dezembro 2012 - News Maranguape 
Publicidade

News Maranguape

por Dadynha Saturnino

dezembro 2012

FEQUAJUCE homenageará maranguapense em “Noite das Estrelas” no Passeio Público de Fortaleza

Por Dadynha Saturnino em Eventos

26 de dezembro de 2012

A FEQUAJUCE – Federação das Quadrilhas Juninas do Ceará promoverá a terceira “Noite das Estrelas – Um ano em uma só noite” em Solenidade marcada para acontecer no próximo dia 28 de dezembro, a partir das 20:00hs, na charmosa Praça do Passeio Público, no Centro de Fortaleza.

Noite das Estrelas – Um ano em uma só noite. Foto divulgação

Durante a cerimônia serão premiados os grupos vencedores do X Festival Cearense de Quadrilhas, as personalidades do meio artístico como também serão homenageados os vinte melhores juradores desta competição, escolhidos pelos Presidentes das quadrilhas participantes por seus importantes serviços prestados à Instituição, conforme listas abaixo relacionadas.

Maranguapense homenageado

Iury Torquato é morador do Distrito de Umarizeiras, neste município. Será homenageado com uma medalha de honra por seus serviços de Jurado dos Festivais. Produtor, Consultor e Gestor Cultural. Estudante do Curso de Administração pela FAK – Faculdade Kurios de Maranguape, membro Suplente da Comissão Cearense de Folclore, ex-dançarino da Quadrilha Arraiá da Tradição, Produtor do Festival de Quadrilhas Juninas de Umarizeiras. Jurado de Festivais Juninos promovidos pela FEQUAJUCE, do Festejo Ceará Junino, promovido pela SECULT – Secretaria de cultura do Estado do Ceará e Proponente do XIV Edital Ceará Junino (2012) com o projeto “Maranguape Junino – Humor e Tradição, tudo é festa no São João”  aprovado em 1º lugar na categoria Festival de Quadrilhas Juninas da Região Metropolitana de Fortaleza.

Produtor cultural maranguapense Iury Torquato e Lourdes Macena, Presidenta da Comissão Nacional de Folclore. Foto do Arquivo pessoal

Veja a lista completa dos Premiados

Categoria – Quadrilhas Juninas

  1. Campeã do Festival Cearense: Cheiro de Terra – Horizonte – CE
  2. Vice- Campeã do Festival Cearense: Junina Babaçu – CE
  3. Terceiro Lugar: Paixão Nordestina – Fortaleza – CE
  4. Marcador: Aldenízio Lopes – Cheiro de Terra – Horizonte – CE
  5. Rainha: Roberta Lima – Paixão Nordestina – Fortaleza – CE
  6. Noivo:Nelson de Castro – Junina Babaçu – Fortaleza – CE
  7. Noiva: Cida Salles – Junina Babaçu – Fortaleza – CE
  8. Repertório Musical: Junina Babaçu – CE

Personalidades

  1. Lourdes Macena: Presidente da Comissão Nacional de Folclore
  2. Henrique Rocha: Presidente da Comissão Cearense de Folclore

Jurados

  1. Adriano Silva de Melo (Maracanaú)
  2. Ana Lucia Botelho (Fortaleza)
  3. Emilson Ferreira Lira Junior (Fortaleza)
  4. Eracyldo Viana Pessoa (Fortaleza)
  5. Francisco Carlos Pereira (Fortaleza)
  6. Francisco Jackson Maia (Fortaleza)
  7. Iury Torquato (Maranguape)
  8. José Claudio Correia  (Fortaleza)
  9. Jose Maria de Paula Almeida  (Maracanaú)
  10. Josyane G. Siqueira (Fortaleza)
  11. Lindon Johson Gutemberg (Limoeiro do Norte)
  12. Luciano de Carvalho Silva (Fortaleza)
  13. Marta Iralice de Oliveira  (Fortaleza)
  14. Marcio Franco Soares (Fortaleza)
  15. Marcos Evangelista de Sousa (Fortaleza)
  16. Regina Celia Santiago (Fortaleza)
  17. Renato Remigio (Limoeiro do Norte)
  18. Shirley Alencar (Fortaleza)
  19. Valmir de Sousa Lima (Fortaleza)
  20. Weslley Araújo da Silva (Fortaleza)

Serviço

“Noite das Estrelas – Um ano em uma só noite”

28 de dezembro de 2012  a partir das 20:00hs

Praça do Passeio Público – Centro

Fortaleza – Ceará

Passeio completo

Somente convidados – convite exibível

Publicidade

Blog News Maranguape entrevista o Monsenhor Mauro Herbster

Por Dadynha Saturnino em Entrevistas, Religião

24 de dezembro de 2012

O Blog News Maranguape entrevistou Mauro Gurgel Braga Herbster – Monsenhor Mauro (ou o Padre Mauro dos maranguapenses) na casa dos seus sobrinhos Bernardete e Marcelo, no dia do seu aniversário de 91 anos de vida, completados no último dia 22 de dezembro. 67 destes dedicados ao Sacerdócio com muito amor pelo seu próximo nas diversas Paróquias que foi Vigário: Mucuripe, São Gerardo, Mulungu, Pedra Branca entre outras e mais de 40 anos somente ao povo de Maranguape, que além de estimular a prática religiosa (catolicismo) tão presente neste município, também educou quando foi Professor no Colégio Estadual Anchieta.

Atualmente, vive em um Sítio no Distrito de Tabatinga e ainda celebra a “Santa Missa” na saleta de casa aos domingos. Algumas poucas vezes podemos encontrá-lo na casa dos sobrinhos, no Centro da cidade, quando temos a oportunidade de ser abençoados por “Ele”, irmão do Médico humanitário Dr. Argeu Herbster (In Memórian) e também considerado por muitos como um “Santo. Vivo.”

Blog News Maranguape entrevista Monsenhor Mauro Herbster. Foto de Dadynha Saturnino

Confira a entrevista realizada por Dadynha Saturnino

BNM – O Senhor é considerado pelos maranguapenses como um “Santo Vivo”. A que atribui esta devoção?

Padre Mauro – É bondade do povo (inicia com um tímido sorriso). Como sacerdote, tive muita alegria e nesta idade, 91 anos completados hoje, alegria de nunca ter deixado um enfermo morrer sem ser sacramentado, sem receber a confissão de forma que todos, graças a deus, puderam ser atendidos, ainda mais quando eu fui vigário em Paróquia de Interior, paróquias difíceis e grandes como Pedra Branca, por exemplo. Não posso dar as impressões porque fazem um elogio desses descabido, risos, um povo muito bom de Maranguape. Ainda me lembro, lendo o livro onde se escrevem as impressões dos ex-Vigários que passaram por aqui, que havia um Padre Bruno, Monsenhor Bruno, que dizia: “o povo de Maranguape é um povo bom, trate-o bem que consegue tudo o que quiser.” Isso me edifica muito.

BNM – Quais as dificuldades que o Senhor precisou vencer para ajudar a fortalecer a fé das pessoas?

Padre Mauro – Bem, as dificuldades que encontrei quando era vigário do interior para atender os enfermos. Às vezes, fora de hora, em lugares distantes, passando a noite toda andando a cavalo para no outro dia atender e às vezes quando chegava dia de sábado ainda tinha atendimento, uma confissão para fazer neste dia, no retorno a paróquia e era bem cansativo, era muito cansativo. Quando era vigário em São Gerardo, havia um bairro lá, Pan Americano, onde construímos a Igreja de São Pio Décimo que no começo era Santa Cecília, mas, a minha mãe, pediu pra ser São Pio Décimo porque ela cada vez mais cultivava a devoção a Eucaristia a este Papa que fez milagre em vida, de forma que em vez de Santa Cecília ficou São Pio Décimo que ainda hoje está como Padroeiro. E eu sempre dizia: aqui vai ser uma Paróquia, vamos levantar as torres, mas, de vez em quando, muita gente chegou a dizer: o Padre fazer uma igreja, num tamanho desses e num lugar desses? E vieram me pedir desculpa: “seu vigário, falta de bom senso, é a nossa.” Tá vendo? Fui vigário naqueles bons tempos. “Hoje essa Igreja já tá construída, já foi inaugurada com os sinos que o senhor sonhava colocar aqui, é pequena para o povo que se apresenta hoje aqui, diziam que o senhor não tem bom senso, quem não tinha bom senso éramos nós.” Falam os fiéis. O Povo de São Gerardo é um Povo muito bom, muito religioso.

BNM – Há algo em especial que o Senhor gostaria de compartilhar conosco?

Padre Mauro – Nunca, nenhum dos meus enfermos por quem procurei entrar em contato para receber o sacramento, nunca rejeitou o Padre. Sempre aceitaram o Padre. Uma vez um chegou a dizer que não queria se confessar, mas, a Senhora dele disse: o que? Chame o Padre Mauro. Eu fui, nem perguntei se queria confessar, fui só sentar. Conversei, nem perguntei, ele recebeu o sacramento, ficou muito satisfeito e perguntei: está satisfeito? Ele respondeu: satisfeitíssimo e isso conforta muito o padre. Às vezes a pessoa pobre diz: vem me ouvir Padre, peço pro Senhor rezar por mim, eu nunca procurei fazer questão de atender pois a intenção era pura, predestinada por deus e contribuiu para fortalecer a minha fé. (em relação a pessoa estar precisando da oração e não ter recursos.)

BNM – Maranguape tem dois Padroeiros, Nossa Senhora da Penha e São Sebastião. Qual a explicação?

Padre Mauro – A Padroeira é Nossa Senhora da Penha, ela é a nossa Padroeira. O gesto de devoção à São Sebastião é desde o tempo do cólera, para o povo agradecer a graça de não ter morrido, pois morreu muita gente nesse tempo, e não faltaram pessoas caridosas para atendê-los, principalmente médicos. Por atender ao pedido de fé dos maranguapenses, tornou-se o Santo de devoção, passando a ser considerado o Padroeiro também.

Leia mais sobre a devoção a São Sebastião em  Maranguapense recebe Moção de parabéns por sua aprovação no Doutorado em História.

BNM – Seu irmão e Médico Dr. Argeu Gurgel Braga Herbster (In Memórian), serviu ao povo através dos seus conhecimentos na medicina, ajudou a salvar muitas vidas e até hoje é considerado um Santo Popular e à ele atribuídos vários milagres. Porque?

Padre Mauro – Porque praticou sempre a caridade. Argeu olhava para o doente sem saber se era rico ou se era pobre. Se era doente, atendia logo. E se não tinha dinheiro, se prontificava logo para atender. Ainda perto de morrer, ele tava no Hospital Albanisa Sarasate e vieram chamá-lo para confissão (risos pela troca), ou melhor, para atender um chamado. Acontece que era hora avançada, uma hora já e não tinha nem jantado, todo tempo atendendo aquele pessoal. Então, Ele não tinha transporte, não tinha nada. Como as pessoas vinham de caminhão, “aproveito e vou no caminhão, aproveito esse transporte de vocês”contou-me Argeu. Depois que atendeu o doente, perguntaram quanto era e ele disse: não é nada e o dinheiro que iria pagar já serve pra comprar de remédio. Ainda me lembro também que pra atender os doentes, Argeu não se importava de ir de cavalo. Eu fui Vigário de Pedra Branca, paróquia difícil, as estradas muito ruins, na cega, tinha que usar o transporte, o cavalo. Me chamaram pra confessar um doente, era no cimo dum pico e tava lá o sujeito enfermo. Quando o homem olhou pra mim, perguntou: “você é irmão do Dr Argeu?” Respondi: sou. Pois, é, até naquele local, ele foi atender esse doente, sem visar pagamento, sem saber se ele podia pagar transporte, foi a cavalo também, de forma que esses gestos assim cativaram muito o povo, por isso todo o povo o venera pela caridade, esse amor ao próximo, sem procurar saber as posições deles, se era doente, atendia logo. Argeu também passou por inúmeras dificuldades para atender os apelos do povo quando precisava atender fora de hora em situação as vezes difíceis, porque não tinha transporte a mão, mas, ele sempre atendia. Quando um doente sabia que podia ser atendido pelo Dr Argeu, podia ficar tranqüilo que ele atendia, nunca fez questão para isso, para voltar um doente, sempre atendia a todos. O pessoal, interessante, me achava muito parecido com ele, muitas vezes me abraçava e dizia: Dr. Argeu, o senhor é muito parecido com o nosso Vigário, o Padre Mauro, mas, o Vigário era eu (risos).

BNM – Qual a mensagem que o Senhor deixa para o Povo de Maranguape e para os leitores do Blog News Maranguape?

Padre Mauro –Procurem sempre perseverar na fé para não perdê-la pois o justo vive a sua fé. Que sejam bem felizes e vivam sempre a sua fé que Deus não faltará quando vocês pedirem. Estou morando na Serra, resido num sitiozinho que comprei e celebro sempre na saleta da casa, aos domingos. Qualquer um pode vir à Missa. Às vezes sou chamado e atendo porque atualmente, a tontura (não sei proveniente de que, talvez da idade mesmo) não me permite sair a pé, mas, tem aqui o meu sobrinho, Marcelo, que se prontifica pra qualquer chamado, e me leva com todo prazer.  Qualquer pessoa que estiver morrendo eu ainda vou e confesso. A minha família me ajuda. O Marcelo, a Bernaderte e a Carmita. Sejam sempre fieis guardando a sua fé.

Making Off

Enquanto realizávamos a entrevista na varanda da casa do casal Bernardete e Marcelo (sobrinhos do Monsenhor Mauro), os parentes chegavam para parabenizá-lo pelo seu aniversário de 91 anos.

Blog News Maranguape entrevista Monsenhor Mauro Herbster.Foto de Dadynha Saturnino (7)
1/16

Blog News Maranguape entrevista Monsenhor Mauro Herbster.Foto de Dadynha Saturnino (7)

Blog News Maranguape entrevista Monsenhor Mauro Herbster. Foto de Dadynha Saturnino

Blog News Maranguape entrevista Monsenhor Mauro Herbster.Foto de Dadynha Saturnino (1)
Blog News Maranguape entrevista Monsenhor Mauro Herbster.Foto de Dadynha Saturnino (2)
Blog News Maranguape entrevista Monsenhor Mauro Herbster.Foto de Dadynha Saturnino (3)
Blog News Maranguape entrevista Monsenhor Mauro Herbster.Foto de Dadynha Saturnino (4)
Blog News Maranguape entrevista Monsenhor Mauro Herbster.Foto de Dadynha Saturnino (5)
Blog News Maranguape entrevista Monsenhor Mauro Herbster.Foto de Dadynha Saturnino (6)
Blog News Maranguape entrevista Monsenhor Mauro Herbster.Foto de Dadynha Saturnino (7)
Blog News Maranguape entrevista Monsenhor Mauro Herbster.Foto de Dadynha Saturnino (8)
Blog News Maranguape entrevista Monsenhor Mauro Herbster.Foto de Dadynha Saturnino (9)
Blog News Maranguape entrevista Monsenhor Mauro Herbster.Foto de Dadynha Saturnino (10)
Blog News Maranguape entrevista Monsenhor Mauro Herbster.Foto de Dadynha Saturnino (13)
Blog News Maranguape entrevista Monsenhor Mauro Herbster.Foto de Dadynha Saturnino (14)
Blog News Maranguape entrevista Monsenhor Mauro Herbster.Foto de Dadynha Saturnino (15)
Blog News Maranguape entrevista Monsenhor Mauro Herbster.Foto de Dadynha Saturnino (16)
Blog News Maranguape entrevista Monsenhor Mauro Herbster.Foto de Dadynha Saturnino (18)
Publicidade

Natal Solidário na Serra da Pelada em Maranguape

Por Dadynha Saturnino em Eventos

24 de dezembro de 2012

Há oito anos, a Empresária maranguapense Celsa Martins prometeu realizar uma festa de natal para crianças carentes se alcançasse a realização de um sonho pessoal: abrir o próprio negócio. Deu tão certo que junto a concretização deste sonho através do surgimento da Sorveteria Jeniffer (localizada no Centro da cidade) veio também a garantia da “magia do natal” para dezenas de crianças moradoras da Serra da Pelada, um local de difícil acesso localizado Serra de Maranguape.

Em sua oitava edição, Celsa contou com o apoio de diversos amigos e voluntários de Maranguape e também de Fortaleza que seguiram em comitiva à caminho da Serra passando pelo bairro do Centro, Parque Iracema e Novo Parque Iracema (várias crianças aguardavam na estrada, ansiosas pela passagem do Papai Noel) ajudando no sistema de som, na distribuição do lanche e nas mensagens de natal e agradecimento a Deus pela realização do evento solidário.

A entrega dos presentes para as crianças foi feita por um Servidor Público de Maranguape caracterizado de Papai Noel, que disponibiliza uma tarde de sábado para fazer mais feliz a vida daquelas crianças.

O “Blog News Maranguape” esteve presente realizando a cobertura desta linda e emocionante festa ocorrida no último dia 22 de dezembro de 2012.

Veja as fotos

Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (36)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (89)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (88)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (87)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (86)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (85)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (84)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (83)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (82)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (81)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (80)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (79)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (78)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (77)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (76)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (75)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (74)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (73)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (72)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (71)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (70)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (69)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (68)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (67)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (66)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (65)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (64)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (63)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (62)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (61)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (60)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (59)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (58)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (57)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (56)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (55)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (54)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (53)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (52)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (51)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (50)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (49)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (48)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (47)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (46)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (45)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (44)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (43)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (42)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (41)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (40)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (39)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (38)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (37)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (35)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (34)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (33)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (32)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (31)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (30)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (29)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (28)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (27)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (26)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (25)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (24)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (23)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (22)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (21)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (20)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (19)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (18)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (17)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (16)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (15)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (14)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (13)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (12)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (11)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (10)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (9)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (8)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (7)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (6)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (5)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (4)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (3)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (2)
Natal Solidário na Serra da Pelada.Foto de Dadynha Saturnino (1)

 

Publicidade

Mensagem de Natal aos leitores do “Blog News Maranguape” by Dadynha Saturnino

Por Dadynha Saturnino em Eventos

24 de dezembro de 2012

Oração de Natal

Senhor Deus, Pai tão amado,
O Senhor que nos mandou seu filho,
Por meio de Maria, a Virgem Imaculada,
Receba essa minha oração,
Em honra ao aniversário do Teu Filho Jesus,
Que nos ilumina todos os dias com a Sua Luz.

Essa oração nada tem a pedir,
Ao contrário, venho por ela agradecer.
Agradeço por todos os dias em que eu acordo,
E tenho a oportunidade de servir ao meu propósito,
Nesse dia eu sou feliz, ainda que haja tristeza,
Pois sua determinação foi cumprida e abençoada.

Agradeço por todas as minhas glórias,
E peço que elas não me façam arrogante,
Pois quem serve ao Pai não precisa ser notado,
Basta que seja feito com amor e dedicação,
Semeando cada semente, irrigando cada plantação,
Para que a colheita seja a mais iluminada.

Agradeço por todas as derrotas experimentadas,
Pois delas extraio sempre a melhor lição,
O erro ensina, a derrota purifica,
Deus escreve certo por linhas certas,
E nós é quem nos recusamos a aceitar
E as chamamos tortas, quando é certo o lapidar!

Agradeço por cada noite de descanso merecido,
Quando me deito e reflito sobre o meu dia,
Converso com o Pai, com o Filho, e juntos invadimos,
O universo que vai além da fronteira do visível,
Lá, eu me sinto livre, sem qualquer resíduo,
Desse corpo físico que me serve de asilo.

Enfim, Pai, porque devo eu pedir alguma coisa?
Se tenho tudo, e apenas de mim depende a empreitada,
Seguindo seus princípios, serei feliz e forte,
E não temerei nada, sequer a chegada da morte…
Que me levará de volta às minhas origens,
E me permitirá escolher novamente a minha sorte.

Obrigada, Pai, por mais esse Natal repleto de Luz,
Por ter meus entes queridos ao meu redor sempre,
Obrigada por ter nos dado a felicidade de festejar,
Mesmo que o aniversariante não precise desses rituais.
Obrigada, Pai, por nos trazer sempre o melhor caminho,
E permitir que exercitemos nosso livre arbítrio.

Amém!
Akasha De Lioncourt

Publicidade

Deusas da Mama de Maranguape encerram atividades de 2012

Por Dadynha Saturnino em Eventos

24 de dezembro de 2012

O Grupo Deusas da Mama de Maranguape (grupo de apoio a mulheres que tiveram câncer de mama) encerrou as suas atividades de 2012 em animada confraternização, realizada no Núcleo de Fisioterapia da Prefeitura, no bairro do Parque Iracema, neste município.

O Grupo, nascido há três anos através da iniciativa da Fisioterapeuta Dra. Hadna Freitas e de suas pacientes mastectomizadas, tem como objetivo principal o combate e a prevenção ao câncer de mama, realizando e participando de ações que provocam e despertam na sociedade a importância do diagnóstico precoce para salvar vidas.

Durante a confraternização (com direito a café da manhã, mensagens, depoimentos e trocas de presentes) a Dra Hadna falou que nestes três anos de existência do Grupo tem aprendido muito mais do que ensinado e que são pequenas coisas que fazem a diferença em sua vida, como o valor de uma amizade, que não tem dinheiro no mundo que pague isso. Aproveitou para agradecer a confiança, a amizade e a presença de cada umas das Deusas e também pedir as bençãos de DEUS pra que possam ainda conviver durante muito tempo. Já d. Eleni, uma das “vitoriosas” (como são conhecidas as mulheres que venceram o câncer de mama) complementou dizendo que primeiramente tem que agradecer a DEUS por sua saúde e sua família, por ele ter escolhido a Dra. Hadna pra essa missão de ajudar e apoiá-las porque quando chegou pra fazer a fisioterapia, estava muito triste e deprimida e a Dra fez a diferença em sua recuperação. Também agradeceu pela companheira Dadynha Saturnino e por todas as DEUSAS que fazem parte de sua vida, colocando-se à disposição para conversar sempre que precisarem, numa mostra de total amizade e companheirismo.

Veja as fotos

Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (1)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (2)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (3)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (4)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (5)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (6)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (7)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (8)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (9)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (10)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (11)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (12)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (13)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (14)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (15)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (16)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (17)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (18)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (19)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (20)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (21)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (22)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (23)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (24)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (25)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (26)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (27)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (28)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (29)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (30)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (31)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (32)
Café das Deusas da Mama de Maranguape. Foto de Dadynha Saturnino (33)
Publicidade

Expectativa para o Pré-Carnaval de Maranguape

Por Dadynha Saturnino em Eventos

20 de dezembro de 2012

Todas as expectativas dos forrozeiros de plantão estão voltadas para o Pré-Carnaval de Maranguape 2013. Ou melhor, para as atrações musicais que puxarão os trios elétricos e animarão os foliões durante os dois dias de festas, que acontecerá dias primeiro e dois de fevereiro, uma semana antes do carnaval.

Apostas

Aviões do Forró, Solteirões do Forró, Garota Safada, Forró de Salto, Forró Pé de Ouro, Forró dos Play’s, Forró do Muído, Forró Real, Lagosta Bronzeada, Forró Caviar com Rapadura ou Forró do Movimento. Há quem fale até em Mateus Fernandes (sertanejo universitário elétrico). A sua torcida vai pra qual destas atrações?

O evento

Neste ano, o evento contou com a participação do Bloco Papangus (composto de mulheres fantasiadas), Bloco Catavento (infantil) e Bloco Arroxo (10 anos de Pré). Para 2013, existe a possibilidade de um novo Bloco, que ainda será confirmado. Segundo Renato Guedes, do Bloco Arroxo, a partir da próxima semana, os vouchers dos abadás já estarão à venda, momento em que as atrações desse Bloco serão então divulgadas, pois assuntos como estrutura e segurança estão sendo tratadas com prioridades de forma a garantir a integridade física de todos.

Pré-Carnaval de Maranguape. Bloco Arroxo. Foto divulgação

Agendem-se

O Distrito de Itapebuçu (com cedilha, mesmo), mundialmente famoso por sua Vaquejada de Itapebussu no mês de setembro e pelos artistas da terra (Cantor Sirano, Sirino e Binha Cardoso) também terá a sua festa de Pré-Carnaval, já marcada para o dia 19 de janeiro. A animação ficará por conta da Banda Forró de Salto que animará os foliões de cima do trio elétrico.

Pré-Carnaval de Itapebuçu. Foto divulgação.

Publicidade

Justiça Eleitoral Diploma Eleitos em Maracanaú

Por Dadynha Saturnino em Política

20 de dezembro de 2012

Na manhã desta quarta (19),  a Justiça Eleitoral Diplomou o Prefeito Eleito de Maracanaú Firmo Camurça (PR), o seu Vice Prefeito Carlos Bandeira (PR), os 21 Vereadores, além dos 1º Suplentes de Vereadores de cada partido. A Cerimônia aconteceu no Centro Cultural Dorian Sampaio, em Maracanaú e a solenidade de Posse está marcada para o dia 1º de janeiro de 2013 no mesmo local.

Vereadores Diplomados

01 – Carlos Alberto (DEM)
02 – Demir Peixoto (PR)
03 – Lucinildo (PV)
04 – Helenita (DEM)
05 – Adauto Parente (DEM)
06 – Capitão Martins (PDT)
07 – Chico Barbeiro (PCdoB)
08 – Miguel Pessoa (PR)
09 – Tia Rita (PTB)
10 – Nilson Nogueira (DEM)
11 – Cristiano (PMN)
12 – Cezinha (PV)
13 – Dr. Patriarca  (PP)
14 – Winston Nogueira (PRP)
15 – Daniel Baima (PT)
16 – Aline do Hospital (PPS)
17 – Cláudio (PSDC)
18 – Ribamar do Hospital (PTN)
19 – João Bodó (PMDB)
20 – Pastor Neto (PPS)
21 – Tuca da Farmácia (PSL)

Confira as fotos

Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (11)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (13)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (18)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (19)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (20)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (22)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (23)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (24)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (25)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (26)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (27)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (28)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (29)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (30)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (31)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (32)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (34)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (35)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (38)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (40)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (41)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (42)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (44)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (45)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (46)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (47)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (48)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (49)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (51)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (53)
Diplomação de Maracanau.Foto de Dadynha Saturnino-19-12-12 (55)
Publicidade

Lançamento do Livro “Subversão Crônica”, em Maranguape

Por Dadynha Saturnino em Eventos

19 de dezembro de 2012

A Casa do Povo de Maranguape (Câmara Municipal) foi o local escolhido pelo Escritor maranguapense Odailson da Silva para lançar a segunda edição do seu Livro “Subversão Crônica” (coletânea de crônicas – algumas –  publicadas em Jornais impressos do Ceará), em solenidade apresentada pela Jornalista (ACEJI) Dadynha Saturnino.

Leia mais Escritor maranguapense lança livro sobre comportamento humano

Ocorrida na noite da última terça (18), a cerimônia contou com a presença de familiares, amigos e representantes de diversos segmentos da sociedade maranguapense. 

Confira as fotos do lançamento

Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (1)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (2)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (3)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (4)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (5)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (6)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (7)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (8)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (9)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (10)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (11)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (12)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (13)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (14)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (17)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (18)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (19)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (20)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (21)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (22)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (23)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (24)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (25)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (26)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (27)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (28)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (29)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (30)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (31)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (32)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (33)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (34)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (35)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (36)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (37)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (38)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (39)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (40)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (41)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (42)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (43)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (44)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Dadynha Saturnino (47)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Iury Torquato (1)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Iury Torquato (2)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Ygor Guregl (1)
Lançamento do livro Subversão Crônica de Odailson da Silva.Foto de Ygor Guregl (2)

 

Publicidade

Prefeito de Maranguape discursa após sua Diplomação

Por Dadynha Saturnino em Política

18 de dezembro de 2012

Confira no vídeo o trecho final do discurso de Átila Cordeiro Câmara, após ser Diplomado como Prefeito de Maranguape (2013/2016), em cerimônia realizada pela Justiça Eleitoral, na manhã da última segunda (17), no SESI do município. Na ocasião, também foram Diplomados o Vice Prefeito Luciano Girão Sales Filho (PSB), os 17 Vereadores e os 10 Suplentes de Vereadores.

 

Leia mais: Candidatos Eleitos são Diplomados em Maranguape, terra do comediante Chico Anysio.

Publicidade

Maranguape Futebol Clube lança site oficial do Gavião da Serra

Por Dadynha Saturnino em Esporte

17 de dezembro de 2012

No último sábado (15), foi lançado o site oficial do Maranguape Futebol Clube, o Gavião da Serra, como é carinhosamente chamado o time de Futebol da Serrana Maranguape. Desenvolvido pelo Web Designer e Assessor de Imprensa Edinardo Abreu, o site apresenta um layout que promove uma fácil navegação, com melhor interação e comunicação entre o torcedor e o clube, onde todos podem conhecer mais sobre a História do Clube, Diretoria, Elenco, Campeonatos, entre outras informações atualizadas nas publicações de matérias sobre o time.

Imagem do site do Maranguape Futebol Clube. Foto divulgação

História cronológica do Gavião da Serra
1914 – O então Maranguape Foot-Ball Club é fundado em 14 de agosto;
1915 – Primeiro Campeonato Estadual (também participaram o Ceará, Stella e Rio Negro);
1916 – Chegou a final em partida realizada dia seis de agosto contra o Ceará.
1923 – Fundação do Maranguape Sporting Club;
1926 – Após o Campeonato Estadual, o Maranguape Sporting Club encerra suas atividades;
1997 – Fundação do Maranguape Futebol Clube em 17 de novembro. Mais novo representante na divisão principal;
1998 – Afiliação à Federação Cearense de Futebol;
2001 – Acesso a elite do estadual;
2002 – Destaque no 1º Turno do Estadual, com liderança isolada. Derrotado no quadrangular final.
2003 – O Gavião da Serra era um dos favoritos entre os clubes do interior, mas, perdeu para o Ceará na semi-final, classificando-se em 3ª posição (geral), melhor marca alcançada pelo Verdão em campeonatos cearenses da 1ª divisão;
2005 – Acabou a competição na lanterna do campeonato, voltando para a segundona;
2006 – Terminou a competição em 6º lugar, não perdeu nenhum jogo no Estádio Moraisão e revelou o “prata da casa”, o meio campista Everton Maranguape, que hoje brilha no Cruzeiro de Minas Gerais;
2007 – Rebaixado para a 2ª divisão;
2008 – Retorno a 1ª divisão, conquista do terceiro vice-campeonato, sendo derrotado na final em disputa de penaltis com Guarany de Sobral em casa;
2009 – Classificado para o quadrangular final do 1º turno, foi eliminado pelo Ferroviário no Castelão. No 2º turno o time caiu de produção. Na final do campeonato, perdeu a vaga no quadrangular para o Ferroviário e Guarany de Sobral. A equipe ficou na 5ª posicão na classificação geral;
2010 – Rebaixado para a segundona;
2011 – Não conseguiu o acesso, mas, foi Vice Campeão do Cearense do Sub-17 e chegou nas semi-finais da Copa Unimed;
2012 – Escapou do rebaixamento. Pela Fares Lopes, a seleção maranguapenses terminou a primeira fase no topo do grupo. Já na fase seguinte acabou sendo eliminado pelo Horizonte. Com o sub-17 chegou na 2ª fase do cearense mas não avançou para as semifinais. Ainda com o sub-17, no mesmo ano, o Maranguape ficou com o vice-campeonato da Brazil Cup, perdendo para o Ceará no PV.
Gavião da Serra nas redes sociais
Com colaboração de Edinardo Abreu.
Publicidade

Maranguape Futebol Clube lança site oficial do Gavião da Serra

Por Dadynha Saturnino em Esporte

17 de dezembro de 2012

No último sábado (15), foi lançado o site oficial do Maranguape Futebol Clube, o Gavião da Serra, como é carinhosamente chamado o time de Futebol da Serrana Maranguape. Desenvolvido pelo Web Designer e Assessor de Imprensa Edinardo Abreu, o site apresenta um layout que promove uma fácil navegação, com melhor interação e comunicação entre o torcedor e o clube, onde todos podem conhecer mais sobre a História do Clube, Diretoria, Elenco, Campeonatos, entre outras informações atualizadas nas publicações de matérias sobre o time.

Imagem do site do Maranguape Futebol Clube. Foto divulgação

História cronológica do Gavião da Serra
1914 – O então Maranguape Foot-Ball Club é fundado em 14 de agosto;
1915 – Primeiro Campeonato Estadual (também participaram o Ceará, Stella e Rio Negro);
1916 – Chegou a final em partida realizada dia seis de agosto contra o Ceará.
1923 – Fundação do Maranguape Sporting Club;
1926 – Após o Campeonato Estadual, o Maranguape Sporting Club encerra suas atividades;
1997 – Fundação do Maranguape Futebol Clube em 17 de novembro. Mais novo representante na divisão principal;
1998 – Afiliação à Federação Cearense de Futebol;
2001 – Acesso a elite do estadual;
2002 – Destaque no 1º Turno do Estadual, com liderança isolada. Derrotado no quadrangular final.
2003 – O Gavião da Serra era um dos favoritos entre os clubes do interior, mas, perdeu para o Ceará na semi-final, classificando-se em 3ª posição (geral), melhor marca alcançada pelo Verdão em campeonatos cearenses da 1ª divisão;
2005 – Acabou a competição na lanterna do campeonato, voltando para a segundona;
2006 – Terminou a competição em 6º lugar, não perdeu nenhum jogo no Estádio Moraisão e revelou o “prata da casa”, o meio campista Everton Maranguape, que hoje brilha no Cruzeiro de Minas Gerais;
2007 – Rebaixado para a 2ª divisão;
2008 – Retorno a 1ª divisão, conquista do terceiro vice-campeonato, sendo derrotado na final em disputa de penaltis com Guarany de Sobral em casa;
2009 – Classificado para o quadrangular final do 1º turno, foi eliminado pelo Ferroviário no Castelão. No 2º turno o time caiu de produção. Na final do campeonato, perdeu a vaga no quadrangular para o Ferroviário e Guarany de Sobral. A equipe ficou na 5ª posicão na classificação geral;
2010 – Rebaixado para a segundona;
2011 – Não conseguiu o acesso, mas, foi Vice Campeão do Cearense do Sub-17 e chegou nas semi-finais da Copa Unimed;
2012 – Escapou do rebaixamento. Pela Fares Lopes, a seleção maranguapenses terminou a primeira fase no topo do grupo. Já na fase seguinte acabou sendo eliminado pelo Horizonte. Com o sub-17 chegou na 2ª fase do cearense mas não avançou para as semifinais. Ainda com o sub-17, no mesmo ano, o Maranguape ficou com o vice-campeonato da Brazil Cup, perdendo para o Ceará no PV.
Gavião da Serra nas redes sociais
Com colaboração de Edinardo Abreu.