Servidores Municipais vão à Câmara de Fortaleza protestar contra proposta de reajuste salarial

Servidores da prefeitura durante audiência na Câmara de Vereadores de Fortaleza. Foto: Kézya Diniz

Os servidores e funcionários públicos do município devem se reunir na Câmara Municipal de Fortaleza nesta quinta-feira (29), a partir das 8h30, para protestar contra o projeto de reajuste proposto pela prefeitura da capital e que, segundo afirmam, não garante reposição anual das perdas salariais.

De acordo com o Sindifort, a Prefeitura de Fortaleza foi “totalmente inflexível” durante as reuniões de negociações que acontecem desde o fim do ano passado.

“A Prefeitura, através de seus negociadores oficiais, Vaumik Ribeiro, Secretário de Administração, e Erismar Silva, chefe de gabinete da SAM, permaneceu totalmente inflexível, sem fazer nenhuma concessão na discussão salarial com os servidores, mantendo a proposta de reajustar o salário base dos servidores em apenas 3,1%, como reposição da inflação de maio a dezembro/2011, mesmo após os servidores terem alterado sua proposta inicial de reajuste de 20% para 10%, sendo 3% em janeiro/2012 mais 7% em maio/2012″, informa o sindicato em nota.

Sem avanço
De acordo com o Sindifort, há quase um mês não há negociações. A Prefeitura encaminhou, em regime de urgência, um projeto prevendo um reajuste salarial referente a janeiro de 2012, desconsiderando as perdas dos meses seguintes.

Em contrapartida, os servidores não aceitam a proposta e exigem o cumprimento da lei que determina o reajuste anual em 1º de maio.

Paralisações
Em nota, o sindicato informa que devido o impasse nas negociações, várias categorias paralisaram as atividades ou fizeram greve, como os agentes da AMC, Usina de Asfalto, Samu, Emlurb, IJF entre outras.

Ainda em nota, o Sindifort ressalta que, apesar da reintegração dos agentes da AMC demitidos por participação na greve da categoria, os pontos gerais da pauta continuam sem perspectiva de atendimento.

Reivindicações
Os servidores reivindicam que seja assegurado o pagamento em dinheiro da licença  especial para os servidores que optarem por não usufruírem do benefício e a opção de aleração da jornada de seis para oito horas diárias, como forma de combate à terceirização.

Com informações do Sindifort

Comentários

Kézya Diniz

Kézya Diniz

Jornalista. Formada em Comunicação Social pela Faculdade Nordeste, desde 2008 é responsável pelo Núcleo de Política da TV Jangadeiro. Cursou especialização em Jornalismo Político na Unifor/Unipace. Coordenou a cobertura especial das Eleições 2010. Repórter de política da TV Jangadeiro, comentarista de política da rádio Jangadeiro FM, blogueira, editora do Jornal Jangadeiro e apresentadora do programa Além da Notícia. No twitter: @Kdiniz No Facebook: http://www.facebook.com/kezya.diniz

No Twitter

Error: Twitter did not respond. Please wait a few minutes and refresh this page.

Agenda

abril 2014
D S T Q Q S S
« abr    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930