Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

vencedores

Campus Mobile leva vencedores da 6ª edição para o Vale do Silício

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

10 de setembro de 2018

Entre os dias 7 e 14 de setembro, o Campus Mobile, programa do Instituto NET Claro Embratel que revela jovens talentos em tecnologia, mobilidade e inovação, levará os nove estudantes vencedores da seleção deste ano para uma viagem ao Vale do Silício, em São Francisco (EUA).

 

Para contribuir com o desenvolvimento das startups que se destacaram pelas propostas inovadoras e assertivas nas categorias Educação, Facilidades e Jogos, o cronograma de viagem contempla diversas visitas a pontos de fomento do conhecimento, de tecnologia e da inovação, como as sedes do Google, Twitter, Facebook e a Universidade de Stanford.

 

“Vamos poder conhecer de perto o pólo mais tecnológico do mundo e ainda conversar com empresas do nosso ramo para entender as tendências do mercado e, possivelmente, estabelecer algumas parcerias”, comenta Guilherme Ramos, membro do projeto Raks.

 

Em sua 6ª edição, o Campus Mobile premiou os seguintes projetos:

 

  • Vivros é uma plataforma para a criação de livros com técnicas interativas em papel, que inclui um aplicativo que permite o uso de mídias, câmera e sensores de celular para enriquecer a experiência da leitura;

 

  • Raks é um aplicativo sustentável, que mantém sistema para o acompanhamento da umidade do solo em lavouras e permite o controle do sistema de irrigação;

 

  • Juke Fiesta é um game eletrônico que tem como objetivo o desvio de obstáculos. A temática mexicana é o pano de fundo da trama, que traz mecânicas de dodge e parry, além de diversos personagens.

 

“Somos muito gratos ao Instituto NET Claro Embratel, essa oportunidade está nos proporcionando experiências incríveis. É um excelente programa para incentivar desenvolvedores independentes a mostrarem seus trabalhos e terem acesso a uma equipe de avaliadores qualificada”, Matheus Viana, membro do Juke Fiesta, que está animado com a bagagem que a viagem pode trazer para ajudar a aprimorar ainda mais o trabalho desenvolvido durante a 6ª edição do Campus Mobile.

 

O Instituto NET Claro Embratel mantém o programa Campus Mobile para identificar, estimular e potencializar a formação de estudantes universitários na produção de conteúdos e novos serviços de telefonia móvel. A iniciativa faz parte de uma série de propostas educacionais que traz ainda projetos como o Educonex@ao, NETLABTV e Dupla Escola.

 

SOBRE O INSTITUTO NET CLARO EMBRATEL

 

A área de Responsabilidade Social do Grupo Claro, composta pelas marcas NET, Claro e Embratel, investe continuamente em ações relacionadas à Educação e à Cidadania, por meio do Instituto NET Claro Embratel, com o objetivo de atuar em frentes sociais que integram a tecnologia e a informação como fonte de desenvolvimento e conhecimento. Desta forma, realiza e apoia projetos como o Campus Mobile, o Educonex@o, o Programa Dupla Escola, entre outros. O Instituto NET Claro Embratel é qualificado como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) pelo Ministério da Justiça, e é reconhecido pelo Departamento de Informação Pública das Nações Unidas (DPI/ONU) como uma organização não governamental corporativa que promove os ideais e princípios sustentados pela Carta das Nações Unidas. Além disso, através de sua Plataforma Institucional, as marcas NET, Claro e Embratel propõem a conexão entre as pessoas para a construção de um amanhã gigante. O movimento é parte de uma inciativa que aborda a gestão corporativa e manifesta o compromisso com a sociedade. Entre as iniciativas estão os Theatros NET São Paulo e Rio de Janeiro, Estação NET Cinema, NET Live Brasília, entre outros. Conheça outras realizações no Relatório Social de 2017 do Instituto: https://www.institutonetclaroembratel.org.br/wp-content/uploads/relatorio-social/2017/mobile/index.html#p=52

Publicidade

Sicredi divulga vencedores do concurso fotográfico SimplesCidade

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

29 de julho de 2018

 

Instituição financeira cooperativa selecionou 12 fotos que irão compor seus calendários e agendas em 2019; competição teve três mil participantes e mais de 10 mil fotos inscritas

 

O Sicredi – instituição financeira cooperativa com mais de 3,8 milhões de associados e atuação em 22 estados brasileiros e Distrito Federal – anuncia os vencedores do concurso cultural fotográfico SimplesCidade.

Com o tema “Seu Olhar Sobre a Sua Cidade”, no qual os associados da instituição financeira cooperativa puderam inscrever fotos com a visão própria de suas respectivas cidades, e o mote “Seu Olhar Sobre o Seu País”, no qual os colaboradores participaram com registros sobre qualquer lugar do Brasil, o Sicredi buscou engajar esses dois públicos a fazer juntos os materiais institucionais para 2019.

Ao todo, foram inscritas mais de dez mil fotos para o concurso, tiradas por três mil participantes. De todas as imagens inscritas, 12 foram escolhidas por um júri técnico composto de fotógrafos da Canon e irão compor os calendários e as agendas do Sicredi no próximo ano. Das 12 fotos, dez foram produzidas por associados do Sicredi (dois por cada uma das cinco centrais que compõe o Sistema) e duas são de autoria de colaboradores da instituição financeira cooperativa.

Além de terem suas fotos impressas nos materiais institucionais do Sicredi, os vencedores também ganharam uma câmera fotográfica profissional (Canon EOS Rebel T6 DSLR).

 

Os vencedores do concurso fotográfico SimplesCidade foram:

  • Thaise Paré Dias (Central Sicredi Brasil Central)
  • Osvaldo Esterquile Junior (Central Sicredi Brasil Central)
  • Christopher Fernandes Borges (Central Sicredi Centro Norte)
  • Cleverson Luiz Veronese (Central Sicredi Centro Norte)
  • Jose Carlos Torres Gonçalves Júnior (Central Sicredi Norte Nordeste)
  • Gustavo Henrique de Lima Aureliano (Central Sicredi Norte Nordeste)
  • Lucas Felipe Dos Santos (Central Sicredi PR/SP/RJ)
  • Igor de Souza Fernandes (Central Sicredi PR/SP/RJ)
  • Greice Alana Scheibler (Central Sicredi Sul Sudeste)
  • Edgar Paveck Sanchez Junior (Central Sicredi Sul Sudeste)
  • Bruno de Assis (Colaborador do Sicredi na Bahia)
  • Henrique de Cesare Pacheco Frainer (Colaborador do Sicredi no Rio Grande do Sul)

Sobre o Sicredi

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão valoriza a participação dos 3,8 milhões de associados, os quais exercem um papel de dono do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.600 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros. Mais informações estão disponíveis em www.sicredi.com.br.

*Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

Publicidade

12º Passo de Arte Norte e Nordeste divulga os vencedores

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

29 de Maio de 2018

 

Foto: Reginaldo Azevedo

Cearenses ganharam três dos quatro prêmios do festival


Ao final de quatro dias de seletiva, o Passo de Arte Norte e Nordeste anunciou na noite de domingo (27) os vencedores da 12ª edição, realizada de 24 a 27 no Theatro Via Sul. Cerca de 1000 participantes de seis estados, concorreram aos prêmios de melhor bailarino, melhor bailarina, melhor grupo e melhor coreógrafo.

A vencedora do prêmio de Melhor Bailarina foi Lorena Barreto Fonseca, do Grupo Batista de Dança (GBD), de Fortaleza, e o Melhor Bailarino eleito pelo júri foi Alladson Barreto, da Biofit Academia de Dança, de Mossoró, o prêmio de Melhor Coreógrafo foi para Cid Neto, da Cia de Dança Rossana Pucci. O Grupo Vera Passos teve a maior nota do festival e ganhou o prêmio de Melhor Grupo.

As edições regionais do Passo de Arte classificam os participantes por categorias específicas onde os trabalhos são agrupados por modalidades e avaliados por uma comissão julgadora qualificada. O júri foi da 12ª edição, foi composto pelos professores: Erika Novachi (SP), Carol Pagano (MG), Bruna Miragaia (SP) e Jonathan Pikolé (SP).

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

I Anima Ceará anuncia os filmes vencedores da Mostra Competitiva

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

27 de Maio de 2018

O curta goiano “O Malabarista” foi o grande vencedor do Festival, encerrado na noite de sábado, 26 de maio, no Cinema do Dragão do Mar, em Fortaleza.

 
Melhor filme: “O Malabarista”, de Iuri Moreno, de Goiás  
 

Após quatro dias de programação, com exibições e seminário, o I Anima Ceará – Festival Nordestino de Cinema de Animação, Games e Web anunciou na noite de sábado, 26 de maio, os filmes vencedores da Mostra Brasileira de Curtas-Metragens de Animação. Um total de 24 curtas brasileiros concorreram aos quatro prêmios da primeira edição do Festival, realizado de 23 a 26 no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, em Fortaleza.

 O filme goiano “O Malabarista”, de Iuri Moreno, foi o grande vencedor, sendo eleito pelo júri como Melhor Curta-Metragem e Melhor Produção CONNE (Centro Oeste, Norte e Nordeste). Por esta categoria recebeu também o prêmio de R$ 5.000,00. O troféu de Melhor Roteiro foi para Israel Dilean, por “Millie”, animação de Minas Gerais. E o de Melhor Trilha Sonora foi para Vini Albernaz, por “A Formidável Fabriqueta de Sonhos Menina Betina”, do Pará. O Júri foi composto por Arnaldo Galvão (SP), Fábio Yabu (CE) e Cândida Liberato (BA).
A noite de encerramento foi marcada também pela homenagem ao baiano Chico Liberato. O cineasta e artista plástico foi um dos pioneiros do desenvolvimento do cinema de animação no Nordeste, tendo lançado o primeiro longa-metragem de animação da região CONNE e o quinto no Brasil: “Boi Aruá”, em 1985. Em meio a aplausos, recebeu o Troféu Anima Ceará. Do homenageado, foi exibido na ocasião o longa-metragem “Ritos de Passagem”. Lançado em 2014, o filme se tornou uma referência contemporânea por retratar a realidade sociocultural da vida áspera do sertão em uma animação de cores vibrantes.

O CRIADOR DO TROFÉU

 O Troféu Anima Ceará é uma criação de Dim Brinquedim, como é conhecido o artista cearense Antônio Jader Pereira dos Santos. Nascido em Camocim, Dim começou a fazer brinquedos ainda na infância, criando uma linguagem artística própria, que une o lúdico e o estético em obras que instigam a manipulação e a interação com o espectador. A originalidade do seu trabalho é tema de documentários, pesquisas acadêmicas e livros. Em Pindoretama, no Ceará, está localizado o Museu Brinquedim, que abriga um acervo de 500 peças de sua autoria, entre brinquedos, esculturas e telas, criadas em 40 anos de carreira.

 I Anima Ceará – Festival Nordestino de Cinema de Animação, Games e Web é uma promoção da Universidade Federal do Ceará (UFC), através do Núcleo de Cinema de Animação da Casa Amarela Eusélio Oliveira. Apoio institucional: Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria da Cultura, por meio do X Edital Mecenas do Ceará. Patrocínio VIP do Beach Park Studios. Parceria: Associação Cultural Cine Ceará, CONNE (Conexão Audiovisual Centro-Oeste, Norte e Nordeste) e Câmara Setorial do Audiovisual. Realização: Parabelum Produções e Fórum Cearense de Animação. Agradecimento: Enel Distribuição Ceará.

Contatos do Anima Ceará:

Tel: (85) 3366.7771, 3366.7772. E-mail: producaoanimace@gmail.com. Site: www.animafestival.com.br.

Instagram: @festivalanimaceara

Publicidade

LUAN SANTANA, SIMONE E SIMARIA E PABLLO VITTAR SÃO OS VENCEDORES DO PROJETO #FANFEAT COCA-COLA

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

02 de Março de 2018

O público escolheu: Luan Santana, as irmãs Simone e Simaria e Pabllo Vittar vão formar o feat triplo mais esperado do ano! O resultado do projeto #FanFeat Coca-Cola está disponível no sitehttps://www.cocacolafm.com.br.

Coca-Cola FanFeat | Sinta o sabor de um novo hit

www.cocacolafm.com.br

Você decide quem serão os próximos 3 artistas que vão gravar o hit do milênio. Compre a embalagem do seu artista preferido e vote.

A parceria terá música assinada por Dudu Borges e Brabo Music e clipe sob direção de Bruno Iglotti, que também esteve à frente do filme da campanha, no ar desde o final do ano passado. O lançamento do clipe está previsto para maio.

“Demos voz a milhões de fãs por meio de nossas latas e agora temos uma grande responsabilidade de criar e produzir esse hit entre Luan, Simone e Simaria e Pabllo. Esse resultado inaugura uma nova forma de juntar marca, artistas e sociedade em um movimento que celebra a união e a cultura popular brasileira”, afirma Conrado Tourinho, gerente sênior de Comunicação e Marketing Integrado da Coca-Cola Brasil.

O PROJETO

Lançadas no fim do ano, as embalagens de Coca-Cola e Coca Cola Zero Açúcar estampavam a imagem do rosto de cada um dos nove artistas participantes e um trecho de suas músicas: Anitta, Luan Santana, Ludmilla, Pabllo Vittar, Projota, Simone e Simaria, Solange Almeida, Thiaguinho e Valesca. Cada embalagem era um voto em potencial. Para participar do projeto, com campanha assinada pela J.Walter Thompson e promoção desenvolvida pela Bullet, bastava comprar, acessar o site e escanear a lata e votar. Os três mais votados, além de gravarem uma música inédita e um videoclipe, serão as estrelas de um show exclusivo ao final da campanha.

Os 100 eleitores de cada artista vencedor que mais votaram ganharão ingressos para assistir ao show, com um acompanhante. Os 10 mais engajados de cada artista terão acesso a outros prêmios, como assistir à gravação do clipe e encontrar com o artista no dia do show, previsto para maio, produzido e transmitido ao vivo pela Vevo Brasil, que assina a curadoria e gestão artística da campanha. A lista dos vencedores estará em breve disponível no site da Coca-Cola FM: https://www.cocacolafm.com.br.

Publicidade

VENCEDORES DO GLOBO DE OURO 2018 ESTÃO NO NOW

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

10 de Janeiro de 2018

Globo de Ouro 2018, realizado no dia 7 de janeiro, abriu a temporada das grandes premiações de Hollywood. E o NOW, que reúne o melhor da programação da TV por assinatura, traz para os clientes da NET e Claro HDTV alguns dos grandes vencedores da noite.

A minissérie da HBO, Big Little Lies, levou para casa quatro estatuetas: Melhor série limitada ou filme para a TV; Melhor atriz de minissérie ou filme feito para TV para Nicole Kidman; Melhor atriz coadjuvante em série, minissérie ou filme para TV para Laura Dern e Melhor ator coadjuvante para série, minissérie ou filme feito para TV para Alexander Skarsgård.

Já This is Us, uma das séries mais comentadas do momento, concorria em três categorias no Globo de Ouro 2018 e proclamou Sterling K. Brown como Melhor ator de série – Drama, também pode ser acessada na plataforma, para assinantes FOX Premium.

Todos os episódios de Big Little Lies estão disponíveis para os assinantes dos canais HBO. O NOW ainda conta com um Especial reunindo filmes e episódios das séries indicadas, como Corra!Em Ritmo de FugaGame of ThronesInsecureRay Donovan; The Deuce e Black-ish.

O NOW pode ser acessado pelo site nowonline.com.br ou aplicativo para tablets e smartphones. Os NETs com pacote HD também conferem os conteúdos da plataforma pelo canal 1.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Prefeitura de Fortaleza entrega premiações dos vencedores no 10º Prêmio Sefin

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

12 de dezembro de 2017

 

Cerimônia será às 14h, no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal das Finanças (Sefin), realiza, nesta quarta-feira (13/12), a solenidade de entrega da 10ª Edição do Prêmio Sefin. Foram selecionados 30 alunos de escolas públicas e privadas de Fortaleza. Cada ano (1º ao 9º) teve o seu primeiro, segundo e terceiro colocados. A entrega dos prêmios será às 14h, no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL).

De acordo com o edital do Prêmio, os estudantes selecionados receberão um smartphone, e o professor do aluno premiado ganhará o valor de R$ 1.000,00 (mil reais), em qualquer uma das quatro categorias. Os estudantes desenvolveram redações, desenhos, poemas e vídeos com o tema “Como o Imposto Constrói uma Nação?”. Os trabalhos foram divididos em Categoria I – desenho à mão livre por alunos do 1º ao 4º ano, Categoria II – poemas escritos por estudantes do 5º e 6º anos, Categoria III – redações feitas por alunos do 7º ao 9º ano e Categoria IV – vídeos feitos por estudantes do ensino fundamental e médio.

Um total de 2.843 trabalhos concorreu à 10ª edição do Prêmio Sefin, sendo 1.753 desenhos; 450 poemas; 609 redações; e 31 vídeos. Uma comissão julgadora, composta por 20 profissionais que atuam na área da educação fiscal e educação fundamental no Ceará, analisou os trabalhos e selecionou os 30 vencedores.

A gerente da Célula de Educação Fiscal da Sefin, Fátima Gondim, observa que, nesta edição, o Prêmio criou uma nova categoria: a de vídeo. “Nós ampliamos para mais uma possibilidade de debate em sala de aula e de expressão dos alunos sobre o nosso tema de educação fiscal. Eles tiveram, além do desenho, poema e redação, a categoria de vídeo. Outro ponto importante é que neste ano tivemos um bom aumento na participação das escolas públicas na categoria de Redação e das escolas partículas na categoria de desenho. É uma resposta de que as escolas estão ampliando a participação dos alunos no Prêmio”, destaca Fátima Gondim.

O Prêmio Sefin tem o objetivo de levar conhecimentos básicos sobre educação fiscal e cidadania aos estudantes das escolas públicas e privadas da Capital. Termos como tributos, bem público, cidadão, direitos e deveres são trabalhados em sala de aula pelo professor, ajudando os alunos a desenvolver os trabalhos que participam da seleção.

Serviço

Entrega das premiações 10ª Edição Prêmio Sefin
Data: Quarta-feira (13/12)
Horário: 14h
Local: Auditório da CDL (Rua 25 de Março, 882 – Centro, Fortaleza)

Publicidade

Estácio anuncia vencedores do Prêmio Estácio de Jornalismo – Edição 2017

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

06 de outubro de 2017

A instituição distribuiu R$125 mil para os autores das melhores reportagens do ano sobre o ensino superior no Brasil

 

A Estácio anunciou na noite do dia 05/10, durante cerimônia realizada no Hotel Hilton Copacabana, no Rio de Janeiro, os vencedores do Prêmio Estácio de Jornalismo – edição 2017. A festa de premiação reuniu cerca de 250 pessoas, grande parte delas profissionais de comunicação de todas as regiões do Brasil.

Na edição deste ano, 386 reportagens participaram e 24 concorreram em nove categorias, com premiações variando entre R$ 10 mil (mídias regionais), R$ 15 mil (mídias nacionais) e R$ 25 mil (Grande Prêmio Estácio). A edição 2017 registrou um aumento de inscritos de 17% em relação ao prêmio de 2016, que contou com 331 matérias concorrentes. A premiação recebeu a participação de veículos de imprensa de 24 estados e do Distrito Federal. Somando as reportagens jornalísticas inscritas nas sete edições, já são mais de 1.800 entre as mídias impressa (jornais e revistas), TV, rádio e internet.

Ao longo das edições, a coordenação do prêmio vem percebendo que, além do crescimento do número de reportagens inscritas, há um aumento expressivo da qualidade e da diversidade de temas propostos. Matérias cada vez mais elaboradas e estruturadas mostram que os jornalistas estão se dedicando e se aprofundando para produzir reportagens sobre o ensino superior. A Estácio acredita que as boas produções podem contribuir e trazer para sociedade mais conhecimento e mostrar a real missão do ensino superior e como ele pode transformar vidas.

Para a vice-presidente de Relações Institucionais e Sustentabilidade do Grupo Estácio, Cláudia Romano, “a missão do jornalismo e da Estácio é praticamente a mesma: preparar as futuras gerações por meio da informação e da educação”.

Vencedor da categoria Impresso Regional, José Luís Costa, do jornal Zero Hora, do Rio Grande do Sul, destaca a importância do prêmio ao reconhecer matérias feitas com tanta seriedade. “Um prêmio como esse estimula o jornalista a buscar o lado bom da educação, ajuda o cidadão a buscar as instituições sérias”, aponta.

A repórter Sabine Righetti, do jornal Folha de S.Paulo, ganhadora da categoria Impresso Nacional, fala sobre como a Estácio incentiva a discussão de um tema tão importante para a sociedade. “Neste momento do país, com tantos problemas econômicos e sociais, estamos aqui falando da solução, que é a educação. O prêmio é um incentivo, que nos diz: continue a realizar o seu trabalho”, afirma.

Responsável pela melhor matéria na categoria TV Nacional, a repórter Nathalia Castro, da TV Globo, reconhece a importância do prêmio ao enaltecer matérias de Educação. “A Estácio ocupa um papel muito importante ao premiar matérias que tratam do tema. É uma forma de estimular os jornalistas a quererem falar mais de educação”, avalia.

A grande premiada da noite, Flavia Yuri Oshima, editora da revista Época, diz se sentir honrada por ganhar o Prêmio Principal. “O Prêmio Estácio de Jornalismo já se consolidou como o principal prêmio de educação no Brasil. Eu vi o trabalho de todos os finalistas deste ano no Prêmio Estácio de Jornalismo e aprendi muito com esses materiais. Isto mostra que há uma equipe de curadoria rigorosa e que entende muito de educação e de jornalismo de educação”, define.

A comemoração foi embalada por um show exclusivo dos Titãs. A banda animou os finalistas, vencedores e convidados ao som de hits como “Sonífera Ilha”, “Lugar Nenhum”, “Go Back” e “Cabeça Dinossauro”.

Os premiados foram:

Grande Prêmio Estácio de Jornalismo

Autor(es): Flávia Yuri Oshima
Reportagem: Um mestre de 176 medalhas
Veículo: Época

Impresso Nacional:

Autor(es): Sabine Righetti
Reportagem: Ciência sem fronteiras põe só 3,7% dos alunos em instituições ‘top’
Veículo: Folha de S.Paulo

Impresso Regional:

Autor(es): José Luís Costa
Reportagem: O homem da faculdade de papel
Veículo: Zero Hora (Porto Alegre)

TV Nacional:

Autor(es): Nathalia Castro, Renato Augusto Portronieri e Virgílio Gruppi Rosa
Reportagem: Um mês na UERJ
Veículo: TV GLOBO

TV Regional:

Autor(es): Brenda Caramaschi, Alex Magosso, Talita Amaral, Silvio Rocha e Rubens Lima
Reportagem: Cianorte e o ensino superior – como a educação está transformando a capital do vestuário em capital da moda
Veículo: Rede Massa (Maringá – PR)

Rádio Nacional:

Autor(es): Rodrigo Resende
Reportagem: Série: na defesa – uma discussão sobre pós-graduação
Veículo: Rádio Senado (Brasília)

Rádio Regional:

Autor(es): Júlio Vieira, Mickael Barbieri, Dimara Oliveira, Maria Fernanda Cinini e Ike Iagelovick
Reportagem: Os desafios de travestis e transexuais no ensino superior
Veículo: Band News FM (Belo Horizonte)

Internet Nacional:

Autor(es): Alessandra Dantas
Reportagem: O professor de Anatomia que promete vida após a vida na busca por doação de corpos
Veículo: BBC (São Paulo)

Internet Regional:

Autor(es): Arivaldo Hermes, Aline Camargo, Cleisiane Soares e Patrick Rodrigues
Reportagem: Especial Alfabetização – À luz das palavras
Veículo: Jornal de Santa Catarina Online

Os finalistas foram definidos por uma comissão composta por professores de jornalismo da Estácio de todas as regiões geográficas do país. Os jurados que escolheram os nove vencedores da edição 2017 foram:

Domingos Meirelles

Atuou nas principais redações do país, como as do jornal O Globo, O Estado de S.Paulo, Quatro Rodas, entre outras. Foi repórter especial da TV Globo, fazendo parte das equipes de reportagens do Fantástico, Jornal Nacional e Globo Repórter. Como apresentador do programa Linha Direta, foi indicado por dois anos seguidos, 2007 e 2008, ao prêmio Emmy Internacional. Durante os mais de 40 anos de carreira, recebeu diversos prêmios jornalísticos. Destaque para o Prêmio Esso, Wladimir Herzog de Direitos Humanos, e o Prêmio Rei de Espanha de Televisão. Atualmente, é presidente da ABI.

Ilona Becskeházy

Atua desde 1996 no desenho e implementação de projetos de educação. É Mestre em Educação Brasileira pela PUC-Rio e Doutoranda em Educação pela USP. Durante 16 anos dirigiu instituições sem fins lucrativos na área de educação. Desde 2011, atua como comentarista do boletim Missão do Aluno da rádio CBN, além de ser consultora e pesquisadora de políticas educacionais para organizações sem fins lucrativos e governos.

Paulo Nassar

Jornalista, autor de livros, Pós Doutor pela Libera Università di Lingue e Comunicazione (IULM) de Milão, na Itália, e Doutor em Ciências da Comunicação pela ECA-USP, onde é também professor e pesquisador. Em 2002, o jornalista recebeu o Prêmio Personalidade da Comunicação, concedido pela Mega Brasil. É coordenador do Grupo de Estudos de Novas Narrativas (GENN ECA-USP) e Diretor Presidente da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje).

Sergio Pompeu

Trabalhou como repórter no Jornal da Tarde, O Estado de S. Paulo e na Gazeta Mercantil. No Estadão, foi editor do caderno Metrópole, do site de educação e dos suplementos Estadão.edu e Planeta. Finalista do Prêmio Esso, já venceu os prêmios Embratel e Allianz com reportagens e cadernos especiais sobre educação e meio ambiente. Atualmente, é Editor do Portal Jeduca (Associação de Jornalistas de Educação).

Vera Iris Paternostro

Jornalista, autora de livro e com 40 anos de carreira na produção áudio visual, a profissional acompanha as transformações do telejornalismo desde os tempos de captação em filme. Em 1996, a jornalista participou do desafio de implantação e consolidação do primeiro canal de notícias 24 horas do Brasil: a GloboNews. Desde 2009, atua como Gerente de Desenvolvimento do Jornalismo e Esporte da TV Globo, se dedicando ao aperfeiçoamento e formação dos profissionais das redações, com participação ativa em treinamento e capacitação.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Sorteio da  campanha Fortaleza Liquida 2017 é realizado com transmissão ao vivo

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

14 de setembro de 2017

O presidente da CDL de Fortaleza, Severino Ramalho Neto, participou do processo do sorteio da Fortaleza Liquida nesta quinta feira (14), realizado às 11h30, no auditório Gervásio Pegado, na sede da entidade, e que teve transmissão ao vivo pelo site e redes sociais da Federação das CDLs do Ceará. Logo após, a realizadora da campanha entrou em contato com alguns vencedores para agendar a entrega dos prêmios, um carro (Jeep Compass), uma moto (Harley Davidson) e 10 TV’s (49 polegadas).

 

Neste ano, a Fortaleza Liquida impactou um volume de vendas em torno de R$ 250 milhões, envolvendo milhares de consumidores que foram cerca de 3.250 pontos de vendas na Capital e Região Metropolitana, entre os dias 1º e 10 de setembro. Severino Ramalho Neto destacou algumas novidades da edição deste ano. “É a primeira vez que a campanha vem para o segundo semestre, a primeira vez que ela foi realmente automatizada, informatizada. Isso significa uma mudança no comportamento do século XXI, a gente estava ainda no século passado, com a cuponagem no papel. Nós temos uma série de informações que poderão ser comparadas no ano que vem e aí sim teremos um termômetro evolutivo”, enfatizou.

Resultado também no site: www.fcdlce.com.br

 

Conheça os ganhadores desta edição:

1) 01 (um) Jeep Compass 0 Km  – Regina Lúcia de Lima Furtado – Fortaleza

2) 01 (uma) moto Harley-Davidson  – Carlos Alberto Moreira –  Fortaleza –

3)  Ganhadores das 10 TVs 49”:

Maria Creuza Lima da Silva – Caucaia

Maria Iraneide Leite Freire – Fortaleza

Maria Valdelane Firmino – Fortaleza

José Aires da Silva Neto – Fortaleza

Antônia Maria Araújo da Silva – Fortaleza

Magna Fabíola Castro da Silva – Fortaleza

Paula Regina Ponte Fernandes – Fortaleza

Jaqueline Pinheiro da Silva – Fortaleza

Antônio Colaço Martins Filho – Fortaleza

Luciana Maria de Matos Lopes – Fortaleza

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Comida di Buteco anuncia vencedores de Fortaleza no próximo dia 23

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

18 de Maio de 2017

 

Na próxima terça (23), será conhecido o melhor buteco de Fortaleza. Durante a saideira, o Comida di Buteco anunciará os vencedores de sua 7ª edição na capital cearense. O melhor estabelecimento da cidade concorrerá ao título de “Melhor Buteco do Brasil”, que acontecerá no mês de junho, realizada por uma comissão de jurados que não participou das etapas regionais. O vencedor leva a cidade e o buteco ao pódium da cozinha de raiz do BRASIL. O concurso teve participação de 16 estabelecimentos de diversas regiões da cidade como Aldeota, Aerolândia, Centro, Joaquim Távora, José Bonifácio, Meireles, Montese, Parangaba, Praia de Iracema e Varjota.

O Comida di Buteco ocorreu de 14 de abril a 07 de maio em Fortaleza. Para se eleger o melhor buteco da cidade, foram computados votos de jurados e do público que foi aos estabelecimento no período, provou os petisco e se dirigiu às urnas de votação. Em 2017, o concurso teve como tema o “cereal”, que devia estar presente no prato, além do limite de R$ 25,90 no preço.

Participaram do concurso em Fortaleza os butecos: Alma Gêmea, Alpendre, Bar Chá da Égua, Bar do Helano, Bar do Nem, Bar O Camocim, Boozer’s, Boteco do Arlindo, Canto do Baião, Carneiro do Tércio, Espaço Casa da Sogra, Kina do Feijão Verde, Outras Palavras, Picanha Iracema, Teresa & Jorge e Varandão da Vila.

“Esse ano, o Comida di Buteco se consolidou de vez em Fortaleza. Os participantes tiveram aumento de 30 de 50% no movimento e faturamento. Já sentimos que o público aguarda pelo concurso e tem a curiosidade de conhecer os butecos e experimentar os petiscos. Saímos com a certeza de um Comida di Buteco ainda maior em 2018”, destaca o coordenador do concurso em Fortaleza, Matheus Marinho.

Nacionalmente, o concurso levou quase 5 milhões de apaixonados por butecos às urnas  dos mais de 500 concorrentes, em 20 cidades, para eleger o MELHOR BUTECO DO  BRASIL. O concurso foi criado em 2000, com a finalidade de resgatar e valorizar a culinária de raiz e os butecos espontâneos/tradicionais.  O concurso é o único nacional do gênero, que envolve toda a população das 20 cidades participantes.

O Comida di Buteco é 100% viabilizado com investimento de empresas que acreditam na sua CAUSA e como plataforma de desenvolvimento de suas marcas. Nenhum buteco paga absolutamente nada para participar. Em 2017, o concurso é apresentado por Teacher’s, tem como cerveja oficia: Devassa. Os patrocinadores são McCain, Trident, Getnet  e MasterCard. A promoção é de TV Verdes Mares e  Perdigão. O apoio é feito por Tabasco, Hellman’s, Chandon, Odhen by Teknisa, Diário do Nordeste,    Abrasel, Hotel Sonata de Iracema e Senac. A apuração fica por conta da Vox Populi.

Publicidade

Comida di Buteco anuncia vencedores de Fortaleza no próximo dia 23

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

18 de Maio de 2017

 

Na próxima terça (23), será conhecido o melhor buteco de Fortaleza. Durante a saideira, o Comida di Buteco anunciará os vencedores de sua 7ª edição na capital cearense. O melhor estabelecimento da cidade concorrerá ao título de “Melhor Buteco do Brasil”, que acontecerá no mês de junho, realizada por uma comissão de jurados que não participou das etapas regionais. O vencedor leva a cidade e o buteco ao pódium da cozinha de raiz do BRASIL. O concurso teve participação de 16 estabelecimentos de diversas regiões da cidade como Aldeota, Aerolândia, Centro, Joaquim Távora, José Bonifácio, Meireles, Montese, Parangaba, Praia de Iracema e Varjota.

O Comida di Buteco ocorreu de 14 de abril a 07 de maio em Fortaleza. Para se eleger o melhor buteco da cidade, foram computados votos de jurados e do público que foi aos estabelecimento no período, provou os petisco e se dirigiu às urnas de votação. Em 2017, o concurso teve como tema o “cereal”, que devia estar presente no prato, além do limite de R$ 25,90 no preço.

Participaram do concurso em Fortaleza os butecos: Alma Gêmea, Alpendre, Bar Chá da Égua, Bar do Helano, Bar do Nem, Bar O Camocim, Boozer’s, Boteco do Arlindo, Canto do Baião, Carneiro do Tércio, Espaço Casa da Sogra, Kina do Feijão Verde, Outras Palavras, Picanha Iracema, Teresa & Jorge e Varandão da Vila.

“Esse ano, o Comida di Buteco se consolidou de vez em Fortaleza. Os participantes tiveram aumento de 30 de 50% no movimento e faturamento. Já sentimos que o público aguarda pelo concurso e tem a curiosidade de conhecer os butecos e experimentar os petiscos. Saímos com a certeza de um Comida di Buteco ainda maior em 2018”, destaca o coordenador do concurso em Fortaleza, Matheus Marinho.

Nacionalmente, o concurso levou quase 5 milhões de apaixonados por butecos às urnas  dos mais de 500 concorrentes, em 20 cidades, para eleger o MELHOR BUTECO DO  BRASIL. O concurso foi criado em 2000, com a finalidade de resgatar e valorizar a culinária de raiz e os butecos espontâneos/tradicionais.  O concurso é o único nacional do gênero, que envolve toda a população das 20 cidades participantes.

O Comida di Buteco é 100% viabilizado com investimento de empresas que acreditam na sua CAUSA e como plataforma de desenvolvimento de suas marcas. Nenhum buteco paga absolutamente nada para participar. Em 2017, o concurso é apresentado por Teacher’s, tem como cerveja oficia: Devassa. Os patrocinadores são McCain, Trident, Getnet  e MasterCard. A promoção é de TV Verdes Mares e  Perdigão. O apoio é feito por Tabasco, Hellman’s, Chandon, Odhen by Teknisa, Diário do Nordeste,    Abrasel, Hotel Sonata de Iracema e Senac. A apuração fica por conta da Vox Populi.