Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Theatro José de Alencar

O Theatro José de Alencar lança Chamada de Ocupação Artística para compor a programação do segundo semestre de 2018 

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

13 de junho de 2018

O Theatro José de Alencar, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), lança Chamada de Ocupação Artística para compor a programação do segundo semestre de 2018. O presente edital irá selecionar grupos do Estado do Ceará para compor o cronograma de atividades dos mais variados espaços deste complexo cultural. O período de inscrições é de 06 a 19 de junho de 2018.

São 16 espaços disponíveis e muitas possibilidades de desenvolver seu trabalho artístico no mais importante teatro do Ceará. Artes visuais, música, dança, teatro, circo, audiovisual, literatura e muitas outras linguagens artísticas podem ocupar os espaços que compõem a edificação tombada, jardim e todo o Anexo CENA.

Com esta iniciativa o TJA busca promover o fortalecimento e fomento desta centenária casa de espetáculos junto a classe artística e ao grande público. Após cumprirmos com o calendário disposto na Chamada, iremos disponibilizar os selecionados de acordo com os espaços pretendidos e linguagens.

Confira o edital:
Publicidade

Sucesso na estreia, espetáculo “Geração Trianon” fica em cartaz de 22 a 25/02, no Theatro José de Alencar

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

21 de Fevereiro de 2018

Com a casa lotada na estreia no último fim de semana, o espetáculo “Geração Trianon”, do Instituto Teatro Público, continua em cartaz de 22 a 25, de fevereiro, quinta a domingo, sempre às 18h30. Os ingressos serão vendidos a R$ 20,00 e 10,00 e classificação etária recomendada para 12 anos.

O texto  de Anamaria Nunes e é ambientado no Teatro Trianon, célebre casa de espetáculos do Rio de Janeiro por suas comédias, entre as décadas de 20 e 30 do século XX. Nele passaram grandes nomes da época, entre autores, artistas de teatro, empresários e críticos, que discutiam e resolviam ali os rumos da classe teatral.

O enredo mostra dois sócios, o Astro da Companhia e o Dono do Teatro Trianon, em apuros após um grande fracasso de bilheteria de um drama. Decidem mudar o repertório e montar uma comédia inédita. Contratam um jornalista desconhecido para escrever a peça e estrear em cinco dias. O público acompanha o stress gerado pela montagem de uma peça dentro da peça e se diverte com as trapalhadas e situações dos artistas que vivem de teatro.

A encenação ambienta o texto com referências ao teatro cearense e homenageia a paixão de seus artistas para viver de sua arte. Traz à cena dificuldades, intrigas, expectativas, sonhos, anseios e desejos. Sucessos e fracassos numa gangorra de paixão e aposta na arte do Teatro, onde pão e poesia travam, todo dia, sua batalha.

Ficha técnica

“Geração Trianon”

Elenco: Júnior Martins, Antônio Formiga, Leuise Furtado, Robério Diógenes, Pedro Domingues, Fabíola Lipper, Jane Azeredo, Aldo Marcozzi e Roberta Wermont.

Texto: Anamaria Nunes

Produção: Ana Cristina Viana

Cenografia: Rodrigo Frota

Figurino: Dami Cruz

Iluminação:Raí Santorini

Sonoplastia: Glairton Santiago

Contra-Regragem: Mauro de Lima

Arte e Design: Klebson Alberto e Lara Leôncio

Direção: Pedro Domingues

Montagem: Instituto Teatro Público

SERVIÇO:

Espetáculo “Geração Trianon”

Quando: De 22 a 25/02, às 18h30

Onde: Theatro José de Alencar

Ingressos: R$ 20,00 e 10,00

Classificação etária: 12 anos

Publicidade

19ª Festival Jazz & Blues desce a serra e chega a Fortaleza

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

15 de Fevereiro de 2018

Após quatro dias de intensa programação em Guaramiranga, chegou a vez de transformar Fortaleza na capital do Jazz e do Blues. Nesta quinta e sexta-feira (dias 15 e 16 de fevereiro) a cidade recebe alguns dos grandes shows que aconteceram na serra, durante a 19ª edição do Festival Jazz & Blues. Para encerrar mais uma edição em grande estilo, os shows invadirão alguns dos importantes espaços culturais da capital cearense: Centro Cultura Banco do Nordeste, Cineteatro São Luiz e Theatro José de Alencar. 

A programação em Fortaleza começa com a oficina de gaita ministrada pelo carioca Jefferson Gonçalves, que será nesta quinta-feira, às 17h, no Centro Cultural Banco do Nordeste. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no local. Depois da oficina, Jefferson e o guitarrista mineiro Gustavo Andrade apresentam às 18h30 o show “Explosion Blues”, que contagiou a plateia na Sessão ao Por do Sol do último dia do Festival na serra. É um show alto astral e contagiante, repleto de clássicos do blues, country-blues, folk e funk-blues, também com Fabio Mesquita (baixo) e André Obermuller (bateria). A entrada é gratuita, com retirada de ingressos na bilheteria.  

Dois grandes shows serão apresentados nesta quinta e sexta-feira, ambos às 19 horas, no Cineteatro São Luiz, com venda de ingressos na bilheteria. Na quinta-feira, a atração é Dori Caymmi (violão), acompanhado por Itamar Assiere (piano), Jefferson Lescowich (contrabaixo) e Ricardo Costa (bateria) no show “Voz de Mágoa”. O título faz alusão ao timbre vocal de seu pai, Dorival Caymmi, mas também à mágoa antiga de amor por um Brasil recriado todos os dias nas canções, mas que não consegue se traduzir num país mais humano, belo, justo e brasileiro. “Um Brasil que a geração do meu pai me ensinou e prometeu, mas que nunca entregou”, ressalta. 

Na sexta-feira o Cineteatro São Luiz recebe o show “Blues for Africa” de Adriano Grineberg, que tem como convidado o cantor gaúcho Filipe Catto. É um espetáculo que ressalta a força da matriz africana para o blues, a música do Brasil e do mundo. Com eles, Fabá Jimenez (guitarra), Caio Goes (baixo) e Marco da Costa (bateria). 

E para fechar esta edição, na sexta-feira, dia 16, às 20h30, acontecem dois grandes shows no Theatro José de Alencar: O primeiro é de um dos encontros musicais que conquistou o público do Festival na serra: o compositor, cantor e violonista cearense Davi Duarte com o Duo Estro Cuba, formado pelo flautista Marcelo Padre e o pianista Néstor Lambida. Uma sintonia perfeita da cena cearense com a música mineira e a matriz musical cubana. Com eles, o percussionista Nilton Fiore completa esse time de instrumentistas.

Na sequência, no palco do TJA, o show é do Blues do Nordeste, formado por quatro guitarristas de estados diferentes que se juntaram para criar um grupo marcado pela intensidade e pela forma brasileira de vivenciar o blues. André de Sousa (Piauí), Gustavo Cocentino (Rio Grande do Norte), Roberto Lessa (Ceará) e Rodrigo Morcego (Pernambuco) levantaram a plateia da Jam Session de segunda-feira em Guaramiranga e prometem repetir a festa na noite de sexta-feira em Fortaleza. 

Apresentado pelo Ministério da Cultura, com apoio institucional da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará e da Prefeitura Municipal de Guaramiranga, o 19° Festival Jazz & Blues tem como patrocinadores: Hipercor, Nacional Gás e BNB. Apoio cultural: Cineteatro São Luiz, Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Theatro José de Alencar, Indaiá, Café Santa Clara Reserva da Família, Cagece, Dakota, Casa Pio, Mercadinhos São Luiz e Servis Segurança. Agradecimentos: ENEL e Coca-Cola. Promoção: Diário do Nordeste. Realização: Ministério da Cultura e Via de Comunicação.

 

PROGRAMAÇÃO

 

DIA 15 (QUINTA-FEIRA)

17h – Workshop de gaita: Jefferson Gonçalves (RJ)

18h30 – Show:  “Explosion Blues” – Gustavo Andrade e Jefferson Gonçalves (MG/RJ)

Local: Centro Cultural Banco do Nordeste

19h – Show: Dori Caymmi (RJ)

Local: Cineteatro São Luiz

 

DIA 16 (SEXTA-FEIRA)

19h – Show: “Blues for Africa” convida Filipe Catto (SP/RS)

Local: Cineteatro São Luiz

20h30 – Shows da Festa de Encerramento: Davi Duarte (CE) e Duo Estra Cuba / Blues do Nordeste (CE/PI/RN/PE)

Local: Theatro José de Alencar

 

SERVIÇO

19ª Festival Jazz & Blues em Fortaleza – Dias 15 e 16 de fevereiro de 2018 em Fortaleza. Informações: (85) 3262.7230. Site: www.jazzeblues.com.br. Instagram: @festivaljazzeblues. Facebook: Festival Jazz & Blues (CE).

Inscrição para oficina de gaita no Centro Cultural Banco do Nordeste: Gratuita, no local. Vagas limitadas. Show de Jefferson Gonçalves e Gustavo Andrade no CCBNB: gratuito com retirada de ingressos na bilheteria (Centro Cultural Banco do Nordeste: Rua Conde d’Eu, 560 – Centro). 

Ingressos para os shows no Cineteatro São Luiz, em Fortaleza: À venda no local (Rua Major Facundo, 500 – Centro). Horário de funcionamento da bilheteria: Terça a sábado das 10h às 18h30 e, aos domingos, a bilheteria é aberta uma hora antes de cada evento e fecha no início da última atividade (conforme programação do dia). R$ 30,00 (inteira) / R$ 15,00 (meia). Venda com taxa de conveniência no Tudus(www.tudus.com.br). Informações no Cineteatro São Luiz: (85) 3252.4138 (horário comercial).

Ingressos para os shows de encerramento no Theatro José de Alencar: Gratuitos, com retirada de ingressos na bilheteria, no dia do show (Rua Liberato Barroso, 525 – Praça José de Alencar – Centro). 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Theatro José de Alencar recebe a abertura do III Festival Internacional Violoncelos em Folia

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

06 de Fevereiro de 2018

 

O Festival acontece no período do Carnaval, de 09 a 13 de fevereiro. Um grande encontro de estudantes, profissionais e apreciadores de violoncelos.

 

A abertura do III Festival Internacional Violoncelos em Folia acontece sexta (9/2) no Palco Principal do TJA, a partir das 19h30. O evento em Fortaleza é a versão brasileira do festival Violoncelles en Folie, iniciado em Briançon, França, no verão de 2006, sob direção do violoncelista cearense Fernando Lage, professor do Conservatório de Briançon, que também dirige a edição nacional.

 

O concerto de abertura contará com os professores Fernando Lage, Marie-Françoise Nageotte, Diego Coutinho, Dora Utermohl, Ítalo Rafael e convidados. O evento é gratuito e classificação indicativa livre.

 

Teatro de Rua e Quinta no Porão integram a programação Semanal

 

Na quarta (7/2) o já tradicional programa Arte de Rua apresenta a peça “O Auto da Camisinha” do Grupo De Teatro Assum Preto, às 17h30, na calçada do TJA. O espetáculo conta a história de um casal de namorados que vivem a ansiedade de realizar o tão sonhado amor e sexo, mas Benedito (o namorado) se vê inexperiente a frente de Lionor (moça esperta e decidida), pois a mesma só quer transar se for com camisinha. A apresentação é gratuita e a classificação indicativa livre.

 

Quinta no Porão, o mais novo programa do TJA

 

Peça baseada na obra literária “Crônica de Uma Morte Anunciada”, de Gabriel Garcia Marquez, a peça “Morte Anunciada” acontece nos dias 08 e 15 de fevereiro, às 19h30, no Porão do Theatro José de Alencar. O monólogo é encenado pelo ator Oscar Roney, sob a direção de Francinice Campos. É interpretado nos idiomas espanhol e português.

 

O programa “Quinta no Porão” tem como objetivo abrir espaços para espetáculos mais intimistas e de maior interação com o público, além de apresentar as possibilidade e uso dos espaços do TJA. Os ingressos custam R$30 (inteira) e R$15 (meia), preço promocional para associados ao Sated no valor de R$10. Classificação Indicativa:  12 anos.

 

Carnaval!

 

No período do carnaval, de 10 a 14 de fevereiro, o Theatro José de Alencar estará fechado para atividades culturais.

 

Confira a programação completa do mês de fevereiro no TJA pelo site: www.secult.ce.gov.br

 

Mais informações/entrevistas:

Ivy Ariane – (85) 99991.8382 | tja.comunica@gmail.com

Assessoria do Theatro José de Alencar

Publicidade

TJA: II Baile a Fantasia do Zé de Alencar será no dia 3/2

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

17 de Janeiro de 2018

O pré-carnaval 2018 chega novamente ao jardim do Theatro José de Alencar.

Um baile na casa do Zé – O Theatro José de Alencar, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), promove no dia 03/02 (sábado), em seu jardim, o II Baile a Fantasia do Zé de Alencar. A programação terá início às 16h com o Baile Infantil e segue às 19h com o Baile Adulto, com atrações como DJ Alan Morais e show da banda Luxo da Aldeia. O Baile a Fantasia do Zé de Alencar também promoverá um desfile e a escolha das três melhores fantasias com direito a premiação.

O Bloco Luxo da Aldeia foi criado em 2006 a partir de uma ideia de valorização da música cearense de carnaval. Tem o nome inspirado na música Terral, de Ednardo. O seu grupo é formado por músicos que trabalham na valorização da música local num intuito de reforçar os laços culturais do nosso povo com o local de origem.

Pierrots, colombinas, arlequins, piratas, árabes, borboletas, bailarinas, palhaços, ciganas, todos serão muito bem vindos nesta festa que fortalece os laços de convivência com a comunidade, parceiros, artistas e amigos do TJA, onde o lazer e a criatividade serão porta vozes da alegria.

A entrada gratuita será permitida apenas para pessoas fantasiadas ou mascaradas, limitada à lotação do espaço, quando serão distribuídos 400 ingressos na semana anterior e 200 ingressos no dia do Baile.

Serviço: II Baile a Fantasia do Zé de Alencar
Dia: 03 de Fevereiro de 2018 (sábado)
Onde: Jardim do Theatro José de Alencar

Baile Infantil – 16h às 18h
Som mecânico e animação com Xilito Palhaçada
Ingressos: mediante doação de 01 kg de alimento não perecível para adultos
Retirada: na hora do evento

Baile Adulto – somente para pessoas fantasiadas ou mascaradas
(ingressos na semana anterior e no dia).

19h – DJ Alan Morais
20h – Luxo da Aldeia
22h – Concurso de Fantasia
00h – Finalização

Ingressos: mediante doação de 01 kg de alimento não perecível
Retirada: a partir do dia 23 de janeiro, 02 (dois) ingressos por pessoa

Publicidade

I Mostra do Curso Princípios Básicos de Teatro reúne montagens de alunos do TJA 

Por Oswaldo Scaliotti em Qualificação

15 de Janeiro de 2018


Acontece de 16 a 21 de janeiro a I Mostra do Curso Princípios Básicos de Teatro – Montagens 2017 do Theatro José de Alencar, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult). No palco, o público poderá conferir os espetáculos “Estribilho”, “Crias da Terra” e “Trinta e Duas” e o show de lançamento do álbum “Estribilho [Trilhos Sonoros]”, sempre a partir das 19h.

Além das montagens do CPBT do TJA, a Mostra contará com uma apresentação do espetáculo criado pelos alunos do Curso de Formação Básica em Teatro do CCBJ a partir da Oficina de Dramaturgia, realizada pelo dramaturgo Rafael Barbosa.

O CPBT é uma realização do Theatro José de Alencar em parceria com a Secretaria de Cultura e Secretaria de Educação do Ceará, desde 1991. Hoje as aulas são ministradas pelos professores Joca Andrade, Juliana Veras e Neidinha Castelo Branco.

* Programação

> Dia 16 de janeiro – Estribilho <

Uma reflexão ácida e poética sobre as opressões na sociedade contemporânea. O espetáculo, repleto de músicas, embarca num trem circense construindo um trilho no horizonte para discutir a dor e o sabor nas relações humanas.

> Dia 17 de janeiro – Show de lançamento álbum Estribilho [Trilhos Sonoros] e “As farsas da enganação”

O show Estribilho [Trilhos Sonoros] é uma composição cênica musical de lançamento do álbum, que contém as canções do espetáculo Estribilho. O projeto partiu de uma construção coletiva da equipe que compõe o espetáculo.

I Mostra CPBT – Montagens 2017 convida Curso de Formação Básica em Teatro – Centro Cultural Bom Jardim

Baseados na farsa, gênero teatral dramático e cômico, os personagens excêntricos e histriônicos são apresentados em situações simples do cotidiano, a partir de um olhar crítico sobre a enganação humana.

> Dia 18 e 19 de janeiro – Crias da Terra <

Nuances do universo feminino representadas em diferentes contextos, porém, com um fator em comum, ser mulher em uma sociedade patriarcal. Entre dores e amores as personagens compartilham memórias e vivências. Mulheres comuns que possuem resistência de deusas, verdadeiras crias da natureza.

> Dia 20 e 21 de janeiro – Trinta e Duas <

Marly e Eunice, que seguem como retas paralelas trilhando caminhos que nos levam a uma jornada pela memória da resistência marginal de Fortaleza. A fartura da elite fortalezense nos anos 30 contrasta com a seca que se alastrou no interior do Ceará, e o poder esmagador da especulação imobiliária contemporânea enfrenta uma comunidade resistente à beira do trilho.

– Serviço
Data: 16 a 21 de janeiro de 2018
Local: Palco Principal e Sala de Teatro Nadir Papi Saboia
Horário: 19h
Ingressos: R$10 e R$5 / Gratuito no dia 17 de janeiro
Classificação Indicativa:
16 e 17 de janeiro – livre
18 e 19 de janeiro – 12 anos
20 e 21 de janeiro – 12 anos

Publicidade

Temporada de dança e programas musicais integram a programação desta semana no TJA

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

27 de novembro de 2017


O Theatro José de Alencar apresenta os projetos “Cantares – Mostra de Corais do TJA”, “Conexões Sonoras”, “Sexta Rock” e “Sala de Concerto”. No palco principal, inicia a “Temporada de Dança no TJA 2017”.

O Theatro José de Alencar, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), traz uma programação envolvendo música, dança, entre outras linguagens artísticas nesta semana. Confira a programação completa do TJA no site: www.secult.ce.gov.br.

Nesta terça (28), o TJA apresenta Cantares – Mostra de Corais do TJA, nesta edição apresentam-se os corais: Canto da Apá, Moenda, Coral Encantart ECT e Sobretons. O evento é gratuito e inicia às 19h, no Palco Principal. O projeto idealizado pelo TJA e grupos coralistas está na sua terceira edição tem o propósito de difundir a diversidade de coros, corais e grupos vocais do Estado.

Temporada de Dança TJA

No final de novembro é dada o início da Temporada de Dança no TJA 2017, realizado anualmente, a temporada reúne academias de dança da cidade de Fortaleza para diversas apresentações até o final de dezembro. No Palco Principal, quarta (29), estreia os espetáculos “Lança” e “Medrais” dos alunos formando da Escola Pública de Dança da Vila das Artes. O espetáculo Lança, foi criado pelos coreógrafos Ângelo Madureira e Ana Catarina Vieira para celebrar a primeira turma formada pela Vila das Artes. A coreografia é baseada nas danças populares nordestinas abordadas com uma linguagem contemporânea. Já Medrais é uma obra dançante, por isso, não se define e está em constante mudança, fazendo medrar uma formação humana. Os espetáculos ficam em cartaz nos dias 29 e 30 de outubro, às 19h, entrada 1kg de alimento. Classificação livre.*

Na sexta (01) e sábado (02) é a vez do Ballet Hugo Bianchi com o espetáculo “A filha do faraó”, às 19h. A escola explora o reino do Egito e traz os mistérios das areias do deserto para encantar os corações dos amantes do ballet. A apresentação inicia às 19h, no Palco Principal, com ingressos ao preço de R$40 e R$20 (meia). Classificação livre.*

Grande Sertão: Veredas 60 anos

O foyer do Theatro José de Alencar recebe na quarta (29) o lançamento do livro “Grande Sertão: Veredas 60 anos”,  a partir das 18h. O livro contempla um conjunto de 17 artigos que aborda o universo plural de Grande Sertão: Veredas, de João Guimarães Rosa; obra que, em 2017, completa os seus 60 anos de publicação. A organização e publicação do livro é uma parceria entre UFC, UNIFAP E UNICAMP, sendo publicado pela editora da Universidade Federal do Amapá. Gratuito.


Da música de concerto ao rock

Além da mostra de corais na terça, o Theatro apresenta esta semana os programas Conexões Sonoras, a Sexta Rock e a tradicional Sala de Concerto. Na quinta (30) o foyer do TJA às 19h, a Escola de Canto da Apá, . Ingressos: R$30 e R$15 (meia), classificação livre*.

A Sexta Rock de novembro traz ao público as bandas “Os intrusivos”, “Netuno Doom” e “Coldness. O projeto é idealização da Associação Cultural Cearense do Rock (ACR) em parceria com o TJA, é gratuito e inicia às 18h na Praça Mestre Pedro Boca Rica na sexta (01).  Classificação livre.* Ainda na sexta o Foyer recebe o projeto “Música de Câmara” às 19h. Os músicos Heriberto Porto e Nelma Dahás se juntam à jovem soprano lírica Liana Fonteles para um recital de música de câmera que  fará o público  percorrer grandes obras de mestres europeus como Richard Strauss, Massenet, Donizetti, J.S. Bach, Franck Martin e Schubert. Gratuito. Classificação livre.

No sábado (02) é a vez da Camerata de Cordas e Orquestra Sinfônica UFC se apresentar no Foyer às 17h, num repertório  variado entre o erudito e o popular.  E no domingo (03), a Sala de Concerto recebe o “Recital de Piano” com os alunos de Mirian Lin Mei Ling às 17h, no foyer. Gratuito. Classificação Indicativa: Livre*.

Projeto Jardim Em cena

Centro Cultural Grande Bom Jardim apresenta espetáculos de dança resultantes do  Projeto Jardim em Cena. Este projeto trata-se de uma ação artística e formativa, apresentada nos formatos de Ateliês Artísticos de Criação em Dança e Música e Laboratórios Técnicos em Artes Cênicas. Serão apresentadas 3 obras artísticas resultado de processo junto há 45 bailares. A atividade acontece gratuitamente no sábado (02)  às 16h, na Sala de Teatro Nadir Papi Sabóia. Classificação Indicativa: Livre

Domingo é dia de Teatro Infantil

A Pauta Aberta Infantil deste mês apresenta o espetáculo “Iroko – A grande árvore”. No palco o público irá conferir a lenda de origem africana que conta a história da primeira árvore plantada no mundo. O espetáculo integra a Chamada de Ocupação 2017 do TJA. Os ingressos estão à venda ao preço de  R$ 10 e R$ 5 (meia). Classificação livre.

Publicidade

Secult lança o Prêmio Pontos de Cultura do Ceará, nesta segunda, 27/11, às 10h, no TJA

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

24 de novembro de 2017

A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) lança nesta segunda-feira, 27/11, às 10h, no foyer do Theatro José de Alencar, o Prêmio Pontos de Cultura do Ceará, com o objetivo de reconhecer  e fomentar 50 entidades culturais da sociedade civil  que foram chanceladas como “Ponto de Cultura” no âmbito da política estadual e nacional do Programa Cultura Viva. O Governo do Estado, através da Secult,  investirá o total de R$1,3 milhão na cultura cearense, atendendo as diretrizes, objetivos e às metas 07, 17 e 20 do Plano Estadual da Cultura e fortalecendo a Rede dos Pontos de Cultura do Ceará.

O prêmio surgiu com uma ação de retomada e fortalecimento da Programa Cultura Viva no Ceará, numa construção compartilhada com representantes da Comissão Estadual dos Pontos de Cultura e gestores da Secult.

O prêmio

Cada entidade selecionada no Prêmio Pontos de Cultura do Ceará receberá o prêmio financeiro no valor de R$ 26 mil. Serão premiados 50 Pontos de Cultura, com recursos oriundos do Tesouro Estadual da Cultura.

Quem pode participar

Estão aptas a participar do Prêmio Pontos de Cultura do Ceará as Pessoas Jurídicas de Direito Privado Sem Fins Lucrativos, sediadas no Estado do Ceará, reconhecidas no âmbito do Programa Cultura Viva, por meio de celebração de convênios e/ou instrumentos congêneres celebrados com o Estado do Ceará e/ou Ministério da Cultura  e que estejam em funcionamento regular com comprovação de atuação contínua há pelo menos um ano, contado da data da publicação do edital. A lista de entidades reconhecidas no âmbito do Programa Cultura Viva constam no Anexo I do edital.

Inscrições

As inscrições serão gratuitas e exclusivamente online pelo site www.editais.cultura.ce.gov.br, do dia 27 de novembro de 2017 a 10 de janeiro de 2018. O Edital completo do Prêmio também estará disponível a partir desta data. Para realizar a inscrição, os candidatos que constam na lista do Anexo I do Edital deverão se cadastrar no Mapa Cultural do Ceará (www.mapa.cultura.ce.gov.br) como Agentes Coletivos (Pessoa Jurídica) no Mapa Cultural do Ceará. O cadastro no mapa cultural, bem como a ficha de inscrição, deverão estar obrigatoriamente preenchidos com os documentos solicitados devem estar inseridos no perfil da instituição no mapa cultural até a data de inscrição.

Programa e Lei Cultura Viva – Audiência Pública

No mesmo dia do lançamento do Prêmio Pontos de Cultura do Ceará, às 14h30, acontece também a Audiência Pública na Assembleia Legislativa do Estado, proposta pela Deputado Renato Roseno  para debater sobre propostas, desafios e  perspectivas das políticas  para o Programa Cultura Viva do Ceará. A audiência contará com a presença de representantes da Comissão Nacional e Estadual dos Pontos de Cultura e da Secult.  A mesa contará com a presença do Secretário da Cultura Fabiano Piúba e representantes da Comissão  e rede dos pontos de Cultura.

Mais sobre os Pontos de Cultura e o Programa Cultura Viva

No âmbito do Programa Nacional Cultura Viva, já foram reconhecidos mais de 3 mil Pontos de Cultura em todo o país, presentes em todos os estados brasileiros e em cerca de mil municípios, que reúnem em suas ações cerca de 8 milhões de pessoas, atendendo iniciativas dos mais diversos segmentos da cultura. Entre os principais beneficiários e protagonistas do Cultura Viva estão a juventude e os grupos tradicionais, alcançando a produção cultural que vem das periferias e do interior do Brasil, passando pela cultura digital, cultura de base comunitária, Quilombolas, de Matriz Africana, a produção cultural urbana, a cultura popular, as tradições dos povos indígenas etc. Os Pontos de Cultura se tornaram uma referência de política cultural dentro e fora do Brasil, tendo sido adotados em vários países da América Lati na, como Argentina, Chile, Peru, Colômbia e Costa Rica. No Ceará , a Rede Estadual Cultura Viva é composta por 240 pontos.

Publicidade

Ballet  “La fille mal gardée” é levado ao palco do TJA em única apresentação

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

21 de novembro de 2017

Apresentado pela primeira vez em 1789, em Bordéus, na França, o espetáculo é o ballet de repertório mais antigo ainda em cartaz.

“La fille mal gardée” (a filha mal vigiada, em livre tradução) é um ballet cômico em três atos. A história se passa no interior rural da França, no século XVIII. Lise, filha única de uma viúva fazendeira, se apaixona pelo camponês Colas, mas, para garantir o futuro de sua propriedade, sua mãe fez um acordo com Thomas, rico fazendeiro da região, para casá-la com Alain, um jovem abobalhado. No dia 26 de novembro, o Estúdio Terpsícore apresenta o ballet no palco principal do Theatro José de Alencar. O espetáculo é dirigido pela  bailarina, professora e pesquisadora de dança Júlia Cândida.

O elenco é composto de cinquenta bailarinos e figurantes, com faixas etárias variadas entre três (alunos da turma de dança criativa) e cinquenta anos. As turmas de ballet adulto também participam da adaptação coreográfica, assinada pela professora Gardênia Oliveira, bailarina e geógrafa, com passagem por diversas academias de dança de Fortaleza.

Cenas icônicas fazem de “La fille mal gardée” um dos mais divertidos ballets de repertório em cartaz, como a dança dos tamancos protagonizada pela viúva Simone, mãe da protagonista Lise e o ritual do pau de fitas encenado pelos camponeses, além das coreografias das galinhas e pintinhos, que serão representados pelas crianças do Estúdio.

O espetáculo tem classificação livre e os ingressos custam R$30 (inteira) e R$15 (meia) e já estão à venda no Estúdio Terpsícore (Rua Professor Nogueira, 465 – Parquelândia). No  dia da apresentação, os ingressos serão vendidos na bilheteria do Theatro José de Alencar. Boa opção de diversão para um domingo em família.

Serviço:

La fille mal gardée – ballet cômico em três atos apresentado pelo Estúdio Terpsícore

Data: 26 de novembro, às 18h

Local: Palco principal do Theatro José de Alencar
Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$15 (meia)

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Seminário “E Agora, José?” é destaque na programação do TJA esta semana

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

14 de novembro de 2017

Reabertura da Sala de Figurino Flávio Phebo, Inauguração do Café Iracema, debate sobre as ações realizadas em 2017 e programa Theatro de Portas Abertas são algumas das atrações do TJA. Confira:

“Avaliação anual e novas ideias para 2018” este é o tema do seminário E Agora, José?, um programa de diálogos para a construção de uma gestão participativa do Theatro José de Alencar. “Nesta edição, vamos discutir a proposta de programação colaborativa e democrática, realizada no TJA neste ano de 2017, onde foram firmadas diversas parcerias para a criação de novos programas e possibilidades de fruição cultural. No encontro ainda devemos avaliar a primeira edição da Chamada de Ocupação, que selecionou 77 propostas de programação cultural para todos os espaços do TJA”, Selma Santiago, diretora do TJA. Acontece quinta (16) a partir das 18h30 no Foyer. Classificação indicativa livre*

Ainda na quinta (16) o Theatro José de Alencar promove a Reabertura da Sala de Figurino Flávio Phebo às 16h com uma exposição de peças do acervo e um desfile às 17h30. “Há muitos anos não havia sido feito uma manutenção, nessa gestão reabrimos e contamos com a parceria de estudantes de produção e moda para fazer a catalogação e levantamento de peças que podem ser emprestadas e peças que são de acervo que não se empresta devido ao valor histórico. Isso faz parte construção da história do teatro cearense”, diz Selma Santiago. A Sala de figurino Flávio Phebo funciona de terça à sexta, das 09h às 12h, e das 14h às 17h. A atividade é gratuita e aberta ao público. Classificação indicativa livre*. Ainda na quinta (16) às 18h o Teatro Morro do Ouro recebe o show Canção da Aurora, ingressos R$10. Classificação indicativa livre*

Theatro de Portas Abertas

O programa mensal Theatro de Portas Abertas inicia sua programação no mês de novembro com a Inauguração do Café Iracema às 9h. O café será administrado pela Fundação Amigos do Theatro em parceira com o Café Santa Clara.

Nesta edição o programa recebe também o Festival Popular de Teatro de Fortaleza, confira programação: A Orquestra Acordes do Amanhã se apresenta às 15h, no hall do Theatro, às 16h, Cerimônia de Abertura do festival com a banda Dona Zefinha na calçada, ainda na calçada acontece o show de Show Di Ferreira às 17h15. Nossa tradicional Hora do Ângelus será celebrada pelo Quinteto da ORCEC às 18h, na calçada e em seguida na Galeria Ramos Cotoco acontece a abertura da Exposição Imagens da Cena do fotógrafo Francisco Salvino . Ainda no anexo, às 18h30 é hora do rock invadir a Praça Mestre Boca Rica com o programa Sexta Rock que traz as bandas Ebenezer, Aderiva e Rusty. Para encerrar o nosso dia no palco principal do Theatro o espetáculo Ibirapema – O Forró que eu faltei.

Música, literatura, dança e teatro são atrações do final de semana no theatro.

Sábado (18) às 17h, o programa da Secult Ce Pra Ver A Banda Passar recebe a Banda de Música Municipal Padre David Moreira da cidade de Farias Brito na calçada. Às 18h, no Foyer acontece o sarau “Amém! Mário Gomes Sarau Da Poesia Marginal”, proposta selecionada para compor o programa Sarau Literário da Chamada de Ocupação do TJA. É gratuito e classificação indicativa: livre*. E para encerrar o final de semana temos a dança Vidas E Obras – Arte Em Cena do Colégio 7 de setembro no sábado e domingo, às 19h30, e às 18h, respectivamente. Os ingressos custam R$ 70, R$ 35 e Classificação Indicativa livre*. No domingo (19), a nossa tradicional Sala de Concerto recebe a Camerata de Cordas da UFC a apresentação gratuita inicia às 17h. Classificação indicativa livre*

Pauta Aberta Morro do Ouro apresenta “Anlodo: Tambores do Ceará”

No sábado, dia 18/11, o programa Pauta Aberta Morro do Ouro apresenta o espetáculo “Anlodo: Tambores do Ceará”. Projeto selecionado na Chamada  de Ocupação do Theatro José de Alencar, é realizado pelo coletivo Raízes do Griô. Em cena, você poderá conferir a caminhada ritualística dos iniciados que exteriorizam o alimento para alma no resgate da ancestralidade via o som dos variados batuques dos tambores. Ingressos R$10 e R$5 (meia), classificação indicativa livre, às 19h, no Teatro Morro do Ouro.

Segunda Temporada CPBT

No dia 18, a sala de Teatro Nadir Papi Sabóia recebe a segunda temporada das montagens de conclusão do Curso Princípios Básicos de Teatro – manhã 2016/2017. A turma traz ao público o espetáculo Estribilho na reflexão ácida e poética sobre as opressões na sociedade contemporânea. A sessão de Estribilho acontece às 18h30. O ingresso de cada espetáculo custa R$ 10 e R$ 5 (meia). Classificação: 12 anos*

TJA recebe o III Festival de Teatro da Escola de Atores Marcelino Câmara

Entre os dias 11 à 15 de novembro, a Escola de Atores Marcelino Câmara realiza o Festival de Teatro em nosso palco principal. O festival conta com três espetáculos montados na escola de Atores “Família Addams”, nos dias 11 e 12/11, “Lisbela e o Prisioneiro” nos dias 13 e 14, e “Rock de uma noite de verão”, nos dias 15 e 16/11. Os ingressos estarão à venda a partir das 19h, e custam R$ 40 e R$ 20 (meia). Classificação livre*
Domingo é dia de Teatro Infantil

A Pauta Aberta Infantil deste mês apresenta o espetáculo Bau de Munganga. Serão manifestações e brincadeiras populares integradas a histórias cantadas e faladas que tratam de temas de cunho ambiental, cultural e social. O espetáculo é apresentado pela Cia Trupe Brincante e integra a Chamada de Ocupação 2017 do TJA. Os ingressos estão à venda ao preço de  R$ 10 e R$ 5 (meia). Classificação livre*Confira a programação completa do TJA no site: www.secult.ce.gov.br

Publicidade

Seminário “E Agora, José?” é destaque na programação do TJA esta semana

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

14 de novembro de 2017

Reabertura da Sala de Figurino Flávio Phebo, Inauguração do Café Iracema, debate sobre as ações realizadas em 2017 e programa Theatro de Portas Abertas são algumas das atrações do TJA. Confira:

“Avaliação anual e novas ideias para 2018” este é o tema do seminário E Agora, José?, um programa de diálogos para a construção de uma gestão participativa do Theatro José de Alencar. “Nesta edição, vamos discutir a proposta de programação colaborativa e democrática, realizada no TJA neste ano de 2017, onde foram firmadas diversas parcerias para a criação de novos programas e possibilidades de fruição cultural. No encontro ainda devemos avaliar a primeira edição da Chamada de Ocupação, que selecionou 77 propostas de programação cultural para todos os espaços do TJA”, Selma Santiago, diretora do TJA. Acontece quinta (16) a partir das 18h30 no Foyer. Classificação indicativa livre*

Ainda na quinta (16) o Theatro José de Alencar promove a Reabertura da Sala de Figurino Flávio Phebo às 16h com uma exposição de peças do acervo e um desfile às 17h30. “Há muitos anos não havia sido feito uma manutenção, nessa gestão reabrimos e contamos com a parceria de estudantes de produção e moda para fazer a catalogação e levantamento de peças que podem ser emprestadas e peças que são de acervo que não se empresta devido ao valor histórico. Isso faz parte construção da história do teatro cearense”, diz Selma Santiago. A Sala de figurino Flávio Phebo funciona de terça à sexta, das 09h às 12h, e das 14h às 17h. A atividade é gratuita e aberta ao público. Classificação indicativa livre*. Ainda na quinta (16) às 18h o Teatro Morro do Ouro recebe o show Canção da Aurora, ingressos R$10. Classificação indicativa livre*

Theatro de Portas Abertas

O programa mensal Theatro de Portas Abertas inicia sua programação no mês de novembro com a Inauguração do Café Iracema às 9h. O café será administrado pela Fundação Amigos do Theatro em parceira com o Café Santa Clara.

Nesta edição o programa recebe também o Festival Popular de Teatro de Fortaleza, confira programação: A Orquestra Acordes do Amanhã se apresenta às 15h, no hall do Theatro, às 16h, Cerimônia de Abertura do festival com a banda Dona Zefinha na calçada, ainda na calçada acontece o show de Show Di Ferreira às 17h15. Nossa tradicional Hora do Ângelus será celebrada pelo Quinteto da ORCEC às 18h, na calçada e em seguida na Galeria Ramos Cotoco acontece a abertura da Exposição Imagens da Cena do fotógrafo Francisco Salvino . Ainda no anexo, às 18h30 é hora do rock invadir a Praça Mestre Boca Rica com o programa Sexta Rock que traz as bandas Ebenezer, Aderiva e Rusty. Para encerrar o nosso dia no palco principal do Theatro o espetáculo Ibirapema – O Forró que eu faltei.

Música, literatura, dança e teatro são atrações do final de semana no theatro.

Sábado (18) às 17h, o programa da Secult Ce Pra Ver A Banda Passar recebe a Banda de Música Municipal Padre David Moreira da cidade de Farias Brito na calçada. Às 18h, no Foyer acontece o sarau “Amém! Mário Gomes Sarau Da Poesia Marginal”, proposta selecionada para compor o programa Sarau Literário da Chamada de Ocupação do TJA. É gratuito e classificação indicativa: livre*. E para encerrar o final de semana temos a dança Vidas E Obras – Arte Em Cena do Colégio 7 de setembro no sábado e domingo, às 19h30, e às 18h, respectivamente. Os ingressos custam R$ 70, R$ 35 e Classificação Indicativa livre*. No domingo (19), a nossa tradicional Sala de Concerto recebe a Camerata de Cordas da UFC a apresentação gratuita inicia às 17h. Classificação indicativa livre*

Pauta Aberta Morro do Ouro apresenta “Anlodo: Tambores do Ceará”

No sábado, dia 18/11, o programa Pauta Aberta Morro do Ouro apresenta o espetáculo “Anlodo: Tambores do Ceará”. Projeto selecionado na Chamada  de Ocupação do Theatro José de Alencar, é realizado pelo coletivo Raízes do Griô. Em cena, você poderá conferir a caminhada ritualística dos iniciados que exteriorizam o alimento para alma no resgate da ancestralidade via o som dos variados batuques dos tambores. Ingressos R$10 e R$5 (meia), classificação indicativa livre, às 19h, no Teatro Morro do Ouro.

Segunda Temporada CPBT

No dia 18, a sala de Teatro Nadir Papi Sabóia recebe a segunda temporada das montagens de conclusão do Curso Princípios Básicos de Teatro – manhã 2016/2017. A turma traz ao público o espetáculo Estribilho na reflexão ácida e poética sobre as opressões na sociedade contemporânea. A sessão de Estribilho acontece às 18h30. O ingresso de cada espetáculo custa R$ 10 e R$ 5 (meia). Classificação: 12 anos*

TJA recebe o III Festival de Teatro da Escola de Atores Marcelino Câmara

Entre os dias 11 à 15 de novembro, a Escola de Atores Marcelino Câmara realiza o Festival de Teatro em nosso palco principal. O festival conta com três espetáculos montados na escola de Atores “Família Addams”, nos dias 11 e 12/11, “Lisbela e o Prisioneiro” nos dias 13 e 14, e “Rock de uma noite de verão”, nos dias 15 e 16/11. Os ingressos estarão à venda a partir das 19h, e custam R$ 40 e R$ 20 (meia). Classificação livre*
Domingo é dia de Teatro Infantil

A Pauta Aberta Infantil deste mês apresenta o espetáculo Bau de Munganga. Serão manifestações e brincadeiras populares integradas a histórias cantadas e faladas que tratam de temas de cunho ambiental, cultural e social. O espetáculo é apresentado pela Cia Trupe Brincante e integra a Chamada de Ocupação 2017 do TJA. Os ingressos estão à venda ao preço de  R$ 10 e R$ 5 (meia). Classificação livre*Confira a programação completa do TJA no site: www.secult.ce.gov.br