira de Maranguape – Ceará

 

Festejos de Nossa Senhora da Penha – Padroeira de Maranguape – Ceará

De 30 de agosto a oito de setembro de 2013

Paróquia de Nossa Senhora da Penha

Fone: 85 – 3341-0512

 

Publicidade

V Festival de Humor de Maranguape recebeu talentosos artistas brasileiros na terra de Chico Anysio

Por Dadynha Saturnino em Diversão

26 de agosto de 2013

De 19 a 24 de agosto últimos, a serrana Maranguape esteve em total estado de graça com a realização do Pré (19 a 21) e V Festival Nacional de Humor – Uma homenagem à Chico Anysio (de 22 a 24). Talentosos artistas do cenário humorístico e musical subiram ao palco e promoveram dias de muito riso, alegria e descontração as milhares de pessoas que lotaram a Praça Capistrano de Abreu e ainda, aquelas que prestigiaram as apresentações realizadas nos Distritos de Tanques, Lages e Lagoa do Juvenal (Pré-Festival).

 

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ceará. Foto Dadynha Saturnino

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ceará. Foto Dadynha Saturnino

 

Na quinta (22), primeira noite do Festival, humoristas da Central do Humor apresentaram o Jornal Bem Dizido. O Prefeito de Maranguape, Exmo. Sr. Atila Câmara e a Presidente da FITEC Isla Márcia realizaram a abertura oficial do evento que contou com a presença de Elano de Paula (irmão do saudoso Chico Anysio) e de várias autoridades políticas. Os comediantes André Lucas (filho de Chico), Felipe Pontes (o Plin Plinio do Zorra Total), Jader Soares (Zebrinha) e os Dois Abestados Bené Barbosa (o Papudim) e Everson Silva (o Tirullipa, filho do também comediante Tiririca) com Gleidson Gonçalves (Anderson Tripa) participaram da Mostra de Humor. O artista Paulo Façanha fechou a programação noturna com excelente show musical.

 

Prefeito Átila Câmara, Elano de Paula e autoridades políticas na Abertura oficial V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Prefeito Átila Câmara, Elano de Paula, André Lucas, Zebrinha e autoridades políticas na Abertura oficial do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Humorista André Lucas e Jornalista Dadynha Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Cleo Saturnino

Humorista André Lucas e Jornalista Dadynha Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Cleo Saturnino

 

Felipe Pontes com Tirullipa no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Felipe Pontes com Tirullipa no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino  

 

Jader Soares (Zebrinha) e Cleo Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Jader Soares (Zebrinha) e Cleo Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Everson Silva (Tirullipa), Bené Barbosa (Papudim) e Gleidson Gonçalves (Anderson Tripa) no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Everson Silva (Tirullipa), Bené Barbosa (Papudim) e Gleidson Gonçalves (Anderson Tripa) no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Paulo Façanha apresentando-se no palco do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Paulo Façanha apresentando-se no palco do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Na sexta (23), Duarte (Dudu) e a dupla Humor de Peso, Eltom Andrade (Paitinga), Aluísio Júnior (Programa É de Graça) e Cléber Fernandes (Froxilda Fofolete das Garras da Patrulha) apresentaram-se com muita irreverência e criatividade, interagindo com o público que deu uma resposta muito boa a todos os artistas, inclusive no show musical do Rei do brega Reginaldo Rossi.

 

Eltom Andrade (Paitinga) no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Eltom Andrade (Paitinga) no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Júlio César, Aluísio Júnior, Naná e Ramom no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Júlio César, Aluísio Júnior, Naná e Ramom no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Humoristas Tony Régio e Cléber Fernandes (Froxilda Fofolete) no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Humoristas Tony Régio e Cléber Fernandes (Froxilda Fofolete) no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Reginaldo Rossi e Dadynha Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Arquivo pessoal.

Reginaldo Rossi com Dadynha Saturnino no camarim do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Arquivo pessoal.

 

No sábado (24), última noite do evento, os shows de humor foram realizados pela dupla Tony Régio e Edu Dias (Maranguape em Cena). Na sequência, Rapadura, Augusto Bonequeiro e Ery Soares (o Tizil das Garras da Patrulha) realizaram uma excelente Mostra de Humor. O show musical dos emboladores Cajú & Castanha e da Banda de Forró Boca a Boca encerraram a programação.

 

Edu Dias, Barruada e Rapadura com Dadynha Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto: Arquivo pessoal.

Edu Dias, Barruada e Rapadura com Dadynha Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto: Arquivo pessoal.

 

Augusto Bonequeiro no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Augusto Bonequeiro no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

André Luis, Carlos Araújo, Alex Nogueira, Dadynha Saturnino e Ery Soares no camarim do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Arquivo pessoal

André Luis, Carlos Araújo, Alex Nogueira, Dadynha Saturnino e Ery Soares no camarim do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Arquivo pessoal

 

Caju & Castanha com o produtor Felipe recebendo fans no camarim do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Caju & Castanha com o produtor Felipe Furtado recebendo fans no camarim do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

A apresentação do evento ficou por conta do também talentoso comediante Alex Nogueira (vencedor da competição “Quem chega lá” do Domingão do Faustão). Cearense de Pacajús, agradou ao público mostrando que artistas de sua grandeza podem atuar de formas múltiplas e sempre com muita qualidade, interagindo e deixando perceptíveis a humildade, carisma e simpatia em cima e fora do palco. Em breve Alex voltará à Terra de Chico Anysio para realizar seu show de humor completo e em companhia de outro grande artista cearense, o Ery Soares.

 

Alex Nogueira recebe os cumprimentos do público após receber surpresa de aniversário no palco do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Alex Nogueira recebe os cumprimentos do público após receber surpresa de aniversário no palco do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Bate papo com artistas

 

Durante todos os dias de evento, conversamos e realizamos registros fotográficos com os artistas. Alguns deixaram as suas considerações sobre a importância da participação e/ou realização do Festival como oportunidade de promover Maranguape, a cultura e a arte no país e sobre Chico Anysio, o Mestre do Humor Brasileiro. Confiram abaixo:

 

Felipe Pontes – Plin Plínio do Zorra Total

“Estou muito feliz em estar aqui e por receber tanto carinho do povo de Maranguape. Certamente o grande privilegiado sou eu por estar na terra de Chico Anysio fazendo imitações, divertindo o público e levando o meu trabalho que desenvolvo há quatro anos no Programa Zorra Total. Obrigado.”

 

Humorista Pelipe Pontes no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Humorista Pelipe Pontes no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Elano de Paula

“Tenho tanta recordação da infância infantil em Maranguape. Lembro que eu estudava na Escola Dona Mariquinha, quando essa Praça foi inaugurada com o nome de João Pessoa e José Nascimento fez um dos maiores discursos que vi em minha vida.” Referindo-se à hoje denominada Praça Francisco Colares Filho (conhecida também como Praça da Matriz) localizada ao lado da Praça Capistrano de Abreu, local onde foi realizado o VFNH e em frente à Igreja Matriz de Nossa Senhora da Penha.

 

Elano de Paula, Dadynha Saturnino, André Lucas e Raimundo Matos no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Cleo Saturnino

Elano de Paula, Dadynha Saturnino, André Lucas e Raimundo Matos no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Cleo Saturnino

 

Marcos Duarte de Oliveira – Humorista Dudu

“Nasci em Fortaleza, mas, moro em Maranguape e venho contribuindo com a cultura há algum tempo. Participei de importantes programas televisivos como o Ana Hickman e Astros; do Festival de Humor Cearense de Iguatu (com Eltom Andrade, Tony Regio e Rapadura) e agora nos preparamos para participar do Festival de Humor de Baturité, sempre divulgando e levando o nome de Maranguape como a Capital do Humor. Me sinto feliz em respirar o mesmo ar de Chico Anysio, um grande humorista que saiu daqui. Pra mim, todo maranguapense já nasce humorista, uns desenvolvem, outros não, mas, ainda assim sentem-se humoristas. O Festival de Humor acontece só uma vez por ano e é importante para os artistas da terra porque dá visibilidade, mas, pretendo preparar um plano de cultura na linguagem humor junto com Eltom Andrade e a Central de Humor onde lutaremos por várias prioridades para os humoristas locais e pra que a cidade crie mesmo a identidade de terra de Chico Anysio e se sinta de verdade essa cidade. Precisamos buscar recursos para a construção de uma estatua grande na rotatória, com Chico de braços abertos, recebendo os visitantes e que sejam fixados banners com fotos dele e de humoristas da terra, informando aqui é a terra de Chico Anysio. Essa será umas das nossas propostas mesmo que seja implementada somente daqui 5 anos.”

 

Marcos Duarte, o Dudu, no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Marcos Duarte, o Dudu, no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Duarte aproveitou a oportunidade para divulgar o Laboratório do Riso, uma espécie de escola que reunirá na Sociedade Artística Maranguapense, toda quarta, a partir das 18h, pessoas deste município ligadas à arte e/ou aquelas que serão descobertas como novos talentos maranguapenses, trocando ideias, melhorando repertórios, dando o primeiro passo para um futuro melhor. Hoje contam com o apoio do poder público através da liberação do espaço para a realização das reuniões semanais onde desenvolverão trabalho com estudantes, donas de casa, idosos, adolescentes, pessoas verdes na área do humor que tenham apenas uma vontade: ser humorista.

 

Alusio Junior

“Esta é a segunda vez que participo do Festival. Na edição do ano anterior tive apenas uma participação de 20 minutos, mas, desta vez, uma hora de show ao lado de Nana Pinheiro, do cabecinha de coco Julio Cesar, do Ramon que faz a bicha, amigos que participam do meu programa de TV. Apresento no palco pela primeira vez o Copinho. Maranguape pode ser considerada a capital do mundo, do humor, juntamente com fortaleza.

 

Aluisio Junior no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Aluisio Junior no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Tony Régio

“Sou filho de Ipu-Ceará, casado com uma maranguapense, há nove anos mora aqui e sempre sonhei em participar do Festival desde a primeira edição no ano de 2009. Queria subir ao palco, mas, sempre fiquei nos bastidores. Somente nesta edição participo e subo no palco como artista pela primeira vez, numa Dobradinha com Edu Dias. Apresentamos show de piadas, paródias, interagindo no palco numa conversa bem descontraída.”

 

Tony Régio no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Tony Régio no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Cleber Fernandes – Froxilda Fofolete

 

“É importante subir ao palco na cidade do mestre Chico Anysio, é bem o meu estilo. A estrutura e o som são de boa qualidade, com público sentado, evento apresentado por Alex Nogueira que deixou tudo a meu favor. Entrei confiante, fiz um show redondo com participação intensa do público de Maranguape, esta terra boa e abençoada que tem tudo haver com humor e é o melhor local para fazer um Festival desse porte. É sempre bom voltar a terra de Chico Anysio onde sempre sou muito bem recebido. Estou no ramo desde 1989. Assisti Chico City, os Trapalhões, Renato Aragão, Dedé Santana, enfim, essa turma boa, mas, por incrível que pareça, não me espelhei, nem me baseei neles nem em Tom Cavalcante, até porque venho muito da escola do desenho animado, sou um cara que faz vozes, entrei pro rádio por causa delas, virei redator e assim me descobri como humorista. Chico é inspiração para todos, me espelhei nas lições que ele deixou como profissional, como humorista, cara versátil, nisso me inspirei, já tenho muitos personagens (estou com 61) mas, vai demorar muito pra chegar ao nível dele que fez mais de 200, pois é insubstituível. Quero fazer o meu trabalho direitinho, sem passar por cima de ninguém, ajudando o fortalecimento da classe e o humor cearense e, claro, idolatrando e respeitando o Mestre Chico Anysio. Espero que apareça outro mas acho muito difícil. Parabenizo a iniciativa e organização do evento e que ano que vem estejamos juntos novamente.”

 

Cleber Fernandes de Froxilda Fofolete e Dadynha Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Cleber Fernandes de Froxilda Fofolete e Dadynha Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Ary Rossi – cover de Reginaldo Rossi

“Sou cearense com sotaque carioca misturado com paulista. Radialista, me descobriram há 18 anos e desde então venho ganhando dinheiro como sósia do Reginaldo Rossi. Canto todos os dias no programa da Babalu e a minha relação com Reginaldo é boa, já nos encontramos, subi no palco, cantei com ele e se eu recebesse de moeda de R$1,00 a quantidade de fotos que tirei já teria ficado rico, mas, não engano ninguém, todos sabem que sou cover dele. Aliás, temos anos de diferença, eu tenho 52 e ele 74 anos, e não quero imitá-lo, porém, admiro muito este artista nordestino do estado do Pernambuco.”

 

Ary Rossi no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Ary Rossi no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Humorista Ery Soares – Tizil 

“Esta é a primeira vez que participo deste evento, uma ocasião muito especial! O povo de Maranguape recebeu um show onde vim para me divertir, ver a reação da galera. Chico Anysio é influente na vida de todo artista brasileiro, sempre que posso me inspiro nele, alem dos personagens, pois desde o começo assistia o Chico Anysio Show, na quinta (o Viva o Gordo era na terça), um programa de humor e não tinha como a gente não se associar e se inspirar nos programas dele. Até hoje, sempre assisto em casa um vídeo dele que eu gosto muito,  inaugurando a TV Tupi em 1960. Dinâmico fazendo show de cara limpa, totalmente diferente do que você vê na televisão, nos personagens, dinamismo do palco, bem jovem, fazendo show de humor mesmo, estes momentos me inspiram. Vir para Maranguape é uma honra. Vou falar uma coisa pra você que todo artista, todo humorista deveria falar: eu me inspirei muito em Tom Cavalcante, depois Alex Nogueira (meu amigo particular) e Wellington Muniz (o Ceará do Programa Pânico). Eu e outros mais nos inspiramos nessa galera, nos nossos amigos e deles tiramos inspiração em suas coragens e brilhos vistos no palco pois são pessoas que a gente sempre tira alguma coisa. É interessante e isso tem que ser dito: nos inspiramos nos amigos da gente, não é feio dizer que temos um amigo assim, é até bonito, porque somos funcionários de uma arte chamada riso/humor e as vezes a gente vê um amigo no palco e pensa: como é bonito! Por que quem gosta da arte gosta do humor e se eu for pro show de um amigo meu, seja do Alex, do Bené, do Tirullipa, do Zebrinha ou de qualquer outro artista do Ceará, eu vou pra rir porque eu gosto de ver o cara no palco, então, isso de certa forma também me inspira.”

 

Ery Soares no palco do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Ery Soares no palco do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

“Devia abrir um Centro de Arte Chico Anysio aqui na cidade pra preservar a sua memória e que seja referencia para o Brasil inteiro, não só na arte do humor,  mas, na área da cultura no geral para formar atores, rádio atores, redatores e humoristas que é o que Chico era, então isto está faltando das autoridades mas acredito que mais na frente alguém vai ter essa ideia e vai fazer um negocio desses. Aliás, o Projeto Festival de Humor é real e já é um bom começo pra que este evento seja referência nacional pra Maranguape tornar-se a Capital do Humor, pois, quando um cara tiver nos Estados do RJ ou SP, por exemplo, ele vai poder dizer “O maior Festival do Humor do Brasil acontece lá em Maranguape, no Ceará, terra do Chico Anysio.” É interessante, né? Aliás, o primeiro passo foi dado, o Festival é sucesso, já estão vindo artistas e humoristas do Brasil inteiro e a tendência é crescer mais e mais e o resultado “taí”: evento lotado, público dando boa resposta nos três dias de evento, fantástico, isso é maravilhoso, é bom demais! E tu vai ver, não vai demorar muito pra esse ser o maior Festival do Brasil. Ano que vem basta trazer o pessoal do stand up, aqueles que estão no foco pois é importante essa rede de relacionamento. Pega um cara desse, que é top e está num momento bom  e trás pra cá. Ele vai divulgar que estará aqui neste evento que valoriza o artista local e do ceará em geral. Esta edição foi muito interessante, pensaram até na música e não só no estilo de piada pois tem show do Reginaldo Rossi, Banda de Forró e num estilo diferente, os emboladores Cajú & Castanha. Achei uma ideia maravilhosa  e a partir dai surgirão outras maravilhosas e cada vez o Festival será melhorado.”

 

Caju & Castanha, os Emboladores

 

Caju & Castanha no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Caju & Castanha no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Caju: “Agradeço a DEUS e a todos e parabenizo pela realização deste Festival, uma festa muito bonita em homenagem a Chico Anysio pela quinta vez. Trouxemos muitas emboladas, músicas e forró pro povo de Maranguape, com muita alegria, assim como fazia o grande Chico.”

Castanha: “Eu e Caju embolamos no funk nordestino, uma música de Felipe Furtado que gravamos neste ano. Somo isso aí: embolada, funk, rap pois é tudo cultura brasileira. Chico Anysio foi o maior humorista brasileiro e do mundo também, um camarada que espelhou e fez o nordestino ficar alegre com seu humor e trabalho maravilhosos. Estamos felizes aqui e trouxemos um repertorio maravilhoso para brincar com as pessoas, mostrando nosso lado humorístico na embolada que faz o povo rir do mesmo jeito e isso é muito bom pois temos músicas feitas, como “corno conformado” mas, improvisamos quando brincamos com a galera homenageando esta grande festa.”

 

Caju & Castanha improvisaram nesta embolada para homenagear o nosso Blog. Leiam:  

 

“Olá! No News Maranguape você pode acreditar / com a amiga Dadynha uma pessoa popular / A festa é de Chico Anysio / Estamos aqui pra cantar.

Tamos aqui pra cantar / quando um perde o outro ganha / no jogo de improvisar / somos Caju & Castanha / Viemos arrebentar / Vocês esperem ai / Daqui há pouco eu chego lá.”

 

Ainda

 

Artesãos maranguapenses realizaram exposição dos seus produtos durante toda a semana. Bordado, biscuit, confecção entre outras artes foram colocadas à venda para o público local e visitantes. Destaque para o aerografo Nyl, que fazia a arte ao vivo.

 

Artesã maranguapense Rosangela da  Criatividade Não tem limites exibe produtos à venda no Festival de Humor de Maranguape recebeu talentosos artistas brasileiros no último final de semana na terra de Chico Anysio

Artesã maranguapense Rosangela da Criatividade Não tem limites exibe produtos à venda no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto de Dadynha Saturnino

 

Joélia Façanha exibe as Toalhas bordadas da Jojó  no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Joélia Façanha exibe as toalhas bordadas do Artesanato da Jojó no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Caricatura feita em aerografia pelo Nyl Arts no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Caricatura feita em aerografia pelo Nyl Arts ao vivo no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Caricatura feita em aerografia pelo Nyl Arts no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Caricatura de Chico Anysio feita em aerografia pelo Nyl Arts no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Caricatura feita em aerografia pelo Nyl Arts no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Ery Soares exibe camisa com caricatura do personagem Tizil feita em aerografia pelo Nyl Arts no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Caricatura feita em aerografia pelo Nyl Arts no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Ery Soares e Eltom Andrade exibem caricatura feita em aerografia pelo Nyl Arts no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

Coberturas fotográficas nos links abaixo:

 

1º dia

2º dia

3º dia

 

 

Publicidade

Primeira noite do Festival Nacional de Humor de Maranguape reuniu comediantes brasileiros na terra de Chico Anysio

Por Dadynha Saturnino em Diversão

23 de agosto de 2013

A primeira noite do V Festival Nacional de Humor de Maranguape, Ceará – Uma homenagem à Chico Anysio, reuniu consagrados comediantes brasileiros que arrancaram muitas gargalhadas do público que super lotou a Praça da Liberdade localizada na Praça Capistrano de Abreu no Centro da cidade, confirmando a terra de Chico como a Capital Nacional do Humor.

 

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ceará. Foto Dadynha Saturnino

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ceará. Foto Dadynha Saturnino

 

André Lucas (filho de Chico), Felipe Pontes (Plin Plinio do Zorra Total), Jader Soares (Zebrinha), Bené Barbosa (Papudim) e Everson Silva (Tirullipa) – os Dois Abestados subiram ao palco para apresentação da Mostra de Humor. Muita irreverência, alegria e criatividade marcaram a participação de todos os talentosos artistas brasileiros. Antes, humoristas da Central do Humor apresentaram o Jornal Bem Dizido. 

 

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino
1/4

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Humorista Zebrinha e Jornalista no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Cleo Saturnino

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino
2/4

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Tirullipa e Papudim – Dois Abestados no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino
3/4

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Humorista Pelipe Pontes no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino
4/4

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Humorista André Lucas e Jornalista Dadynha Saturnino no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Cleo Saturnino

Destaque-se a simpatia dos artistas ao receberem os fans e a imprensa em seus camarins.

Elano de Paula, irmão de Chico Anysio, participou da abertura oficial do evento feita pelo Prefeito Átila Câmara e a Presidente da FITEC Isla Márcia Vidal além de diversos políticos que também marcaram presença. O músico Paulo Façanha fechou a programação noturna.

 

20130822_203446
1/6

20130822_203446

Prefeito Átila Câmara, Elano de Paula e autoridades políticas na Abertura oficial V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino
2/6

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Tirullipa e Papudim recebem no camarim do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino
3/6

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Gledson Bombado recebe a modelo mirim maranguapense Gisele Maria no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino
4/6

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino
5/6

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Paulo Façanha apresentando-se no palco do V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino
6/6

V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

Alex Nogueira no V Festival Nacional de Humor de Maranguape-Ce. Foto Dadynha Saturnino

 

A apresentação do evento ficou por conta do talentosíssimo comediante cearense Alex Nogueira, o aniversariante do dia que recebeu uma surpresa no palco e comemorou posteriormente com Tirullipa, Bombado, equipe e amigos no prestigiado Restaurante Paulinho Grill Maranguape.

 

Comemoração do aniversário do Alex Nogueira no Restaurante Paulinho Grill Maranguape.

Comemoração do aniversário do Alex Nogueira no Restaurante Paulinho Grill Maranguape.

 

Confira cobertura fotográfica completa no facebook de Dadynha Saturnino .

Publicidade

Maranguapense Lucas Vasconcelos irá cursar o Doutorado em Aprendizagem, Design e Tecnologia nos EUA

Por Dadynha Saturnino em Diversão, Educação

22 de agosto de 2013

Natural de Maranguape – Ceará, o jovem Lucas Lima de Vasconcelos, filho de Maria Celeste Lima de Vasconcelos e Elizio Cordeiro de Vasconcelos, estudou na tradicional de Instituição de Ensino Colégio São José e graduou-se em Letras Português-Inglês na Universidade Federal do Ceará. Recentemente foi provado para participar do Programa de Doutorado em Aprendizagem, Design e Tecnologia e trabalhará como pesquisador da University of Georgia, nos EUA.

 

Professor Lucas Vasconcelos na primeira apresentação de Pesquisa Acadêmica em evento internacional. 2008. Arquivo pessoal.

Professor Lucas Vasconcelos na primeira apresentação de Pesquisa Acadêmica em evento internacional realizado em Fortaleza – Ceará. 2008. Arquivo pessoal.

 

Para ajudar a custear a fase inicial desta temporada de trabalho e estudos de Lucas, familiares e amigos promoverão nesta sexta (23), a PARTY USA, no Sítio do Marquinhos Silva, na Serra de Maranguape. Ele viaja para os EUA na próxima terça (27).

 

PARTY USA em Maranguape - Ceará. Divulgação

PARTY USA em Maranguape – Ceará. Divulgação

 

Conheça a história da formação do Professor Lucas Vasconcelos.

 

Lucas ingressou na Universidade Federal do Ceará – curso de Letras Português-Inglês no ano de 2007. Seu grande interesse pela pesquisa acadêmica propiciou-o uma série de aprendizados, oportunidades e publicações importantes: bolsa de Iniciação à Docência como monitor de uma disciplina sobre gêneros textuais acadêmicos para graduandos, bolsa de Iniciação Científica onde pode participar em eventos acadêmicos e, em 2009, ganhou uma medalha de menção honrosa e o certificado de 2º lugar no ranking brasileiro de pesquisas de graduandos sobre Linguagem e Tecnologia, premiação essa acontecida no II Encontro Nacional sobre Hipertexto, em Belo Horizonte, Minas Gerais. Como bolsista desenvolveu pesquisas sobre linguagem e tecnologia, ensino de línguas estrangeiras, redes sociais, dentre outras infinidades afins.

 

Lucas Vasconcelos. Formatura. Arquivo pessoal.

Lucas Vasconcelos. Formatura. Arquivo pessoal.

 

Em 2011, desbancou uma média de 100 candidatos em todas as fases de um processo seletivo para estudantes inter cambistas que incluía análise de currículo, dinâmica de grupo, participação em palestras, demonstração de conhecimento e disponibilidade para trabalho em grupo e fluência na língua inglesa. Em seguida participou de um projeto multicultural entre a Universidade Federal do Ceará – UFC e a University of Georgia, USA. Após o desenvolvimento do Programa “Um Computador por Aluno (UCA)” em escolas públicas aqui no Brasil, Lucas fez intercâmbio durante seis meses nos EUA. Esta experiência fez Lucas perceber que os estudos sobre tecnologia e linguagem estavam bem mais avançados e que precisava trazer aquele conhecimento para o Brasil.

 

No retorno ao país veio a conclusão da graduação e durante o ano seguinte a pós-graduação na UFC. Em setembro de 2012 fez o TOEFL para comprovar sua fluência em inglês e no mês seguinte, em São Paulo, realizou a prova cronometrada do GRE (lógica, matemática e duas redações em inglês) além da apresentação de uma carta de motivação, três de recomendações feitas por professores da época da graduação, um currículo e um memorial sobre sua vida, tudo em inglês.

 

 

Somente seis meses depois veio o resultado com a aprovação e a seleção para Lucas trabalhar como Pesquisador da University of Georgia, USA (como forma de bancar os estudos) e participará do Programa de Doutorado em Aprendizagem, Design e Tecnologia cujo objetivo é analisar o uso da tecnologia (como computador, tablets, smartphones ou aplicativos) no ensino de língua inglesa como língua estrangeira para adultos e acredita que ganhará muito com a interação com pesquisadores e professores da pós-graduação, todos inseridos em um ambiente desafiador em que terá que pensar sob uma perspectiva inovadora, tecnológica e educacional.

 

Para Lucas, toda a experiência será válida pois, no futuro poderá utilizar em Maranguape, sua terra natal, todo o conhecimento adquirido ao longo de sua formação, contribuindo através de cursos de formação de professores e elaboração de projetos para tentar patrocínio governamental para o uso de equipamentos tecnológicos em sala de aula.

 

Serviço

 

PARTY USA

23 de agosto de 2013

Sítio do Marquinhos Silva – Estrada do Cascatinha – Serra de Maranguape – Ceará

Pé de Serra com Geraldim

Forró Danado

Dj Felipe Facundo

Ingressos R$10,00

 

 

Publicidade

APAE Maranguape realizará a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência de 21 a 28 de agosto de 2013

Por Dadynha Saturnino em Inclusão Social

20 de agosto de 2013

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE de Maranguape – Ceará, realizará a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência dos dias 21 a 28 de agosto de 2013, em parceria com o Governo Municipal e Estadual, Empresas e amigos apaeanos. Na programação constam a abertura oficial e divulgação do evento que este ano destaca o lema “Nós desafiamos os nossos limites”, oficinas sócio educativas com a integração do aluno, família e comunidade, corrida de rua, seminário com mesa redonda, amostra cultural com exposição de trabalhos dos alunos com deficiência e a tradicional caminhada que leva pras ruas da cidade o seguinte questionamento: “As pessoas com deficiência sonham com uma Maranguape sem preconceito. E você?” 

 

Semana Nacional da Pessoa com Deficiência. Divulgação

Semana Nacional da Pessoa com Deficiência. em Maranguape – Ceará. Divulgação

 

Todos as ações que serão desenvolvidas durante a Semana pretende provocar a sociedade sobre a importância da inclusão das pessoas com deficiências no meio social que deve estar dotado de conhecimento para recebê-las sem preconceito ou qualquer tipo de discriminação. Desafiando os limites. Diminuindo as diferenças. 

 

Confira a programação e participe.  

 

21/08 – Quarta-feira

8h30 – Abertura oficial e divulgação da SNPcD

14h às 16h – Divulgação da SNPcD

Local – APAE Maranguape

 

22/08 – Quinta-feira

8h às 11h / 13h às 16h – Oficinas Sócio Educativas (aluno, família e comunidade)

Local – APAE Maranguape

 

23/08 – Sexta-feira

08h às 11h – Divulgação da SNPcD

15h30 – 3ª Corrida da Inclusão: “Nós desafiamos os nossos limites.”

Local – Praça Capistrano de Abreu

 

24/08 – Sábado

8h – Lazer

 

26/08 – Segunda-feira

2º Seminário de Experiências Educacionais Inclusivas

8h30 – Abertura oficial

9h – Mesa redonda: Experiências de práticas educacionais inclusivas: a APAE Maranguape joga nesse time.

10h30 – Mesa redonda: “Nós desafiamos os nossos limites.”

13h30 – Palestra “Convenção sobre os direitos das pessoas com deficiências

 

27/08 – Terça-feira

9h às 16h  – Amostra Cultural: Exposição de trabalhos dos alunos com deficiência de Maranguape

16h às 18h – Apresentações artísticas

Local – Casa do Chico Anysio

 

28/08 – Quarta-feira

15h30 às 17h – Caminhada “As pessoas com deficiência sonham com Maranguape sem preconceito. E você?”

Local – Praça Capistrano de Abreu

 

Serviço

 

Semana Nacional da Pessoa com Deficiência

APAE Maranguape – Ceará

De 21 a 28 de agosto de 2013

Maranguape – Ceará

 

Publicidade

Blog News Maranguape entrevista com exclusividade o Humorista André Lucas, filho do Chico Anysio. Por Dadynha Saturnino

Por Dadynha Saturnino em Entrevistas

20 de agosto de 2013

Na próxima quinta (22), o Humorista carioca André Lucas (filho do Chico Anysio) sobe ao palco do V Festival Nacional de Humor de Maranguape – Ceará para apresentar-se na abertura oficial da Mostra de Humor. Na edição anterior, interpretou o Professor Raimundo (foto) na remontagem da Escolinha do Professor Raimundo ao lado de artistas que fizeram parte do elenco do famoso Programa de TV e vieram à Maranguape especialmente para participar do evento que desde 2009 homenageia o Mestre do Humor brasileiro. 

 

André Lucas caracterizado de Professor Raimundo e Dadynha Saturnino durante o IV Festival Nacional de Humor de Maranguape - Ceará, em 2012. Arquivo pessoal.

André Lucas caracterizado de Professor Raimundo e Dadynha Saturnino durante o IV Festival Nacional de Humor de Maranguape – Ceará, em 2012. Arquivo pessoal.

 

André tem 44 anos, é carioca do Rio de Janeiro, irmão de Tânia Lucas, Lúcia Lucas, Lug de Paula, Nizo Neto, Rico Rondelli, Bruno Mazzeo, Cícero Chaves, Rodrigo Paula e Victoria Paula. Possui curso superior incompleto em Direito, mas, a influência e convivência com o pai o estimulou para a vida artística desde cedo. Na adolescência, apresentou o quadro a “Galera do Chico”, na Rádio Globo, no RJ, onde interpretava todos os personagens criados pelo pai. Em 1984 iniciou na TV Globo com pequenas participações no Programa Chico Anysio Show. Somente em 1994 tornou-se nacionalmente conhecido como o “Seu Aranha”, personagem da Escolinha do Professor Raimundo que utilizava o bordão “Para com Ilsso!! Deixa Dilsso! Depois participou do Programa Show do Tom, na Record, Zorra Total, na Globo, A Praça é nossa, no SBT e no Programa esportivo “Vale Tudo” na BAND e em outubro próximo lançará o espetáculo André Lucas “REVIVE” Chico Anysio.

 

Nesta entrevista exclusiva concedida ao Blog News Maranguape por Dadynha Saturninopor e-mail, André falou sobre os planos para o futuro, a memória de Chico, a relação de amizade com a Empresária Malga Di Paula (viúva do pai), que ficará apenas um dia na cidade, mas, aproveitará para rever os amigos cearenses. Finalizou afirmando:  “Maranguape é um cartão postal.” Confiram:

 

BNM – Como aconteceu a sua iniciação à vida artística?

AL – Desde pequeno frequentava as gravações do Programa Chico Anysio Show e fazia pequenas participações. Em 1984 participei do quadro do personagem “Xerife Bronco Billy” e tornei-me “Simpson”, o assistente dele. Depois, o filho “Ted” do Pastor “Tim Tones”, inesquecíveis personagens do meu pai na televisão, sendo influenciado e estimulado por ele. Com as convivências diárias não tinha como ser diferente.

 

BNM – O que representa ser “filho do saudoso Mestre do Humor Brasileiro?”

AL – O maior orgulho. Ele foi um divisor de águas no humor, que é divido em antes e após Chico Anysio.

 

BNM – Você faz parte do Instituto Chico Anysio? O que ele representa para você? 

AL – Faço parte, sim. Sou Vice Presidente e defendo e condeno o tabagismo. Mas, na verdade, quem está por dentro 100% é a Malga (viúva do Chico).

 

BNM – Como está a sua vida profissional e quais os planos para o futuro?

AL – Está bem. Em outubro estreio um novo espetáculo pelo país, um show em homenagem a Chico Anysio. Se chama André Lucas “REVIVE” Chico Anysio (confira release após a Entrevista). E, até dezembro lanço o CD das melhores estórias contadas por Chico e o Show da Escolinha do Professor Raimundo, sendo eu o Professor, com alunos que fizeram parte da Escolinha.

 

BNM – E existe alguma possibilidade da Escolinha do Professor Raimundo voltar a ser exibida na TV?

AL – No teatro sim. Na TV acho que não, mas, quem sabe….

 

BNM – Como está a sua relação com a Malga Di Paula, viúva do seu pai e de que forma vocês pensam em atuar na manutenção da memória do Chico?

AL – A mesma que sempre tive com ela, uma relação de amigo, uma relação melhor possível. Iremos atuar na memória do Chico sempre, fazer o possível para perpetuar a sua memória, apesar de saber que a memória Dele já é IMORTAL.

 

BNM – Qual a importância de Maranguape para você? Que tipo de convite você aceitaria para estar mais perto da nossa gente?

AL – É uma cidade muito importante na minha vida, desde pequeno vou a Maranguape. Qualquer convite, tendo disponibilidade, eu vou. É só chamar.

 

BNM – Agradecemos por sua simpatia e disponibilidade sempre que o procuramos. Que você volte sempre à Maranguape. Fique a vontade para as suas considerações finais.  

AL – Ora, ora! O que eu gostaria de falar é: que a Casa onde meu pai nasceu virasse um Museu com as suas obras para Maranguape virar realmente uma cidade de turismo, para que os turistas venham conhecer a história do gênio Chico Anysio. Isso iria movimentar um turismo muito bom para esta bela cidade, que não é qualquer cidade. Maranguape é um cartão postal. 

 

André Lucas “REVIVE” Chico Anysio – o Show 

 

“REVIVE”, o novo Show de André Lucas é um espetáculo com as coletâneas das melhores estórias, piadas e números interpretados durante 50 anos por Chico Anysio, no Teatro. Portanto um espetáculo versátil e inteligente.

Chico Anysio não se mede em quilos, centímetros, hertz ou segundos, mas, na unidade de vida que a consagração criou e configurou, individualizando-o e batizando-o na energia do sucesso e força da popularidade.  Assim foi o mundo de Chico, mentor intelectual de 209 personagens vivos e admirados por todos. E este mundo de escritor, poeta, ator, compositor, diretor e artista plástico, principalmente na marcante simultaneidade – como é o caso – não se prende às dimensões concretas que nos são familiares. Vai muito mais além!

“REVIVE” é uma terapia total de riso, onde a energia carioca é jorrada em todas as direções e, neste caso, com uma responsabilidade tamanha, já que o que está se apresentando saiu da mente brilhante de um cearense, o Chico de Maranguape.

André é alto astral em cena. Mostra o cotidiano da vida em forma de humor inteligente e lapidado. No palco, o público tem a oportunidade de sentir pulsar a comédia em suas veias, num espetáculo de 1 hora e 15 minutos.

Outra boa surpresa é que a produção do show inclui imagens e a participação de um time de artistas de peso: Antônio Fagundes, Carlos Alberto de Nóbrega, Flávia Alessandra, Marília Pêra e, é claro: Chico Anysio. 

 

Informações  sobre o artista

Acesse o site Bozó Empreendimentos Artísticos

(21) 2446-7222 / 2446-7022 / 9961-7000

bozoshow@uol.com.br / bozoshow@chicoanysio.com

 

Serviço

 

Confira matéria no link V Festival Nacional de Humor de Maranguape recebe o Humorista André Lucas em sua abertura nesta quinta (22/08)

V Festival Nacional de Humor de Maranguape – Ceará 

Pré-Festival: de 19 à 21 de agosto – Sede e Distritos

Festival: de 22 à 25 de agosto – Sede

Shows musicais: Paulo Façanha, Reginaldo Rossi e Cajú & Castanha

Mais informações: (85)3369-9188.

Realização: Prefeitura Municipal de Maranguape e Fundação Viva Maranguape de Turismo, Esporte e Cultura – FITEC

Promoção: TV Diário

Apoio: Banco do Nordeste, Governo do Estado do Ceará (Secretaria da Cultura – SECULT) e Governo Federal (Ministério do Turismo).

Publicidade

V Festival Nacional de Humor de Maranguape recebe o Humorista André Lucas em sua abertura nesta quinta (22/08)

Por Dadynha Saturnino em Diversão

19 de agosto de 2013

Uma semana de muito riso. Assim promete o V Festival Nacional de Humor de Maranguape – Ceará, que acontece até domingo (25), reunindo artistas locais e nacionais, entre eles o Humorista André Lucas (filho do saudoso Chico Anysio, maior comediante que este país já teve), com uma programação totalmente gratuita na Sede e Distritos, intituladas: Circuito do Riso, Humor de Feira, Oficinas de Fantoche e Mágicas, Shows Musicais, Trem da Alegria, Maranguape em Cena, Mostra de Humor e Domingo da Criança, feira de artesanato e gastronomia, garantindo à Maranguape o título de “Capital Nacional do Humor no Brasil.” Realizado pela Prefeitura Municipal de Maranguape e Fundação Viva Maranguape de Turismo, Esporte e Cultura – FITEC com Promoção da TV Diário tem o apoio do Banco do Nordeste, Governo do Estado do Ceará (Secretaria da Cultura – SECULT) e Governo Federal (Ministério do Turismo).

Já no início da semana, de segunda (19) à quarta (21), acontece o Pré-Festival – Circuito do Riso com apresentação dos Humoristas Tony Régio e Edu Dias, Rapadura, Dudu e Barroada nos Distritos de Tanques, Lages e Lagoa do Juvenal respectivamente, com início às 19h30.

 

V Festival Nacional de Humor. Divulgação

V Festival Nacional de Humor de Maranguape – Ceará. 19 à 25 de agosto de 2013. Divulgação

 

Na quinta (22), a programação inicia às 9hs com Eltom Andrade comandando o Humor de Feira na Rodoviária. A Biblioteca sediará as Oficinas de Fantoche por Duarte e Mágica por Sidney Pires, das 9h às 11h e 15 às 17h. Os Humoristas da Central do Humor levam o Trem da Alegria para as Escolas Paulo Sarasate às 10h e Capistrano de Abreu às 15h e abrem a programação noturna apresentando o Jornal Bem Dizido às 19h30 na Praça Capistrano de Abreu. A abertura oficial acontece em seguida com a Mostra de Humor. Sobem ao palco Zebrinha (CE), André Lucas e Filipe Pontes (ambos do RJ) e os “Dois Abestados”, os cearenses Tirullipa e Papudim. O show musical será de Paulo Façanha (CE).

 

Na sexta (23), às 9h, Rapadura apresenta o Humor de Feira na Rodoviária. Na Biblioteca acontece a mesma programação de Oficinas de Fantoche e Mágica do dia anterior. As Escolas Francisca Gomes Fernandes Vieira (SESI) e José Fernandes Vieira recebem o Trem da Alegria com Humoristas da Central do Humor, às 10h e 15h, respectivamente. Dudu e Humor de Peso apresentam Maranguape em Cena às 19h30 na Praça Capistrano de Abreu. A Mostra de Humor recebe os cearenses Eltom Andrade (Paitinga), Froxilda Fofolete e Aluísio Júnior. O pernambucano Reginaldo Rossi encerra a noite com show musical.

 

No sábado (24), o Humor de Feira acontece no Mercado com apresentação de Barroada e Tony Régio às 9h. A programação de Oficinas e Fantoche continuam sendo realizadas na Biblioteca nos mesmos horários dos dias anteriores.  Os Humoristas da Central do Humor levam o Trem da Alegria para a Praça da Guabiraba, às 10h e 15h. A Banda de Música Municipal Maestro João Inácio da Fonseca e os Humoristas Tony Régio e Edu Dias iniciam a programação noturna da Praça Capistrano de Abreu às 19h30 com “Maranguape em Cena.” A Mostra de Humor recebe os cearenses Rapadura, Augusto Bonequeiro e Ery Soares (o Tizil da TV Diário). Show musical dos emboladores pernambucanos Cajú & Castanha.

 

No domingo (25), último dia do Festival, a Cia Camarim de Teatro comanda o encerramento a partir das 17h realizando diversas atividades artísticas na Praça Capistrano de Abreu.

 

Chico Anysio

Dadynha Saturnino e Chico Anysio no camarim do II Festival Nacional do Humor de Maranguape, em 2010. Foto Arquivo Pessoal

Dadynha Saturnino e Chico Anysio no camarim do II Festival Nacional do Humor de Maranguape, em 2010. Foto Arquivo Pessoal

 

Nascido em Maranguape, o sempre homenageado e saudoso Mestre do Humor Brasileiro esteve em sua terra natal pela última vez na segunda edição do evento, em maio de 2010. Na ocasião, Chico afirmou para esta Jornalista: “Ser homenageado em Maranguape é divino. É para mim o mesmo que um ator de Hollywood sente ao receber um Oscar: é divino. Sempre que vier à Fortaleza voltarei à Maranguape para aperriar vocês.” Chico faleceu em 23 de março de 2012 e em 12 de abril suas cinzas foram lançadas sobre a nossa serra pela viúva Malga Di Paula, que também esteve na quarta edição do Festival com os filhos do Chico e elenco da Escolinha do Professor Raimundo.

A Casa onde Chico nasceu e morou encontra-se aberta para visitação desde maio último, quando a Prefeitura realizou solenidade de abertura e recebeu o irmão de Chico, Sr. Elano de Paula.

 

Serviço

 

V Festival Nacional de Humor de Maranguape – Ceará

Pré-Festival: de 19 à 21 de agosto – Sede e Distritos

Festival: de 22 à 25 de agosto – Sede

Shows musicais: Paulo Façanha, Reginaldo Rossi e Cajú & Castanha

Mais informações: (85)3369-9188.

 

Publicidade

V Festival Nacional de Humor de Maranguape recebe o Humorista André Lucas em sua abertura nesta quinta (22/08)

Por Dadynha Saturnino em Diversão

19 de agosto de 2013

Uma semana de muito riso. Assim promete o V Festival Nacional de Humor de Maranguape – Ceará, que acontece até domingo (25), reunindo artistas locais e nacionais, entre eles o Humorista André Lucas (filho do saudoso Chico Anysio, maior comediante que este país já teve), com uma programação totalmente gratuita na Sede e Distritos, intituladas: Circuito do Riso, Humor de Feira, Oficinas de Fantoche e Mágicas, Shows Musicais, Trem da Alegria, Maranguape em Cena, Mostra de Humor e Domingo da Criança, feira de artesanato e gastronomia, garantindo à Maranguape o título de “Capital Nacional do Humor no Brasil.” Realizado pela Prefeitura Municipal de Maranguape e Fundação Viva Maranguape de Turismo, Esporte e Cultura – FITEC com Promoção da TV Diário tem o apoio do Banco do Nordeste, Governo do Estado do Ceará (Secretaria da Cultura – SECULT) e Governo Federal (Ministério do Turismo).

Já no início da semana, de segunda (19) à quarta (21), acontece o Pré-Festival – Circuito do Riso com apresentação dos Humoristas Tony Régio e Edu Dias, Rapadura, Dudu e Barroada nos Distritos de Tanques, Lages e Lagoa do Juvenal respectivamente, com início às 19h30.

 

V Festival Nacional de Humor. Divulgação

V Festival Nacional de Humor de Maranguape – Ceará. 19 à 25 de agosto de 2013. Divulgação

 

Na quinta (22), a programação inicia às 9hs com Eltom Andrade comandando o Humor de Feira na Rodoviária. A Biblioteca sediará as Oficinas de Fantoche por Duarte e Mágica por Sidney Pires, das 9h às 11h e 15 às 17h. Os Humoristas da Central do Humor levam o Trem da Alegria para as Escolas Paulo Sarasate às 10h e Capistrano de Abreu às 15h e abrem a programação noturna apresentando o Jornal Bem Dizido às 19h30 na Praça Capistrano de Abreu. A abertura oficial acontece em seguida com a Mostra de Humor. Sobem ao palco Zebrinha (CE), André Lucas e Filipe Pontes (ambos do RJ) e os “Dois Abestados”, os cearenses Tirullipa e Papudim. O show musical será de Paulo Façanha (CE).

 

Na sexta (23), às 9h, Rapadura apresenta o Humor de Feira na Rodoviária. Na Biblioteca acontece a mesma programação de Oficinas de Fantoche e Mágica do dia anterior. As Escolas Francisca Gomes Fernandes Vieira (SESI) e José Fernandes Vieira recebem o Trem da Alegria com Humoristas da Central do Humor, às 10h e 15h, respectivamente. Dudu e Humor de Peso apresentam Maranguape em Cena às 19h30 na Praça Capistrano de Abreu. A Mostra de Humor recebe os cearenses Eltom Andrade (Paitinga), Froxilda Fofolete e Aluísio Júnior. O pernambucano Reginaldo Rossi encerra a noite com show musical.

 

No sábado (24), o Humor de Feira acontece no Mercado com apresentação de Barroada e Tony Régio às 9h. A programação de Oficinas e Fantoche continuam sendo realizadas na Biblioteca nos mesmos horários dos dias anteriores.  Os Humoristas da Central do Humor levam o Trem da Alegria para a Praça da Guabiraba, às 10h e 15h. A Banda de Música Municipal Maestro João Inácio da Fonseca e os Humoristas Tony Régio e Edu Dias iniciam a programação noturna da Praça Capistrano de Abreu às 19h30 com “Maranguape em Cena.” A Mostra de Humor recebe os cearenses Rapadura, Augusto Bonequeiro e Ery Soares (o Tizil da TV Diário). Show musical dos emboladores pernambucanos Cajú & Castanha.

 

No domingo (25), último dia do Festival, a Cia Camarim de Teatro comanda o encerramento a partir das 17h realizando diversas atividades artísticas na Praça Capistrano de Abreu.

 

Chico Anysio

Dadynha Saturnino e Chico Anysio no camarim do II Festival Nacional do Humor de Maranguape, em 2010. Foto Arquivo Pessoal

Dadynha Saturnino e Chico Anysio no camarim do II Festival Nacional do Humor de Maranguape, em 2010. Foto Arquivo Pessoal

 

Nascido em Maranguape, o sempre homenageado e saudoso Mestre do Humor Brasileiro esteve em sua terra natal pela última vez na segunda edição do evento, em maio de 2010. Na ocasião, Chico afirmou para esta Jornalista: “Ser homenageado em Maranguape é divino. É para mim o mesmo que um ator de Hollywood sente ao receber um Oscar: é divino. Sempre que vier à Fortaleza voltarei à Maranguape para aperriar vocês.” Chico faleceu em 23 de março de 2012 e em 12 de abril suas cinzas foram lançadas sobre a nossa serra pela viúva Malga Di Paula, que também esteve na quarta edição do Festival com os filhos do Chico e elenco da Escolinha do Professor Raimundo.

A Casa onde Chico nasceu e morou encontra-se aberta para visitação desde maio último, quando a Prefeitura realizou solenidade de abertura e recebeu o irmão de Chico, Sr. Elano de Paula.

 

Serviço

 

V Festival Nacional de Humor de Maranguape – Ceará

Pré-Festival: de 19 à 21 de agosto – Sede e Distritos

Festival: de 22 à 25 de agosto – Sede

Shows musicais: Paulo Façanha, Reginaldo Rossi e Cajú & Castanha

Mais informações: (85)3369-9188.