Publicidade

Le Chef Coxinha

por Ariane Cajazeiras

Março 2018

Cozinha grega para os cearenses: ZOI Restaurante

Por Iury Costa em Experiências Gastronômicas

23 de Março de 2018

Com os afazeres que temos durante o dia, um terreno cheio de verde, mesmo em plena avenida Washington Soares, pode passar despercebido. Mas lá dentro, a pouco mais de um quilômetro pela avenida Hermenegildo Sá Cavalcante, um espécie de oásis, onde parece que a loucura da capital não chega. Além de calma, boa comida.

O Blog Le Chef Coxinha foi o Colosso Lake Lounge para conhecer o ZOI Restaurante, que trabalha com a gastronomia grega, mas, é claro, sem esquecer a ligação com o Nordeste. É uma mistura de sabores que dá certo.

Os hábitos alimentares gregos, assim como na maioria dos países banhados pelo Mar Mediterrâneo, são ricos em frutas, verduras, cereais e frutos do mar, valorizando o orgânico e o natural. O azeite extra virgem produzido na Grécia é um dos mais puros e saudáveis.

Na chegada ao restaurante, um portal cheios de olhos turcos nos dá as boas-vindas, e nos protege do “mau-olhado”. Um caminho de pedras rodeado por verde, que nos lembra as típicas vilas da Grécia, nos leva até o salão principal. O local é climatizado, e os grandes janelões de vidro em frente ao lago permitem apreciar a vista enquanto se come. Mas quem não se dá bem com o ar condicionado, pode optar em ficar no mini lounge, bem na margem do lago, ou nas mesas de um aconchegante jardim, sob os auspícios de uma estátua de Buda, entalhada em madeira.

O menu, lançado há quase um mês, foi desenvolvido pela chef Lilian Braz, que comanda a cozinha do ZOI. Promove o “intercâmbio” Grécia-Ceará, e preza pela utilização de ingredientes frescos. De entrada, provamos as piabas fritas na crosta de ervas (R$24). Crocantes por fora e macias por dentro, com o sabor marcante, porém na medida, dos temperos utilizados. Antes da entrada, a casa serve um pão artesanal, que pode ser apreciado com azeite e pimenta.

De pratos principais, chegaram à mesa o picadinho na ponta da faca (R$39), acompanhado de farofa, banana da terra, e ovo frito; e o salmão com arroz de alho poró (R$39) e molho de iogurte cítrico, tomilho e limão siciliano. No picadinho, um prato tradicional sob um olhar mais apurado, dando atenção ao arranjo da carne com a banana frita, com o fecho do ovo, que não foi perguntado o ponto da gema (veio dura), mas combinou com o todo.

Já o salmão, assim como deve ser, com casca mais crocante, e interior macio. A carne molhada, suculenta e que desmanchava na boca. O arroz de alho poró possuía aroma marcante, por conta dos temperos. Já o molho de iogurte cítrico estava com uma acidez bastante acentuada, que chegava a causar um pouco de desconforto ao ser provado individualmente. No conjunto de todo o prato, houve harmonização, reduzindo um pouco a acidez.

De sobremesa, vale a pena pedir a “Zuppa del Duca” (R$26), com creme mascarpone cremoso, calda de café e chocolate amargo; e o dueto de chocolate amargo e doce de leite (R$21), acompanhado de sorvete de canela e crocante de pão de mel.

 

Serviço – ZOI Restaurante

Endereço: rua Hermenegildo Sá Cavalcante – Edson Queiroz

Funcionamento: às quartas-feiras, das 12h às 17h; de quinta a sábado, das 12h à meia noite; aos domingos, das 12h às 17h.

Reservas: (85) 981.600.088 / 982.032.322

 

ZOI Restaurante
1/9

ZOI Restaurante

Foto: Iury Costa

ZOI Restaurante
2/9

ZOI Restaurante

Foto: Iury Costa

ZOI Restaurante
3/9

ZOI Restaurante

Foto: Iury Costa

ZOI Restaurante
4/9

ZOI Restaurante

Foto: Iury Costa

ZOI Restaurante
5/9

ZOI Restaurante

Foto: Iury Costa

ZOI Restaurante
6/9

ZOI Restaurante

Foto: Iury Costa

ZOI Restaurante
7/9

ZOI Restaurante

Foto: Iury Costa

ZOI Restaurante
8/9

ZOI Restaurante

Foto: Iury Costa

ZOI Restaurante
9/9

ZOI Restaurante

Foto: Iury Costa

Publicidade

Segunda sem carne

Por Ariane Cajazeiras em Restaurantes, Sem categoria

05 de Março de 2018

Visando diminuir o consumo de carnes, tem muita gente que aproveita a segunda-feira para se privar de comer produtos de origem animal ou simplesmente qualquer tipo de carne, seja bovina, suína, peixes ou aves. É a chamada “segunda sem carne”. A Segunda Sem Carne surgiu em 2003 nos Estados Unidos e hoje existe em 40 países, tendo sido criada em 2009 no Brasil pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB). No Reino unido, por exemplo, a campanha é encabeçada pelo ex-beatle, nosso querido Paul McCartney, que é um ativista da causa animal.

(Foto: Divulgação)

Como segunda-feira é mundialmente conhecido como o dia para mudanças, do início de reeducações alimentares, retomada de exercícios e outras metas, a segunda foi o dia da semana escolhido para restringir o consumo das carnes. A Campanha Segunda Sem Carne se propõe a conscientizar as pessoas sobre os impactos que o uso de produtos de origem animal para alimentação tem sobre os animais, a sociedade, a saúde humana e o planeta. Se você, (assim como eu), não consegue viver sem carne (por enquanto), que tal começar a reduzir o impacto do consumo da carne aderindo à campanha? A ideia é tirar os animais do prato pelo menos uma vez por semana e descobrir novos sabores.

E se você quer comer fora, diversos restaurantes oferecem uma alimentação sem animais. Alguns são especializados na culinária vegana (como o Mandir Restaurante Vegetariano e Vegano, que fica na Rua Padre Francisco Pinto, 257 – Benfica, um dos mais antigos). Outros incluem em seu cardápio pratos especiais para quem opta por não comer carne. Estes são menos comuns, mas aos poucos os restaurantes começam a descobrir que Fortaleza tem um público vegetariano bem extenso que quer consumir pratos do tipo não só em restaurantes especializados. Afinal, se você vai sair com pessoas que não gostam da culinária vegetariana, muitas vezes fica à mercê da batata frita e do macarrão ao pesto (que têm seu valor, mas a culinária vegetariana pode ser beeem mais ampla e gostosa).

Fomos convidados a conhecer o cardápio de almoço do Hey Joe Food’ N’ Bar há algumas semanas e veio a ideia desse texto. Em conversa com o chef e sócio do restaurante, Fabiano Pedon, ele me contou dessa vontade de fazer um cardápio mais extenso para vegetarianos e veganos. Ele mesmo está tentando reduzir o consumo de carne e algumas ações querem estimular o consumo dos pratos vegetarianos. O novo cardápio é fruto de muita pesquisa de temperos, principalmente indianos.

O cardápio do almoço, por exemplo, tem a lasanha de berinjela como prato do dia (R$25 com entradinha grátis). Já no jantar, um dos sanduíches queridinhos do cardápio, o hambúrger de “carne” de caju, vem dobrado. Funciona assim: você leve um amigo, escolhe um dos burguers veganos ou vegetarianos e o segundo sai gratuito. É uma forma de estimular que aquele seu amigo meio “preconceituoso” com novos sabores dê um chance à novidade. A promoção é somente às segundas-feiras.

Hambúrguer de caju (Foto: Divulgação)

As opções disponíveis para o “compre um e leve dois” são quatro:

  • Vegan Burguer: Hambúrguer artesanal de carne de caju, alface, tomate, maionese vegana e crispy de batata doce no pão artesanal (Vegano, R$ 22,90).
  • Falafel Burguer: Burger de falafel, molho tahine, sour cream, alface, cebola e vinagrete picante no pão artesanal da casa. (Vegetariano, R$ 22,90).
  • Veggie Burguer: Burger vegetariano de quinoa hidratada com caldo artesanal de vegetais enriquecido com soja e temperos frescos, acompanhado de creme de ricota com sabor parmesão, muçarela, alface e pasta de tomate seco com parmesão no pão integral de cenoura da casa (Vegetariano, R$ 24,90).
  • Caprese: Fatias de burrata (queijo cremoso) com molho pesto, tomate e rúcula no pão ciabatta. (Vegetariano, R$19,90).

Eu mesma adoro carne e acho difícil cortas as iguarias totalemnte do meu cardápio, mas me permito sempre provar os sabores vegetarianos, desde que meu irmão se tornou vegetariano e eu passei a ler um pouco mais sobre a luta pela causa animal. E você, já provou carne de caju? E falafel? Qual sua receita vegetariana favorita? Divide com a gente 🙂

Hey Joe Food’n’Bar
Rua Norvinda Pires, 32, Aldeota
Fone (85) 3121-3815
Facebook: https://www.facebook.com/heyjoefoodnbar
Instagram: https://www.instagram.com/heyjoefoodnbar

Publicidade

Segunda sem carne

Por Ariane Cajazeiras em Restaurantes, Sem categoria

05 de Março de 2018

Visando diminuir o consumo de carnes, tem muita gente que aproveita a segunda-feira para se privar de comer produtos de origem animal ou simplesmente qualquer tipo de carne, seja bovina, suína, peixes ou aves. É a chamada “segunda sem carne”. A Segunda Sem Carne surgiu em 2003 nos Estados Unidos e hoje existe em 40 países, tendo sido criada em 2009 no Brasil pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB). No Reino unido, por exemplo, a campanha é encabeçada pelo ex-beatle, nosso querido Paul McCartney, que é um ativista da causa animal.

(Foto: Divulgação)

Como segunda-feira é mundialmente conhecido como o dia para mudanças, do início de reeducações alimentares, retomada de exercícios e outras metas, a segunda foi o dia da semana escolhido para restringir o consumo das carnes. A Campanha Segunda Sem Carne se propõe a conscientizar as pessoas sobre os impactos que o uso de produtos de origem animal para alimentação tem sobre os animais, a sociedade, a saúde humana e o planeta. Se você, (assim como eu), não consegue viver sem carne (por enquanto), que tal começar a reduzir o impacto do consumo da carne aderindo à campanha? A ideia é tirar os animais do prato pelo menos uma vez por semana e descobrir novos sabores.

E se você quer comer fora, diversos restaurantes oferecem uma alimentação sem animais. Alguns são especializados na culinária vegana (como o Mandir Restaurante Vegetariano e Vegano, que fica na Rua Padre Francisco Pinto, 257 – Benfica, um dos mais antigos). Outros incluem em seu cardápio pratos especiais para quem opta por não comer carne. Estes são menos comuns, mas aos poucos os restaurantes começam a descobrir que Fortaleza tem um público vegetariano bem extenso que quer consumir pratos do tipo não só em restaurantes especializados. Afinal, se você vai sair com pessoas que não gostam da culinária vegetariana, muitas vezes fica à mercê da batata frita e do macarrão ao pesto (que têm seu valor, mas a culinária vegetariana pode ser beeem mais ampla e gostosa).

Fomos convidados a conhecer o cardápio de almoço do Hey Joe Food’ N’ Bar há algumas semanas e veio a ideia desse texto. Em conversa com o chef e sócio do restaurante, Fabiano Pedon, ele me contou dessa vontade de fazer um cardápio mais extenso para vegetarianos e veganos. Ele mesmo está tentando reduzir o consumo de carne e algumas ações querem estimular o consumo dos pratos vegetarianos. O novo cardápio é fruto de muita pesquisa de temperos, principalmente indianos.

O cardápio do almoço, por exemplo, tem a lasanha de berinjela como prato do dia (R$25 com entradinha grátis). Já no jantar, um dos sanduíches queridinhos do cardápio, o hambúrger de “carne” de caju, vem dobrado. Funciona assim: você leve um amigo, escolhe um dos burguers veganos ou vegetarianos e o segundo sai gratuito. É uma forma de estimular que aquele seu amigo meio “preconceituoso” com novos sabores dê um chance à novidade. A promoção é somente às segundas-feiras.

Hambúrguer de caju (Foto: Divulgação)

As opções disponíveis para o “compre um e leve dois” são quatro:

  • Vegan Burguer: Hambúrguer artesanal de carne de caju, alface, tomate, maionese vegana e crispy de batata doce no pão artesanal (Vegano, R$ 22,90).
  • Falafel Burguer: Burger de falafel, molho tahine, sour cream, alface, cebola e vinagrete picante no pão artesanal da casa. (Vegetariano, R$ 22,90).
  • Veggie Burguer: Burger vegetariano de quinoa hidratada com caldo artesanal de vegetais enriquecido com soja e temperos frescos, acompanhado de creme de ricota com sabor parmesão, muçarela, alface e pasta de tomate seco com parmesão no pão integral de cenoura da casa (Vegetariano, R$ 24,90).
  • Caprese: Fatias de burrata (queijo cremoso) com molho pesto, tomate e rúcula no pão ciabatta. (Vegetariano, R$19,90).

Eu mesma adoro carne e acho difícil cortas as iguarias totalemnte do meu cardápio, mas me permito sempre provar os sabores vegetarianos, desde que meu irmão se tornou vegetariano e eu passei a ler um pouco mais sobre a luta pela causa animal. E você, já provou carne de caju? E falafel? Qual sua receita vegetariana favorita? Divide com a gente 🙂

Hey Joe Food’n’Bar
Rua Norvinda Pires, 32, Aldeota
Fone (85) 3121-3815
Facebook: https://www.facebook.com/heyjoefoodnbar
Instagram: https://www.instagram.com/heyjoefoodnbar